O Que é Dispensação Carmica ?

post-10-23-1
Enquanto Kathleen e eu descansávamos após a primeira metade da nossa viagem, eu procurei responder a uma pergunta que me foi feita: O que é a dispensação carmica que temos ouvido falar muito ao longo dos últimos anos ?

É parte integrante do processo de ascensão em que estamos todos empenhados. Resumidamente, uma vez que você limpar o máximo do seu carma, ou lições não aprendidas, como realmente nós podemos fazer, antes de um tempo predeterminado o resto do nosso carma será perdoado. Também podemos acelerar este processo, pedindo perdão pelas nossas lições não aprendidas.

St. Germain nos diz “você está em um momento de dispensação carmica.” (1) A Mãe Divina descreve-o como uma “poderosa dispensação para o coletivo humano durante este período de transição.” (2)

Os detalhes foram melhores descritos por uma fonte sobre a qual eu sei pouco que se chama “minha luz de guerreiro”:

“À medida que subimos para uma vibração mais elevada… É um processo recorrente que acontece mais e mais até chegarmos a uma liberação carmica de 51% da energia vibratória inferior que estava presa em nosso sistema. Quando você chegar a este ponto, receberá uma grande chuva de adoração das dimensões mais elevadas. O Criador lhe dará dispensação do seu carma restante”.

“Você vai receber a informação que você precisa para fazer sua aproximação final para a plena consciência. Depois que você embarcar em sua corrida final, os últimos vestígios de qualquer desequilíbrio existente serão eliminados do seu sistema.” (3)

A Mãe Divina explica:

“Há momentos, e este é um deles em sua realidade coletiva, onde a dispensação para o que você sente que deu errado é solicitado e concedido, sempre, para que você se sinta livre para continuar. Porque muitos de vocês estão preocupados que não vão fazer isso. E isso simplesmente não é o meu plano ou o seu”.

“Voltem para mim. Eu não estou simplesmente distante. Estou infinita e eternamente presente. Peça ajuda, e ela sempre, sempre será concedida. Peça compaixão e perdão, não que é preciso para ser concedida, é garantido que será.” (4)

post-10-23-2Ela descreveu o processo de perdão envolvido: “O que a [dispensação] significa ? É simplesmente um abono e na sua terminologia, é uma qualidade, uma qualidade divina de perdão, de tolerância, de compaixão e de nossa misericórdia.” (5)

Ela nos convidou a pedir para sermos liberados do nosso carma: “Se você perguntar o que é a dispensação da graça, é a remoção do que você pensa ou seu ego ou suas histórias ou suas vasanas tem feito você acreditar que é o seu fardo, você pode ser liberado disto muito rapidamente.” (6)

Jesus repetiu seu apelo:

“Há um tempo agora, como você deve saber, de grande dispensação carmica… Gostaríamos de pedir as pessoas, todas as pessoas, todos os seres, todas as realidades, para orar, pedir, pedir, o que você vai fazer sobre isso é pedir a dispensação carmica, pedir neste momento que todo o carma, que é devido a você ou que você deve, que todas as ações que foram deixadas sem supervisão, sejam limpas, de modo que vocês todos estão livres neste tempo de renascimento para avançar sem obstáculos…”

“Eu estou aproveitando esta oportunidade para pedir a cada um de vocês que solicite este presente.” (7)

Ele disse que o mesmo dom foi concedido durante a sua passagem na Terra:

“Esse período, que você pensa como a minha morte e depois a ascensão, foi uma época de grande dispensação carmica, não apenas para os presentes, mas para todos no planeta naquela época. E esse dom foi renovado durante este período, mais uma vez”.

“E é por isso que eu peço para você prestar atenção neste momento. Se você não pode fazer isso com rapidez suficiente. Deixe fluir.” (8)

St. Germaine lembrou-nos que nós também devemos perdoar qualquer dívida carmica que nos é devida:

“Sim, às vezes vocês voltam juntos por razões carmicas, mas também o incentivamos a saber que este é um período de dispensa carmica, por isso esse processo foi registrado, permitindo que este laço carmico ou dívida carmica, tanto o que é devido a você quanto o que você deve, seja dispensado. Não há mais espaço ou tempo para eles.” (9)

Sanat Kumara nos pediu para assumir este novo começo e nos tornarmos como recém-nascidos para entrarmos no reino dos Céus.

“É um presente de novo começo e é um dom do perdão, nesta situação é também uma oportunidade para cada um de vocês entender que você também deve perdoar e perdoar, não só aqueles que podem tê-lo prejudicado ou machucado ou de alguma forma fizeram você se sentir mal, mas é também a oportunidade de perdoar a si mesmo. E para saber que esse dom é dado livremente e, portanto, meus amigos, deve ser livremente recebido também.

“Não há nenhum pagamento. Não há nenhuma dívida. É importante durante este período de transição que todos e cada um de vós seja posto em liberdade. E não impedido pelo passado ou mesmo o futuro. E este dom que foi concedido neste dia faz isso, por isso gostaria de pedir a cada um de vocês para não se apegar a mágoas antigas ou velhas mágoas, não se apegar a velhos padrões de comportamentos ou ações ou pensamentos ou idealizações de sistemas de crenças que não têm mais qualquer maneira de servi-lo”.

“Você é um recém-nascido. E ainda assim você é recém-nascido com a sabedoria, o amor e o conhecimento de quem você é.” (10)

Para resumir, nós estamos em um momento de dispensação carmica, um dom da graça da Mãe, semelhante ao que foi concedido durante a passagem de Jesus na Terra. Assim como as nossas dívidas carmicas estão sendo perdoadas, também devemos perdoar todos aqueles que podemos ver como tendo um desequilíbrio carmico conosco. Este é um novo começo que nos foi prometido no momento em que entramos na consciência mais completa da 5ª dimensão.

Jesus disse certa vez que devemos nos tornar como crianças para entrar no reino dos Céus e toda a limpeza que temos feito, todos os banhos de energia que recebemos estão de fato transformando-nos em recém-nascidos que têm a oportunidade de fazer um novo começo e uma nova vida na Era de Ouro que nós entramos e que está se expandindo gradualmente.

Notas de Rodapé:

(1) “Transcrição: St. Germaine discute Energia de Cura (Parte II) sobre as bênçãos celestiais”, canalizado por Linda Dillon, 14 janeiro de 2014, em: http://goldenageofgaia.com/2014/01/transcript-st-germaine-discusses-energy-healing-part-two-on-heavenly-blessings-january-14-2014/ Arcanjo Rafael também nos diz que “você está… em um momento de dispensação carmica.” (“Transcrição: Arcanjo Raphael discute Cura nos reinos mais elevados nas bênçãos celestiais”, canalizado por Linda Dillon, 21 janeiro de 2014, em: http://goldenageofgaia.com/2014/02/transcript-archangel-raphael-discusses-healing-in-the-higher-realms-on-heavenly-blessings-january-21-2014/ .)

(2) “A Mãe Divina: Todos e cada um de vocês carregam um poder divino”, 17 de junho de 2013, em: http://goldenageofgaia.com/into-the-golden-age-of-gaia/the-golden-age-of-gaia/the-divine-mother-each-and-every-one-of-you-carries-divine-might/

(3) Mensagens Inspiradas através de ‘Minha luz de guerreiro’ “Um simples Roteiro da Ascensão” 24 de julho de 2011, em: http://tinyurl.com/8xz93zo

(4) Cit. Loc.

(5) Cit. Loc.

(6) “Transcrição: A Mãe Divina na Graça de bênçãos celestiais, 30 de abril de 2013,” em: http://goldenageofgaia.com/2013/05/transcript-the-divine-mother-on-grace-on-heavenly-blessings-april-30-2013/

(7) “Jesus nos Anos Perdidos, o Santo Graal, Reencarnação e muito, muito mais”, 24 de dezembro de 2013, em: http://goldenageofgaia.com/2013/12/jesus-on-the-lost-years-the-holy-grail-reincarnation-and-much-much-more/

(8) Cit. Loc.

(9) “Transcrição: St. Germaine discute Energia de Cura”, ibid.

(10) “Transcrição: Sanat Kumara A Lei Sagrada da Dispensação”, canalizado por Linda Dillon, 29 de outubro de 2013 em: http://goldenageofgaia.com/2013/10/transcript-sanat-kumara-on-the-sacred-law-of-dispensation-october-29-2013/

©Steve Beckow

Origem: goldenageofgaia

Anúncios

11 comentários em “O Que é Dispensação Carmica ?

  1. Pingback: A LINGUAGEM UTILIZADA POR MUITOS QUE BUSCAM CAMINHO DA ASCENSÃO… | AFINIDADES ESPIRITUAIS.Cida Pereira's Blog

  2. Pingback: 30 Termos Espirituais Importantes Que é Bom Você Conhecer | Espiritismo e Ufologia

  3. Pingback: Termos Espirituais | ASCENSÃO PLANETÁRIA

  4. Pingback: 30 Termos Espirituais Importantes que é Bom Você Conhecer – 17.10.2015 | Senhora de Sírius

  5. Oi, bom eu não sei se é a minha aura, eu ja tinha notado a alguns meses nas minhas mãos só que hoje ta mais forte da pra enxerga melhor saindo do polegar é como se fosse uma coisa meio branca, mais parece meio que um azul claro quero ver se isso fica amis forte para eu enxergar a cor. kk

    Curtir

  6. Dario Bom dia,

    Um assunto bastante pertinente. Mas, começarei com uma pergunta;A lei da ação e reação – “o que vai, volta” – seria uma lei punitiva ou uma lei conciliadora?A minha hipótese é de que ela apenas concilia os distúrbios que geramos no universo – mantendo-o em equilíbrio.Vamos pensar…Temos o livre-arbítrio para fazermos o que quisermos, assim como todo mundo. Porém, nossa liberdade é acompanhada por uma responsabilidade pessoal, a partir do momento que gera reações dos demais e do meio em que vivemos – que também são livres. Nesse sentido, podemos nos comparar como fazendo parte de um grande “mecanismo”, que se auto-regula.Quando fazemos escolhas egoístas, pensando que estamos nos beneficiando, podemos nos enganar. Nossa visão pode estar limitada e no imediato.Reflitamos sobre o seguinte:1- O que chamo de “eu”? 2- Qual é a extensão e complexidade das minhas relações? 3- O que é realmente o melhor para mim?Só saberei o que é melhor para mim, quando discernir ou tomar consciência de QUEM SOU e qual o poder e extensão das minhas relações e atitudes. E, mediante essa reflexão, verei que na verdade posso estar fazendo coisas contra minha própria natureza (mais ampla do que antes pensava).O conceito hindu a esse respeito é bem distinto do ocidental muito embora, hoje em dia também tenha se deturpado. Influenciado pelo Cristianismo, rico em noção de culpa e pecado, o karma para os ocidentais tem uma configuração de algo forçosamente ruim, que se deve pagar com sofrimento. Mas em suas raízes, bom ou mau karma, advém unicamente de ação e seus respectivos efeitos.Karma é um termo sânscrito que significa atividade, ação, e representa a lei de causalidade ou lei de ajuste.A lógica nos leva a crer que todo acontecimento, como efeito, provém de causas anteriores que por sua vez vão produzir efeitos futuros numa reação em cadeia. Mas karma também é a lei que rege o mundo do pensamento, do sentimento, emoções e energia. Karma é a lei que rege os fenômenos da vida, como também a lei que determina, governa e administra, não só veículo físico do homem, como também outros veículos que perfazem o Universo Consciencial (o corpo energético, o corpo emocional e o corpo mental e outros que nem sonhamos em conhecer).Enfim, Karma é o resultado do que cada um planta por seus pensamentos, sentimentos, energias e ações e demonstra que somos totalmente responsáveis por cada ato mínimo que seja.Mais importante, no entanto, é entender que, se contribuímos com os fatos que nos acontecem através do livre-arbítrio, podemos mudar nossa “sorte”. Acelerando ou atrasando os processos da vida e até impedindo que coisas boas ou ruins aconteçam.Estamos mergulhados num emaranhado de processos de energia entre ações e reações bem ponderadas. Estamos colhendo frutos de semeaduras do passado enquanto semeamos a colheita do futuro. Estamos sofrendo reações de nossas ações do passado enquanto criamos novas ações, que por sua vez, se converterão em reações no futuro.Parece enrolado, mas, com um pouco de atenção, pode-se entender muito bem..Todo gesto, ato, evento tem seu lado positivo e negativo. Quase todo evento que causamos gera uma quantidade de Karma negativo e de Karma positivo, às vezes as mais simples ações. Só enxergamos e percebemos o que nos atinge, pois “nossa dor sempre dói mais que a dor dos outros” e percebemos mais a dor que o prazer.Penso que o karma é a lei que regulamenta e motiva a evolução das espécies, o relacionamento e a troca entre as espécies e entre as espécies e seu meio ambiente. O Karma é o Sistema Nervoso do Universo Multidimensional e é o responsável pelas reações diante dos estímulos dos que nele habitam. A parte mais delicada do processo kármico é entre nós mesmos. Temos vários karmas negativos com diversas consciências (almas) e nesta vida viemos dentre todos, saldar o karma mais urgente, outros karmas ficarão para depois. Façamos bom proveito,então.O conhecimento dos processos espirituais, conscienciais, bioenergéticos e projetivos é muito importante para se trabalhar o karma pessoal. O esclarecimento gera conhecimento que gera responsabilidade. A responsabilidade gera mudança e gera auto-análise. Quem não produz auto-análise jamais dinamizará o processo de quitação de seu karma! Karma se quita com trabalho e não com sofrimento. O sofrimento é gerado pela consciência pesada que não confia em si e tem medo de responsabilidade, optando por quitar o karma sofrendo (autopunição), atrapalhando a si próprio em seu caminho evolutivo, pois quanto maior a autopunição, mais difícil é render um bom trabalho para quitação do próprio karma! A quitação do karma pessoal é aprendizado e compensação consciencial.Penso que é essa a mensagem que querem nos passar.O caminho é assumir o karma, aceitar, agradecer e trabalhar o máximo possível para compensá-lo. A responsabilidade de assumir o karma gera o arrependimento e este gera mudança imediata de atitude interna e externa, sincera, e gera energias conscienciais renovadoras. Estas energias geram freqüências mais elevadas, sadias e positivas, dinamizando o trabalho e a vontade de quitar o karma com disposição e coragem.Nada nem ninguém ou somente orações ou mentalizações ou meditações vão “queimar” seu karma, conforme li e ouvi de alguns espiritualistas menos informados, mais místicos e menos práticos. Karma não se queima, é um conceito errado, karma se quita com trabalho produtivo de assistência a outros seres humanos. Este é um planeta de provas e expiações, estamos imersos num planeta de karma coletivo muito grande e se começássemos a nos perdoar e nos ajudar dinamizaria o processo planetário e a paz mundial.Karma não é vingança de “Deus”. “Deus” não é vingativo, não pune nem perdoa. “Deus” na verdade é impessoal e não tem piedade e nem ódio. O “Plenum Cósmico ou Fonte” criou as leis e elas nos regem. As leis são automáticas. Não espere plantar espinhos e colher morangos, não espere semear trevas e colher luz. A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória. A semeadura é o livre arbítrio da consciência e a colheita são as conseqüências kármicas adquiridas.Para cada ação existe uma reação igual e contrária. Para mudar o karma é necessário uma reforma íntima, gerando energias conscienciais de freqüências mais elevadas, pois a partir do arrependimento e do perdão, abrem-se novas perspectivas, possibilidades e oportunidades e a primeira destas aberturas é a ajuda espiritual desses “amigos invisíveis” (ou não) e dos seres espirituais ou seres da quinta dimensão.

    Citando grandes obras, “O livro de Ouro de Saint Germain” e “Um Curso em Milagres”,podem dar um start-up para o processo da dispensação individual.Os links também tem muita informação e tem de ser lidos aos poucos, para serem absorvidos pela mente e entendidos pela alma.

    Um post excelente……difícil, em um assunto desses, não me exceder nas palavras.

    Curtir

    • Olá Monica

      Obrigado pelo comentário.

      Realmente este assunto é deveras intrigante, mas o que podemos destacar é que ao alcançarmos a limpeza mínima 51%, teremos um abono (dispensação carmica) do restante, um beneficio imenso para quem está sob o véu do esquecimento na 3ª dimensão.

      Muita paz, luz e amor
      Luz é Invencível

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s