A Meditação e a Conexão com a Sincronicidade

post-09-12-1
Você está falando com um amigo e há uma pausa na conversa, você quebra o silêncio falando sobre algo veio em sua mente, seu amigo responde: “Que estranho ! Eu estava pensando exatamente a mesma coisa”.

Você se depara com o número do telefone de um amigo e decide ligar para ver como ele está, ele atende ao telefone e fala que sua avó morreu e ele realmente precisava de seu apoio, você estendeu a mão para ele no momento exato em que ele estava em busca de conforto.

Eventos como estes têm uma pequena probabilidade de ocorrer, mas eles acontecem, alguns poderiam chamá-los de coincidências, mas eu encorajo você a pensar de forma diferente, o foco deste post é sobre o fenômeno chamado sincronicidade.

A subjetiva Verdade da Sincronicidade

A sincronicidade está relacionada à probabilidade, como os eventos síncronos ocorrem geralmente entre duas pessoas e eles são raros e não planejados e estudos científicos deles são poucos e distantes entre si, mas isso não significa que eles estão fora de nossas experiências, encontramos a prova da sincronicidade em nossas vidas e ouvindo as experiências dos outros, na verdade, compartilhar nossas experiências síncronas é uma poderosa forma de reforçar a sua validade.

post-09-12-2A chance de algo fora do comum ocorrer entre duas pessoas é minúscula, mas isso acontece, quando você experimenta é muito real e significativo, mas porque é muito pessoal outras pessoas podem não necessariamente ter provas disso.

Eu gostaria de compartilhar uma história que ilustra este ponto, anos atrás eu estava trabalhando com uma cliente que era muito, muito ocupada, eu a incentivei a abrandar seu ritmo e ter um tempo para si mesma “Se você não fizer isso, pode ter sérias consequências em seu comportamento”, lembro-me de dizer-lhe, eu não disse isso para assustá-la, em vez disso eu procurei ajudá-la a evitar um possível sofrimento futuro.

Pouco depois da nossa conversa ela estava dirigindo na autoestrada e o carro estava indo muito além do limite de velocidade, repentinamente um caminhão em frente a ela ficou fora de controle, quando o veículo enorme chegou a poucos centímetros de matá-la as palavras “desacelere” apareceram escritas na lateral do caminhão, para a minha cliente era uma mensagem inegável dizendo-lhe que se ela não reavaliasse o ritmo frenético de sua vida ela sofreria consequências negativas.

Mais tarde, ela brincou dizendo que eu tinha feito às palavras “desacelere” aparecerem magicamente, claro, eu não tinha nada a ver com isso, era apenas mais um evento marcante que poderia ser registrado como mera coincidência.

A Meditação e a Conexão com a Sincronicidade

Talvez você também teve um tempo em que usando a linguagem da religião e da espiritualidade, “o Universo, Deus, ou qualquer nome que você usa”, parecia enviar-lhe uma mensagem tão alta e claramente que chamou sua atenção, então, o que isso tem a ver com a meditação ?

O objetivo da meditação é desacelerar seu ritmo, acalmar sua mente e mantê-lo calmo, ao fazer isso, você vai perceber que os eventos síncronos aumentam.

post-09-11-3Porque a meditação é uma força de mudança poderosa e útil de inúmeras maneiras, eu me pergunto se Deus talvez a ofereça de volta para nós, eventos síncronos nos mostram que estamos no caminho certo e nos encorajam a continuar meditando, na minha experiência eles acontecem com maior frequência quanto mais eu medito.

Há apenas uma pessoa que pode validar ou desqualificar a alegação de que a sincronicidade aumenta quanto mais meditar e esta pessoa é você, uma forma de medir isso é mantendo um caderno onde você grava as chamadas coincidências ou momentos fora do normal, conforme você se compromete a meditar perceberá que estes momentos acontecem com mais frequência.

Relacionado: Carl Jung – Sincronicidade

Eu encorajo que você escreva as experiências síncronas porque depois que elas ocorrem tendemos a esquecê-las, podemos observá-las sem nos apegarmos a elas quando elas ocorrem, o que normalmente é uma coisa boa, neste caso, acredito que através da gravação de eventos síncronos você vai notar que eles aumentam à medida que a sua prática de meditação se aprofunda, você pode reconhecer que a sincronicidade é mais um benefício da meditação e outro exemplo do poder transformador da meditação.

Suspenda seu julgamento e faça uma tentativa por um tempo, medite regularmente, uma vez pela manhã e outra à noite e veja como a vida flui melhor, testemunhe os eventos síncronos acontecendo com maior frequência, sinta-se livre para compartilhar suas histórias.

©Dr. Robert Puff, Ph.D

Origem: Na 5ª dimensão

Anúncios

5 comentários em “A Meditação e a Conexão com a Sincronicidade

  1. Pingback: Os Cientistas da Nova Era – Dr. Deepak Chopra – As 7 Leis Espirituais do Sucesso -A Cura Quântica – O Super Cérebro – 13ª Parte – 15.09.2015 | Senhora de Sírius

  2. Eu estou meio viciado em meditar kkk, bom quando coemcei meu depsertar eu meditava na posição de meio lótus dai comecei a meditar deitado, bom na sexta-feira (dia 12) eu voltei a meditar na posição de meio lótus e notei que fico calmo mais rapidamente relaxo mais, eu meditei hoje umas 1 hora da manha passou uns 2 minutos e parecia que meu corpo estava balançando, dai me senti como se não fizesse parte do AMBIENTE, foi meio estranho.

    Curtir

    • Olá Vinicius

      Ao meditar/se conectar com seu EU superior, você vai descobrindo um mundo novo/novas sensações, a cada descoberta vai se harmonizando mais, é isto ai, siga este caminho que te colocará mais rápidamente no controle.

      Muita paz, luz e amor
      Dario Mânica

      Curtir

  3. Bom dia

    Na verdade, você é tanto um observador de sua vida quanto você é um ator nela. Você é movido por impulsos que você chama de sua existência, afinal , você é um” Ser”. Você é a tranquilidade, até mesmo em seu papel no teatro da vida. O papel que você desempenha é delével. Em certo ponto, a ficção termina e você não é mais o ator que interpreta o papel de uma pessoa na Terra. Você fica ligado num papel que você pensa ser uma extensão de você mesmo. Durante um tempo você se ocupa. Você vive num corpo que não é o seu e que não tem nada a ver com você, porque você é Imensidão e não está limitado ao papel que você desempenha.
    A parte que você desempenha pode ser maravilhosa e bela, mas você ainda é maior do que ela.Portanto, estar atento ao que acontece á sua volta, é desligar-se do “piloto automático” e ligar o “Observador”, aquele guia interior que permanece incólume, sendo acionado pela vontade humana.Aí a sincronicidade começa a acontecer.
    A Meditação é uma prática muito saudável para o corpo, a mente e o espírito, principalmente nos agitados dias atuais.“Quando se fala em “desligar a mente” durante a meditação, seria como falar em desligar um gigantesco computador, muito poderoso, que tem medo de ser desligado. Aí, então, esse computador começa a preparar armadilhas… Pois é; a mente é mais ou menos assim quando você medita. Meditar é estar em um foco, que lhe permita relaxar a lógica. Estar em um foco é permanecer conectado à sua âncora, seja ela qual for. Pode ser o movimento do abdome, poder ser a atenção na respiração, a pronúncia de um som específico; pode ser até apenas o espaço do Agora, mas sempre haverá uma âncora quando se meditar.

    Relaxar a lógica é não se envolver nas sequências de pensamentos que forem surgindo em sua mente. Como? Repetidamente “abandonando”, soltando”, “libertando” os pensamentos e voltando para a âncora.Mas, aí surge o problema: a mente não pretende ser desligada. Nosso computador mental não pretende ajudar nesse exercício. Quando meditamos, com o tempo encontramos espaços de silêncio interno, e “o ser existente” começa a aflorar. Na mesma proporção, o “ser atuante” sente-se ameaçado. É por isso que alguns meditadores, quando atingem determinados estágios, relatam experiências onde sentiram muito medo, e falam sobre um medo tão grande que “parecia que iam morrer”. A partir desse momento, começa a luta do “ser atuante”, que também podemos chamar de “armadilhas da mente”.

    Mas esta outra parte, fica para um próximo comentário, onde será mais pertinente, afim de não estender-me demasiadamente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s