O que é o ego e como podemos transcendê-lo ?

post-04-30
O ego é uma ferramenta de 3ª dimensão que nosso corpo humano usa para sua identidade e proteção, à medida que avançamos em direção à 5ª dimensão alguns dizem que precisamos nos livrar dele, outros dizem que precisamos treiná-lo, outros dizem ainda que devemos amá-lo, o que realmente é o nosso ego e o que devemos fazer com ele ?

Por que temos um ego ?

O trabalho do ego é nos proteger e nos impedir de saber quem somos na experiência velada da encarnação na 3ª dimensão, ele tem sido chamado de “eu inferior” em comparação com os aspectos da nossa alma superior que existem em dimensões de vibração mais elevada, como seres multidimensionais quando viemos a este corpo nós sabíamos que iriamos esquecer quem éramos como parte da experiência na existência dimensional inferior.

O ego não é quem você realmente é, ele é a sua autoimagem e nem sequer é a imagem que os outros podem ver.

post-04-30-1É uma máscara de aprovação, ele quer estar no controle, e é conduzido pelo medo, ele é parcialmente responsável por não permitir que você ame a si mesmo 100%, porque ele esconde quem você é.

Identificar porque nós temos esse eu inferior e seus aspectos é essencial no processo de despertar para a ascensão, remover este véu lança mais luz sobre áreas de nós mesmos que precisam de cura, a fim de chegar à essência do ser temos que começar a descascar as camadas de máscaras para revelar o que se encontra abaixo.

A auto sombra

A auto sombra é parte do “alter ego” e enfrentá-la é chamado de atravessar a noite escura da alma, uma das tarefas do ego é permitir que outras partes de sua alma sejam expostas para serem curadas nesta realidade, pois não podemos levar estas partes conosco para as dimensões mais elevadas devido à lei da realização vibracional, o objetivo é curar todas as nossas energias mais baixas e nos tornarmos inteiros novamente em uma existência de vibração mais elevada.

Enfrentar nossa própria sombra pode ser uma experiência assustadora e é provavelmente o medo número um de alguns indivíduos, quando estiver pronto através do espelho do terceiro olho é uma boa maneira de ver os diferentes aspectos multidimensionais de si mesmo, reconhecendo que eles são uma parte de você, mas com a intenção de que eles possam ser curados e integrado em seu espaço do coração a luz é lançada sobre as sombras e um novo modo de ser finalmente é alcançado.

Nossa mente subconsciente está conectada com a Fonte, nossa mente consciente (ego) às vezes sente o oposto, por exemplo, se uma pessoa tem uma doença fatal o ego pode estar com medo de morrer, ao passo que a mente subconsciente ou o EU superior sabe que não há morte real da energia que é a sua alma.

Despertar para quem realmente somos

post-04-30-2Como nós planejamos um ponto de disparo em nossa vida, começamos a despertar para o fato de que somos almas multidimensionais tendo uma experiência humana física, quando nos damos conta de que há um aspecto mais elevado de nós a que estamos amarrados o ego começa a temer a perda da sua identidade, parte da ascensão na escada espiritual é “perder” o ego e expandir sua consciência para se concentrar em um aspecto mais elevado de si mesmo.

Finalmente quando fortalecermos esta conexão com nosso EU superior e nossa alma superior, não precisaremos mais da identidade do ego ou da experiência na 3ª dimensão, no entanto, perder completamente a identidade iria contra o objetivo de viver no mundo físico agora, em vez disso podemos trabalhar com o ego ajudando-o a diminuir o seu domínio sobre o véu que nos esconde a verdade à medida que continuamos elevando nossa capacidade de lidar com a verdade.

Como trabalhar com o ego

Para “perder” o ego é importante primeiro reconhecer que ele foi um componente muito necessário do nosso processo de despertar espiritual, ter uma identidade diferente da que nós realmente somos provocou uma retirada profunda de algo necessário que precisávamos atender, isso nos levou a tentar buscar muitas coisas mais e mais, até que percebemos que não havia nada que nos satisfizesse, mas somente o amor por nós mesmos.

post-04-30-3Neste ponto devemos ao nosso ego uma grande salva de palmas por levar-nos ao ponto de ruptura na busca de respostas fora de nós mesmos, a gratidão é necessária a fim de liberar o ego do trabalho para o qual ele foi criado.

Trabalhe com o ego liberando-o do seu dever, agradeça o seu ego em voz alta pelo trabalho estelar que ele fez ao fornecer identidade durante o aspecto velado de sua consciência na expressão da 3ª dimensão, deixe-o saber que agora você deseja explorar os aspectos mais elevados de si mesmo e que vocês precisam trabalhar em conjunto para permitir que isso venha à tona em sua realidade, mesmo que isso signifique que ele tenha que finalmente se afastar a fim de deixar o seu EU superior assumir o volante.

Tornar-se consciente da programação

Parte do “treinamento” do ego envolve reverter à programação que recebemos como parte da vida social, se o aspecto inferior do ego é o computador, então a programação é o software, é hora de desinstalar o software que nos mantém na realidade vibracional inferior ilusória.

Aqui estão alguns “programas” que podem ser revertidos com consciência e pensamento intencional

  • Pare de se sentir ofendido, como Don Miguel Ruiz diz, não assuma nada como pessoal, o que os outros dizem ou fazem é uma projeção de sua realidade através de seu próprio falso eu, muitas vezes as pessoas conscientemente dizem o oposto do que o seu subconsciente está pensando, o nosso subconsciente segue a regra de ouro e à medida que nós seguirmos mais o nosso subconsciente ou EU superior em nossa realidade, começamos a abster-nos de dizer coisas para os outros que possam ofendê-los também.
  • Deixe de lado a necessidade de vencer, embora os jogos e desafios às vezes podem ter uma influência positiva sobre o nosso progresso, estamos no processo de deixar ir os jogos de 3ª dimensão, à medida que avançamos em direção a uma forma de vida mais elevada, onde não há concorrência.
  • Deixe de lado a necessidade de estar certo, o certo de uma pessoa não é necessariamente o certo de outra pessoa, todos nós vemos as coisas de forma diferente, quando você deixar ir a necessidade de provar que você está certo, você reduz a oportunidade para o atrito e o argumento, isto não significa tornar-se passivo ou parar em pé diante da sua verdade, pelo contrário, é melhor se afastar de situações de baixa vibração e se concentrar em manter a sua vibração elevada ficando na sua verdade, escolhendo suas batalhas com sabedoria, esta é a chave para o avanço.
    post-04-30-4

  • Deixe de lado a necessidade de ser superior, somos todos uma centelha do Criador tendo uma experiência individual, alguns estão em um caminho mais rápido para a iluminação do que os outros, mas não devemos julgar aqueles que tomam um caminho diferente, pois todos os caminhos convergem para o mesmo destino, nas dimensões mais elevadas ainda mantemos a nossa individualidade pois sabemos que todos nós estamos nadando no mar de amor que compõe o todo, a superioridade é muitas vezes confundida com ter conhecimento ou experiência e é um dos padrões que ocasionaram a queda das civilizações ao longo dos tempos.

Relacionado: O Ego e o orgulho espiritual

  • Deixe de lado a necessidade de ter mais, o materialismo movido pelo ego é a queda da humanidade e é alimentado por aqueles que desejam manter-nos em dívida como escravos de um sistema econômico, quando você percebe que essas coisas não preenchem o interior do buraco negro, você deixa de ficar obcecado pela necessidade na qual eles tentam direcioná-lo, um equilíbrio é somente ter coisas que são necessárias para o conforto, perder a obsessão ou o apego emocional a elas é o caminho mais elevado, ao se livrar da desordem desnecessária na sua vida você abre espaço dentro de si mesmo para a expansão.
  • Deixe de se identificar com suas realizações, muitas pessoas temem olhar para dentro de si e descobrir quem realmente são além do seu título no trabalho ou da situação familiar, isto leva a crise na vida quando chega o tempo da aposentadoria ou quando as crianças vão para a faculdade, não há diploma universitário, cargo, status social, ou prêmio que irá ajudá-lo no processo de ascensão.
  • Deixe de lado a sua reputação, o que as outras pessoas pensam de você não é da sua conta, algumas pessoas ficam tão obcecadas com a forma como são vistas pelos outros que se perdem em identidades falsas, torna-se uma tarefa árdua tentar lembrar se eles são uma ou outra pessoa, sendo verdadeiro, autêntico, é a melhor maneira de mostrar amor por si mesmo, algumas pessoas têm muito o que compartilhar com os outros sobre o seu processo de despertar ou sobre contato extraterrestre, mas seu ego não permite que compartilhem com medo de arruinar sua reputação.

Algumas pessoas precisam de mais ego do que outras

Determinar quanto ego você deseja permitir que molde a sua identidade ainda é uma escolha pessoal, por exemplo, existem grandes mestres espirituais que falam na frente de milhares de pessoas que eles precisam de algum ego a fim de terem a autoconfiança necessária para estarem no olho do público, muitos músicos precisam de algum ego para serem capazes de se apresentar na frente das pessoas, por isso que é melhor trabalhar com o ego em vez de dizer para ele dar uma caminhada, e cada dia pode exigir mais ou menos ego do que o próximo.

post-04-30-5Conhecer-se, envolve conhecer todos os aspectos inferiores e superiores de si mesmo, para manter-se ancorado em um corpo físico um aspecto menor pode precisar ser retido até que nossos corpos assumam formas corporais leves, é bom a auto sombra surgir e estar presente, para que você possa transmutar qualquer energia que não vai passar pelo buraco da agulha conforme as nossas células mudam de base carbono para base cristalina.

O processo gradual de integração holística envolve conscientização e reconhecimento das ferramentas que nosso corpo nos presenteou com a finalidade de concluirmos o nosso trabalho de ascensão, nosso ego pode ser visto como uma ferramenta de despertar para o que estamos fazendo aqui, com ele nos apresentando a oportunidade de vermos o que não somos, em última análise perdoando a nós mesmos, amando a nós mesmos, e deixando de lado o julgamento de nós mesmos, o ego se curva naturalmente e os aspectos mais elevados de nós mesmos, brilham naturalmente.

@Michelle Walling

Origem: Na 5ª Dimensão

Anúncios

10 comentários em “O que é o ego e como podemos transcendê-lo ?

  1. Muito, mas muito difícil chegar a paz interior e geral, convivendo com seres querendo tirar sua liberdade impondo suas leis e sua maneira de pensar a força em cima do mais fraco.

    Curtir

    • Olá Jack

      Com certeza cada um de nós tem suas dificuldades para superar, mas lembre que todos os que estão sofrendo pressão é para fazer parte dos seres de luz que escolheram esta experiência e que depois pode usar em outros planetas para libertar outros povos, ou voltar para o seu planeta natal tendo cumprido a missão que aceitou a milhares de anos atrás.

      Muita paz, luz, amor e expansão de consciência
      A Luz é Invencível ☼

      Curtir

  2. Pingback: CONHECENDO MELHOR O SEU EGO… | AFINIDADES ESPIRITUAIS.Cida Pereira's Blog

  3. Estava procurando algum artigo/matéria sobre ego na internet quando cliquei neste.
    Foi exatamente o que eu procurava. Li e reli.
    Simplesmente, agradeço muito !

    Curtir

    • Olá Marie

      Obrigado pelo comentário e pela presença, sinta-se a vontade para “navegar” outros artigos que sejam do seu interesse, a Luz é Invencível agradece por trazer sua luz e compartilhar com todos.

      Muita Paz, luz, amor e expansão de consciência
      A Luz é Invencível ☼

      Curtir

    • Olá Neusa

      Obrigado pelo comentário.

      Quando transcendemos o ego, nosso poder inato fica disponível para usarmos e a partir deste dai podemos criar a realidade que pensarmos/sentirmos, a Luz é Invencível agradece por você estar desperta compartilhando desta jornada de aprendizado e evolução.

      Muita Paz, luz, amor e expansão de consciência
      A Luz é Invencível ☼

      Curtir

  4. Pingback: Entendendo o Sagrado EU – 09.12.2014 | Senhora de Sírius

  5. Oi Dario,
    Uau…muito bom este post sobre um tema tão explorado por várias vertentes.
    Penso que é difícil ver o próprio ego.É muito fácil ver o ego dos outros. Mas esse não é o ponto, nós não podemos ajudá-los a se livrarem dele.O ego entra em conflito com outros egos continuamente, porque cada ego está extremamente inseguro de si mesmo.Ora, tem de estar, ele é uma coisa falsa.

    Tentemos ver o nosso próprio ego. Simplesmente, observemos.Não tenhamos pressa de o abandonar, simplesmente observemos. Quanto mais fazemos isso, mais capaz nos tornamos. De repente, um dia, que eu não sei quando,impossível saber se nesta ou em outras existências,simplesmente percebemos que ele desapareceu. E quando ele desaparece por si mesmo, somente então ele realmente desaparece. Não existe outra maneira. Você não pode abandoná-lo prematuramente.As filosofias orientais assim ensinam.
    Ele cai exatamente como uma folha seca.
    Essencial outras reeleituras.

    Curtir

    • Olá Monica

      Realmente deve ser revisto periodicamente até para identificarmos as influências do nosso ego para não cedermos as suas estratégias.

      Muita paz, luz e amor
      Luz é Invencível

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s