3 Coisas Que as “ovelhas” Fazem, Mas Que Você Não Deve Fazer

post-08-27-2
Você já teve a sensação de estar cercado por autômatos, pessoas que simplesmente imitam a vida, sem realmente vivê-la ?

Ovelhas, como elas são chamadas, são as pessoas comuns que de certa forma se adaptaram particularmente bem á agenda de treinamento da força de trabalho/consumidor/obediência. Elas foram ensinadas a serem dóceis, tolas e facilmente conduzidas. Elas estão particularmente interessadas em seguir e acreditar nas narrativas tradicionais dos governantes, adaptando-se aos pensamentos e comportamentos do grupo/rebanho. Quase criminalmente desinformadas, elas são previsíveis, obedientes, crédulas, não questionam nada, sempre fazendo a sua parte para manter o poder cultural vigente, policiando e se escravizando, ficando focadas em qualquer tarefa que tenha sido exigida delas. As principais recompensas pelo seu conformismo e obediência é a ilusão de segurança.

Ovelhas estão por toda parte, com certeza, mas um movimento contrário formidável está aumentando em oposição a esta loucura de engenharia/manipulação social. A quantidade de pessoas que estão acordando é verdadeiramente inspirador e uma grande parte desta transformação é a crescente consciência do que fazemos e o que pensamos que nasce realmente de pensamentos e questionamentos originais, não instruído por programas culturais com enredos ditados pela indústria, governo e os psicopatas da elite à frente da nossa nave espacial Terra. Acordar para isto é com certeza, o resultado da nossa consciência nos chutando.

Artigo Relacionado: 8 Pistas de Que Estamos Vivendo um Despertar Espiritual

Aqui estão 3 coisas que as “ovelhas” fazem, mas que você não deve fazer…

1. Auto Sabotagem

Como um vampiro que deve ser convidado para poder entrar na casa de sua vítima, grande parte da matrix é um convite para entrarmos na autodestruição. É voluntário de muitas maneiras. Suas armadilhas são concebidas por apelos ao ego, ao paladar, ao prazer e para a nossa falta de conveniência e necessidade de gratificação instantânea… Nada que não possamos viver sem. Ela vende coisas com gosto doce num primeiro momento, mas em última análise revela-se difícil de parar, é viciante e ainda mais, é impossível de pagar.

Artigo Relacionado: As 6 Grandes Ilusões Que Nos Mantêm Escravizados a Matrix

Ovelhas não conseguem dizer não ao sistema, mesmo quando sabem que estão fazendo mal a si mesmas. Elas vão consumir o que lhes é apresentado, o que quer que tenham acenado em seu rosto com mais frequência e mais fervorosamente, as consequências que se dane. Sabotando sua própria saúde física e mental pela emoção de conveniência, pelo automatismo em seguir o rebanho e pelo vício do excesso de estimulação, as “ovelhas” vão cair para praticamente qualquer coisa. Elas infelizmente vão seguir suas papilas gustativas todo o tempo até chegarem ao consultório médico, então alegremente assinam recibos e compram “medicamentos” ficando totalmente afundadas em dívidas.

Mas você não deve fazer nada disso. Você não tem que trabalhar em empregos que odeia, você não tem que assistir televisão todas as noites para ficar alienado, ofuscado, babando. Você simplesmente não tem que tratar o seu corpo e mente com tanto desprezo como os controladores dizem para fazer. Sua vida é preciosa e vale a pena proteger de todas as formas possíveis.

“As pessoas são ovelhas. a TV é o pastor.” ~Jess C. Scott

2. Acreditar no Enredo, Usar a Máscara, Desempenhar o Papel

É difícil saber por vezes, se a arte está imitando a vida ou se é a vida que imita a arte, mas este é o segundo século do Eu/individualismo e os meios de comunicação social trouxeram algumas oportunidades estranhas para fazer um grande movimento para fora de nós mesmos e não nos levarmos muito a sério. Como muitas pessoas/ovelhas obedientemente fazem.

Quem são essas pessoas que acampam em lojas de varejo com promoções nomeadas de sexta-feira negra, em seguida, batem e atropelam uns aos outros quando as portas são abertas para comprar algo que o sistema disse que elas precisam ? Quem são essas pessoas que ficam revoltadas com vitórias e derrotas chegando a queimar suas próprias comunidades por algum tipo de esporte de competição que incentiva o individualismo ? Quem são essas inúmeras pessoas em gravatas comprometendo suas vidas para preencher o molde corporativo ? A lista continua e continua.

A autoimagem é usada contra nós para confundir e nos desorientar. Estamos constantemente alimentando a ilusão de que precisamos ter coisas inúteis ou fazer parte de grupos/rebanhos a fim de nos sentir completos, a fim de nos sentir seguros, a fim de nos sentir felizes e livres de preocupações. Somos ensinados desde cedo que há segurança e conforto na assimilação e subserviência se você participar e concordar com o grupo/rebanho. Desconforto e consequências se balançar o barco.

Ovelhas perseguem ilusões e procuram estar em conformidade com os enredos do sistema, escolhem as máscaras e dedicam-se totalmente a desempenhar o seu papel. Mesmo que isso signifique arruinar e destruir sua humanidade ao longo do caminho.

Nada disso realmente importa é claro, porque todos nós somos seres multidimensionais, dentro de um corpo material denso por um curto período de tempo em sofrimento/aprendizado neste incrivelmente belo planeta. Quando despertamos para quem realmente somos, as máscaras desaparecem e não existe mais a necessidade de se conformar/obedecer, desta forma, ou de qualquer forma. Somos livres para ser o que quisermos e o que quer que precisamos estará disponível para sobrevivermos e prosperarmos mesmo na matrix.

Artigo Relacionado: EU Multidimensional

Nós não devemos ser todos do mesmo, sentirmos o mesmo, pensarmos o mesmo e acreditarmos no mesmo. A chave para a continuidade da expansão do nosso Universo reside na diversidade, não devemos ceder a conformidade e a coerção.

“A convencionalidade é a morte da criação” ~Anthon St. Maarten, Vida Divina: O Guia Essencial Para O Seu Verdadeiro Destino

3. Abdicar da Soberania e Obedecer Falsas Autoridades

post-08-27-3Nossa ilusão de desamparo e deferência as autoridades são encorajadas pelo nosso sistema de ensino, nosso governo e nossos senhores corporativos, somos cada vez mais solicitados a entregar o nosso poder pessoal e dignidade para os legisladores políticos e as falsas figuras de autoridades que nos governam criando cada vez mais leis e regras para nos oprimir. As ovelhas abdicam da sua soberania sem contestação, alegremente adiando sua autoridade se isso significa menos responsabilidade para elas. Elas apoiam causas que não entendem e participam nos motins em que não estão ligados nem envolvidos. Elas não sabem nada sobre os seus direitos legais ou naturais e ainda menos da coragem que é preciso para exercê-los. Fazem um passeio inútil como idiotas, as “ovelhas” preferem a dinâmica do que está sendo dito em vez de fazer.

Artigo Relacionado: Os Sete Pilares da Matrix

O jogo da perda do poder é sobre a criação da ilusão de nossa dependência do governo, das empresas, dos colegas por aceitação e aprovação, durante a criação dos atores coadjuvantes para os jogadores que estão influenciando nosso mundo. É também sobre distorcer o sentido de responsabilidade das pessoas para os crimes do governo e as empresas poderem ficar impunes mais facilmente. Tome o experimento Milgram da década de 1960 como exemplo, que demonstrou como as pessoas são naturalmente inclinadas a permitir a tortura de outros seres humanos, desde que a chamada figura da autoridade seja a responsável e esteja aceitando a responsabilidade. Ovelhas são aqueles que assistem os outros sendo agredidos, e em vez de ajudá-los, apenas registram com seus celulares.

Um uniforme e um cheque de pagamento não dão a qualquer ser humano direitos especiais sobre outro ser humano, exceto na matrix, onde as “ovelhas” foram treinadas para se submeter e obedecer a qualquer um com uniforme em conjunto com um distintivo e um walkie-talkie. As ovelhas ficam felizes em participar destes jogos de perda do poder e transferem a sua responsabilidade para os outros, mas tudo o que recebem é um simples e confiante “não”, para mudar a dinâmica em qualquer relacionamento. Nós realmente não temos que desistir da nossa soberania pessoal e entregar nosso poder para as falsas autoridades.

Artigo Relacionado: Como Sair da Matrix

Conclusão

“É uma coisa triste e estúpida se proclamar um revolucionário apenas para ser uma pessoa decente.” ~David Harris

O espírito humano é muito mais poderoso e determinado do que qualquer engenharia social ou programa de lavagem cerebral. É simplesmente inconfinável nestas prisões espiritualmente debilitantes.

post-08-31-3Apenas estar ciente disto é suficiente para quebrar o hábito da escravidão mental e revelar uma perspectiva mais verdadeira sobre a vida e as maneiras pelas quais os sistemas desumanizados em nosso mundo são organizados contra nós. Só é preciso UM questionar UM e despertar para a consciência contemporânea, nosso mundo vai ficar muito diferente do que é hoje, é fácil ver as ovelhas por aquilo que elas são. E é mais fácil ser você mesmo e não apenas mais um membro do rebanho.

Artigo Relacionado: Porque Elevar a Sua Frequência é Tão Importante

Mantenha sua soberania, não entregue o seu poder.

©Dylan Charles

Origem: wakingtimes

Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível

A “Luz é Invencível” tem por norma não publicar comentários com links.
Pedimos a compreensão de todos, para qualquer dúvida temos nossa caixa de sugestões onde todos podem livremente fazer suas colocações que serão arquivadas para consultas posteriores. Agradecemos a compreensão de todos.
Equipe da “Luz é Invencível”.
Anúncios

12 comentários em “3 Coisas Que as “ovelhas” Fazem, Mas Que Você Não Deve Fazer

  1. Pingback: O Dever da Desobediência Civil – ochamadodaalma

  2. Pingback: 3 Coisas que as “ovelhas” fazem, mas que Você Não Deve Fazer – 31.08.2015 | Senhora de Sírius

  3. Muitas vezes tenho a impressão de que são as ovelhas que alimentam esses “monstros”… A grande questão é que o ser humano se apega demais às suas próprias projeções e consequentemente se submete a cada situação, só para atender essas tais projeções.

    Curtir

    • Olá Andre

      Obrigado pelo comentário.

      Com certeza são as ovelhas que sustentam estes monstros e que ajudam a criar esta realidade em que todos vivemos, mas independente da direção que o rebanho segue, devemos sempre estarmos conscientes da realidade em que vivemos, fazendo escolhas que que sustentem nossa soberania, pois cada vez mais as energias estão “afinando” os véus da ilusão até chegar o ponto em que todos vão despertar do torpor e ver a realidade em que vivem.

      Muita Paz, luz, amor e expansão de consciência
      Equipe da Luz é Invencível

      Curtir

  4. olá! eu prefiro cordeiros, por os cordeiros serem mais usados para os sacrificios, e os cordeirinhos vão para todos os altares instituidos, sem sequer mugir. toda a minha vida dei com estes cordeirinhos, até seu circulo de amizades se regula pelo que está socialmente instituido, e assim todos se afastam dos malditos que dizem mal do sistema. é um sortudo o maldito, assim não tem que dar com esses cordeirinhos cobardes, e ignorantes, que os guiam para prados secos, mas como lhe poem óculos verdes comem como se comessem a erva mais viçosa.
    loucos somos nós que vemos a erva seca sem valor, se nossa lucidez não estivesse em reconhecer nossa loucura como cura para a ignorancia, diria que estamos loucos por sairmos do rebanho, assim digo que nos estamos curando, que para isso aqui estamos neste tempo, o tempo que tudo cura, e este tempo tem nossa cura.
    estou quase curado, mas é preciso sair desse prado de erva seca e mal guardado.
    se fosse pastor hoje guiava meu rebanho para os prados azuis, como gosto do azul, sabe a liberdade agridoce, o sacerdote me diria que é altar de nossa livre escolha.

    Curtir

    • Olá Manuluzo

      Obrigado pela presença e pelo comentário.

      Os que estão despertos e enxergam a ilusão em que vivemos são os chamados loucos, teóricos da conspiração, mas nós sabemos que na realidade somos visionários, temos consciência do nosso poder e com certeza estamos aumentando em numero, até conseguirmos libertar todos que desejarem sair da matrix.

      Muita Paz, luz, amor e expansão de consciência
      Equipe da Luz é Invencível

      Curtir

  5. Pingback: 3 Coisas Que as “ovelhas” Fazem, Mas Que Você Não Deve Fazer | dilsondosanjosdaluzinvencivel

    • Olá Ghuilherme

      Nós da Luz é Invencível buscamos sempre disponibilizar textos que auxiliem todos no seu despertar, se libertando dos medos, das crenças, percebendo a ilusão em que grande parte vive seguindo o rebanho, mas principalmente tendo consciência que somos poderosos seres cocriadores, nós criamos a realidade em que vivemos, estamos em processo de unir o despertar com a capacidade de criarmos conscientemente nossa realidade para manifestarmos a nova Terra.

      Muita Paz, luz, amor e expansão de consciência
      Equipe da Luz é Invencível

      Curtir

  6. Dario Bom Dia

    As estratégias e as técnicas “dos donos do mundo” para a manipulação da opinião pública e da sociedade,são complexas, se formos analisar pelo conceito em si,porque envolve o estudo do cérebro e do comportamento, e muito simples, se levarmos em consideração os caminhos utilizados,que são os meios de comunicação em massa;elas não sómente passam pelo texto abordado hoje, mas, digamos que a coisa é muito mais milimétricamente elaborada do que pensamos;O elemento primordial do controle social é a “estratégia da distração”, que consiste em desviar a atenção do público dos problemas importantes e das mudanças decididas pelas elites políticas e econômicas, mediante a “técnica do dilúvio ou inundações” de contínuas distrações e de informações insignificantes.A estratégia da distração é igualmente indispensável para impedir ao público de interessar-se pelos conhecimentos essenciais, na área da ciência, da economia, da psicologia, da neurobiologia e da cibernética;resumindo,manter a atenção do público distraída, longe dos verdadeiros problemas sociais, cativada por temas sem importância real. Manter o público ocupado, ocupado, ocupado, sem nenhum tempo para pensar;outro método o chamado “problema-reação-solução”;trocando em miúdos, cria-se um problema, uma “situação” prevista para causar uma certa reação no público, a fim de que este seja o mandante das medidas que se deseja fazer aceitar. Por exemplo: deixar que se desenvolva ou se intensifique a violência urbana, ou organizar atentados sangrentos, a fim de que o público seja o mandante de leis de segurança e políticas em prejuízo da liberdade. Ou também: criar uma crise econômica para fazer aceitar como um mal necessário o retrocesso dos direitos sociais e o desmantelamento dos serviços públicos;Uma outra maneira “inteligente”muito utilizada pelas Elites é a de se fazer aceitar uma decisão impopular apresentando-a como sendo “dolorosa e necessária”, obtendo a aceitação pública no momento, para uma aplicação futura. É mais fácil aceitar um sacrifício futuro do que um sacrifício imediato; Primeiro, por que o esforço não é empregado imediatamente;segundo, em seguida, por que o público, a massa, tem sempre a tendência de esperar ingenuamente que “tudo irá melhorar amanhã” e que o sacrifício exigido poderá ser evitado. Em fim, isto dá mais tempo ao público para “acostumar-se com a idéia de mudança e de aceitá-la com resignação quando chegue o momento”;incrível, não é? A propaganda/publicidade então, essa já é uma verdadeira “ciência” para o Sistema;a maioria da publicidade dirigida ao grande público utiliza um discurso, argumentos, personagens e uma entonação particularmente infantil, muitas vezes próximos à debilidade, como se o espectador fosse um menino/a pequeno ou um deficiente mental. Quanto mais a intenção é enganar, mais se tende a adotar um tom infantilizante.Por que?Pensemos;
    Se voce se dirige á uma pessoa como se ela tivesse a idade de 12 anos então, em razão da sugestionabilidade, ela tenderá á uma resposta ou reação também desprovida de um sentido crítico como a de uma pessoa de 12 anos de idade;Outra coisa considerada uma técnica clássica é fazer uso do aspecto emocional, para causar um” curto circuito “na análise racional, e por um fim ao sentido critico dos indivíduos. Além do mais, a utilização do registro emocional permite abrir a porta de acesso ao inconsciente para implantar ou enxertar idéias, desejos, medos e temores, compulsões, ou induzir comportamentos.Costuma-se também fazer também com que o público seja incapaz de compreender as tecnologias e os métodos utilizados para seu controle e sua escravidão, já que a qualidade da educação dadas às classes sociais inferiores deve ser a mais pobre e medíocre possível, de forma que a distância da ignorância que paira entre as classes inferiores às classes sociais superiores, seja e permaneça impossíveis para o alcance das classes inferiores;Usar a culpa é outra “genialidade” destas estratégias de “comando de massas”;fazer o indivíduo acreditar que é somente ele o culpado pela sua própria desgraça, por causa da insuficiência de sua inteligência, de suas capacidades, ou de seus esforços. Assim, ao invés de rebelar-se contra o sistema econômico, o individuo se sente sem valor e culpa-se, o que gera um estado depressivo ,do qual um dos seus efeitos é a inibição da sua ação. E assim,óbvio, sem ação, não há revolução!Mas o principal propósito deste post e deste meu comentário , é apresentar caminhos lúcidos e de reflexão para todos através do desbloqueio das mentes e comportamentos.Estes não são tempos para fracos de mente/coração. Estes tempos convocam nossas maiores reservas de coragem, discernimento e intuição;sentimos a hora da verdade chegando cada vez mais perto,já que a necessidade para a verdadeira maestria chegou e, apesar dos medos que habitam nossas mentes e corações, sabemos que a coragem terá lugar dentro de nós, por que toda a vida daqui para frente, depende de nossas escolhas.
    Conforme o medo cresce através do controle coletivo da mente, é vital
    que nós transcendamos isto; que ignoremos as informações falsas que estão em todos os locais para os quais nos voltemos, através da mídia, através de pressões sociais, através de possíveis interações governamentais e intervenções.Só um discernimento com muita lucidez, muita informação, estudo e o controle absoluto sobre nossa vontade e poder pessoal,poderão nos guiar através desses caminhos que estão sendo “oferecidos como salvação”para a humanidade, nos colocando sutilmente como pasto para essas Elites, “as tais ovelhas, mansas e sem vontade própria, crédulas e sem ação”.

    ****************************************************************
    Depois de tanto ler sobre o mecanismo da mente, e ainda sentir que tenho muito a aprender como usá-la convenientemente para minha evolução, fiz uma analogia,que virou metáfora, que virou história de pescador, afinal, nós somos pescadores da vida….

    O primeiro pescador:

    Este pescador(nós) vai à pesca, leva uma rede,(que simboliza nossa mente) e lança-a ao mar. Na altura certa, puxa a rede e o que vem nela? Peixes(o conhecimento que é poder), algas, lixo do mar e outras coisas(crenças, manipulação, controle, medos )
    O que faz este pescador?
    Ele só tira os peixes e deixa o resto na rede. São coisas pequenas, tão insignificantes!
    Quando o pescador for lançar novamente a rede ao mar, ela ainda está toda suja, pegajosa, pesada e até cheira mal! Isso vai atrasar/dificultar a pesca. A confusão é tanta que os próprios peixes quase nem entram na rede. As outras coisas, ditas insignificantes, tomam conta da rede.
    Quanto menos ele limpa a rede, menos peixe ele consegue pegar, até não ver peixe nenhum.

    O segundo pescador:

    Este pescador também vai à pesca, lança a rede ao mar, tal e qual como o outro pescador. Na altura de puxar, ele tem o mesmo tipo de peixe, de algas e de lixo.
    Mas o que é que ele faz?
    Ele tira os peixes e depois também limpa a rede, tirando também todas as algas e lixo. Por vezes, até são coisinhas pequenininhas, sem importância alguma, mas ele limpa a rede.
    O que é que acontece?
    Sempre que este pescador vai à pesca é fácil para ele. Ele só lança a rede e o peixe aparece fácil,porque , apesar do lixo voltar a aparecer, ele é mais fácilmente visto, assim como os peixes.Eles não o confundem.
    E a rede está sempre pronta para ser usada.Quanto mais ele limpa a rede, mais fácil fica para ele pescar.

    E quanto mais peixe ele pegar……….

    Curtir

    • Olá Monica

      Obrigado pelo comentário e presença sempre luminosa e amiga.

      Excelente analogia, elas cumprem bem seu papel de transforma em lição de sabedoria conceitos de metafísica.

      Muita Paz, luz, amor e expansão de consciência
      Dario

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s