A Consciência Global e a Noosfera

post-12-13-1
Se você ler este artigo você é provavelmente uma daquelas pessoas que sente as conexões que nos rodeiam e sente que há algo maior, muito maior do que nós mesmos. Estamos realmente em um mundo feito de conexões e é isto que nos dá mais energia e que faz nos sentir vivos. Existem conexões em diferentes graus e diferentes dimensões. Há conexões com o nosso passado e nossos antepassados, com a Terra, com a natureza ou com animais. Mas imediatamente pensamos em conexões entre as pessoas, sua mente, suas ideias, seus pensamentos e consciência.

A ideia de um nível superior de consciência existe nas formas antigas e modernas de espiritualidade e filosofia. Muitos fenômenos também levantam a questão de um nível superior de consciência. Experiências de quase morte (EQM), xamanismo, experiências fora do corpo, todas abrem novas perspectivas. No entanto, se o mundo oriental e as culturas antigas nunca esqueceram a ligação com um espírito maior, o mundo ocidental apenas recentemente começou a fazer mais esforços neste sentido. Muitos projetos como o Projeto Unidade Global (PUG), o Projeto Consciência global (PCG) ou o Movimento de Mudança do Mundo (MMM) visam mostrar a existência desta consciência global. Outras iniciativas internacionais participam tornando as pessoas mais conectadas através de pensamentos e ideias. Um bom exemplo é o TED com palestras inspiradoras onde centenas de pessoas compartilham a sua paixão, mostrando-nos o poder dos pensamentos e sugerindo uma conexão superior.

Noosfera

Relacionado: Tudo Sobre os Registros Akashicos e a Noosfera

Alfred North Whitehead, Inglês matemático e filósofo desenvolveu um sistema abrangente. Ele descobriu essencialmente o inter-relacionamento da matéria, espaço e tempo, onde os objetos podem ser entendidos em uma série de eventos e processos. Este conceito foi expandido para afirmar que o processo se constitui na essência fundamental do Universo. Ele afirmou: “A natureza é uma estrutura de processos de evolução. A realidade é o processo”.

Vladimir Vernadsky e Teilhard de Chardin deram um nome a esta esfera do pensamento humano: “noosfera”. Juntos a Pierre Teilhard de Chardin, um geólogo francês visionário, paleontólogo e filósofo, afirmaram que a evolução cósmica desde o Big Bang até o momento, apresenta nove níveis de complexidade, que podem ser agrupados em três etapas: a litosfera (a matéria “morta”), a biosfera (a matéria “viva”) e a noosfera (o “pensamento” da matéria) que é organizado pelo software do cérebro humano e ativo pela inteligência criativa. A pedra angular de sua teoria é a estruturação da evolução universal em camadas, cada uma descrevendo como os sistemas se tornam mais complexos dentro de cada camada. Junto com esta complexidade ocorre um progressivo desenvolvimento da consciência. A consciência evolui para a espiritualidade, sua forma mais elevada. Em última análise, há uma convergência para uma consciência mais elevada que ele chamou de o ponto Omega. Teilhard de Chardin faleceu uns dez anos antes de James Lovelock sugerir que a Terra é realmente um super sistema biológico. Em sua teoria, a hipótese de Gaia foi escolhida em homenagem à Deusa grega que desenhou o mundo dos vivos diante do caos, a própria Terra é vista como uma única entidade biológica de auto regulação, um ser individual. Ele estende sua reflexão, questionando a relação entre a Gaia e a consciência coletiva:

“Em que medida é a nossa inteligência coletiva também uma parte de Gaia ? Será que nós, como espécie constituímos o sistema nervoso de Gaia em um cérebro que pode conscientemente antecipar as mudanças ambientais ?”

Ciência e Noosfera

Em 1996, Roger Nelson desenvolveu a ideia de tentar registrar alguma indicação de uma consciência global. Era o nascimento do Projeto Consciência Global (PCG), uma colaboração internacional de cientistas, engenheiros, artistas e outros, financiado por doações privadas. Ele criou uma matriz baseada na internet para registrar continuamente números aleatórios em todo o mundo. Assemelha-se a colocação de eletrodos em uma cabeça humana para gravações de eletroencefalograma. Eles coletam dados de forma contínua a partir de uma rede global de geradores de números aleatórios físicos localizados em 65 locais de coleta em todo o mundo. O Projeto Consciência global é um esforço para capturar algumas indicações sobre a presença e atividade de uma consciência global. Sua finalidade é examinar correlações sutis que podem refletir a presença e atividade da consciência no mundo.

Seu resultado preliminar mostra que a consciência de grupo em grande escala tem efeitos no mundo físico. Na verdade, eles observam em uma estrutura do que deveria ser de dados aleatórios, associados a grandes eventos globais. Quando milhões de nós compartilham intenções e emoções os dados de rede mostram saídas significativas de expectativa ! Roger Nelson diz que a consciência global “aglutina apenas quando grandes eventos nos unem, nos fazem concentrar e temporariamente, compartilham conhecimento e emoção”. A rede é afetada quando eventos poderosos no mundo fazem um grande número de pessoas prestarem atenção na mesma coisa. Estes efeitos podem ser observados durante o foco de uma grande dose de atenção, por exemplo, um evento de expressão mundial de compaixão como nas cerimônias em memória de Madre Teresa. Eles explicam os efeitos observados pelas interconexões e interações dos seres humanos em todo o planeta, assim como a mente é formada pela interação dos neurônios no cérebro.

O Instituto de Ciências Noéticas no norte de San Francisco dá um apoio logístico a este projeto. Este Instituto vai além da observação dos efeitos da consciência. Eles tentam responder perguntas fundamentais como: “Por que isto é importante para a consciência ?” ou “Como realçar essas percepções subjetivas que as pessoas têm relatado durante a nossa história ?” Seu objetivo é apoiar a transformação individual e coletiva através de pesquisa da consciência envolvendo uma comunidade de aprendizagem global na realização de nosso potencial humano.

Efeito Físico

Há outras expressões físicas desta conexão global. Rupert Sheldrake destaca as estruturas e experiência que eram comuns a muitas pessoas no passado com as quais podemos nos conectar. Estas estruturas constituem uma espécie de campos organizados. Estes campos estão organizados em padrões que transmitem informações através do espaço e do tempo por um processo de ressonância. Dentro do que ele chamou de um campo mórfico, a mente aprende novas maneiras de fazer as coisas por uma ligação inconsciente com o mundo em geral.

Bernard Werber, escritor francês, lembra-nos uma ideia antiga sugerindo que podemos sintonizar no canal da noosfera através do nosso lado direito do cérebro. Por isso, a nossa criatividade seria muitas vezes a nossa capacidade de acessar os recursos infinitos da noosfera. A informação seria potencialmente acessível a todos, no entanto, alguns de nós teríamos uma melhor capacidade de receber e traduzir as mensagens.

Tecnologia

Algumas pessoas estão indo além da interação entre a noosfera e o mundo físico, vendo uma ligação entre a internet e a noosfera. Podemos até ouvir que a noosfera vem da união entre os seres humanos e as novas tecnologias. De acordo com este ponto de vista, quando a comunicação humana atingir seu mais alto nível de intensidade, ela vai assumir uma forma física, a noosfera. David Woolfson diz: “A oportunidade de mudar para cima, para o próximo nível do nosso desenvolvimento coletivo foi habilitado pelas revoluções recentes e em curso no domínio das tecnologias de informação e comunicação”.

Para Lorenzo Hagerty, dentro do espírito da internet, esta criação é o resultado da “simbiose entre humanos e a tecnologia que estamos criando”. De acordo com ele, somos capazes de desenvolver as soluções exigidas pelos problemas levantados pela nossa nova tecnologia e o desastre ecológico global só através da expansão das atuais limitações sobre a consciência humana. Ele descreve diferentes aspectos do espírito, como se manifestam na comunidade da internet. Em 1996, Francis Heylighen fundou o Grupo Global do Cérebro, criado para discutir o surgimento de um cérebro global saindo da rede de computadores, que funcionaria como um sistema nervoso para o super organismo humano. Ele está trabalhando em particular, sobre o desenvolvimento do conhecimento coletivo e a inteligência e sua aplicação na web inteligente emergente, ou “cérebro global”: “A sociedade pode ser vista como um organismo multicelular, com indivíduos no papel das células. A rede de canais de comunicação que ligam os indivíduos, em seguida, fazem o papel de um sistema nervoso para este super organismo, ou seja, um “cérebro global”. Neste grupo podemos atender Joël de Rosnay ou Peter Russell que estão envolvidos em outros projetos globais.

Aqui provavelmente há um equívoco sobre o que é noosfera. Devemos ter o cuidado de separar bem os efeitos físicos e sua verdadeira natureza vibrando em um nível superior. É claro que esta comunicação planetária é um sistema interligado de consciência e informação para participar na mudança das nossas relações com o espaço e o tempo. Mas será que podemos considerar a internet como o quadro que permite a criação da noosfera ? Isso não é correto e está provavelmente dando muito crédito e importância para a ciência e a tecnologia ! A noosfera é definitivamente mais do que uma rede física através da qual estamos todos conectados. Vendo a noosfera simplesmente como uma grade nos dá uma ideia errada, uma ideia de “simplória”. A noosfera tem diferentes níveis em que o espaço e o tempo não são lineares e existem todos ao mesmo tempo.

Além da Ciência

Pesquisadores querem acumular evidências científicas para uma interação entre os seres humanos. O PCG tem mostrado que a consciência humana e as emoções têm efeitos no mundo físico. Podemos reconhecer seus esforços ao medir fisicamente o efeito de uma consciência global. No entanto, como vimos, a conexão está provavelmente muito além do mundo físico. Existe de fato uma limitação natural da ciência para se aproximar da noosfera: Ela não têm ainda a ferramenta para estudar a noosfera, que por natureza pertence a outra dimensão. Por quê ? Porque nós não temos que entendê-la, não temos que explicá-la. Devemos senti-la, como se sente o amor. Nossa conexão com noosfera é uma questão de coração e alma. Se a tecnologia desempenha um papel importante para unir as pessoas, a consciência vem em primeiro lugar no coração. Portanto, nunca é tarde demais para admitir que a ciência não é a melhor maneira de acessar toda a gama de experiências humanas.

Manifestando

Algumas pessoas gostam de David Woolfson, co-iniciador do movimento Mudança do Mundo, argumentam que a nossa capacidade de se comunicar globalmente “dá origem a oportunidade de criar uma consciência global unificada”. Para eles, a noosfera está criada e agora está crescendo com mais conexões. Assim, a noosfera parece ser uma meta a alcançar ou uma conquista final. No entanto, se considerarmos que já fazemos parte da noosfera, nada tem que ser criado. Pelo contrário, é algo com que podemos nos conectar. Eu entendo que é mais uma questão de manifestar ao invés de criar. É tudo sobre manifestar o que já existe, o que já sabemos profundamente em nosso coração. É a manifestação do que sabíamos antes de virmos sobre a Terra, ou seja, nós pertencemos a noosfera.

Sua Própria Maneira

A questão é, portanto, como manifestar a nossa conexão com a noosfera ? Podemos encontrar a conexão gravando o que já está presente dentro de nós. Isso é o que tem tudo a ver com o ensino e a sabedoria de antigos mestres. Podemos nos inspirar em mundos e culturas passadas. Durante séculos, pensadores orientais seguiram um caminho diferente do nosso. Através de Tai Chi, Yoga ou artes marciais, eles se aproximaram do ser humano, tanto através da mente como do corpo. Para evoluir, cada indivíduo deve retornar as raízes fundamentais, como a respiração, movimento, equilíbrio e meditação. Todas estas técnicas tem um único objetivo: ajudar-nos em direção ao nosso esclarecimento. Quando nos colocamos a nível de alma, percebemos que somos parte desta energia e não há formas interiores ou exteriores, mas apenas formas diferentes para nos religarmos ao nosso EU superior. Podemos fazer isso através das formas ativas, como a transmissão, ensinando, ou sendo um conector ou podemos fazê-lo através das formas contemplativas como a meditação. Todos nós fazemos isso de uma maneira diferente. Nós apenas temos que escolher a nossa maneira que temos no coração, então será mais fácil.

Os Professores

Temos também temos professores, guias, anjos e mestres para nos apoiar. Eles estão sempre ao nosso redor, acompanhando nossa jornada. Eles só esperam para nós pedirmos. Quem quer que sejam, todos eles nos ensinam a dar mais importância ao que sentimos, para alterar a maneira como estamos agindo e percebermos que cada um de nós está ligado a um grande espírito. Podemos ver muitos exemplos em todo o mundo: Kiesha Crowther, Barbara Marx Hubbard, James Redfield, Dan Millman e muitos outros. Todos têm as suas próprias palavras, a sua própria abordagem, mas todos eles nos mostram as conexões. Essas pessoas são apenas alguns exemplos de pessoas que fazem parte do processo de revelar nossa verdadeira natureza, o nosso verdadeiro ser. James Redfield, por exemplo, em seu belo livro “A Profecia Celestina” mostra essa conexão energética entre as pessoas e a existência de um nível superior de consciência. Ele também nos ensina a estarmos ciente das sincronicidades que são as manifestações da noosfera.

O que torna a mensagem desses professores tão poderosa é a sua capacidade de pensar e de ser ouvido por todo o mundo. Isso é o que é realmente novo. Um novo nível certamente facilitado pelas novas tecnologias. É o que nos mostra todos os dias Lilou Mace que entrevista as pessoas mais inspiradoras neste planeta. Ela compartilha a sabedoria incrível de professores da vida que se preocupam com os outros, que se preocupam com o mundo e seu futuro. São coisas que podemos fazer para nos juntar a este grupo de pessoas dedicadas a mudar a consciência. Se dermos uma olhada em todas as suas entrevistas, vemos uma ligação entre todos estes professores: Todos eles compartilham valores universais de amor e compaixão. Ela está usando uma palavra perfeita descrevendo os que querem ser parte de sua incrível jornada: “co-criando”. Co-criar é exatamente o que precisamos fazer. Nós criamos o nosso futuro, mas não sozinhos. Criamos tudo isto juntos. E o que coloca todos juntos é o amor.

Alma, Coração e Amor

A noosfera é mais do que uma “rede de pensamento planetária”, um sistema interligado de consciência e de informação, uma rede global de conhecimentos instantâneos e comunicação planetária. Todas essas descrições esquecem a parte espiritual: “a alma”. A noosfera é de fato, não só uma esfera de pensamentos, mas também um espaço de almas. Para Chardin, a convergência não foi uma convergência apenas de mentes ou corpos, mas de coração: “Não é a cabeça ou o corpo que temos de trazer juntos, mas nosso coração”. Na verdade, uma coisa muitas vezes esquecida é que na visão de Chardin, a noosfera estaria rodeando a Terra unificada por amor.

O Mundo Está se Movendo

Atualmente muitos de nós estão esperando por uma mudança. Podemos sentir essa mudança na consciência, mas ainda não temos ideia de quando a mudança vai acontecer em uma escala global. Pode ser, talvez, um, cinco anos, ou talvez mais, que estamos preparados para esta mudança e para sabermos mais sobre as nossas conexões universais. Quando será o momento da definição ? Estamos chegando ao ponto ômega que Chardin estava tão animado ? Está a humanidade cruzando um limite ? Ninguém pode dizer. Kiesha Crowther, shaman também chamada “Pequena avó”, diz muito bem: “Não há um ser humano neste planeta, que sabe exatamente o que vai acontecer. Nem um”.

Sim, o mundo está mudando. Quando viajamos pelo mundo ou fazemos um passeio rápido na internet, podemos ver o surgimento de ideias, projetos e redes dedicadas ao amor e a humanidade com mais frequência do que antes. Podemos até sentir este despertar. Mais e mais pessoas estão despertas e aproveitando as oportunidades. Parece que elas estão se preparando. É como saber que algo tem que mudar. Elas sentem a necessidade de transmitir o que aprenderam ou simplesmente o que elas sentem. Elas realmente não sabem porque fazem isto, mas o seu compromisso é total. Elas sabem que é importante e poderoso. Muitas pessoas estão ativamente engajadas para mudar o mundo de uma maneira positiva. Elas têm diferentes vozes, diferentes origens, mas a mesma energia as está dirigindo. E esta energia é direta para um objetivo único e belo: “combinar o nosso coração para um mundo melhor”. Até agora bloqueios ou eventos negativos desencadearam a evolução da consciência. Agora, as pessoas nascem com essa consciência, com esta consciência universal. Essa é a grande mudança: Agora, a mudança vem de dentro.

Índigo e Cristal

Esta nova geração é muitas vezes chamada de índigo ou cristal, crianças que são mais sensíveis e mais conscientes do que as de quaisquer gerações anteriores. O que as distingue da maioria restante do povo é a sua sensibilidade. Esta sensibilidade aos sentimentos e sensações está em um nível global. Elas se reconhecem em tudo e todos. Elas se preocupam com o mundo, elas se preocupam com a Terra, elas são ativistas, artistas, elas sentem a necessidade de expressar o que sentem. Uma característica comum é que elas não podem desligar sua emoção e sensibilidade. Elas são movidos por tanto energia interior e exterior. Elas são, provavelmente, os conectores entre o humano e a energia da noosfera. Como conectores, elas estão muitas vezes em contato com o outro lado, com outros seres, espíritos, guias ou anjos. Elas são muitas vezes ensinadas ou já sabem que sozinhos não podemos fazer isso. Todos elas sabem que o que dá sentido é o coração e o amor. Elas sabem com cada fibra do seu ser que elas podem mudar o mundo, elas podem fazer a diferença. Elas sentem a urgência para a mudança. E elas estão mudando o mundo.

Agora

Hoje em dia, a consciência começa a crescer em caminhos diferentes. É algo acontecendo no planeta no momento. É para cada um de nós determinarmos um curso de ação, a fim de fazer parte da próxima etapa de nossa evolução como seres humanos. Não precisa ser um mestre, guardião da luz, místico ou xamã para entender que não estamos sozinhos. Não há nada para comprar, nada à venda. As oportunidades são ilimitadas, porque temos uma capacidade incrível e inexplorada de mudar o futuro. O que podemos fazer ? A resposta é compartilhar os nossos pensamentos, nossas visões e nossos sentimentos. É claro, o amor é o elemento central. O amor é a chave. O que precisamos fazer é não só deixarmos ir nossa velha visão da realidade e do mundo, mas também sentirmos profundamente em nosso coração que estamos todos conectados. Não temos que mudar só a nossa maneira de pensar, mas também a nossa maneira de ser. A pequena avó define muito bem: “Nós nascemos com um modo de pensar, em vez de sentir”.

Alguns de nós parecem sonhar com a noosfera. Mas já estão conectados ! Estamos vivendo dentro dessa esfera de almas. Ao olhar para a imagem maior, vamos ver e sentir isto, temos de ver mais do que apenas com os nossos olhos, temos de sentir mais do que com o nosso corpo, temos de viver no coração. Na verdade, não é uma questão de saber, é uma questão de ser. Não é mais o tempo da mente e do conhecimento, mas o tempo do coração e do amor. É hora de nos lembrarmos de quem realmente somos.

CHAMADA PARA A EVOLUÇÃO

  • Tire um tempo todos os dias para meditar
  • Veja as conexões
  • Esteja verdadeiramente preparado para o que está por vir
  • Preste atenção aos seus sonhos, seus sonhos de dia
  • Faça uma lista do que você pode mudar
  • Distribua amor
  • ©Damien Lafont

    Origem: wakingtimes

    14 comentários em “A Consciência Global e a Noosfera

    1. Pingback: O TEMPO CIRCULAR DOS MAIAS-TZOLK’IN E HAAB | A Luz é Invencível

    2. Sempre tive interesse na evolução da consciência, mas tenho sentido ultimamente que minha necessidade por buscar mais informações tem crescido….
      Existe algum grupo de discussão que posso participar para ter contato com mais pessoas com o mesmo interesse?

      Curtir

      • OLA Gustavo.
        Espero que teu Ser já tenha atraído algum grupo para você participar. Eu tenho participado de estudos junto à UNIPAZ que abrange todas estas questões. Estudo os Decretos de Saint Germain e os 12 princípios de liberação do Homem através do contato com a Irmandade Eu Sou. Existem muitos contatos no facebook.
        Podemos conversar.
        Forte abraço
        Josane

        Curtir

    3. Prezada Monica,

      Magnífica a sua explanação, obrigado a vocês dois por esse importante e verdadeiro trabalho diário.
      Percebo, o Dario traz a informação advindas de fontes unas e você Mônica, não só complementa mais potencializa com informações de elevada consciência, e nos convida a buscarmos sempre estarmos coligado com o verdadeiro e não à informações egocêntricas e pessoais.

      Gratidão por vocês dois!

      Curtir

      • Olá Peregrino

        Obrigado pelo comentário.

        Concordo com você a Monica complementa e estende o texto tornando-o melhor, obrigado também a você e a todos os que emitem sua luz onde que que estejam.

        Muita paz, luz e amor
        Dario Mânica

        Curtir

        • Obrigado Monica

          Também entendo assim, mas entre os meus muitos defeitos procuro não cair na lisonja, só pelo fato de saber que posso estar ajudando na iluminação de outras pessoas me basta, não quero de maneira alguma o reconhecimento por esta tarefa que faço com profundo amor e gratidão pelo privilégio de conviver com todos vocês a cada dia.

          Muita paz, luz e amor
          Dario Mânica

          Curtir

        • Oi Dario
          Quem neste mundo não tem defeito?
          E o que são “defeitos”?
          Como podemos nos julgar,se o Plenum Cósmico não o faz e só nos ama?
          Respeito profundamente suas colocações mas afirmo que só damos aos outros o que temos DENTRO de nós.Simples assim.

          Curtir

      • Prezado Peregrino,
        Muito obrigada por suas palavras,mas saibam todos os que lêem o blog e os excelentes textos que aqui são postados,que Dario é o maior responsável por esse momento importante de reflexão diária para todos nós. Ele disponibiliza, traduz e nos proporciona isso, com sua incrível percepção e generosidade, permitindo, á mim e á todos nós, colocar em palavras,com uma liberdade única e muito rara, tudo o que sentimos e pensamos.
        Meus parabéns á ele e meus abraços sinceros, e que todos voces também possam recebê-los.
        Mônica

        Curtir

        • Olá Monica

          Generosa como sempre, não entendo que eu mereça crédito pelo que faço, pois como comentei tenho muito que expurgar e quanto encontro textos que me “tocam” traduzo e disponibilizo para todos vocês seres maravilhosos que vez ou outra estão visitando os retardatários como eu, então podem despender seu tempo em leituras.

          Muita paz, luz e amor
          Dario Mânica

          Curtir

    4. Pingback: A Consciência Global e a Noosfera – 13.12.2014 | Senhora de Sírius

    5. Dario Bom dia,
      Lendo o título do tema do seu post de hoje,lembrei-me imediatamente do filósofo francês Teilhard de Chardin. Segundo ele, assim como há a atmosfera, a geosfera e biosfera, existe também o mundo ou esfera das idéias, formado por produtos culturais, pelo espírito, linguagens, teorias e conhecimentos. Seguindo esta linha de pensamento, alimentamos a Noosfera quando pensamos e nos comunicamos. A partir de então, o conceito de Noosfera foi revisto e conseqüentemente, sendo previsto como o próximo degrau evolutivo de nosso mundo, após sua passagem pelas posteriores transformações de geosfera, biosfera,“tecnosfera”(temporária e em andamento-leia-se internet) e, então, a Noosfera.Já sabemos por muitos posts colocados por voce, que o Universo é uno e indivisível. Cada um sente o universo de acordo com as suas limitações. Se a visão é ampla, o universo será amplo. Se a visão é restrita, o universo será restrito. Cada um vê o universo de acordo com o seu grau de conhecimento ou ignorância e cada um é responsável para ampliar ou não, o seu universo. Assim fazendo, estará ampliando a consciência coletiva, trazendo frutos à humanidade. A Noosfera expressa a convergência de mentes e corações, originando uma unidade mais alta e mais complexa. É o começo de uma nova história, a história da Terra unida com a Humanidade (expressão consciente e inteligente da Terra).
      Não se pode negar que a globalização, criou as condições materiais para todo o tipo de relações entre os povos. Surgiu de fato uma consciência planetária. É como se o cérebro começasse a crescer fora da caixa craniana e pelas novas tecnologias penetrasse mais profundamente nos mistérios da natureza. O ser humano está hominizando toda a realidade planetária. Se o nosso Ecossistema permanece em pé ou é derrubado, se as espécies continuam ou são dizimadas, se os solos e o ar são mantidos puros ou poluídos, depende de decisões humanas. Terra e Humanidade estão formando uma única entidade global. Buscamos centros multidimensionais de observação, de análise, de pensamento e de governos.Nosso planeta começou,nos primórdios de sua criação, a partir da geosfera, e então surgiu a litosfera (rochas), depois a hidrosfera (água), em seguida a atmosfera (ar), posteriormente a biosfera (vida) e por fim a antroposfera (ser humano). Agora a história amadureceu para uma etapa mais avançada do processo evolucionário, a da Noosfera. Noosfera como a palavra diz (nous em grego significa mente e inteligência) expressa a convergência mental/emocional, originando uma unidade mais evoluída e mais coesa. A história avança através de tentativas, acertos e erros. Nos dias atuais estamos assistindo à fase nascente da Noosfera,que, na minha modesta opinião, não consegue ainda ganhar a hegemonia por causa da força de um tipo de globalização excludente e pouco cooperativa, agora vastamente fragilizada por causa da crise sistêmica. Holísticamente falando,as mudanças na Terra não são apenas mudanças climáticas, e sim um processo sistemático mais complexo direcionado pelo Logos Solar. O “ovo cósmico” do planeta Terra está prestes a “eclodir”, através de um processo geológico poderoso. A Kundalini da Terra está ascendendo para uma união cósmica Noosférica, através da interação do plasma do sistema Solar com o campo magnético da Terra. Além disso, as antenas telepáticas da terra – o Cérebro Global– está prestes a ser estimulado, abrindo-se para o campo Noosférico fora do tempo, na conexão cósmica umbilical da Terra – a Re-conexão Magnética – o ponto nulo magnético!Uma nova humanidade, utilizando a tecnologia da Noosfera, irá limpar a mente global poluída. Para mudar o curso dos eventos, precisamos acabar com a poluição entre o corpo causal planetário e o fenomenal, de forma que tudo se torne uma manifestação da VERDADE.
      No Espelho doTempo, nasce um novo universo não-dual – uma imagem não fraturada do Todo que se manifesta sobre uma Terra multidimensional. O curto-circuito do Cérebro Global na Onda do Tempo da manifestação Noosférica, que tem sido apresentado como o Espelho do Tempo, será a salvação para a humanidade, libertando-a da prisão dos ciclos da dualidade. A manifestação da unidade cósmica na Terra, através da união dos participantes de todas as áreas do conhecimento humano, com uma grande concentração de cientistas,OS CÉREBROS QUE NOS LEVARAM PARA UM PATAMAR DE CIVILIZAÇÃO MAIS AVANÇADA – é um sinal de comunhão galáctica.Todos nós que estamos despertos e aqueles que já encontraram o Caminho, começamos a “participar” do Holograma que é a Noosfera. Traduzindo, isto significa que estamos aqui para criarmos e co-criarmos nas grades e no Holograma Planetário, dependendo do que escolhermos e onde estivermos. Mas, embora as coisas possam parecer diversas e diferentes, todos nós somos parte deste sistema poderoso e maravilhoso de Ser e de Criar, chamado Planeta.A diversidade é maravilhosa. Podemos celebrar que somos todos diferentes e que criamos e nos expressamos de modos diferentes. Estas escolhas começam antes da encarnação, quando escolhemos(e podemos), nossos pais e nosso local de nascimento. Então, quando ficamos adultos, podemos fazer novas escolhas, sobre como viveremos, onde estaremos e como nos expressaremos. Nossas almas começam a explorar e a se expressarem de modos diversos e maravilhosos. E, com a criação da Noosfera e o advento das viagens a nível global mais o evento da Web, as escolhas da alma são multiplicadas!Mas o que é tão maravilhoso, é que apesar da diversidade, os Humanos são todos iguais “sob a pele.” Todos nós somos expressões da Luz Divina, todos nós somos almas experienciando a vida e a morte, o amor e a alegria, e algumas vezes, a tristeza e a dor, dependendo de como as nossas vidas prosseguem. Pois a vida é rica e complexa, e algumas vezes há momentos de profunda e intensa dor que são parte da jornada da vida. Nós não podemos esperar sempre pela Felicidade Completa idealizada, mas podemos aprender a cultivar a profunda Alegria e Poder interior, que nos sustentarão através de períodos de stress e de mudança, enquanto nos deslocamos de um círculo de Ser para outro(os 7 círculos iniciáticos evolutivos).Todos nós vivenciamos esta diversidade e Unidade,quando participamos do Holograma Global(Noosfera) em nossa própria vida. Que alegria é encontrar com a Família de Luz por todo o mundo,em todos os lugares no dia á dia, na internet, nas viagens. As pessoas são sempre as mesmas,afetuosas, amorosas e dispostas a compartilhar e a experienciar. Quanto mais conscientes nos tornamos, mais abertos ficamos para a experiência , a beleza e a riqueza da vida.E tudo isso só acontece por causa do AMOR,que transpira pelos poros ,que aparece nas mínimas coisas, nas mínimas conversas corriqueiras, nos “encontros coincididos” pela net,no trabalho.As conexões vão se formando e aproximando as pessoas,mas tudo acontece por AMOR e é esse Holograma Noosférico Global trabalhando incessantemente para elevar o planeta, PORQUE CHEGOU A HORA. Seu grifo sobre alma, coração e amor, está aqui. Hoje é um dia feliz. Amanhã também. Tudo vai depender do que sente o seu CORAÇÃO AMOROSO.Sorrir é bom. Não custa nada. Aumenta os níveis de serotonina e endorfina, e não faz mal á ninguém.Quantos passos para a felicidade? Nenhum, afinal já estamos imersos nela,depende de nossas escolhas HOJE.Aqui estão os seus grifos do “AGORA”.
      Na chamada para a evolução, eu acrescentaria;”Enfrente seus medos,corajosamente”,pois,todo conceito que o homem tem e não modifica com sua evolução, torna-se um preconceito, e os preconceitos acorrentam as almas à pedra da inércia mental e espiritual.
      È de Teilhard de Chardin ,uma maravilhosa frase que poderia ser adaptada à nós em todas as situações; “Cada um de nós, quer queira quer não, liga-se, por todas as suas fibras materiais, orgânicas e psíquicas, a tudo o que o circunda”.

      Curtir

    Deixe uma resposta

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s