3 Crianças cujas histórias apoiam o processo de reencarnação

post-08-29-1
O reconhecimento de vidas passadas em crianças está sendo estudado extensivamente por vários cientistas e psiquiatras de todo o mundo provando a sobrevivência da consciência além do reino físico.

Uma pesquisa avançada de reencarnação feita pelo Dr. Ian Stevenson em 1960, entrevistando milhares de pessoas com lembranças de vidas passadas o Dr. Stevenson descobriu que a recordação de vidas passadas nas crianças era muito mais comum do que muitos esperavam e ele separou em categorias para identificar os casos dignos de estudo mais aprofundado, o Dr. Jim B. Tucker colega do falecido Dr. Stevenson e um professor de psiquiatria associado da Universidade da Divisão de Estudos da Percepção do Centro Médico de Virginia reuniu mais de 2.500 casos de reencarnação documentado com as crianças relembrando de suas vidas anteriores.

Além de recordar memórias de vidas passadas as pessoas também podem carregar características físicas de um corpo para o outro, o Dr. Tucker observou que cerca de 20% das crianças com quem ele trabalhou também lembram o tempo e o local onde elas estavam entre a morte e a reencarnação em uma nova vida.

Os três exemplos a seguir são algumas das histórias mais surpreendentes que podem fazer você descobrir que a alma e a consciência humana continuam a sobreviver além da morte e reencarnam para viver mais vidas.

James Leininger
A história de James Leininger é verdadeiramente impressionante, desde o nascimento James era obcecado por aviões e quando criança começou a ter pesadelos sobre voo, armas e acidente de avião, logo após os pesadelos começarem James passou a recordar sua vida anterior como um piloto de caça, finalmente James foi capaz de compartilhar mais detalhes sobre sua vida passada com seus pais, tais como: o nome do piloto “James M. Huston Jr”, o navio da marinha em que ele atuou “Natoma”, o nome de seu copiloto e o fato de que ele foi derrubado em Iwo Jima, com um pouco de esforço o pai de James foi capaz de rastrear o copiloto de Huston “Jack Larson” e a irmã viva de Huston, a partir daí o menino foi capaz de lembrar-se de fatos e pessoas da vida de Huston com tanta clareza que não havia como a sua família e a irmã de Huston não acreditarem nele, confira o breve vídeo abaixo onde você também vai achar que é difícil duvidar que James Leininger é o piloto James M. Huston Jr. reencarnado.

Edward Austrian
Edward Austrian é outro caso de reencarnação, desde muito cedo em sua vida Edward tinha fobia de tempo escuro, chuvoso, úmido e muitas vezes ficou doente com problemas de garganta, o que se tornou estranho é que mais tarde Edward identificou sua doença da garganta chamando-a de seu “tiro”, quando tinha 4 anos Edward desenvolveu um cisto na garganta e foi levado para uma cirurgia de amigdalite em preparação para a continuação do tratamento do cisto, depois da cirurgia o menino confessou à mãe Patricia que teve uma lembrança de sua vida anterior como James um jovem de 18 anos de idade soldado e sua vida nas trincheiras durante a guerra, Edward também disse à sua mãe como foi morto, ele levou um tiro na garganta, após a lembrança de sua vida passada contada à sua mãe o cisto de Edward desapareceu, algo que seu médico nunca foi capaz de explicar.

Gus Taylor
Gus Taylor começou a lembrar de sua vida anterior como seu próprio avô, vovô Augie, quando ele tinha cerca de 18 meses de idade, durante uma troca de fraldas Gus disse ao pai que ele trocou as fraldas do seu pai, como a maioria dos pais o pai de Gus não pensou muito nisso até alguns anos mais tarde, certa noite quando Gus tinha 4 anos ele e seus pais estavam olhando as fotos antigas de seu avô que trouxeram para sua casa após o funeral da avó do Gus, apesar de nunca ter visto as fotos Gus foi capaz de identificar o seu avô em fotos de grupos quando seu avô era apenas um menino e identificar o carro do seu avô (chamando-o de seu próprio carro), além disso, ele lembrou que sua irmã foi assassinada, que foi quando seus pais realmente tomaram conhecimento do fato, algo que em 4 anos de idade nunca havia sido dito que a irmã de Augie tinha sido assassinada e seu corpo jogado na Baía de São Francisco.

“Eu entendo o salto que leva a conclusão de que há algo além do que podemos ver e tocar, mas há uma evidência aqui que precisa ser explicada e quando olhamos para estes casos com cuidado, algum tipo de transferência de memória muitas vezes faz mais sentido”. ~Dr. Jim B. Tucker

@Anna Hunt

Origem: wakingtimes

Um comentário em “3 Crianças cujas histórias apoiam o processo de reencarnação

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s