O PENSAMENTO LÓGICO E A FÉ


anterior posterior

A emergência da ciência e da tecnologia foi acompanhada por uma rápida secularização do nosso mundo e por uma recessão religiosa.A glorificação do racionalismo e o desejo de encontrar uma resposta para cada aspecto da existência humana, levaram, inexoralvelmente, a graves perdas no campo da vida mística,religiosa, emocional,inclusive em termos de “humanidade”. Dentre os responsáveis pelo aumento do abismo entre religião e ciência, fé e conhecimento,está a postura das igrejas institucionalizadas.Temendo perder influência nas esferas seculares,impuseram abusivamente sua autoridade no campo do conhecimento empírico.Esse fato aprofundou ainda mais a necessidade de uma maior diferenciação no campo da autoridade.O cisma entre pensamento científico e fé, colocou o homem moderno diante de uma dicotomia aparentemente intransponível.Os sentimentos espirituais se restringem cada vez mais com o crescimento do contingente daqueles que duvidam da verdade da mensagem de Cristo e das discussões em torno da doutrina cristã.Até mesmo os dogmas fundamentais sustentados pela tradição eclesiástica, como DEUS,CRISTO,IGREJA E REVELAÇÃO , se transformaram em objetos de veementes debates entre leigos e teólogos,indistintamente.

Quando o cerne e a base dos ensinamentos religiosos não são mais aceitos como pura verdade, nem mesmo pela própria base da religião, o cristianismo tradicional caminha, indubitavelmente, para o seu fim.Um exemplo que pode ser citado, dentre tantos outros é que na Alemanha,77% acham possível ser cristão sem pertencer á nenhuma igreja.Dentro de segmentos da população consultada, a maioria não acreditava em Cristo como “emissário divino”, enviado pelo próprio Deus.E isso tudo ocorre em outras igrejas e países, um sinal claro da Nova Era que o Homem está vivenciando.Tudo porque a religião não soube evoluir, permanencendo com seus interesses políticos, domínio, poder, dogmas e a falta de interesse em informar seus “fiéis”, dando-lhe um enfoque histórico-científico-crítico-humanístico da verdadeira espiritualidade.A insistência em interpretações literais dos livros ditos “sagrados”, ocultações de informações históricas,a cega obrigação da observância dos tais “dogmas” sem qualquer base científica,está propiciando o declínio sem volta deste Cristianismo Eclesiástico.Ainda bem.

Realmente, o que chamamos hoje de Cristianismo tem pouco a ver com os preceitos que a Consciência Crística encarnada no Jesus humano desejava difundir.O que temos hoje em dia, são mais instruções de conduta arbitrária, manipuladora,castradora e interesseira, que vem por séculos sendo aceita pelos ditos “fiéis”, cuja boa fé e boa vontade são barbaramente exploradas.Consequentemente, estes mesmos fiéis, sendo por comodismo, medo ou ignorância, tem se deixado conduzir por uma Elite que detém um conhecimento, o qual não é nem um pouco interessante de ser disseminado e explicado, já que as consequências disso ,são a perda do poder e da influência sobre a massa de manobra inculta, desinteressada, cômoda e amedrontada pelos infindáveis “pecados e punições”, imputados pelas mesmas “cabeças coroadas pelo Espírito de Deus”.

Muitos princípios “ditos” doutrinários de hoje, sob o ponto de vista verdadeiramente cristão(segundo os ensinamentos deixados pela Consciência Crística,que se conhece pelo Jesus Humano e cujas fontes foram devidamente adulteradas),não se conformam absolutamente com a mensagem desta Consciência.São, na verdade, um legado de Paulo, que tinha um modo de pensar, segundo os textos, radicalmente diferente.O Cristianismo que está hoje aí, que multidões seguem, desenvolveu-se á partir do momento em que o Paulinismo foi aceito como religião oficial.Na realidade segundo vários estudiosos(Emil Brunner só para citar um deles),construiu-se uma doutrina;da livre comunhão,um corpo jurídico;da livre associação,uma máquina hierárquica.Pode-se afirmar que, em cada um de seus elementos e na sua totalidade, tornou-se,exatamente,o oposto do que se pretendia e esperava.

Uma pessoa que frequenta uma igreja dita Cristã não pode deixar mais hoje de assumir uma postura crítica diante da proliferação de obscuros artigos de fé e dos deveres e obrigações que a envolvem.Um homem,totalmente humano a princípio,com uma Consciência Crística desenvolvida(a qual todos um dia chegaremos), surgiu no horizonte sombrio de sua época,trazendo uma mensagem cheia de esperança, de amor e bondade,e o que foi feito disso?Foi deliberadamente transformado em papel,verbosidade,negócio e poder.Dois mil anos transcorreram desde que este Audacioso Ser tentou libertar homens do jugo oficial das igrejas,caracterizada por burocracia,leis e figuras eminentes,por inflexibilidade,conflito em matéria de credos e crenças,por hierarquia e sua reivindicação de autoridade absoluta,pelo culto,idolatria e sectarismo.Essa Alta Consciência queria que os homens tivessem  uma direta comunicação com o Plenum Cósmico/Deus e nunca tencionou “patrocinar ambiciosas carreiras eclesiásticas”.

Hoje, os ensinamentos desta Consciência Crística são mediados por especialistas privilegiados e pela arbitrariedade de um corpo de “profissionais do espírito”. Esta mesma Consciência foi gerenciada, mercadejada, codificada e virou livro.Onde a fé é viva e verdadeira, foi substituída por crenças mesquinhas e intolerantes,baseadas em um racionalismo clerical.Os mandamentos atribuídos á essa Consciência, mas de conhecimento de uma grande parte de nossa antiguidade, de tolerância e amor ao próximo, desapareceram, dando lugar ao fanatismo e ao dogmatismo.A luta pela supremacia de uma fé verdadeira, exclusiva, deixou um rastro de reveses, violência e sangue no caminho percorrido pelas igrejas.Luta sem tréguas, desde o tempo em que esta Consciência esteve pelo planeta até nossos dias, com inúmeras derivações, caindo para a política, interesses financeiros, bélicos e midiáticos, todos irreconciliáveis com qualquer doutrina que possa levar o homem á uma evolução tanto material quanto espiritual. 

A realidade é uma só;A confiança no valor das experiências religiosas ou espirituais tende a decrescer com o desenvolvimento só das capacidades intelectuais.A crença exclusiva no racional e no provável ocupou o lugar reservado á fé luminosa e profunda como meio de captar a realidade.No processo de amadurecimento da sociedade moderna e altamente materialista, o sentimento religioso é relegado ao âmbito do irracional, do improvável e consequentemente, do irreal.À medida que cresce o nível educacional,muitas categorias de pessoas relegam a parte transcendental da vida,  deixando de ter experiências profundas verdadeiras, com uma fé desdogmatizada e livre.

A principal causa deste equívoco é uma má, tendenciosa e manipulada ideia e conceito do que seria esta Consciência Crística e esse Plenum Cósmico/Deus/Criador.O divino não se coloca á uma distância utópica,mas dentro de cada um de nós,inspirando uma vida em harmonia com o infinito e o reconhecimento de que nossa curta existência não passa de um momento da eternidade, da qual faz parte.

Durante séculos, o homem ocidental foi induzido a considerar-se uma criatura separada do Plenum Cósmico/Deus.E hoje, no” esclarecido” séc XXI, á beira da maior Transição Planetária de que  se tem notícia neste planeta, esse mesmo homem, (os não despertos e os ainda inconscientes),parece mais do que nunca incerto quanto ás possíveis respostas ás mais antigas questões sobre este Plenum e sobre o sentido da Vida.Atualmente florescem em todo o mundo novos centros espirituais, com uma nova proposta, oferecendo outras ideias e soluções para os problemas da natureza humana, partindo da solução encontrada NO PRÓPRIO HOMEM.

***********************************************************************************************************************
CONCLUSÃO

Está surgindo uma espécie de Religião Universal sincrética, que se move na direção de uma plena auto- realização, através da contemplação,autoconhecimento e meditação em busca de uma iluminação espiritual e do entendimento místico-global da natureza cósmica que existe dentro de cada indivíduo.Devemos então, aguardar a germinação da semente do espírito, a emergência do interior transcendental que até agora nos “tinham prometido”para somente depois da morte física.Sabemos que não é o fim da espiritualidade, muito pelo contrário, está se abrindo silenciosamente em nós, a flor de uma consciência mística que não abrange apenas uns “poucos escolhidos e privilegiados”, mas todo o contexto do homem no planeta, desde que o homem faça sua escolha por autoconhecer-se e espiritualizar-se de uma forma abrangente, em todos os aspectos de uma vida moderna, científica , lógica e racional, porém voltada para os verdadeiros valores espirituais e em conformação com o nosso Planeta em transição e transformação.
***************************************************************************************************************************

“O Conhecimento da Verdade destrói todo o mal;Como o Sol brilha num céu sem nuvens, o verdadeiro Iluminado permanece firme,apartando os véus da ilusão” ~Buda

***********************************************************************************************************

Bibliografia para consulta

1-La Science de la Religion
Max Müller
2-Cânon e História Social
Frank Crusemann
3-A vida Oculta e Mística de Jesus-As chaves secretas do Cristo-Um estudo de mais de 8000 anos
A. Leterre
4-Cristianismo e Paganismo-A conversão da Europa Ocidental
Jucelyn Nigel Hellgarth
5- Mentiras sobre a Igreja Católica
Diane Moczar
6-Histoire Philosophique du Genre Humain
Fabre d’ Olivet
7-Verdades que a Igreja não revela-O Vaticano e os Papas
Ely de Oliveira
8-Igreja Católica e Maçonaria
Valdir Gomes
9-A crise na Igreja
Franz Xavier Kaufman
10-Sociedades Secretas Illuminatti
Sérgio Pereira Couto
11-O livro Negro da Inquisição-Documentos
Vários autores

 Nota; Biblioteca Virtual

Divulgação: A Luz é Invencível

5 comentários em “O PENSAMENTO LÓGICO E A FÉ

  1. Pingback: OS ESTIGMATIZADOS-fenômeno psíquico,fraude ou missão espiritual?-segunda parte | A Luz é Invencível

  2. Pingback: OS ESTIGMATIZADOS-Fenômeno psíquico,fraude ou missão espiritual ? – Primeira parte | A Luz é Invencível

  3. Pingback: A APARIÇÃO DE FÁTIMA-CONTATO IMEDIATO DE TERCEIRO GRAU? | A Luz é Invencível

  4. Olá Sr João

    Obrigada pelo comentário e presença

    Realmente somos feitos de pura Luz, aprendendo lições em um corpo material.Essa Luz está em tudo no Universo e ao nosso redor, mais brilhante cada vez que nossa consciência evolue.Continue conosco

    Muitas vibrações positivas da “Luz é Invencível”
    Mônica

  5. projeto minha consciência nun corpo sem matéria e acontecen fenómenos ineisplicaveis comigo.nos somos seres inteligentíssimos de lus

Não poderei responder os comentários

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s