Os 12 Sóis Centrais e Sua Conexão Com as Pirâmides do Planeta Terra

post-11-11-1
Há uma aceleração agora na ascensão deste Universo e especialmente na Via Láctea a que pertencemos, para um estado evolutivo superior. Como a vida dentro de tal galáxia e até mesmo do todo maior cósmico está intrinsecamente envolvida e ligada uma a outra, uma parte da galáxia ou sistema solar não pode ascender e evoluir, sem o resto do seu corpo ou forma.

Como o planeta Terra está sendo reinventado, assim estamos nós com os nossos corpos físicos muito ligados à Mãe Terra e na medida em que vivemos e respiramos sobre ela, nós somos parte e partícula de todas as formas de vida e de organismos vivendo sobre ela. Como ela é uma célula viva respirando com bilhões de outras células todas se comunicando umas com as outras, nós também estamos interligados.

Em tempos antigos, quando o planeta exterior foi criado inicialmente, foi então decidido que este planeta teria que ser não só ligado à Via Láctea, mas com todos os outros planetas e sistemas solares dentro do seu núcleo, ligado ao 7º Sol Central e ao 12º Sol central também.

Havia uma razão muito maior para isso, pois naqueles tempos esta galáxia estava muito perto destes dois Sóis e uma grande quantidade de luz ou criação veio a partir destes dois Sóis centrais e do 9º Sol central.

Nós temos então três Sóis, formando uma tríade, o 7º, o 9º e o 12º, isto é considerado uma tríade sagrada e você vai descobrir que o número 3 se repetirá na arquitetura antiga, bem como nos símbolos e é amplificado pela energia ou o símbolo do Sol, mesmo de maneira oculta que possa ter sido gravado.

Quando a primeira estruturação de determinados sistemas de energia foi posta em prática, como nas Pirâmides de cristal, a primeira das 12 Pirâmides mestres de todo o sistema de energia, por isso elas foram programadas para se coordenar com a tríade sagrada formada por estes Sóis centrais.

A humanidade de alguma forma se lembrou disso, mas se esqueceu de tudo sobre esses Sóis centrais. Então, quais são eles ?

Quando as primeiras 12 Galáxias mestres foram criadas a partir das quais toda a vida neste planeta se originou, estas foram as primeiras a serem criadas. Infelizmente, durante as guerras galácticas três delas foram destruídas, o que costumava ser Lyra de Andrômeda (em sua criação original e Cygnus Maior (esquecido nas brumas do tempo)), teve de ser desocupado. Mas os 12 Sóis centrais formaram o núcleo de todo este sistema e todos os outros Sóis, os menores e os maiores foram criados à sua imagem.

O que faz com que os 12 Sóis centrais sejam tão interessantes é que eles têm o poder da pirâmide dentro de si em seu núcleo. Eles agem como transmissores imensos pulsando com a frequência da luz codificada de raios pulsantes que se comunicam com o nosso próprio Sol. No entanto, dentro do planeta Terra certos mecanismos ocultos foram postos em prática, de modo que não importa se catástrofes atingirem a Terra e ela for jogada fora de órbita, mesmo assim ela seguirá ligada centralmente a estes três Sóis mestres.

No início, então todos esses imensos geradores de energia foram todos alimentados por estes mecanismos do Sol Central, a energia gerada era considerada sagrada e um dom imenso das 12 galáxias mestres no momento. Considerava-se também que a força criativa necessária para expandir esta energia e usá-la em formas de energia criativa viriam através do aspecto feminino da energia da Lua, expressa através da própria Deusa, mas ela segurou em seu interior as codificações do 9º Sol Central, dentro desta tríade sagrada.

Assim, a energia da Lua não era relacionada à energia da Lua como a conhecemos (pois na verdade a Lua foi criada como uma estação de satélite da frota Intergaláctica), mas sim o que foi implantado na própria Terra, portanto, a energia do 9º Central Sol que em seguida deveria mesclar esta energia com a do 7º e do 12º Sol central cósmico.

Esta energia da Lua foi assim incorporada em um grande centro no planeta Terra e totalmente esquecida.

As tendências autodestrutivas da humanidade fizeram com que muitos dos sistemas de energia originais fossem fechados em algum momento, principalmente por causa da Terra que estava sendo jogada para fora da órbita como também toda a parte inferior deste sistema solar, quando o planeta (Maldek) explodiu acima, criando gigantescos asteroides (pedaços do planeta) e cometas batendo na Terra. A Frota Intergaláctica depois irá restaura-lo em órbita, mas neste processo alguns dos planetas também mudaram de lugar ao redor do Sol em nosso sistema solar.

Estas repercussões foram sentidas em toda a primeira criação da Terra com sua criação original sendo reformulada, algumas massas de terra agora enterradas sob enormes detritos do espaço, massa de convulsões causadas por cometas e asteroides batendo nela, também por massas de terra afundando sob o mar e algumas se levantando. O mais importante durante este tempo foi que ela mudou em seu eixo três vezes.

No processo a humanidade se lembrava sobre o Sol, as energias da Lua, mas por ter perdido completamente o entendimento original disto, assumiu que a lua significava a Lua satélite e não o entendimento original disto.

Neste momento um funil se abriu dentro da Via Láctea, conforme ela está agora se movendo mais para perto da galáxia de Andrômeda e está novamente se ligando a estes 12 Sóis centrais onde está agora há algum tempo. Isto significa que os centros de energia do interior da Terra que trabalham com as energias desta tríade, estão agora começando a ficar reativados novamente.

Isto já levantou o planeta para a 5ª dimensão e vai acelerar todo este processo de mudança evolutiva no planeta 777 mil vezes, depois sobe para 999 mil e em última análise para 12-12-12.

Esta é uma recarga em massa que está ocorrendo, com as energias das pirâmides adormecidas sendo reativadas.

As pirâmides de Gizé e as conhecidas pelo homem são réplicas primitivas das primeiras pirâmides, agora subindo. Gizé nunca foi o centro principal, era apenas um tipo de lembrete para a humanidade do que tinha existido antes. Apesar de servir como um gerador de energia enorme da segunda civilização na Terra que se destruiu, depois como Atlântida estava caindo seus cientistas a partir da nova colônia no Egito sobre as ruínas do que restou da segunda civilização renovaram, mas nunca poderiam ter sucesso em restaurá-la à sua glória anterior e ativação completa.

Então, estamos agora sendo catapultados para a 5ª dimensão e para mudanças imensas em todas as frentes.

Isso não é brincadeira de criança, isto é sério.

Na verdade, a importância disto só será sentida daqui a dez anos, quando este planeta terá mudado além do que conhecemos atualmente.

©Judith Kusel

Origem: judithkusel

Relacionado: Liberadas as Energias de Antigas Pirâmides…

6 comentários em “Os 12 Sóis Centrais e Sua Conexão Com as Pirâmides do Planeta Terra

  1. Pingback: Os 12 Sóis Centrais e sua Conexão com as Pirâmides do Planeta Terra – 10.11.2014 | Senhora de Sírius

  2. Oi Dario, bom quando eu leio algumas canalizações elas falam sobre novas energias que irão chegar a Terra mas não sinto elas, tipo eu ja posso estar acostumado com as novas energias ou elas ainda não chegaram?

    Curtir

  3. Daro Bom dia,
    Um tema complexo desses merece várias postagens.
    Durante muito tempo, este planeta esteve se desenvolvendo dentro dos parâmetros dimensionais da dualidade. Estava sujeito às leis de tempo e espaço, causa e efeito (karma), nascimento e morte, bem e mal, enfim regulado pelas polaridades. A evolução da consciência foi alcançada por conflitos, experimentando-se oposições.Porque?existem razões profundas e muito antigas.Quais são elas?Uma breve história no tempo…A existência de um cinturão de asteróides no espaço orbital entre Júpiter e Marte intriga os cientistas da Terra até hoje. De acordo com os seres multidimensionais, esses pedaços de rocha (alguns com centenas de quilômetros de diâmetro) que flutuam no Sistema Solar pertenceram ao planeta Maldek, que explodiu devido a um desastre nuclear causado por sua civilização. Os maldequianos eram um adiantado povo que havia desenvolvido tecnologias de obtenção de energia pela desintegração do átomo. Por meio de instalações atômicas, conseguiam controlar o próprio clima planetário. Problemas com uma dessas usinas, montada sobre um selo magnético (chacra) de Maldek, causaram uma reação em cadeia que terminou por desintegrar o planeta. A explosão repercutiu por toda a galáxia e causou estragos nos planetas vizinhos. A Terra também foi tirada de seu equilíbrio.Resumindo, para não ficar muito extenso,o que acontece com os 12 sóis é que eles são os responsáveis pela ativação do portal 12;12.Ora, então, depois do 11;11, temos o 12;12? è bem assim mesmo.O 12:12 provoca nível diferente de ascensão. Enquanto o 11:11 é muito mais amplo e leva você ao sistema Galáctico do Sol Central, o 12:12 é um dos passos dimensionais nesta direção. Neste ponto da transição pelo 11:11, todos os níveis mais densos de necessidades da dualidade estão completos. Então o 12:12 é a última ativação planetária dentro do mundo da dualidade e ele, atualmente, completa sua evolução nas energias de julgamento. É ligado inter-dimensionalmente à entrada do 11:11, no sentido que pode libertar padrões densos de karma, penetrando mais fundo nas energias sutis do 11:11.Na realidade, o portal 12;12 é a entrada na CONCLUSÃO que nos levará á sexta dimensão da Graça Divina. Nós estaremos existindo num estado de amor cósmico e esta condição estará disponível para nós entretanto, teremos de estabilizá-la em nossa CONSCIÊNCIA.Tudo isso está gerando forças inimagináveis! É um raio específico, de energia muito focalizada ligada ao PERDÃO. A auto-absolvição( NADA DE CULPAS), pode acabar com a lei do karma e estabelecer a Lei da Graça. Os “Nascidos nas Estrelas” somos todos nós que antes de virmos para cá, passamos certamente por outros corpos planetários, sendo que os mais “maduros” percebem o momento e lutam e anseiam por um mundo novo, melhor, sem as absurdas inversões de valores que geram as disparidades e crueldades com os reinos da natureza (poluição dos mares, rios, camadas atmosféricas, desmatamento das florestas, maus tratos e matança dos animais) e com os próprios humanos. Dentro de nós estão os padrões de ilusão da dualidade e separação. Nós somos criados no conceito de que somos unidades separadas da Fonte; seres fracassados procurando pelo Plenum Cósmico fora, nos sentindo solitários, abandonados. No entanto, este é o momento de começarmos a dar atenção á nossa “Centelha Interna”.Agora é tempo de compreender que os dilemas que nos dividem e dilaceram são de natureza PERCEPTIVA e que a nossa percepção tem vindo a ser manipulada por limitações que nos foram impostas e que aceitamos de bom grado durante os últimos milênios.Agora é tempo de desafiarmos as forças que têm controlado a nossa realidade nos transformando em atores ativos e atuando com a equipe dos administradores do mundo da Luz.Demoramos, mas chegamos no tempo de desafiarmos os nossos sistemas interiores de crenças em relação ás imagens que nos passaram dos falsos deuses e de recuperar a coragem e a memória, subir ao palco, cortar os véus, remover as máscaras e representar de acordo com o nosso próprio OBSERVADOR INTERIOR, a nossa própria divindade.
    Agora é tempo de deixar de procurar respostas, Agora é o tempo de “Sermos a nossa própria resposta”.
    Tem um livro muito bom sobre esse assunto, intitulado “THROUGH ALIEN EYES”-Wesley H. Bateman-Federation Telepath, sobre Maldek e toda esta intrincada batalha estelar.
    E lógico, Bob Dylan, em sua antológica “Blowin’n In The Wind” que eu adoro;
    “Por quantos anos algumas pessoas devem existir ,Antes de poderem ser livres? quantas vezes um homem pode virar a cabeça e fingir que ele não vê? E quantas vezes um homem deve olhar pra cima ,antes de conseguir ver o CÉU?A resposta, meu amigo, está soprando no vento…………..”
    A figura da imagem está nos dando esta resposta.

    Curtir

    • Olá Monica

      Obrigado pelo comentário e presença.

      Assino embaixo da sua indicação do livro: “THROUGH ALIEN EYES” realmente é muito bom, nos dá uma perspectiva diferente da nossa história.

      Muita paz, luz e amor
      Dario Mânica

      Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s