Como Encontrar o Seu Propósito na Vida

post-11-15-1
A fim de encontrar o seu propósito na vida, todos os conflitos em seu mundo interior devem ser resolvidos. Nem todos de uma vez só, mas ao longo do tempo. E o seu propósito na vida vai surgir naturalmente. Isto significa uma viagem imperdível para o âmago do seu ser onde irá experimentar a sua verdadeira natureza, e poderá viver de uma maneira que é uma expressão autêntica de quem você é.

Resolver os conflitos internos e viver na sua natureza autêntica é como descobrir seu propósito de vida, pois todos os conflitos internos são simplesmente uma manifestação de sua resistência e ignorância do seu propósito na vida.

Descobrir qual o seu propósito na vida não é algo para você encontrar, mas é um lugar dentro de si mesmo onde você pode escolher como viver a vida.

Tudo Tem Um Propósito

“Deus não joga dados com o Universo” ~Albert Einstein

No espírito de Einstein a famosa declaração, nada no universo é por acaso. Se você não é por acaso e se você é um aspecto do Universo olhando sobre si mesmo, isto significa que o Universo destinou você aqui para uma finalidade específica, um destino se você assim quiser. A fim de encontrar o seu propósito na vida, então você tem que descobrir quem você é.

Você não precisa viajar para a Índia ou a China para fazer isso (embora você possa se sentir chamado a fazê-lo como parte do seu propósito, sempre se desenvolvendo na vida), você só precisa olhar para o seu interior e contemplar a sua conexão com o Universo/EU superior, em silêncio.

Quando você se aproximar deste ponto, você vai sentir paz interior, amor divino e pura felicidade, porque essas são as energias do Universo/EU superior. Quando você sentir estas energias dentro de si mesmo saiba que o seu propósito na vida vai se revelar a você claramente como um desdobramento natural da expressão destas energias dentro de você.

A mente universal imagina e cria com a energia e a energia dentro de nós que chamamos de emoção é a mais pura expressão da nossa divindade, porque está em alinhamento com a mente universal.

A emoção é a linguagem da mente universal, porque é a única língua em que não há dolo.

Todos os Conflitos no Mundo São Resultado da Ignorância

Todos os conflitos em nossa vida e no mundo, surgem quando interferimos com a expressão natural de nossa verdadeira natureza divina. Todos os conflitos no mundo são o resultado da nossa ignorância sobre o nosso verdadeiro EU e nossa conexão com todas as coisas no Universo.

Não tenha ódio, não tenha ganância, não tenha medo, não tenha nem a simples ignorância. Temos ódio, temos medo e temos ganância, porque somos ignorantes do que realmente somos, seres divinos manifestados diretamente da mente universal. Se fôssemos conscientes, perceberíamos que somos todo-poderoso, todo-amoroso, criaturas felizes, eternos e infinitos, que vivemos em um Universo de abundância.

Não haveria nenhum medo, nem ódio, nem cobiça, se estivéssemos cientes da verdadeira natureza de nós mesmos e do Universo, que temos esquecido quase totalmente. Quase inteiramente.

O nosso conflito interior é a nossa consciência superior nos guiando para o nosso propósito na vida. O conflito interno não é uma maldição, mas uma bênção, é uma bússola do nosso caminho de volta para a nossa verdadeira natureza, de volta para o nosso propósito na vida. É simples de usar: se houver conflito interno, então estamos fora do propósito, se nos sentirmos em paz, então estamos no caminho certo.

O Caminho Para o Nosso Propósito na Vida é a Paz Interior

Se aprendermos a tomar as nossas decisões na vida baseados na paz (e emoções semelhantes em consonância com os princípios universais, como a paixão, bondade, amor, alegria, e assim por diante), então o único destino possível é viver o nosso propósito na vida, porque estaremos alinhando com o que somos.

Temos de aprender a viver a partir desse silêncio que sabemos estar dentro de nós mesmos, usando a nossa intuição para guiar nossas ações e nossas emoções para verificar que estamos no nosso propósito. Qualquer outra coisa que mantemos ou usamos para nos guiar, em última análise nos desviará do caminho, porque é fundamentalmente uma criação da mente, o que significa que é uma ilusão e, portanto, não pode nos levar a verdade.

“O que é real é o que nunca muda” ~Muktananda

Encontrando o Seu Propósito na Vida

Se você não sabe qual é o seu propósito, então não há nada com o que se preocupar. Se o universo está no propósito, então você também deve estar no propósito, e, portanto, sua vida agora, neste momento, é exatamente como deveria ser. Saiba que você está exatamente onde você precisa estar agora, você vai perceber que se continuar a seguir em frente, sempre crescendo, você se moverá em direção a sua natureza autêntica.

Se você tem conflito interno, eu sugiro que você entre em sintonia com este conflito interno um pouco mais de perto para ver sobre o que ele é. Examine suas circunstâncias de vida atuais e descubra as lições que a sua vida está lhe ensinando, porque isso vai refletir o seu propósito na vida. Toda a sua experiência está levando-o em direção ao seu destino, se você resolver o conflito neste momento, então você estará um passo mais perto de realizar o seu propósito na vida.

Você não tem que se preocupar com a paz no futuro, cultive a paz agora que você irá aprender, e você vai crescer.

Cada um de nós sabe inerentemente a nossa missão neste planeta desde o nascimento, só que todas as energias de baixa frequência e as informações que estão nos distraindo desde o início nesta encarnação “física” obscureceram temporariamente esta parte natural de quem somos.

Se você está começando a procurar a paz interior, então isso significa você está se preparando para uma transformação, por isso fique feliz com o fato. Para se preparar para o seu despertar interior e vir a conhecer a força da intenção diretamente eu recomendo aprender a meditar e acompanhar essa arte maravilhosa com a prática de ioga, ou tai chi, ambos cultivam a energia e trazem equilíbrio para o corpo, mente e espírito, já que eles são meditação em movimento.

Isso ajudará você a aprender o processamento emocional de modo que você pode limpar o que está desordenando a sua mente, corpo e espírito, que é a fonte do seu conflito interno.

Ao limpar todos os bloqueios dentro de si mesmo, você vai se ver claramente. Isso vai ajudar você a descobrir o seu propósito na vida e reconectá-lo com a paz interior que está no âmago do seu ser.

O conflito interno é apenas a maneira da nossa alma nos chamar a atenção. Assim como o mecanismo da dor no nosso corpo funciona como um lembrete de que o nosso corpo precisa de atenção, a agitação interna é a maneira dos espíritos nos deixar saber que a nossa atenção é extremamente necessária no nosso interior. Nós só podemos ignorá-la por algum tempo até que somos obrigados a olhar para o nosso interior e buscarmos a paz.

Isto é o Universo chamando por você, encorajando-o a se lembrar da sua natureza infinita e a realizar o seu potencial magnífico. É o seu convite pessoal a um plano superior de ser e de uma vida melhor. Tudo o que você precisa fazer é olhar para o seu interior e você vai encontrar tudo o que você estiver à procura e seu propósito na vida vai se revelar a você, naturalmente, quanto mais profundo você for.

Vivendo o Seu propósito na Vida

Depois de ter começado a olhar para dentro de si mesmo, viver o seu propósito é fácil. Basta fazer as coisas que fazem você se sentir bem. Quanto mais você estiver se sentindo bem, mais você está em alinhamento com o seu propósito na vida, porque, acima de tudo, a vida é sobre se sentir bem. Trata-se de desfrutar a vida, fazendo o que você ama, e sendo feliz, não deixe ninguém jamais convencê-lo de outra forma.

Você está no seu melhor quando você está feliz e quando você está no amor. Você não tem que estar apaixonado por uma pessoa específica. Um relacionamento ou se casar não vai resolver os seus problemas. Em muitos casos, só vai agravá-los. Em vez disso, aprenda a amar o que você faz, e quem você é. Então você vai começar a aceitar a si mesmo e abrir-se internamente para a intenção da força universal transmitir através de você e inspirá-lo no curso certo da ação de sua vocação.

Você pode estar pensando agora que isso é muito fantástico para trabalhar, que você precisa de algo mais prático ou aplicável para trabalhar. Bem, é assim que você aprendeu a pensar como um adulto, e é precisamente a linha de pensamento que o levou a perder o seu senso de propósito, em primeiro lugar !

Você já viu uma criança com um senso de propósito ? É claro, o tempo todo ! Sempre que sai de casa para ir explorar a floresta, eles têm um senso de propósito. Quando eles estão jogando, eles jogam com propósito, porque eles jogam com cada grama de si mesmos e eles estão vivos e bem-aventurados em cada momento.

Seu propósito na vida não é complicado, é simples. É o que você decidir que ele deve ser, e é toda a aspiração ou ideia onde você pode unir o seu coração e a mente a fim de alcançar. Nem sequer pense se tudo vai dar certo no final, basta fazer uma coisa hoje com um propósito absoluto, que no final vai acontecer.

Aqueles poucos momentos de propósito vão ampliar e se aprofundar, e um dia ou um mês, talvez um ou dois anos na estrada, o senso de propósito será como você gasta cada um dos seus momentos de vigília. Não é uma coisa específica que é o seu propósito na vida, como eu disse antes, é um lugar dentro de si mesmo em que você pode escolher viver, é uma filosofia de vida que diz que em essência você vai agir com todo o seu coração, com toda a sua paixão, com entusiasmo desenfreado em tudo.

Seu objetivo na vida é brincar com seus filhos, conviver com sua amada, caminhar no parque, mudar o mundo com a sua verdade… Se você fizer isso de forma consciente e com tudo de si.

Então eu pergunto a você, quando você se sentou aqui lendo estas palavras sobre paixão, propósito, felicidade e paz interior, o que você estava pensando em fazer ?

©Brandon West

Origem: projectglobalawakening

15 comentários em “Como Encontrar o Seu Propósito na Vida

  1. Pingback: A LINGUAGEM UTILIZADA POR MUITOS QUE BUSCAM CAMINHO DA ASCENSÃO… | AFINIDADES ESPIRITUAIS.Cida Pereira's Blog

  2. Pingback: VOCÊ JÁ SABE QUAL O CAMINHO A SEGUIR? | AFINIDADES ESPIRITUAIS.Cida Pereira's Blog

  3. Pingback: Como encontrar o seu propósito de vida

  4. Pingback: Você Está Aqui Para Transformar a Consciência Humana? | UNIVERSO DAS AFINIDADES.Cida Pereira's Blog

  5. Pingback: Transformando a Humanidade | ASCENSÃO PLANETÁRIA

  6. Pingback: 30 Termos Espirituais Importantes Que é Bom Você Conhecer | Espiritismo e Ufologia

  7. Pingback: Termos Espirituais | ASCENSÃO PLANETÁRIA

  8. Tão simples tao confuso.só sei q nada sei. Somos repetição da repetição. Deus justiça amor odio….

    Diante de tudo isso fica confuso

    Curtir

  9. Pingback: Como Encontrar o Seu Propósito na Vida – 15.11.2014 | Senhora de Sírius

  10. Oi Dario,
    Ipsis Litteris.
    Mais duas frases da minha enorme coleção;
    “O óbvio é aquilo que nunca é visto, até que alguém o manifeste com simplicidade”.
    Kahlil Gibran
    E
    “No caráter, na conduta, no estilo, em todas as coisas, a simplicidade é a suprema virtude”.
    Henry Wadsworth Longfellow

    Curtir

  11. Hoje de noite aconteceu quando eu estava dormindo acho que foi a primeira viagem astral em que eu pude fazer oq eu queria, só que eu estava no vazio era tudo escuro não existia nada eu comecei a tentar voltar pro meu corpo eu consegui só que eu não conseguia me mover nem abrir os olhos eu me lembro de fazer um força monstruosa pra tentar abrir os meus olhos e não consegui eu me imagine erguendo as pernas parecia que eu estava sendo esmagado mesmo com os olhos fechados eu sabia que estava acordado ainda bem que cai no sono kkkk ia ser assustador ficar ali sem conseguir abrir os olhos e me mexer, foi a primeira vez que isso aconteceu.

    Curtir

  12. Dario Boa tarde,
    Albert Einstein é sempre uma ótima referência…
    Penso que encontrar o nosso propósito na vida, é encontrar a FELICIDADE.Dizem por aí que a felicidade não existe, não podemos vivê-la aqui, na sua completude….e até parece que sabemos o que é vivenciá-la em sua totalidade….algo tão surreal para se imaginar em uma vida material com densidade de 3D, a maioria distante de seu Observador e vivendo lapsos de tempo fora do Agora.Mas, podemos sim, vivenciá-la fazendo o que gostamos e o que nos dá prazer, realizando nosso propósito divino.
    A felicidade é um direito natural de todo ser humano, e porque é um estado de espírito,resulta de uma vida interior rica, criativa, amorosa e amadurecida, associada à
    exteriorização e materialização deste estado íntimo em nosso dia-a-dia.
    Para usufruirmos da felicidade precisamos criar condições para seu desenvolvimento, como para qualquer outra virtude humana, porque a felicidade não nos pode ser ofertada por alguém ou trazida até nós,através de uma situação específica da vida. Certas circunstâncias e os relacionamentos sociais e afetivos podem contribuir para propiciar um bem estar real, mas passageiro, ao qual não podemos chamar de felicidade.
    Além da baixa – ou ausência de – auto-estima, e da perspectiva equivocada sobre o propósito da vida, sobre o sofrer, sobre quem somos , algumas distrações cotidianas podem impedir ou retardar o desenvolvimento da felicidade.O autoconhecimento e a busca do aprimoramento interior são as ferramentas necessárias para assumirmos o poder consciente sobre nosso mundo interior e darmos um passo decisivo em busca de achar o nosso propósito na vida e consequentemente a felicidade.“Ir de encontro ao destino é realizar plenamente o potencial que está desde sempre em nós,é como ouvir um
    chamado e responder a ele. Ou desabrochar todas as nossas potencialidades e seguir uma vocação”. Quem diz isso é o escritor Joseph Campbell em seu ótimo livro “Reflexões sobre a arte de viver”( vale uma leitura).. E estranhamente, o mundo costuma nos corresponder quando fazemos assim. Uma das formas de saber que se está no bom caminho e que estamos fazendo aquilo para o qual nascemos é que o mundo nos abre as portas.Todos nós precisamos conhecer nosso propósito: o que temos de particular para oferecer ao mundo. Não seguir nossa intuição interior sobre isso, representa um problema tanto para nós quanto para os outros, pois, quando nos entregamos à inércia da vida, nos tornamos também um peso para aqueles que estão à nossa volta.E quanto á simplicidade, a meu ver, viver simples é ter clareza de propósito. Definir esse propósito é algo individual e irá determinar o que é relevante para cada pessoa. Dessa forma, a expressão exterior que uma vida simples irá assumir, também é algo muito pessoal. Pode-se dizer que a simplicidade integra aspectos interiores e exteriores da vida, transformando-a num TODO integrado e pleno de sentido. Viver uma vida simples não é uma nova invenção social. Seu valor foi há muito reconhecido. Nova e urgentes, são as circunstâncias altamente dinâmicas do nosso mundo moderno, nos níveis ecológico, social e psico-espiritual e a simplicidade consciente, portanto, não é a negação de nós mesmos, mas uma afirmação da vida. Uma vida voltada para os valores mais puros e verdadeiros, adotada voluntáriamente, ajuda a encontrar o nosso propósito de vida real e não se constitui em uma experiência “ascética” (no sentido de estrita autoridade); ela é, antes, uma “simplicidade estética, mental e espiritual” onde o padrão adotado para se viver bem em todas as áreas da vida, adapta-se com harmonia à arte prática da vida cotidiana neste planeta.Portanto, considerando-se o que foi dito no post, modestamente, concluo que a mente que aspira libertação de condicionamentos é aquela que busca a simplicidade como instrumento de evolução consciencial e consequentemente, encontra seu propósito de vida. E quando no indivíduo associam-se mente, intelecto e simplicidade no viver de uma forma equilibrada, o espírito se faz presente e a vida torna-se mais leve e naturalmente intensa.E para arrematar, uma grande frase de um dos maiores gênios da renascença italiana;
    “A simplicidade é o mais elevado grau de sofisticação”.
    Leonardo da Vinci

    Curtir

    • Olá Monica

      Obrigado pelo seu comentário.

      Esta frase do Leonardo da Vinci eu não conhecia, é muito boa, sempre gostei de simplicidade e coisas práticas, diretas.

      Muita paz, luz e amor
      Dario Mânica

      Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s