INGREDIENTES QUÍMICOS USADOS NOS PRODUTOS DE CONSUMO HUMANO-Listas–categorias– graus de toxicidade

Sabemos hoje em dia, como estamos sujeitos á inúmeros fatores que põe em risco a nossa saúde.Nosso principal foco é a alimentação ,junto com ela, os tais medicamentos que tomamos, afim de “sanar” as doenças que são provocadas por esses aditivos químicos que são colocados em nossa comida, afim de conservá-la,manter uma aparência atraente, um gosto de “feito na hora” bastante artificial, e de mascarar sabores,cheiros e cores.Vamos passar a apresentar os ingredientes químicos usados nos produtos de consumo humano, tais como produtos industrializados, cosmética, protetores solares, shampoos, entre outros, esmiuçando um a um, acerca da sua eventual toxicidade e potenciais prejuízos para a saúde humana.Iremos basear-nos em estudos científicos com fontes que serão devidamente apresentadas.Assim, o leitor poderá, com o devido conhecimento acerca de cada componente, certificar-se se um produto que compra é portador ou não dos ingredientes aqui apresentados, ficando á par do seu perigo potencial para a saúde e em que aspectos, mais precisamente.

FONTE; muita informação divulgada sobre os Ingredientes Químicos tem como fonte o Enviromental Working Group.

INGREDIENTES QUÍMICOS: Lauriléter sulfato de sódio [SODIUM LAURETH SULFATE]

Lauril éter sulfato de sódio  [Sodium Laureth Sulfate] é um detergente e surfactante que faz parte de muitos produtos de higiene (sabonetes, shampoos, cremes dentais, etc.). É um desengordurante muito eficaz e barato.A sua fórmula química é CH3(CH2)10CH2(OCH2CH2)nOSO3Na. Por vezes o número “n” é incluído no nome, por exemplo lauriléter-2 sulfato de sódio. O produto comercial é heterogéneo, tanto no comprimento da cadeia álcali (12 sendo a moda do número de átomos de carbono), como no número de grupos etoxila, onde n é a mediana. Tem-se que n=3 é comum nos produtos comerciais. O SLS pode ser derivado por etoxilação de SDS.

Dodecil sulfato de sódio (Lauril sulfato de sódio) (também conhecido como SDS) e lauril sulfato de amónio (ALS) são alternativas comuns ao SLS em produtos comerciais.

Algumas evidências e pesquisas sugerem que o SLS pode também causar irritação após exposição prolongada.

Efeitos na pele sensível

Produtos que contenham esta substâncias podem afetar quem tenha propensão a eczemas e outras irritações. Esta substâncias ajuda na produção elevada de espuma nesses produtos, permitindo uma melhor distribuição do produto durante a lavagem do cabelo, pele ou dentes. Quando enxaguado, o produto terá lavado a área mas, em contrapartida, terá também removido a humidade das camadas superiores da derme. Em pessoas com pele sensível (dadas a dermatites, acne, eczema, psoríase e sensibilidade química), as propriedades hidrófilas desse tipo de detergentes podem causar o ressurgir de problemas de pele ou piorar condições já existentes.Produtos com matéria prima de melhor qualidade(no caso shampoos),fazem bem menos espuma,bem como sabonetes líquidos feitos com produtos naturais.

Preocupações de saúde

A Cosmetic, Toiletry, and Fragrance Association (CTFA) e a American Cancer Society afirmam que a possibilidade de o SLS ser cancerígeno é uma lenda urbana. Contudo, o Environmental Working Group afirmou no seu Skin Deep Report que o SLS pode possívelmente estar contaminado com 1,4-dioxano. A U.S. Environmental Protection Agency considera o 1,4-dioxano como um possível cancerígeno. A U.S. Food and Drug Administration encoraja as empresas a remover este contaminante, mas tal coisa ainda não é imposto por lei.

Também existem receios de contaminação com Óxido de Etileno.

FONTES DA PESQUISA;

  • [2] CIR (Cosmetic Ingredient Review). 2006. «CIR Compendium, containing abstracts, discussions, and conclusions of CIR cosmetic ingredient safety assessments». Washington DC.

[3] ECEnvironment Canada-2008-Domestic Substances List Categorization-Canadian Environmental Protection Act

[4] IFRA (International Fragrance Assocication). 2010. «IFRA Fragrance Ingredient List based on 2008 Use Survey». [http://www.ifraorg.org/Home/News/Latest-News/page.aspx/66?xf_itemId=43&xf_selectionDatapartId=25

  • [5] NLM (National Library of Medicine). 2012. PubMed online scientific bibliography data. [ http://www.pubmed.gov
  • [6] RODERICK E. BLACK, FRED J. HURLEY DONALD C. HAVERY. «Occurrence of 1,4-Dioxane in Cosmetic Raw Materials and Finished Cosmetic Products» U.S. Food and Drug Administration, 200 C St, SW, Washington, DC 20204.
  • [7] BLACK ET AL.: JOURNAL OF AOAC INTERNATIONAL VOL. 84, NO. 3, 2001

      • 1-Parabenos: muitos produtos – tais como os desodorizantes de spray, cremes faciais, produtos de cabelo e creme dental – contêm produtos químicos chamados Parabenos, que imitam o estrogênio humano. Num estudo realizado na Universidade de Reading, no Reino Unido, 99% dos participantes do estudo, com câncer de mama tinham acumulação de “parabenos” nos seus tumores. Mesmo as mulheres que não utilizam regularmente produtos conhecidos por conter parabenos, apresentaram nos seus tecidos, células cancerígenas. Há uma necessidade de mais investigação neste campo,  considerando o aumento do uso de Parabenos nos produtos farmacêuticos e também como aditivo alimentar. A palavra “parabeno” às vezes é combinado com metilo, propilo, isobutilo, ou etil – de modo  assim ser lida nos rótulos.
      • 2-Chumbo: O chumbo que é um metal pesado tóxico foi encontrado em mais de 60% dos batons populares investigados pela Food and Drug Administration Federal (FDA). Enquanto o mercúrio tem sido um problema com cosméticos fabricados na China, as conclusões da FDA vieram trazer atenções indesejáveis às empresas “confiáveis”, como a Revlon, L’Oreal, Maybelline por estas incluírem ingredientes que originam o câncer. Chromium, cádmio e alumínio foram alguns dos outros metais detectados durante o estudo. A FDA anunciou não considerar que as suas descobertas impliquem um problema de segurança. De fato, um representante do Conselho Produtos de Higiene Pessoal disse acerca dos resultados: “Muitos destes metais estão presentes na Alimentação, e a exposição a produtos para os lábios é mínima em comparação.” De fato.
      • 3-Formaldeído, et al: A cor do cabelo, relaxantes, alisantes, shampoos, condicionadores, e cola para extensão de cabelo contém uma série de substâncias químicas tóxicas. Alguns dos piores incluem formaldeído (uma substância cancerígena internacionalmente classificada), tolueno (proibida na Europa, devido ao perigo para os fetos em desenvolvimento), a hidroquinona (o que aumenta a sensibilidade ao Sol) e ftalatos (em vários estudos ligado aos problemas de reprodução). Muitos destes produtos químicos são também encontrados em loções de bronzeamento artificial e em cremes de depilação.
      • 4-Triclosan: Pasta de dentes, sabonetes líquidos, e desodorizantes estão utilizando produtos químicos anti-microbianos, tais como triclosan para prevenir o crescimento bacteriano. Triclosan é considerado um disruptor endócrino. O uso de produtos que contenham esta substância pode levar a problemas reprodutivos, mau funcionamento da tiróide, e até mesmo câncer.
      • Post relacionado;nutricao-para-o-olho-da-mente-alimentos-para-reativar-sua-glandula-pineal/acessando-energia-de-alta-frequencia-com-sua-glandula-pineal
      • TOXINAS COMUNS NOS COSMÉTICOS

    O que devemos assimilar a partir destes resultados é que  devemos começar a considerar uma mudança para produtos de beleza naturais e orgânicos – cada vez mais disponíveis mesmo nas grandes lojas – como uma alternativa para os produtos que estamos habituados a comprar.Faça sempre a sua pesquisa. Se há um item de cosmético especial ao qual você é leal, verifique e certifique-se de que a produção prima pela saúde e pelo bem estar.Lembre-se, você aplica muitos destes produtos na sua pele – onde são absorvidos diretamente pela sua corrente sanguínea. Gastar um pouco mais para garantir que não  recebendo formaldeído e chumbo nos produtos que utiliza todos os dias, parece um pequeno preço a pagar.

    Fonte: The Truth About Cancer

  • NITRATOS,NITRITOS E NITROSAMINAS

Os compostos nitrogenados são encontrados em abundância na natureza e participam da maioria dos processos biológicos. Nitratos e nitritos estão presentes no solo, água e vários tipos de alimentos. Em vegetais, eles são encontrados naturalmente sendo uma das fontes de nitrogênio necessária ao crescimento. Em carnes curadas e enlatadas, os teores existentes se devem principalmente, a adição de nitrato e/ou nitrito de sódio ou potássio durante o processamento do produto. Estes sais são utilizados como agentes conservantes devido a sua ação inibidora sobre o grupo “clostrídio” responsável por infecções e intoxica- ções alimentares  . Nos últimos anos, vários trabalhos mostraram que os nitratos e nitritos presentes nos alimentos podem ser considerados como potencialmente perigosos. Estes estudos se referem ao envolvimento destes íons com aminas secundárias na formação de certos tipos de nitrosaminas carcinogênicas . Os níveis de nitrato e nitrito em alimentos são objeto de regulamentação. Em produtos cárneos curados, a Organização Mundial da Saúde e os Ministérios da Saúde e da Agricultura permitem um limite máximo de 500 p.p.m. para nitrato e 200 p.p.m. para nitrito .

No Brasil o câncer é a segunda causa de morte entre as mulheres e a terceira entre os homens, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, em 2008.Estes números preocupantes, segundos estudiosos e médicos, resulta de exposição diferenciada a fatores ambientais relacionados ao processo de industrialização, como agentes químicos, físicos e biológicos, e das condições de vida, que variam de intensidade em função das desigualdades sociais.O nitrato de sódio em carnes processadas pode ser prejudicial?“O nitrato de sódio (NaNO3) e o nitrito de sódio (NaNO2), são conservantes encontrados em muitas carnes processadas. Alimentos como salame, cachorro quente, pepperoni, mortadela , presunto, bacon e carne em conserva, normalmente contêm nitrato de sódio como um de seus ingredientes.Carnes frescas geralmente não contêm nenhum aditivo químico, então a questão é: porque o nitrato de sódio é adicionado às carnes processadas? Existem duas razões para se adicionar estes elementos químicos:

1-Eles preservam a cor da carne;Você provavelmente já deve ter notado que quase todas as carnes que contêm nitrato de sódio, ou nitrito de sódio, permanecem vermelhas, mesmo depois de serem cozidas durante o processo de conservação.

2-Estes elementos químicos inibem o botulismo;O consumidor não avalia o quanto podem ser prejudiciais o nitrito e o nitrato de sódio. O nitrito reage com ácidos e outros elementos químicos no estômago, a fim de produzir nitrosaminas (em inglês) (consideradas causadoras de câncer em animais, quando consumidos em grandes quantidades).No entanto, esses conservantes não estão presentes sómente em carnes, nós os consumimos em outros alimentos também. E não está claro que eles são prejudiciais nas quantidades ingeridas através das carnes. Algumas pessoas sugerem que, crianças pequenas e gestantes, devem evitar estes elementos químicos apenas por segurança.(?)

MAIS ESTUDOS SOBRE ESTES CONSERVANTES

Estudos têm sido publicados com relação ao teor de nitrato e nitrito em alimentos abordando os possíveis efeitos que estes possam causar no organismo humano.Os nitratos e nitritos podem ocorrer naturalmente em plantas. Quando ocorre a utilização inadequada de fertilizantes em plantações, há risco de excesso de nitrato nas frutas e hortaliças. Entretanto, a principal fonte desses compostos são alimentos embutidos (presunto, salsicha, salame, mortadela, entre outros), onde são utilizados para conferir cor e sabor a esses produtos. Dieta com conteúdo exagerado de nitratos, nitritos pode aumentar a formação endógena de compostos chamados nitrosaminas e nitrosamidas, causando efeitos tóxicos ao organismo. Os resultados de estudos com animais sugerem que estes compostos podem ser teratogênicos. No entanto, alguns achados verificaram que a ingestão desses compostos associados com a utilização de drogas nitrosáveis está fortemente relacionada com defeitos do tubo neural, defeitos cardíacos e defeitos orofaciais, entre outros. Na gestante, alimentos ricos desses elementos podem prejudicar o bom desenvolvimento do bebê e a saúde da gestante. É importante evitar o uso durante toda a gestação. No Brasil, o consumo desses alimentos é alto e não tem legislação que monitore o teor desses elementos em vários produtos, o que justifica estudos mais profundos sobre o tema, no intuito de orientar melhor quanto ao consumo pela população em geral e particularmente as grávidas.

O Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal- DIPOA, vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), limita o uso de nitritos e nitratos de sódio ou de potássio como conservantes e aditivos.Fique atento:

1-Em carnes, por exemplo, a quantidade de nitrito adicionado deve ser de no máximo 0,015g por 100g de alimento, e de nitrato de no máximo 0,03g por 100g.

2-A fim de garantir a segurança alimentar e evitar intoxicação por esses compostos o Ministério da Agricultura, através do Ofício Circular nº15/2006, afirma a responsabilidade da empresa que se utilizada desses aditivos.

3-Essas indústrias devem implementar programas de monitoramento e controle que registrem por exemplo a forma de uso e as ações preventivas e corretivas para a utilização de nitritos e nitratos, além de aplicarem o cálculo para determinar o nível de nitrito residual dos alimentos.

ÍNDICES SOBRE ALGUNS ALIMENTOS TRADICIONALMENTE CONSUMIDOS;

Para os embutidos, observa-se uma grande variabilidade dos resultados, sendo que 3 amostras de presunto ultrapassaram o limite máximo de 200 p.p.m. de nitrito e uma amostra de salame apresentou nível de nitrato superior ao permitido. Esses resultados são comparáveis com os obtidos em análise de presunto comercializado em São Paulo. Os patês enlatados apresentaram concentrações não ultrapassando 81,15 p.p.m para nitrato e 142,15 p.p.m. para nitrito, muito abaixo, portanto, dos valores encontrados para os outros tipos de conservas estudadas. Em relação ao teor de nitrito, esse fato já foi constatado  e poderia ser relacionado ao processo de esterilização sofrido por esses produtos. No caso dos patês acondicionados em embalagem plástica, os teores de nitrato encontrados não ultrapassaram o máximo de 500 p.p.m. permitido pela legislação. Entretanto, os níveis de nitrito são elevados, superiores a 200 p.p.m. em 17 amostras sobre as 30 analisadas. Os produtos que apresentaram as maiores concentrações de nitrito foram os patês de presunto e de galinha sendo que, no caso do patê de presunto, das 10 amostras analisadas, 9 ultrapassaram o teor máximo permitido. Para o patê de galinha, é interessante notar que as 6 análises que apresentaram uma concentração de nitrito acima de 200 p.p.m.

NITRATOS NOS LEGUMES;COMO REDUZI-LOS

Estação do ano, tipo de cultura, intensidade da luz do sol e utilização de adubos influenciam a acumulação de nitratos nos legumes. Estes estão presentes sobretudo em legumes de folhas, como os espinafres. O risco destes compostos para a saúde humana deve-se sobretudo à sua transformação em nitritos. Esta conversão produz-se por acção de bactérias na boca e no estômago. As crianças, pela imaturidade do seu organismo, são mais vulneráveis. Por sua vez, os nitritos podem reagir com as aminas dos alimentos e gerar as nitrosaminas, compostos potencialmente cancerígenos.

Escolha sempre os legumes mais frescos. Ao prepará-los em casa, rejeite as folhas murchas. Evita assim a transformação de nitratos em nitritos. Prefira legumes da época, para evitar os cultivados em estufas, que tendem a acumular mais nitratos. Elimine folhas externas e nervuras dos legumes, dado serem mais ricas em nitratos. Assim reduz em 30% o teor em nitratos. Lave com cuidado uma a uma as folhas em água corrente. Desta forma, elimina em parte nitratos e nitritos, compostos muito solúveis na água.Mantenha os alimentos refrigerados, dado as bactérias que convertem os nitratos em nitritos se multiplicarem rápidamente à temperatura ambiente. Não reaproveite a água da fervura dos vegetais ricos em nitratos para elaborar sopas ou purê. A cozedura pode reduzir o teor em nitratos entre 20 a 75 por cento. Não aqueça de novo legumes cozidos com antecedência, dado que estes aumentam a proporção de nitritos. Varie no tipo de vegetais. Por exemplo, nas saladas use diferentes tipos de alface e inclua tomate, pepino e pimento. O feijão verde, a abóbora e a couve de Bruxelas tendem a acumular menos nitratos. É uma boa opção para a sopas. Evite consumir legumes ricos em nitratos todos os dias.Há uma nítida relação entre a concentração de adubos nitrogenados solúveis (utilizados na agricultura convencional) e a quantidade de nitratos contida nas hortaliças. Alimentos orgânicos contêm bem menos nitratos, porque esses fertilizantes nitrogenados não são utilizados na agricultura orgânica. Além disso, o teor mais elevado de vitamina C, encontrado nos vegetais orgânicos, representa uma dupla garantia para a saúde do consumidor, já que a vitamina C é um inibidor muito eficaz da transformação de nitratos em nitritos.

Fontes de pesquisas;

DUTRA, Camila Braga; et al. Nitrosaminas Voláteis em Alimentos. Alim. Nutr., Araraquara. V. 18, n. 1, p. 111-120, jan/mar. 2009;

JÖNCK, Fernanda. Intoxicação Espontânea e Experimental por Nitrato/Nitrito em Bovinos Alimentados com Avena sativa (Aveia) e/ou Lolium spp. (Azavém). UDESC-CAV, Departamento de Clínica e Patologia, Mestrado em Ciência Animal.  Lages, 2010.

PERRY, Katia S. P. Queijos: Aspectos Químicos, Bioquímicos e Microbiológicos. Quim. Nova, vol. 27, n. 2, p. 293-300, Belo Horizonte, 2004.

ESPESSANTES,CORANTES,GELEIFICANTES,ESTABILIZANTES E EMULSIFICANTES

Desde que a nova legislação para aditivos entrou em vigor em 1997 classificando os aditivos de acordo com sua função, vem ocorrendo confusões no que se refere às definições de espessante, geleificante, estabilizante e emulsificante. Isso porque muitos hidrocolóides* podem desempenhar cada uma dessas funções dependendo de sua aplicação. Tentando esclarecer essas dúvidas são apresentadas algumas definições:

(*Os hidrocolóides ou colóides hidrofílicos, comumente chamados gomas, são polímeros de carboidratos, formado por mais de um tipo monossacarídeo. Quando hidratada, apresenta aparência mucilaginosa e transparente, sendo obtidas das sementes ou exsudado de certos vegetais. Essa exsudação é formada quando o tecido vegetal é danificado, seja nos frutos ou nos troncos, com a finalidade de recobrir esse ferimento evitando o ataque de microrganismos. Essas substâncias também podem ser exsudadas naturalmente, mas as melhores gomas são produzidas por estímulos artificiais em vegetais. O termo goma também é muito utilizado quando o amido é gelatinizado, por exemplo o polvilho de mandioca utilizado na feitura de tapiocas, mingaus, papas, bolos, etc. )
Servem como importantes componentes da textura dos alimentos devido às suas propriedades hidrofílicas. A indústria de alimentos necessita de constantes mudanças para atender ao consumidor, cada vez mais exigente e ávido(?) de novos produtos. Desta forma, este desenvolvimento é convenientemente orientado(?), seja do ponto de vista econômico ou baseado nos requerimentos nutricionais, e os hidrocolóides têm um papel importante no sucesso(?) destes novos produtos. As gomas são obtidas de uma ampla variedade de fontes.(nota pessoal;podemos indentificar aqui fácilmente ,o método utilizado para tornar os consumidores “ávidos” e fazer do produto “um sucesso”-as mídias altamente especializadas em vender produtos considerados atraentes, com mil promessas de cor, sabor e conteúdo nutricional, que na realidade, não existe, é uma ficção;o consumidor é altamente desinformado e inconsciente da necessidade de cuidar da saúde, de desbloquear-se e sair do piloto automático, com hábitos alimentares errados )

Espessante: Segundo a legislação brasileira, espessante é a substância que aumenta a viscosidade de um alimento. Esse aditivo melhora a textura e a consistência dos alimentos processados.

Geleificante: Substância que confere textura através da formação de um gel. O gel é um sistema bifásico constituído por uma rede macromolecular tridimensional sólida que retêm entre suas malhas uma fase líquida.

Estabilizante: Segundo a legislação brasileira, estabilizante é a substância que torna possível a manutenção de uma dispersão uniforme de duas ou mais substâncias imiscíveis em um alimento. Pode-se dizer que o estabilizante favorece e mantém as características físicas das emulsões e suspensões.

Emulsificantes: Substância que torna possível a formação ou manutenção de uma mistura uniforme de duas ou mais fazes imiscíveis no alimento.

Espessante, portanto, é a substância capaz de aumentar, nos alimentos, a viscosidade de soluções, de emulsões e de suspensões. São substâncias químicas que aumentam a consistência dos alimentos. São hidrossolúveis e hidrofílicas, usadas para dispersar, estabilizar ou evitar a sedimentação de substâncias em suspensão. Emprega-se em tecnologia de alimentos e bebidas como agentes estabilizadores de sistemas dispersos como suspensões (sólido-líquido), emulsões (líquido-líquido) ou espumas (gás-líquido).

PRINCIPAIS REPRESENTANTES

Goma carragena;-Origem- é obtida da extração de diferentes espécies de algas marinhas vermelhas.  

Estrutura- consistem em polímeros sulfatados constituídos de unidades de galactose e anidrogalactose

Aplicações iogurte, sorvete, bebidas nutricionais, petit suisse, geléias de baixa caloria, doce de leite, creme de leite, queijos, etc.

É frequentemente usada como um agente espessante. Suas moléculas grandes são filiformes e são hidrofílicas. As moléculas de gelatina, devido à sua estrutura, dão firmeza às substâncias. O tipo de gelatina selecionado deve ser um que não somente de bons géis, mas também que tenha um mínimo de “flavor” indesejável. Os tipos de gelatina preferidos são os de porcos e de bezerro.

Amidos Modificados

Apesar dos amidos serem utilizados como espessantes, eles são considerados como alimentos. O amido constitui uma importante reserva de nutrição de todos as plantas superiores (sementes, tubérculos, rizomas e bulbos). São polissacarídeos, ou seja, estão formados pela combinação de centenas de monossacarídeos, com muitas unidades repetitivas de glicose.Pelo fato de ser facilmente hidrolisado e digerido é um dos elementos mais importantes da alimentação humana. Trata-se da mais importante fonte de carboidratos.Sua estrutura é constituída por dois polímeros: a amilose e amilopectina. Além disso, a amilose forma géis firmes após o resfriamento e tem grande tendência a precipitar, enquanto que a amilopectina apresenta geleificação lenta ou inexistente, precipitação lenta, e textura gomosa e coesiva.As fontes mais comuns de amido são cereais e raízes, como o arroz, milho, trigo, batata e mandioca. O amido não é doce, não é solúvel em água fria, e representa de 70 à 80% das calorias ingeridas na dieta humana. Eles apresentam baixo custo, grande disponibilidade e facilidade de armazenamento e manipulação.Para entender sua aplicação como espessante, é importante que se conheça os seus polímeros:

Amilose

Polissacarídio linear, a amilose tem vários usos na indústria de alimentos, como na produção de filmes transparentes para empacotamento de produtos alimentícios, tais como café instantâneo, sopas, chá e coberturas de salsichas.Devido à tendência de formar géis, rapidamente, estáveis e dispersíveis em água, a amilose é útil no preparo de pudins e molhos de carne.Amido de milho com alto conteúdo de amilose é útil como espessante de produtos assados.Ésteres de amilose podem ser usados como agentes espessantes para produtos alimentícios, aumentando seu ponto de fusão. Eles fazem os alimentos gordurosos, tais como a margarina, pasta de amendoim, chocolates e assados contendo gorduras tornarem-se mais estáveis contra as variações de temperatura.

Amilopectina

Fração altamente ramificada do amido. É usada como espessante, estabilizante e adesivo.

Para que de fato o amido possa ser usado como espessante, algumas alterações são feitas em sua estrutura:

Amidos Quimicamente Modificados: São produzidos no tratamento do amido com ácidos clorídrico ou sulfúrico, ou ainda com bases de hidróxido de sódio. A partir destas misturas acontece a quebra das moléculas de amido em partes menores chamadas dextrinas. Estas são componentes de caráter inócuo e normais da dieta.

 Amidos com Ligações Cruzadas: São amidos modificados que usam certas substâncias químicas para realizar a interligação das cadeias constituídas como pontes contendo de 500 a 1000 unidades de glicose, proporcionam à solução do amido uma estabilização protetora contra agentes ácidos e também a agitações de grande intensidade.A viscosidade adquirida das soluções de amido com ligações cruzadas, possuem muito maior resistência com relação à degradação térmica. Contudo, o mesmo não ocorre com os processos de congelamento e descongelamento pois estes ocasionam a separação de soluções.

Amidos Derivatizados: São aqueles modificados através da adição de cadeias laterais com carga negativa, tais como acetatos e fosfatos. A união das moléculas de amido é evitada graças às forças de repulsão exercidas pelas cadeias laterais.As soluções de amido derivatizado possuem grande viscosidade e limpidez. Sua utilização é voltada especialmente para o espessamento de produtos a serem congelados.

ESPESSANTES

Esse tipo de aditivo é usado em pequenas proporções (menos que 0,5%), devendo apresentar as seguintes características:

–  1- ter sabor neutro;

–  2- ser de fácil dispersão;

– 3- ser termoestável;

– 4-conferir mais corpo e maior resistência às variações de temperatura;

-5- ter baixa relação custo/benefício.

TOXIDADE

De maneira geral, os espessantes não apresentam toxicidade ao serem ingeridos nos alimentos. No entanto, alguns podem causar efeitos adversos à pessoas específicas, como:

Goma xantana: casos de diarréia

Carragena: é possível causar colite ulcerativa e pode ser carcinogênica em ratos.

Segundo a Legislação brasileira, os aditivos utilizados em bebida não alcoólicas são todos os aprovados. Assim sendo, estão listados os espessantes permitidos pela legislação brasileira para uso em alimentos.

INS ADITIVO Principais usos
400 Ácido algínico Adoçantes de mesa

Leites geleificados e aromatizados

Produtos de frutas

Cereais

Iogurtes

401 Alginato de sódio
402 Alginato de potássio
403 Alginato de amônio
404 Alginato de cálcio
406 Agar Produtos de frutas, cereais, iogurtes, geléia de mocotó
407 Carragena (inclui os sais de sódio, amônio, potássio e Furcelarana) Bebida nutricionais, vitaminas geléias de baixas calorias, doce de leite, creme de leite, queijos, sorvete, petit suisse, etc.
407a Alga Eugema Processada (PES)
410 Goma jataí, alfarroba Alimentos de transição p/ lactantes e crianças de 1ª infância, creme vegetal, creme de leite, sorvete, leite aromatizado, etc.
412 Goma guar Alimentos de transição p/ lactantes e crianças de 1ª infância, creme vegetal, iogurte, sorvete, petit suisse, etc.
413 Goma adragante Adoçantes de mesa líquidos
414 Goma arábica, goma acácia Adoçantes de mesa líquidos produtos de frutas
415 Goma xantana Suco de frutas, néctares de frutas, creme de leite, cereais, iogurte, petit suisse, etc.
416 Goma caraia Adoçante de mesa líquido, Produtos de frutas, leites aromatizados e geleificados
417 Goma Tara
418 Goma gelana
420 Sorbitol e xarope de sorbitol
[425] Goma Konjac Bebidas nutricionais, queijos cheddar, prato e cremoso, geléias, produtos de frutas, etc.
440 Pectina, pectina amidada Alimentos de transição p/ lactantes e crianças de 1ª infância (somente a base de frutas), sorvete, geléia de frutas.
460(i) Celulose microcristalina Creme de leite e requeijão, sorvete, adoçante líquido.
460iii Celulose em pó
461 Metilcelulose
462 Etilcelulose
463 Hidroxipropilcelulose
464 hidroxipropilmetilcelulose
465 Metiletilcelulose
466 Carboximetilcelulose sódica Leite de coco, queijo cremoso, produtos de frutas, cereais e iogurte, sobremesas, sorvete.
467 etilhidroxietilcelulose
1200 Polidextrose

APLICAÇÕES TECNOLÓGICAS DE ESPESSANTE-Freqüentemente em combinações com emulsificantes, os espessantes tendem a estabilizar diversos produtos alimentícios, entre os quais podem-se citar os seguintes:

  1. a) Padaria – o alginato e a carboximetilcelulose permitem obter uma massa de estrutura mais esponjosa, suave e uniforme, sem perda da firmeza. Também permitem uma distribuição mais homogênea de substancias aromáticas.
  2. b) Alimentos açucarados – os espessantes são usados como agentes aglutinantes. O Ágar é o preferido em produtos ácidos, pois geleifica independentemente do conteúdo de açúcar e acidez. O alginato de sódio se agrega a caramelos; a presença de cálcio produz a gelificação.
  3. c) Produtos cárneos – os espessantes aumentam a viscosidade, prolongando o estado de frescura e, portanto a capacidade de armazenamento. Quando submetidos ao calor à gelatina perde seu poder de gelificação, porém os demais espessantes não apresentam esta sensibilidade ao calor. Em salsichas, por exemplo, a carboximetilcelulose evita a separação de fases e aumenta a firmeza.
  4. d) Bebidas refrescantes turvas e néctares de frutas – espessantes como os alginatos aumentam o poder de suspensão das partículas de frutas.
  5. e) Sorvetes de leite e creme – o espessante estabiliza e homogeneiza o sistema complexo de ar, água e gordura que constitui o sorvete, melhorando sua firmeza e evitando a separação de cristais grandes de gelo. Os alginatos produzem uma textura porosa e um bom comportamento a fusão, sem que o sorvete fique pegajoso. Por outro lado, a carboximetilcelulose é um espessante termoestável e por isso gera ao sorvete uma maior resistência às trocas bruscas de temperaturas. No iogurte com frutas, os alginatos, em mistura com a pectina facilitam como espessantes o poder de suspensão.

MAIS CONSIDERAÇÕES E LISTAS

Os aditivos apareceram mais disseminados com a industrialização agro-alimentar para conservar, intensificar o sabor ou aroma, melhorar o aspecto de alimentos, muito raramente em benefício do consumidor, sacrificando qualidades insubstituíveis, como dissemos acima. Mesmo antes da era agro-alimentar já os encontrávamos em enchidos, presuntos, queijos, vinhos e pouco mais e ninguém os contestava, até porque eram de origem vegetal e mais ou menos inócuos, à base de açafrão, piripiri, pimenta, colorau e canela, as tais especiarias que deram fama. A fim de evitar o escurecimento das conservas de fruta, legumes, carnes, sumos e peixe e evitar que os óleos e gorduras rançassem, ou se acidificassem, adicionando-lhes anti-oxidantes, em geral as vitaminas E e C naturais ou de síntese, além de produtos químicos.

As vitaminas não criam problemas à saúde,  os produtos químicos, sim.

De entre eles – quase todos em código para enganar o consumidor –

o BHA, o BHT –  atrofiam o crescimento e podem provocar malformações congénitas em crianças quando consumidas pelas mães durante a gravidez.

1-Os corantes são quase todos derivados do petróleo.

2-O Amarante, por exemplo, é uma substância corante vermelho-púrpura que se utiliza muito nas conservas de fruta (morango, cereja, framboesa), nos bombons, drops e licores. Alguns provocam malformações.

3-O acetato de metilo dá odor de banana a licores e alimentos infantis como o Cerelac, Neston e Maizena (os rótulos destes assinalam, enganosamente, que contêm banana e outras frutas, mas são aromatizantes).

4-Há um mar de outros corantes cujos efeitos sobre a saúde se desconhece, o mesmo podendo dizer-se das substâncias químicas que espessam os molhos e xaropes e, ainda, dos solventes que nunca são eliminados pelo organismo, indo, pelo contrário, aumentando a sua concentração à medida que os ingerimos, provocando perturbações na saúde de difícil diagnóstico;

5-Os conservantes (antibióticos, anti-fermentos, bactericidas, etc.) inativam a Vit. B1 (pelos sulfitos) e são irritantes do tubo digestivo.

MAIS SUBSTÂNCIAS PARA FICARMOS ALERTAS

1-O monoglutamato de sódio (E621) é utilizado para intensificar o sabor de sopas sintéticas, molhos, queijos e alimentos pré-cozidos. Frequente na cozinha chinesa. Pode provocar dores de cabeça, náuseas, fraqueza e sensação de formigueiro nos braços e cabeça.
2-O corante vermelho (E178) intensifica a cor. Proibido na Austrália por suspeita de poder provocar alergias, hiperactividade e haver risco de cancro.
3-O benzoato (E211 a E213) impede o crescimento de bactérias em produtos lácteos; utilizado em bebidas sem álcool, compotas sem açúcar, conservas, molhos e produtos à base de peixe e carne afeta as pessoas que sofrem de alergias ou asma.
4-Nitratos (E249 a 252) – adicionados a carnes e produtos de charutaria conferem-lhes cor vermelha e sabor mais intenso. Todavia, sujeitos ao calor formam nitrosamidas, que são produtos cancerígenos, aumentam a tensão arterial e podem ser tóxicos em bebês (doença azul – anóxia – por dificultarem a oxigenação)
5-Ácido cítrico – em excesso pode agravar sintomas das pessoas com cólon irritável, eczemas, enxaqueca, asma e artrite reumatóide.
6-Melanina, deixada para o fim, que atualmente serviu para chamar a atenção para os riscos dos aditivos alimentares e tóxicos adicionados aos alimentos para vários fins mais ou menos desfavoráveis para os consumidores porque o que interessa aos industriais é o lucro e não o bem estar ou a saúde do consumidor. A melanina é essencialmente tóxica dos rins. Industriais desonestos chineses descobriram que adicionado ao leite e seus derivados permite falsear os testes de detecção do teor de proteínas desses alimentos, fazendo-se passar, nas análises, por proteínas de arroz ou glúten de trigo.
A Inglaterra retirou do mercado chocolates de uma sua marca famosa fabricados na China. Intrigante, não? Nem tanto: fabricados na China por baixíssimos preços e vendidos em todo o mundo como se tivessem sido produzidos na Europa. Para melhor compreensão desta patifaria, ler o artigo Da Safadeza das Corporações Empresariais publicado recentemente no Terra Nova.Há ainda outros tóxicos que entram na cadeia alimentar de outra maneira, não como aditivos, uns permitidos por lei, e outros não, como metais pesados, dioxinas e antibióticos das rações de animais de que já falamos detidamente noutros artigos.
Outros dados: De entre os aditivos alimentares que causam reações adversas, estão alguns dos conservantes do grupo dos agentes sulfatados, que incluem vários sulfitos inorgânicos (E 220 – 228)
7-O ácido bezóico e os seus derivados (E 210 – 213), que podem desencadear sintomas de asma, caracterizada por dificuldades respiratórias, falta de ar, sibilos, tosse em indivíduos susceptíveis (como por exemplo, um individuo asmático).
Duas substâncias contidas em várias marcas de refrigerantes e sucos, por interagirem, podem formar o benzeno, um composto tóxico cancerígeno detectado em amostras desses produtos em vários países. O IDEC pede aos órgãos reguladores análises para a verificação do fato e a definição de um limite permitido para o benzeno em bebidas.

Posts relacionados;voce-sabe-o-que-esta-comendo-a-mafia-do-codex-alimentariusa-industria-dos-trangenicos-animais-brf-brasil-foods-sadia-e-perdigao-os-alimentos-frankenstein

Dr Lair Ribeiro fala sobre o mal dos refrigerantes

Normalmente costumamos dar listas de produtos que não devem ser consumidos,os mais contaminados,os piores;Nesta lista abaixo, estão os alimentos mais recomendados para uma alternativa saudável, já testados e aprovados pelos veganos e por nutricionistas holísticos;

1- SNACKS(SALGADINHOS) E BISCOITOS SALGADOS
-“ Snack de soja” da marca “ Good Soy” é um salgadinho feito de farinha de soja – 25 gr – Sabor Ervas finas  com queijo(porém este não leva nenhum produto de origem animal)- Existem outros sabores, mas não para vegetarianos;100% vegano – com baixa caloria (95 kcal o pacote)- Saborosíssimo, porém não enjoativo, já que leva  pouco sal(69 mg a embalagem) – assado- Sem glúten ( indicado para os celíacos )- 0% de gordura trans ou saturada.  Não usa soja transgênica ( mais um ponto para os fabricantes da Good Soy ).Ingredientes: Farinha de arroz ( pena não ser integral, mesmo assim é válido ), farinha de soja integral ,óleo de palma , sal light, e aroma natural de ervas. Fonte de fibras, proteínas e sais minerais (ferro e cálcio). Opção nota dez para todos, inclusive crianças e idosos. Custo benefício bem justo.

– “Pitzo integral orgânico“ da empresa “Mãe Terra” é um salgadinho orgânico de milho e arroz integral sabor pizza de 45 Gr. Delicioso, livre de transgênicos, sem corantes e conservantes artificiais, assado, sem glutamato monossódico, fonte de fibras, proteínas e vitaminas. Excelente pedida para a lancheira das crianças e aperitivo ideal para reuniões. O único senão, porém ,é o uso de gordura de palma, mesmo orgânica, contém gordura saturada e por ser relativamente salgado, deve ser consumido com cuidado pelos hipertensos. Apesar dessas restrições é uma boa pedida para aquela fome fora de hora ou para carregar na bolsa. Ingredientes: milho integral orgânico, arroz integral orgânico, gordura de palma orgânica, aroma natural de tomate, ervas, de cebola e salsa, sal moído e extrato de levedura. Contém glúten. Em uma porção de 26 Gr ou 1 ½ xícara tem 110 kcal, 17 Gr de carboidratos, 4,0 Gr de gorduras totais, sendo 1,7 Gr de gorduras saturadas, 1 Gr de fibra alimentar, 167 mg de sódio, 16 mg de magnésio, 0,26 mg de vitamina B1 e 17 mcg de vitamina B9.
É bem interessante dar uma olhada no website da “Mãe Terra”, e conhecer a filosofia da empresa, que busca diminuir o impacto no meio ambiente, utilizando ingredientes orgânicos sempre que possível, e os produtos são minimamente processados para garantir a energia vital e para não terem alterações provocadas por aditivos, corantes, conservantes e adoçantes artificiais. Eles se apóiam na crença de que uma alimentação natural, composta por alimentos mais próximos dos integrais, é uma peça chave para uma vida mais saudável e equilibrada.www.maeterra.com.br  / sac@maeterra.com.br

– “Sabuguinho integral orgânico“ da mesma empresa anterior, é uma outra opção de sabor, com gosto acentuado de milho verde, para os apreciadores. Pacote de 45 Gr que, diga-se de passagem, assim como a versão anterior, tem ótimo visual, bem atraente para a criançada, e opção muito mais saudável do que a maioria de salgadinhos que se vende nos supermercados. Os únicos cuidados são evitar o exagero de consumo, por causa da gordura de palma, e com a quantidade de sal (leva mais sódio que a versão anterior, 194 mg por 1 ½ xícara de chá). Leva milho integral orgânico, arroz integral orgânico, gordura de palma orgânico, aroma natural de milho, de cebola e salsa, sal moído, extrato de levedura, cúrcuma. Contém glúten.

– “ Ceboloko integral orgânico” também da “Mãe Terra” em outra variação de sabor, para os apaixonados por cebola ou que gostem de um “snack” bem temperado. E de todos os 3 é o que apresenta maior teor de sódio (sal) na composição: incríveis 229 mg em 1 ½ xícara de chá ou 25 Gr. Então se a pessoa é hipertensa ou não quer exagerar no sal, vá com calma. No mais, ainda é um salgadinho bem mais salutar que a grande maioria do mercado. E também é orgânico. Contém milho integral orgânico, arroz integral orgânico, gordura de palma orgânica, aroma natural de cebola e salsa, sal moído, extrato de levedura, salsa em pó e cúrcuma. Não é indicado para os celíacos.
– “Salgadinho multicereais Rozen“ da “Okoshi produtos alimentícios” vem numa embalagem de 35 gr. É um salgadinho feito de 3 cereais: milho, arroz integral e quinua orgânica. É assado, sem glúten e com gosto acentuado de milho. Mais uma interessante opção; não obstante, fica o alerta para o exagero de sal (206 Gr de sódio em 25 Gr). Além dos 3 cereais contém óleo de soja e sal. Em 25 Gr (1 xícara de chá) são 112 kcal, 15 Gr de carboidratos, 5,2 Gr de gorduras totais, 0,7 Gr de gorduras saturadas, 1 Gr de fibra e 1,7 Gr de proteína.
– “Vitao snacks integrais“ é um salgado de milho num pacote de 60 gr , é assado, não contém glúten. Dois sabores: ervas finas, tomate e orégano.
Ingredientes: Gritz de milho, óleo de palma, fibra de milho, sal refinado, aroma idêntico do natural (ervas finas ou tomate e orégano) e corante natural de urucum.
25 Gr ou 2 xícaras de chá tem 101 kcal; gorduras totais: 4,4 Gr; gorduras saturadas: 1,8 Gr; sódio: 254 Gr (um exagero de sal). Aos hipertensos atenção!
– “Palitos de fibras“ da marca “Dr. Sabor”, é um biscoito salgado em forma de palitinhos numa embalagem de 90 gr. É um biscoito com nutrientes saudáveis, vários grãos e sementes integrais, cheio de fibras, além de conter pouco sal. Boa escolha.
Contém farinha de trigo integral e comum, centeio, farelo, gergelim, linhaça, óleo de milho, sal marinho e água mineral. Metade do pacote ou 45 Gr tem 109 kcal ; carboidratos: 17,5 Gr; gorduras totais: 3,3 Gr; gorduras saturadas: 0,9 Gr; sódio: 8,5 Gr .
– “Palitos de soja – ervas finas“ da mesma marca anterior, é levemente picante e com a mesma gramatura. Perde um pouco em relação aos “palitos de fibras” por ter a adição de mais sódio (sal, mesmo sendo o sal marinho, não refinado), por levar óleo de palma (menos saudável que o óleo de milho), e ter menos grãos. Mesmo assim, vale para variar de sabor, e também por ser menos calórico. Ingredientes: Farinha integral e comum, soja in natura, óleo de palma, farelo de trigo, sal marinho e ervas desidratadas com pimenta calabresa. Fonte de proteína, ferro e cálcio. Meio pacote apresenta 87,1 kcal, 19,1 Gr de carboidratos, 2,8 Gr de gorduras totais, 0,3 Gr de gorduras saturadas, 3,8 Gr de fibras e 121 Gr de sódio.
– “ Palitos de fibras – pizza “ do mesmo fabricante “Dr. Sabor”, com mistura de ervas e na mesma quantidade. Mais outra opção! Contém farinha integral e comum, centeio, farelo de trigo, óleo de palma e sal marinho. Metade do pacote tem 105 kcal, 25 Gr de carboidrato, 3,6 Gr de gorduras totais, 0,5 Gr de gorduras saturadas e 117 Gr de sódio. Também fonte de fibras, ferro e cálcio.
-“Palitos de fibras – Gergelim“- é mais uma alternativa das três marcas anteriores, mas agora acrescida de gergelim preto. Também oferece cálcio e fibras. Leva farinha integral e comum, farelo, óleo de palma e sal marinho. Meio pacote tem 94 kcal ( o segundo menos calórico dos produtos desta marca analisados ), 7,1 Gr de carboidratos, 7,4 Gr de gorduras totais, 0,8 Gr de gorduras saturadas e 120 Gr de sal marinho.

E-mail :drsabor001@yahoo.com.br

-“Pão tipo Sueco com Kümmel“- parece um biscoito “cracker” grande, crocante da “ Via delícia “; tem outros sabores, porém os outros não tem o valor nutricional tão bom quanto este. Este não leva farinha de trigo convencional, só a integral. Sem adição de produtos químicos e açúcar, sem gordura saturada, fermentação natural, e baixas calorias fazem deste “pão sueco”, um aliado na alimentação diária. Seus componentes são a farinha de trigo integral, água, óleo de soja, kümmel (ou alcarávia, é uma semente muito usada como tempero na culinária européia, principalmente em pães, com sabor quente levemente “mentolado”, e não confundir com “cominho”) e sal. Cada 20 Gr ou fatia tem em média 42 kcal, 8 Gr de carboidratos, 0,8 Gr de proteína, 0,8 Gr de gordura total, 1,7 Gr de fibra, 13 mg de cálcio, 0,3 Gr de ferro e 62 mg de sódio.

“ Fibras & delícias “ no web-site: www.viadelicia.com.br /E-mail : viadelicia@viadelicia.com.br /
-“Pão tipo Sueco tradicional – Integral com quinua real“- é do mesmo tipo do biscoito anterior e do mesmo fabricante com pacote de 150 Gr. É 100% integral, um belo diferencial, o que acrescenta uma riqueza de vitaminas, sais minerais, fibras e gorduras benéficas. Só não se deve abusar devido à grande quantidade de sódio (sal) na sua composição. Contém farinha de trigo integral, água, óleo de soja (realmente espero que não seja proveniente de grãos transgênicos; pois ao questionar no SAC. sempre afirmam que não), Quinua real e sal. 50 Gr ou 12 fatias tem 149 kcal, 36 Gr de carboidratos, 7,6 Gr de gorduras, 0,9 Gr de gordura saturada, 5,3 Gr de gorduras insaturadas, 5,3 de fibras e 308 mg de sódio.Sac: (11) 2948-4605

-“Rosca de fibra – sabor linhaça“ da marca “Arma zen produtos naturais ltda. “ é um salgadinho com 70 Gr. Foi elaborado com farinha de trigo especial, farelo de trigo, linhaça, óleo vegetal, sal e fermento biológico. Em cada 30 Gr ou 13 unidades de rosquinhas há 129 kcal, 19 Gr de carboidratos, 2,6 Gr de proteínas, 4,5 Gr de gorduras totais, 0,6 de gorduras saturadas e 308 Gr de sódio. É um aperitivo bom, e vale ressaltar a honestidade do fabricante ao deixar claro, que esta é uma rosca de fibra e não integral, já que este leva somente uma parte do trigo integral, a fibra. Seria alvissareiro se todos os fabricantes de produtos alimentícios do país não ludibriassem o consumidor ao estampar na capa de pães, biscoitos, massas e outros, que se trata de um produto integral, quando na verdade a grande maioria, só acrescenta a fibra ou farelo de trigo. Portanto, o correto seria dizer algo como, “pão, massa, ou seja, o que for, com fibra ou rico em fibras”, e jamais integral, se não levar farinha de trigo integral na sua composição. E não fica muito claro, se leva somente a semente inteira da linhaça; o ideal era também levar um pouco de farinha dessa semente. Também fica em aberto a questão do uso de “óleo vegetal”, que óleo é este? Milho, soja, girassol, palma? É transgênico ou não? Muito vago, e que deixa o consumidor sem uma informação clara do que está levando para casa. Até porque, a legislação brasileira obriga que a rotulagem dos alimentos venha especificada a existência de alimentos geneticamente modificados a partir de 1% na sua composição. E como saber se foi usado um óleo transgênico ou não, já que muitas empresas não respeitam tal lei, não há fiscalização necessária, e a própria população não foi devidamente informada da existência de um símbolo “T” dentro de um triangulo amarelo, que indica a existência de transgenia. Até porque este símbolo é tão pequeno, e quase sempre aparece num local de pouca visibilidade no rótulo(leia mais abaixo sobre os transgênicos). O que se espera, é que o próprio fabricante, especificamente do ramo de alimentos naturais, como a “Arma zen”, de tantos anos no mercado, voltado para um público mais seletivo, fosse criteriosa e transparente ao produzir e rotular seus produtos. Mas extendo essa crítica a maioria dos fabricantes. E por fim, os que têm tendência à pressão alta devem fugir desta rosquinha. Sal até dizer chega!

-“Rosca de fibra – sabor gergelim“ da mesma marca anterior com a mesma gramatura. Foi feito com os mesmos ingredientes, exceto com o uso do gergelim no lugar da linhaça. Em 30 Gr ou 13 unidades se consomem 131 kcal, 20 Gr de carboidratos, 2,7 Gr de proteínas, 4,6 Gr de gorduras totais, 0,7 Gr de gorduras saturadas, 1,7 Gr de fibras e 300 Gr de sódio. Também é explícito ao dizer que se trata de um produto com fibra e não integral, e comete o mesmo exagero de conter muito sal. Porém tem um gosto bom.

-“Rosquinha de fibra – sabor cebola “ da mesma marca “Arma zen”, é mais uma variação no sabor, no entanto, este parece ser o mais completo em termos nutricionais em relação as outras “Roscas de fibra”. Já que também utiliza farinha de trigo integral na composição do biscoito. Então, se você busca um alimento mais rico, escolha este da marca “Arma zen”. Os ingredientes utilizados são farinha de trigo integral, farinha de trigo especial, farelo de trigo, óleo vegetal (???), sal, fermento biológico e aroma natural de cebola. Em 30 Gr ou 13 unidades são 123 Kcal, 19 Gr de carboidratos, 4,2 Gr de gorduras totais, 0,6 Gr de gordura saturada, 2,4 Gr de proteínas, 1,3 Gr de fibra e 303 Gr de sódio. Muito sal.
E-mail : www.armazen.com / info@armazen.com/ fone: (21) 2580-1021
-“Biscoito de aipim e gergelim “ da marca “Cultivar Brazil”. Embalagem de 150 Gr, sem glúten e orgânico . Excelente pedida para os vegetarianos e pessoas que procuram um biscoito saudável, sem esquecer a preocupação com o meio ambiente!
Ingredientes: aipim, fécula de mandioca, gergelim e sal. Rico em fibras, cálcio, ferro , fósforo, manganês e vitaminas do complexo B.30 Gr ou 2/3 xícara de chá tem 147 kcal ; gorduras totais: 6,2 Gr ; carboidratos: 21 Gr
-“Biscoito de feijão azuki “ da marca “Cultivar Brazil”.  Embalagem de 150 Gr, sem glúten e orgânico . Do mesmo fabricante do biscoito anterior, com um diferencial positivo de assinalar a quantidade de ingredientes orgânicos e não orgânicos do produto. Essa deveria ser regra, e não exceção dos fabricantes de produtos orgânicos. Ingredientes orgânicos: 99,9 % / Não orgânicos: 0,1 %.Contém fécula de mandioca, feijão azuki, óleo de palma, sal e tomilho.30 Gr ou ¾ xícara de chá tem 141 kcal; gorduras totais: 4,2 Gr; carboidratos: 23 Gr; sódio; 155 Gr-Atendimento ao cliente: (21) 2505-9302

– “ Biscoito salgado integral de linhaça “ da marca “Pão da Beth” de 250 Gr a embalagem. Leva farinha de trigo integral, farinha de soja, sal, óleo de girassol e semente de linhaça. O único porém desse biscoito é sua tabela de nutrientes muito pouco esclarecedora, visto que a informação de porção de 7 Gr, é muito relativa. A porção de 7 Gr equivale a quantos biscoitos??? Então, a porção de 7 Gr tem 53,37 kcal, 4,83 Gr de carboidrato,1,32 Gr de proteína, 3,57 Gr de gorduras totais, 0,49 Gr de fibra, 6,19 Gr de cálcio, 0,27 Gr de ferro e 95,6 Gr de sódio.  Ótimo biscoito, de uma marca que produz pães integrais de qualidade acima da média no mercado. É uma grande opção para todos, e para os pais que não sabem mais o que oferecer às crianças para fugir dos “salgadinhos cheios de gorduras nocivas e produtos químicos” dos supermercados. É rico em cálcio e gorduras saudáveis, sem gordura saturada ou trans. O óleo de girassol é o diferencial positivo na composição do biscoito, pois a grande maioria usa o óleo de palma, que apesar de ser uma gordura de origem vegetal, contém gordura saturada em quantidade razoável. Infelizmente, os fabricantes preferem usar mais a gordura de palma do que os saudáveis óleos de girassol, gergelim, milho e outros, por ter um custo menor. Porém, o sabor e a riqueza de nutrientes ficam em segundo plano.Sac : (21) 2617-1121 / sac@paodabeth.com.br

– “ Biscoito integral”da marca “Jasmine” de 80 Gr o pacote. Com 5 sabores: Tomate seco e oliva ( com um leve sabor ao fundo de azeite de oliva), tomate e salsa, gergelim e linhaça (também saboroso, com o crocante do gergelim prevalecendo), cebola e, alho e orégano. Produzido com farinha de trigo integral e especial, óleo de milho e palma, melado de cana, amido de milho, extrato de malte, sal, agentes de crescimento (fosfato mono cálcio), bicarbonato de cálcio e amônio e estabilizante lecitina de soja; e mais obviamente, o sabor específico do biscoito escolhido (que pode ser ervas finas, tomate seco, azeite de oliva, semente de linhaça, alho, etc.). 25 Gr ou 17 unidades contém uma média de 95 a 103 kcal dependendo do sabor. Contém em média 15 Gr de carboidratos, 3,5 Gr de gorduras totais, 0,7 Gr de gorduras saturadas, 1,1 Gr de gordura monoinsaturada, 1,7 Gr de gordura poliinsaturada e 230 Mg de sódio. É um biscoito fonte de vitaminas A, C, D e E, rico em fibras e ferro. Não obstante, os diabéticos ou que tenham restrição a qualquer tipo de açúcar (glicose) devem evitar, por causa do melado de cana e do extrato de malte.

2- DOCES E BARRAS DE CEREAIS

– “ Paçoquita Diet “ de 22Gr da “Empresa Santa Helena”. É um doce de amendoim para dietas de ingestão controlada de açucares, entretanto é bom ficar bem claro, que esta paçoca não tem valor energético reduzido. Cada paçoquinha de 22 Gr tem 115 calorias. Mesmo assim, é uma boa alternativa para fugir do açúcar refinado, e delicioso! Duvido que dê para perceber a diferença de sabor em relação à paçoca tradicional. E há a importância do amendoim usado pela empresa ter a qualidade certificada pela “Abicab”.Já que, muito se noticiou na imprensa sobre a contaminação de depósitos de amendoim por fungos extremamente perigosos, que podem levar até a morte. Para saber mais sobre a “Abicab”, que é um programa     que emite certificados de qualidade, entre no website : www.proamendoim.com.br . E saiba mais sobre outras empresas certificadas. A segurança alimentar é fundamental! É fonte de fibras, não contém glúten, e apesar de usar adoçante, contém frutose e sacarose naturalmente presentes nas matérias primas utilizadas. Portanto, para os diabéticos, o consumo deve ser mediante orientação de nutricionista ou médico.Ingredientes: amendoim, maltodextrina, frutooligossacarídeo, sal, edulcorante natural sorbitol e edulcorante artificiais sucralose e acessulfame K. Também os hipertensos devem saber que este doce leva muito sal, uma única embalagem mínima de 22 Gr tem 45 mg. Um exagero!Tem 9,9 Gr de carboidratos, sendo 0,3 de açucares, 4,2 Gr de proteínas, 6,5 Gr de gorduras totais, 1,1 Gr de gordura saturada, 1,1 Gr de fibras.Fácil de se achar nas boas redes de supermercados, e com preço bem acessível.
– “ Crocante de gergelim “ da marca  “Doce sem açúcar “- 3 sabores : Gergelim/ linhaça e castanha de caju/quinoa e maçã. Embalagem contendo 3 unidades.  Bastante saboroso, e pouco calórico, em media cada barrinha de 10 Gr tem 45 calorias. É ótimo para enganar a vontade de comer algo doce. Além de rico em vitaminas, proteínas e sais minerais. Boa para os que desejam uma fonte de ômega 3,6 e 9 de origem vegetal (gergelim, semente de linhaça). Baixo índice de sódio e menos de 1 Gr de gordura saturada.Apesar de levar adoçante artificial ( sucralose –a partir da cana de açúcar)e outros conservantes,é uma boa pedida para os diabéticos,vegetarianos e para aqueles que querem acrescentar os “tudo de bom “ frutos oleaginosos a dieta diária.www.docesemacucar.com.br / docesemacucar@terra.com.br / Sac: (16) 3630-5900

Paçoca – doce de amendoim “ – da mesma marca anterior “doces sem açúcar Airon”, em embalagem de 160 Gr com 8 “tubos” de paçoca. Não contém glúten, e para os diabéticos o consumo deve ser sob orientação médica ou nutricional. Muito saboroso, é difícil comer só uma unidade. Mesmo sem adição de açúcar, que dá uma redução calórica de 15% em relação ao produto convencional, não deve haver abuso de consumo, pois a redução calórica é pequena e o consumo em excesso pode causar efeito laxativo. Ponto para o fabricante “Doce sem açúcar” que apresenta estes informes na embalagem. Contém amendoim torrado, maltodextrina, sorbitol, edulcorantes sucralose(splenda), aceçulfame k, isomalte e sal. A porção de 20 Gr tem 79 Kcal, 7 Gr de carboidratos, 3 Gr de proteínas, gorduras totais 5G, 1 Gr de fibra e 0 Gr de sódio.

– “ Pé de moleque” da mesmo fabricante anterior, vem numa embalagem de 84 Gr contendo 6 unidades de 14 Gr cada. Não contém glúten. Também muito gostoso, e nada enjoativo. Também há o aviso de efeito laxante, se houver exagero no consumo; e apesar de não levar açúcar, este não é um produto de valor calórico reduzido. E claro, aos diabéticos também é fundamental orientação especializada. Contém amendoim torrado, sucralose, aceçulfame K, isomalte, sorbitol, sal, maltodextrina e bicarbonato de sódio. A unidade tem 61 Kcal, 6 Gr de carboidratos, 5 Gr em polióis, 2 Gr de proteínas, 5 Gr de gordurais totais, 0,7 Gr de gordura saturada, 0,1 Gr de fibra, 0,2 Gr de ferro e 0 Gr de sódio. Parabéns para a marca “Airon- doces sem açúcar” que oferece aos celíacos, aos que tem alguma restrição ao açúcar ou aos que querem fugir um pouco dos doces tradicionais cheios de açúcar e gorduras nocivas uma opção bem saborosa e correta.

– “ Gravittá-barra crocante de granola tradicional “ da marca “Banana Brasil(Cauí)”. Embalagem com 3 unidades de 15 Gr cada. Zero de açúcar e riquíssimo em cereais integrais. Bem completa em termos de variedade de grãos e sementes. Olha a variedade: flocos de aveia integral, flocos de arroz integral sem açúcar, uva passa, flocos de milho sem açúcar, castanha de caju, semente de girassol, maltodextrina, flocos de centeio integral, coco ralado, germe de trigo, linhaça, gergelim, sal iodado, edulcorante natural isomalte e/ou maltitol e antiumectante bicarbonato de sódio. Vale à pena! E é uma delícia! Favorita de minha mãe. Porém é importante salientar, que por causa da grande quantidade de grãos e sementes integrais deve-se mastigar bastante, e para crianças pequenas e idosos com problemas de dentição, esta barra precisa ser ingerida em pequenos pedaços para evitar engasgo e outros. E cada barrinha tem somente 45 kcal. 10 Gr de carboidrato, 4,0 Gr de polióis, 1,2 Gr de proteínas, 1,5 Gr de gorduras totais, 0,4 Gr de gorduras saturadas, 0,8 Gr de fibras e 20 mg de sódio.
– “ Gravittá-barra crocante de granola com cacau” é uma variação de sabor da mesma marca anterior. Apresenta a mesma embalagem e contém os mesmos ingredientes exceto o coco ralado, sendo substituído pelo cacau natural em pó. Boa pedida para os fãs de chocolate! Cada barrinha tem 52 kcal. 11 Gr de carboidrato, 4,0 Gr de polióis, 1,2 Gr de gorduras totais, 0,2 Gr de gorduras saturadas e 22 Gr de sódio.www.bananabrasil.com.br / e-mail: sac@bananabrasil.com.br
– “ Levittá Sementes  “ é um crocante de gergelim, e mais um produto da marca “Banana Brasil”; são 3 sabores : Gergelim e Linhaça – Gergelim e Quinoa – Gergelim e castanha de caju.  São três embalagens de 10 Gr cada. Contém gergelim, linhaça ou quinoa ou castanha de caju, maltodextrina, sal iodado, edulcorante maltitol e isomalte, antiumectante e bicarbonato de sódio. Contém de 37 Kcal (quinoa), 40 Kcal (linhaça) e 45 Kcal (castanha de caju). Portanto, são hipocalóricos, ricos em cálcio e em gorduras do bem, e fonte de fibras. Mais uma opção para os apreciadores de barrinhas à base de gergelim.
Sac : 0800 – 6441866
– “Barra de cereais light- maça, canela e uva passa” de 25 Gr da marca “Linea Sucralose”. É sem açúcar, e adoçado com sorbitol e sucralose. O ideal seria com a stévia, adoçante 100% natural; não obstante, não há como negar que a “sucralose” tem um gosto muito próximo do açúcar refinado, por ser proveniente da cana de açúcar, e claro, também é industrializada. Portanto, essa barra é bem saborosa e hipocalórica, mas com adoçantes artificiais. E o sorbitol em demasia pode causar gases intestinais e diarréia, em algumas pessoas mais sensíveis. Mesmo assim, vale carregar uma barrinha na bolsa. Existem outros sabores da marca, mas não aconselho. E bem que esta barrinha poderia levar arroz integral ao invés do arroz branco. Cada unidade tem 65 kcal, 18 Gr de carboidrato, 0 Gr de gordura, 2,5 Gr de fibras e 0 Gr de sódio. Leva sorbitol, flocos de arroz, aveia, maltodextrose, polidextrose, uva passa, maça desidratada, canela, estabilizante (lecitina de soja), acidulante ácido málico e ácido cítrico, aromatizante e edulcorante artificial sucralose.www.lineadiet.com.br / Sac: 0800-117546
– “Petit Crok – natural e sem açúcar” da empresa “Sanserelli Comércio de Produtos Alimentícios” vem numa embalagem de 100 Gr. É um complemento alimentar à base de cereais integrais, frutas e sementes oleaginosas composto de 15 ingredientes: farinha de arroz, farinha de milho, farinha de soja integral, farinha de aveia, semente de linhaça, gergelim, fibra de trigo, gérmen de trigo, fibra de maracujá, levedo de cerveja, quinoa
Real, amaranto em flocos, colágeno, extrato de malte, goma acácia, carbonato de cálcio, carbonato de cálcio (170 I) e sal. A análise nutricional indica que em 2 colheres de sopa ou 20 Gr se encontra 63 kcal, 9 Gr de carboidrato, 2,8 Gr de proteína, 1,8 Gr de gordura total, 0,23 Gr de gordura saturada, 4 Gr de fibras, 6 mg de sódio, 220 mg de cálcio, 0,7 mg de ferro e 67 mg de magnésio. Bem rico em nutrientes importantes para o organismo, sem açúcar, porém com alguns ingredientes dispensáveis. Não obstante, delicioso e vale à pena ter em casa. Só evite os outros sabores da marca cheios de açúcar.www.sansarelli.com.br / Sac: atendimento@sansarelli.com.br
 
3- FRUTAS DESIDRATADAS E PASSAS
“ Doce de frutas secas mistas ”. Além de ser uma delícia, é muito saudável e tira aquela vontade louca de comer doces cheio de açúcar. Da marca “Haribol”, vem em embalagens de 20 Gr. Nos sabores de ameixa, banana, damasco, abacaxi , Figo, pêra e uva. Todos os doces levam farinha de linhaça e castanha de caju moída. É 100% pura fruta, sem conservante e sem glúten. E o mais significativo é que não há a adição de açúcar ou de nenhum adoçante, o doce(frutose natural) vem da própria fruta seca. A porção de 20 Gr varia de 27 a 70 kcal dependendo do sabor. Tem alto teor de fibras, é rico em carboidratos e gorduras saudáveis provenientes da semente, das frutas e castanha. O difícil é achar todos os sabores nas lojas de produtos naturais. Mas vale “garimpar”.www.haribol.com.br/ e-mail: haribol@haribol.com.br/ Sac: (35) 3332-3294
– “Frutolla “ é um mix de frutas desidratadas de 180 gr da marca “La pura Frutta “. Sem glúten, sem qualquer tipo de adoçante ou açúcar. Contém banana, abacaxi, maça e uva, todas passa; além de coco desidratado ,castanha de caju e gergelim. 1 colher de sopa de 25 gr contém 34 kcal. É rico em cálcio, gorduras saudáveis, carboidratos e fibras, sendo excelente para saciar a fome. Informações: www.lapurafrutta.com.br
– “ Salada de frutas “ da roça – 100% natural, que não contém açúcar, da marca “Fazenda república da banana”. Ingredientes: banana, maça, abacaxi e mamão. Quantidade de 50 Gr que tem 170 Kcal, 4,85 Gr de proteínas, 21,0 Gr de glicose, 0,16 Gr de lipídeos (gorduras), 2,0 Gr de fibras.Gostoso, e mata a vontade de comer algo doce.
– “ Bananada Zero açúcar “ é um tablete de banana de 30 GR produzida pela “Frutabella”, sem adição de açucares. Ou seja, não contém sacarose, só frutose, o açúcar da fruta. Deliciosa, e extremamente macia. Qualidade acima da média em comparação com outras bananadas sem açúcar. Não apresenta glúten, e é riquíssima no mineral potássio: 372,7 Gr a barra. Leva banana, ácido cítrico e sorbato de potássio, não contém corante. A barra tem valor energético de 83,9 kcal e 21,7 Gr de carboidrato.
– “ Banana Power – Barra de fruta orgânica “ com peso líquido de 27 Gr produzida por “NR indústria e comércio ltda.” Sem adição de açúcar, de sódio e de glúten ,e ótima pedida, por ser 100% orgânica, certificada pela “Ecocert”. Essa barra é composta por banana orgânica desidratada, quinoa real orgânica e linhaça dourada orgânica. Fonte natural de potássio, cálcio, fibra, gorduras ômega 3 e 9. Uma unidade tem 82 Kcal, 18 Gr de carboidratos, 1,1 Gr de proteína, 0,6 Gr de gordura total, 0,9 Gr de fibra alimentar, 9,5 Gr de cálcio, 0,60 mg de ferro e 298 mg de potássio.
Sac: (47) 3275-2141 / E-mail: nr@netuno.com.br
4- SOJA
– “Soy toast” da marca “Jasmine” é um aperitivo feito de grãos de soja torrados com temperos diversos de 40 Gr – É um delicioso tira gosto para acompanhar qualquer bebida. Opções: Ervas finas, natural, cebola e salsa, e alho. Ingredientes: Soja em grãos, óleo vegetal de milho ou soja ou palma, tempero desidratado. Muito importante: Não usa soja transgênica (o meio ambiente agradece!). Apesar de bastante salgado, portanto, aos hipertensos, moderação, ½ colher de sopa ou 10 Gr tem 145 Gr de sódio; é hipocalórica, essa mesma quantidade tem apenas 48 kcal, com 3,1 Gr de gorduras totais.
– “ Hambúrguer de soja empanado “ do fabricante “Soja Mania” vem congelado numa caixa de 336 Gr com 6 unidades de 56 Gr cada. É uma agradável opção para os vegetarianos ( 0% de produto de origem animal ), e para os que adoram hambúrguer, mas querem evitar o excesso de gorduras e colesterol do equivalente animal. E para os ecologistas mais um ponto: Soja Não Transgênica. Ingredientes: Soja, farinha especial (uma pena não usarem a integral), água, farinha de rosca e sal. Esse é um impeditivo para os hipertensos: são 326 mg de sódio por unidade, demais! O uso variado de ervas seria um substituto no elevado teor de sódio. Cada unidade tem 98 kcal ( valor bem razoável para quem está de dieta de emagrecimento ), 13 Gr de carboidratos, 6 Gr de proteína ( bom teor protéico ), 2 Gr de gorduras totais, e interessante fontes de ferro ( 1 Gr ), de cálcio ( 29 Gr ) e de fibras ( 2 Gr ). Uma ótima escolha para fugir do “hambúrguer de soja” de uma grande marca à venda em todos os
Supermercados, que além de conter produtos de origem animal, uma única unidade de mesmo peso contém 190 kcal, ou seja, quase o dobro do hambúrguer empanado da “Soja Mania”.
– “ Bio Salsicha Vegetal “ do fabricante “ Prosoy “ são salsichas naturais, sem lactose e à base de soja numa embalagem de 300 Gr. É uma alternativa muito interessante às salsichas tradicionais bovinas, de frango, peru e embutidos em geral, cheios de colesterol, glutamato monossódico (sal industrial) e produtos químicos, que além de elevarem a pressão arterial, causam dores de cabeça, enxaquecas e a longo prazo sobrecarregam o organismo com gorduras nocivas. Também tem um sabor agradável e substitui bem o “hot dog” tradicional. Existem outras marcas na praça que oferecem salsicha de soja, mas fujam em alta velocidade, principalmente da “PERDIA”(mistura da Perdigão+Sadia), que além de trazer muito sódio(incríveis 400 Gr por unidade), é muito gordurosa(5 Gr por salsicha) e conseqüentemente calórica(81 calorias por unidade). E têm outras ainda no mercado, em que a unidade passa de 100 calorias. Olho vivo! Mas esta da marca ”Prosoy”, distribuída pela conhecida do meio alimentício natural, “Da Ceres”, é bem “light”, só 27,4 kcal a salsicha. Tem 14,2 Gr de proteínas, 1,5 Gr de carboidratos, 0 Gr de gordura, 0,5 Gr de fibra e 30 mg de sódio. Contém água, proteína de soja, glúten, tapioca, cebola, sal, alho, antioxidante ácido ascórbico(vitamina C), condimentos e temperos.www.prosoy.com.br / sac@daceres.com.br / prosoy@oi.com.br /

5- COOKIES E BISCOITOS DOCES

– “Cookie orgânico  “ da marca “Native” é saboroso ,e com um diferencial em que 96,87% dos ingredientes são orgânicos  , e apenas 3,13% são não orgânicos. O único, “porém” do cookie é a utilização de açúcar branco, que mesmo sendo orgânico, ou seja, sem tantos aditivos e substâncias químicas, é pobre em nutrientes, e eleva o nível de glicose na corrente sanguínea. Portanto, evite se houver restrição ao açúcar, e para os outros, comam só de vez em quando.
São 2 sabores: banana e chocolate (cacau). São 3 embalagens de 40 Gr cada, no total de 120 gr. Cada 6 cookies ou 120 gr de banana tem 126 kcal. E o mesmo número de cookies de cacau tem 137 kcal. Composição: farinha de trigo integral orgânica, farinha branca orgânica, açúcar orgânico, gordura de palma orgânica, amido de milho, fermentos e sal. E claro, dependendo da escolha, purê de banana orgânica ou cacau orgânico.
– “ Soy Cookie com castanha de caju “ da empresa “Hué”. São biscoitos de 120 Gr, 100% vegetal, sem lactose, 0% de gordura trans, sem açúcar, rico em fibras e proteínas. Os diabéticos e os vegetarianos podem tirar vantagem! Mesmo assim, consuma com parcimônia, pois 30 Gr ou 8 unidades fornecem 230 kcal; e a quantidade de gorduras totais é bem elevada, de 14 Gr e de gorduras saturadas é de 9 Gr na porção de 30 Gr. Ou seja, quase a metade da porção é composta de gordura. Possui 20 Gr de carboidrato, 9 Gr de proteínas, 105 Gr de sódio ( também leva muito sal, atenção deve ser tomada pelos hipertensos! ) na mesma porção. Contém farinha de soja, castanha de caju, polidextrose, gordura vegetal, sal, umectante maltitol, fermento químico bicarbonato de amônia e de sódio, emulsificante monodiglicerídeos de acido tartárico diacelado e lecitina de soja. Edulcorante sucralose.
– “ Cookie da aveia diet  “ do fabricante “Pão da Beth” é natural e sem conservantes. Tem 2 sabores diferentes: passas e ameixa. Uma marca ótima, que criou um cookie delicioso e sem nenhum tipo de açúcar ou adoçante. O que faz com que esse produto seja um diferencial positivo no mercado, pois seus cookies são adoçados com sucos de maça e laranja naturais. E ainda carrega outros produtos saudáveis como farinha de trigo integral, óleo de girassol, tâmaras e passas ou ameixa. E ainda, farinha de trigo especial e bicarbonato de sódio. Nota dez para o produto! Um pouco mais caro que outros, mas “vale quanto pesa”! Tanto o cookie de passas quanto de ameixa tem a mesma composição nutricional: 30 Gr ou 2 unidades carregam 110 Kcal, 15 Gr de carboidrato, 7 Gr de proteína, 1 Gr de gorduras totais, 0 Gr de gorduras saturadas, 0 Gr de sódio, 2 Gr de fibras, 1 mg de ferro, 9 mg de cálcio; portanto riquíssimos em fibras, cálcio, baixo teor de gorduras e sem sal. Enfim, uma boa pedida para todos!
Sac : (21) 2617-1121 / sac@paodabeth.com.br
– “ Cookies de granola diet “ da “ Kobber alimentos Ltda. “ com peso líquido de 150 Gr. Sem adição de açúcar, adoçado com sucralose, com 5 cereais: aveia, arroz branco, milho e cevada. É muito apetitoso e, apesar dos cereais, bem macio, o que favorece a mastigação para idosos e crianças pequenas. Mas infelizmente não leva farinha de trigo integral, só a branca e deve-se comer com parcimônia, já que é razoavelmente calórico; uma porção de 30 Gr ou 4 biscoitos que tem 115 Kcal e 5,3 Gr de gorduras totais. A mesma porção tem 0,7 Gr de gordura saturada, 15 Gr de carboidratos, 2,2 Gr de proteínas, 3,0 Gr de fibra alimentar e 71 mg de sódio. Ingredientes: Granola diet[flocos de aveia inteiros, floko mix(flocos de cereais de trigo, arroz, aveia, milho e cevada), farinha de trigo enriquecida com ácido fólico e ferro, fibra e gérmen de trigo, maça desidratada em cubos, óleo de palma, gergelim e sal], farinha de trigo especial, flocos de aveia inteiros, óleo de Palma, castanha de caju, fermento, estabilizante maltitol, polidextrose e lecitina de soja, corantes naturais de urucum e caramelo. Aroma natural de mel, edulcorantes lactitol e sucralose. Contém traços de castanha do Pará e soja.sak@kobber.com.br / Email: kobber@kobber.com.br /

5- GRANOLA, CEREAL MATINAL E MUSLI

“ Müsli sem açúcar “ da marca “Brasil em grãos”. Mistura de cereais, sementes e frutas secas (aveia, uva e banana passa, flocos de centeio, cevada, trigo e arroz, ameixa, germe e fibra de trigo, gergelim, damasco e linhaça) em uma embalagem de 250 Gr. Sendo que em 40 Gr ou ½ xícara de chá tem 86 kcal. Excelente para acompanhar a salada de fruta, no café da manhã, no suco, com açaí, para cobrir um bolo, etc. Fonte de fibras, vitaminas e sais minerais.
– “ Müsli – Gaiatri “ com 250 Gr do fabricante “Gaiatri”. Esse müsli é constituído por aveia em flocos, germe de trigo, flocos de milho, uva passa, castanha do Pará e banana passa. Cada 40 Gr ou ½ xícara de chá apresenta 148 Kcal, 21,57 Gr de carboidratos, 4,6 Gr de proteínas, 4,8 Gr de gorduras totais, 0,58 Gr de gorduras saturadas, 3,38 Gr de fibras e 10,13 Gr de sódio. Uma boa combinação de cereais, oleaginoso e frutas secas. Mais uma variedade positiva.
– “ Granola Dourada “ de 250 Gr da “ Tui alimentos “. Sem glúten e sem açúcar. É uma boa pedida, pois é fonte de cálcio, ferro e fibras. Além de ser vantajoso por ter 0% de gordura saturada e trans. Uma opção a mais, com o diferencial de conter flocos de quinua e soja! Outra alternativa melhor que a popular “ração humana”; e com o preço mais em conta, já que não está na moda… Mistura positiva de linhaça dourada, corn flakes, quinua em flocos, crispies de arroz light, flocos de arroz (bem que poderia ser integral; mas é tão difícil achar…), flocos de soja, castanha do Pará, maça, banana, ameixa e uva passa. Em 40 Gr ou ½ xícara de chá há 129 kcal, 18 Gr de carboidratos, 9,9 Gr de gorduras totais, e 39 Gr de sódio.
– “ Grão e Stévia “ cereal matinal  “4 stévia light” de 200 Gr. Leva aveia, banana e uva passa, farinha de trigo, castanha do Brasil(Pará), gergelim, linhaça e sal marinho. Uma observação: Não entendo o porquê de se acrescentar “farinha de trigo” e “sal marinho” num cereal matinal??? Mas deixe para lá, vamos à composição nutricional: 40 Gr ou ½ xícara de chá tem 136 kcal; 2,8 Gr de gorduras totais e 79 Gr de sódio (muito, mas claro, acrescentaram sal marinho). Os hipertensos devem buscar outra marca. Apesar de rico em fibras, vitaminas e minerais (tiamina, B6, Ferro, magnésio, manganês e fósforo). www.cultivarbrazil.com.br ; atendimento ao cliente: (21) 2507-8096
– “ Granola – Granozen “ de 250 Gr da marca “ Arma zen produtos naturais ltda. “ Contém aveia em flocos, castanha de caju e do Brasil (Pará), uva passa, protéina de soja, farelo e germe de trigo, gergelim, linhaça e malte de cereais. É um pouco mais calórico devido ao malte de cereais; além de que, para os que têm restrição a qualquer tipo de açúcar, só utilizar com acompanhamento de nutricionista ou médico. Mesmo assim, é um produto bem saboroso, de riquíssimos nutrientes e muito mais válido que as tais “Rações humanas”. 40 Gr ou 2 colheres de sopa tem 167 kcal. Gorduras totais 6 Gr, e de gorduras saturadas 2 Gr. Baixo índice de sódio ou sal: 20 Gr-www.armazen.com / e-mail : info@armazen.com
– “ Granola diet – Cereal matinal “ de 200 Gr da marca “ Sarada “. Composto de flocos de aveia, maltitol, flocos de milho, gérmen de trigo, flocos de arroz, fibra de trigo, linhaça, uva passa, castanha de Pará e canela. Sem adição de açúcar e isento de aditivos químicos. Rico em fibras e vitaminas. Só poderiam ter usado flocos de arroz integral no lugar do refinado. E o maltitol é um edulcorante obtido através de hidrogenação da maltose. É diet em relação à sacarose e light em calorias. Portanto, permitido aos diabéticos e para quem procura restrição calórica, além de sabor semelhante ao açúcar refinado, entretanto, o adoçante pode causar estufamento abdominal e se consumido em excesso tem efeito laxante. 1 xícara de chá ou 40 Gr tem 132 calorias, 26 GR de carboidratos, 2 Gr de gorduras totais, 0 Gr de gordura saturada, 5 Gr de proteínas, 4 Gr de fibras, 19 mg de cálcio, 1 mg de ferro, 27 mg de sódio.www.granolasarada.com.br / contato@granolasarada.com.br /

6- CHOCOLATE, CACAU e SUBSTITUTOS DO CACAU

– “ Alfarroba em pó light “ em embalagem de 200 Gr da empresa “Carob House”; por sinal, “carob” em inglês significa “alfarroba”. A alfarroba é  produto natural, rico em fibras(7 %), sem cafeína, teobromina ou qualquer agente alergênico ou estimulante. De sabor agradável e semelhante ao cacau, é uma alternativa perfeita ao chocolate tradicional. Ingrediente único: Alfarroba em pó orgânico. De excelente valor nutricional, a alfarroba é sem lactose, sem glúten e sem sacarose(açucares). Sugestões de uso: 1 colher de sobremesa em pó para cada copo de 200 ml de leite de soja, de leite de arroz, de amêndoas, etc.. Em substituição ao cacau ou chocolate em pó usar metade da quantidade indicada na receita. Fica ótimo em bolos, pavês, biscoitos, vitaminas, etc. Sua composição nutricional: 1 colher de sopa(10 Gr) tem 38 kcal, 8,9 Gr de carboidratos, 3,7 Gr de açucares, 3,2 Gr de amido, 0 Gr de proteína e gordura, e 0,6 Gr de fibra. Para os “chocólatras”, que buscam uma alternativa mais nutritiva e natural será o “paraíso”, já que se achará bombons, barras de alfarroba e outros.www.carobhouse.comSac@carobhouse.com /
(Uma breve explicação sobre a alfarroba: A alfarroba, ou carob em inglês, é o fruto da alfarrobeira, uma árvore selvagem, nativa da costa do  Mediterrâneo.  O nome “alfarroba” deriva do vocábulo árabe al kharoubah.)A alfarroba é uma vagem comestível, semelhante ao feijão, de cor marrom escuro e sabor adocicado, que mede em torno de 10 a 20 cm de comprimento e demora em torno de um ano para amadurecer. Dentro dessa vagem encontram-se de 10 a 16 sementes, ou quilates, que na antigüidade   eram  utilizados   pelos  mercadores. É uma fonte de vitamina B1 e A, e de minerais como o cálcio, fósforo e potássio. Este fruto contém ainda uma quantidade generosa de fibras solúveis, com propriedades benéficas para o correto funcionamento intestinal e para o controle do colesterol. O que poderá pesar mais na altura de decidir entre o chocolate de cacau e o feito à base de alfarroba é que este último não possui praticamente gordura, contendo apenas 0,7%; além disso, não contém cafeína nem glúten podendo ser consumido por doentes celíacos.
– “ Alfarroba com banana “ da mesma marca anterior de 30 Gr. É sem lactose, sem açúcar e sem glúten. É tipo uma barra de banana com sabor extra de chocolate. Leva banana passa, alfarroba em pó, soja, óleo de palma fracionado, edulcorante maltitol, maltodextrina, lecitina e aroma natural de baunilha. Uma unidade tem 132 kcal, 24 Gr de carboidrato, 3,3 Gr de pólios, 8,8 Gr de amido, 0,8 Gr de proteína, 3,9 Gr de gorduras totais, 1,7 Gr de gorduras saturadas, 2,1 Gr de fibra alimentar e 0% de sódio. Uma opção a mais para quando der aquela vontade louca por chocolate.
– “ Chocolate natural – 100%  amêndoas de cacau crus – orgânico “ da empresa “Planeta cacau” vem embalado a vácuo em 280 Gr. Novidade no mercado, este “chocolate natural” nada mais é do que as amêndoas granuladas selecionadas do próprio cacau não torrados, ou seja crus. Este chocolate 100% cacau é considerado um dos alimentos mais ricos em flavonóides antioxidantes do mundo. Os flavonóides são substâncias que retardam o envelhecimento proporcionando benefícios que vão da redução da pressão arterial, impede a oxidação do LDL (colesterol ruim), contribui para a produção de serotonina (neurotransmissor responsável pela sensação de prazer), estimula o funcionamento cerebral e auxilia o sistema imunológico. Tem 5 vezes mais antioxidante do que o chocolate amargo, e 12 vezes mais do que a casca da uva escura encontrada no suco de uvas e vinhos tinto. Sem açúcar e aditivos químicos. Pode ser comido diretamente puro ou com adoçante natural stévia. Pode acompanhar frutas, doces, bolos, etc.. Também fica ótimo batido no liquidificador com sucos, vitaminas, etc.. O único porém é não consumir exageradamente, pois 1 colher de sopa ou 20 Gr tem valor energético de 124kcal. Em 20 Gr se encontra 5,7 Gr de carboidratos, 2,9 Gr de proteínas, 10 Gr de gorduras totais, 5,7 Gr de gorduras saturadas, 5,0 de fibras e 7,9 Gr de sódio.
– “Zero Açúcar – 70% cacau – chocolate amargo “ da marca “Nugali”, é uma barra de 40 GR. Sem lactose, sem açúcar, sem glúten e por ter muito Cacau (70%) é rico em flavonóides, um poderoso antioxidante. Ingredientes: massa de cacau, maltitol, polidextrose, manteiga de cacau, emulsificante lecitina de soja, extrato natural de baunilha e edulcorante natural taumatina. Uma porção de 25 Gr ou ½ tablete contém 117 kcal (uma quantidade bem razoável para se consumir por dia, sem comprometer a silhueta e aproveitar os benefícios do alto teor de cacau), 8,2 Gr de carboidratos, 2 Gr de Proteínas, 9,6 Gr de gorduras totais, 5,7 Gr de gorduras saturadas (por isso não se deve exagerar), 0 Gr de gorduras trans, 3,4 Gr de fibra alimentar, 10 Gr de sódio, 3,3 Gr de ferro e 13 Mg de cálcio. Com leve sabor de baunilha, o que diminui a sensação de amargo do chocolate. Um dos melhores.
Nugali Chocolates Ind. Com. Ltda../ www.nugali.com.br /  Pomerode – SC
– “ ChocoSoy Dark 50% cacau “ barra de 40 Gr da empresa “Olvebra”. É um chocolate meio amargo a base de soja. Sem açúcar, sem lactose e sem sódio. Contém massa de cacau, manteiga de cacau, polidextrose, extrato de soja, edulcorantes natural isomalte e maltitol e artificial sucralose, emulsificante lecitina de soja e poliricinoleato de poligliceria e aroma natural de baunilha. 40 Gr possui 194 kcal, 16 Gr de carboidrato, 0,2 Gr de açúcar, 2,9 Gr de proteína, 15 Gr de gorduras totais, 9,0 Gr de gorduras saturadas e 4,9 Gr de fibra.
– “Choco Soy Dark mix 50% cacau “ com duas barrinhas de 25 Gr cada da mesma marca anterior. É um chocolate meio amargo a base de soja com sementes de linhaça, gergelim, castanha de caju e flocos de arroz. Sem glúten, sem lactose, sem sódio e sem açúcar. Mais opção de chocolate saudável e saboroso. Ingredientes: massa de cacau, manteiga de cacau, polidextrose, flocos de arroz(farinha de arroz, farinha de milho, sal, corante caramelo, e edulcorante natural stévia), linhaça, extrato de soja, gergelim, castanha de caju, edulcorantes(natural: isomalte ou maltitol e artificial
Sucralose), emulsificantes(lecitina de soja e poliricinoleato de poliglicerila) e aromatizante. Uma unidade ou 25 Gr tem 120 Kcal, 9,8Gr de Carboidratos, 2,0 Gr de proteínas, 9,2 Gr de gorduras totais, 5,1 Gr de gordura saturada, 0Gr de gorduras trans, 3,0 gr de fibra alimentar e 0 mg de sódio. Só não vale exagerar, por ser muito rico em gorduras, basta uma barrinha de 25 Gr ao dia.
– “ Chocolate Choco Soy Diet “ da marca “Olvebra” de 25 Gr. Chocolate à base de soja Diet ( sem adição de açúcar ), sem lactose, sem gorduras trans e sem glúten. Uma boa pedida para os celíacos, os diabéticos, e também, para os veganos. Já que é um produto 100 % vegetal. Embora, não seja indicado para quem quer diminuir as calorias diárias visando emagrecer; já que este produto não apresenta redução calórica em comparação com o seu similar com açúcar. Visto a quantidade total de gorduras presentes no chocolate. Sua composição é formada por manteiga de cacau, liquor de cacau, extrato de soja, edulcorante natural isomalte, polidextrose, emulsificante poliricinoleato de poligliceria, lecitina de soja, aroma natural de baunilha e edulcorante artificial de sucralose. A unidade tem 114 kcal. 9,4 Gr de carboidratos, 0 Gr de açúcar, 1,3 Gr de proteína, 8,8 Gr de gorduras totais, sendo que 5,1Gr de gorduras saturadas, 2,7 Gr de gorduras monoinsaturadas, 0,5 Gr de gorduras poliinsaturadas, 4,9 Gr de fibras e 0 Gr de sódio.www.olvebra.com.br/loja Um web-site muito interessante para conhecer melhor todos os produtos vegetarianos da marca, e para fazer sua compra on line.
– “ Chocolate Choco Soy “ da mesma marca, contendo duas unidades de chocolate de 25 Gr cada. Sem lactose, sem gordura trans e sem glúten. Sua fórmula leva açúcar orgânico, manteiga de cacau, massa de cacau, emulsificante lecitina de soja e polricinoleato de poliglicerila e aroma natural de baunilha. Indicado para os veganos e celíacos que não tem restrição ao açúcar. Um adendo: apesar de ser orgânico, o produtor poderia ter usado o açúcar mascavo, também orgânico, que tem mais nutrientes e não passou por tantos processos químicos, ou então, adoçar somente com stévia. Cada barra de chocolate de 25 Gr tem 137 kcal, 14 Gr de carboidratos, 14 Gr de açucares, 8,3 Gr de gorduras totais, 4,8 Gr de gorduras saturadas, 2,5 Gr de gorduras monoinsaturadas, 0,5 Gr poliinsaturadas, 0,7 Gr de fibras e 0 Gr de sódio.
– “ Pops Choco Soy “ da marca “Olvebra” de 40 Gr. Flocos de arroz cobertos com chocolate à base de soja. 100% vegetal e sem gorduras trans. Gostoso, e um bom “mata a vontade”, quando pintar aquela vontade de comer chocolate. Mas, não dá para exagerar, pois além de conter açúcar refinado, o pacote de apenas 40 Gr tem 205 calorias. Ingredientes: flocos de arroz, farinha de arroz , farinha de milho, açúcar, cacau, carbonato de cálcio e sal, manteiga de cacau, liquor de cacau, extrato de soja, sal refinado, emulsificante lecitina de soja e poliricinoleato de poliglicenia e aroma natural de baunilha. Composição nutricional: 25 Gr de carboidrato, 25 Gr de açúcar, 2,2 Gr de proteína, 11 Gr de gorduras totais, 6,1 Gr de gorduras saturadas e 29 Gr de sódio.
– “ Chocolate amargo – puro – Black – 72% cacau “ da marca “Zermatt” de 25 Gr de peso líquido. Percentual elevado de cacau (72%) na fórmula que proporciona grandes quantidades de antioxidantes naturais. Seria ótimo para todos se não levasse açúcar cristal. Também contém líquor de cacau, emulsificante lecitina de soja, poliglicerol, polricinoleato de glicerina e aromatizante. Em 25 Gr ou 1 unidade há 133 Kcal, 8,7 Gr de carboidratos, 2,5 Gr de proteínas, 9,8 Gr de gorduras totais, 5,6 Gr de gorduras saturadas, 0 Gr de gordura trans, 3,2 Gr de fibras e 0 Gr de sódio. Produzido por Kkula alimentos ltda.
– “ Chocolife “- 70% cacau “ da marca “Chocolife Ind. e Com. de alimentos funcionais ltda.” em um tablete 30 Gr. Tem 27% menos calorias do que os chocolates convencionais, é rico em fibras, zero de adição de açucares, sem glúten, sem lactose e sem gordura trans. Está na quantidade ideal para se saborear um tablete ao dia e obter poderosos antioxidantes naturais que combatem os radicais livres, e alto teor de fibras prebióticas, que é ótimo para a saúde intestinal. Composição: Massa de cacau, maltitol, cacau em pó, eritritol, polidextrose, emulsificante, lecitina de soja, poliriconoleato de poliglicerol, aromatizante vanila e edulcorante sucralose. O tablete tem 125 kcal, 13,9 Gr de carboidratos, 2,6 Gr de proteínas, 9,7 Gr de gorduras totais, 6,1 Gr de gorduras saturadas, 5,9 Gr de fibra alimentar e 2,7 Gr de sódio.
– “ Chocolate branco com castanho de caju “ da marca “Tri-gostoso” em um pequeno tablete de 6 Gr. Sem lactose, sem açúcar e sem glúten. Contém
Manteiga de cacau, extrato de soja desengordurado, edulcorante natural maltitol, maltodextrina, fibra de polidextrose, lecitina de soja, sucralose, aromas e castanha de caju torrada. Diferente da maioria, não sou muito fã de chocolate, mas este branco realmente é muito saboroso, nada enjoativo e como vem num pedaço bem pequeno não vai por estragar a dieta hipocalórica de ninguém! Entretanto não vale exagerar, já que apesar de levar adoçante, contém muita manteiga de cacau(se comer vários engorda mesmo!) e tem efeito laxativo. Infelizmente na embalagem pequena não vem a discrição nutricional do produto, o que é um erro grave.
– “ Soymix – Chocolate soja crocante – Zero açúcar “ da fábrica “Svili industrial Ltda.”, vem numa embalagem contendo 3 unidades de 14 Gr cada. Boa pedida para carregar na bolsa, mas apesar de não levar açúcar, este não é um produto com valor calórico reduzido.  Então consuma com moderação. Rico em fibras e não contém glúten. Contém maltitol em pó, liquor de cacau, manteiga de cacau, extrato de soja, flocos de soja, emulsificante natural lecitina, edulcorante natural esteviosídio e aromatizante. A porção ou unidade tem 64 Kcal, 6,3 Gr de carboidratos, 3,2 Gr de proteínas, 2,9 Gr de gorduras totais, 1,5 Gr de gorduras saturadas, 1,3 Gr de fibras e 0 mg  de sódio. Também “chocolate com soja” sem açúcar e sem crocante, outra sugestão interessante. E ainda oferece outra opção de sabor, com a mesma gramatura, só “chocolate”; não obstante, este é mais calórico e mais gorduroso. A escolha é sua.www.svili.com.br
– “ Chocolate amargo zero açúcar com chá verde “ produzido pela “Emagrecer Comendo Alimentos Especiais” vem num tablete de 20 Gr. Sem lactose, 54% cacau (para ser perfeito poderia ter mais cacau e menos manteiga de cacau), sem glúten, e rico em substancias antioxidantes( soja e chá verde). Apesar do nome sugestivo do fabricante, este não é um produto com valor energético reduzido e se consumido em excesso tem poder laxativo, então “pegue leve”! Ingredientes: liquor de cacau, manteiga de cacau, extrato de chá verde e farinha de soja. Contém: edulcorante natural maltitol, emulsificantes, lecitina de soja, poliglicerol polirricinileato de glicerila, aromatizantes e edulcorante artificial sucralose. A unidade tem 91 kcal, 9,7 Gr de carboidratos, 0 % açúcar, 1,3 Gr de proteínas, 6,7 Gr de gorduras totais, 3,7 Gr de gorduras saturadas, 1,5 Gr de fibra alimentar e 0% de sódio.sac@emagrecendocomendo.com.br

7- BEBIDAS

– “ Bebida de Arroz “ da empresa italiana “La finestra sul Cielo”, importado por “Sim alimentos” é uma bebida rica, em embalagem tetrapak de 1 litro, participante do grupo “Ecocert”, que fiscaliza e dá o selo quando o produto preenche os requisitos e respeita as normas de produção ecológica. Produzido com água, arroz (17%), óleo de semente de girassol extraído a frio e sal marinho. Cada 100 ml produz 63 Kcal, 0,2 Gr de proteína, 13,3 Gr de carboidratos, 6,6 Gr de açúcar, 1,0 Gr de gorduras totais, 0,1 Gr de gordura saturada, 0,3 Gr de gordura monoinsaturada, 0,3 Gr de gordura poliinsaturada, 0,2 Gr de fibra e 0,03 Gr de sódio. Uma bebida agradável à base de arroz (porém, não é integral) orgânico, o que acrescenta muito ao produto, e de baixo teor de gorduras, e ainda, gorduras benéficas. O problema é preço, por ser importado, e sabe-se, como os nossos impostos são abusivos, esta bebida, sendo uma ótima alternativa, acaba esbarrando num elevado custo para o consumidor.
“ Bebida de arroz malte e amêndoa “ (Malta y amendoa) da mesma marca italiana anterior, com o acréscimo positivo das amêndoas. Formada por água, arroz * (16%), amêndoas * (3%), óleo de semente de girassol extraído a frio *, malte de arroz (arroz+água) * 1%, sal marinho. Os ingredientes seguidos por “asterisco *” são provenientes de agricultura ecológica. As amêndoas oferecem um sabor mais suave e somam gorduras amigas para o organismo: 1,57 Gr de gorduras monoinsaturadas 1,58 Gr de gorduras poliinsaturadas e 1,18 Gr de ômega 3. 100 ml têm 86 kcal, 14,5 Gr de carboidratos, sendo que 6,72 Gr de açúcar, 0,79 Gr de proteína, 0,59 Gr de fibra, 3,10 Gr de gorduras totais, 0,35 Gr de gordura saturada e 0,28 Gr de sódio. Não contem glúten.
“ Bebida de arroz malte e avelãs “ (Malta y avellanas) outra variação da mesma bebida anterior.
– “ Suco de uva integral “ da “Ecocitrus” numa embalagem de vidro de 1 litro. Produto 100% ecológico, sem agrotóxico, sem conservantes ou  corantes. Também não contém glúten ou açúcar. 1 copo de 200 ml contém 120 kcal, 30 Gr de carboidratos, 0 Gr de proteína, de gordura e de sódio.
– “ Uva’ Só ® ” é um suco de uva integral numa garrafa de vidro de 870 ml produzido pela “Econatura”. É 100% natural e orgânico, ou seja, sem agrotóxico. Suco Integral produzido com uvas cultivadas no sistema agro ecológico (ecocert). 200 ml ou 1 copo tem 87 kcal, 19 Gr de carboidratos, 0,6 Gr de proteína, 0,6 Gr de fibra. Entre no site e veja outros produtos da “Econatura produtos ecológicos e naturais ltda.”.Web-site: www.econatura.com.br / fone: (54) 3462-1074
– “ Suco de laranja “ da mesma marca anterior, na mesma quantidade e embalagem. Produto 100% ecológico, com as mesmas características do suco anterior. Contém somente suco de laranja concentrado e água. 1 copo ou 200 ml tem 84 kcal. 18 gr de carboidrato, 2 gr de proteínas, 3,6 Gr de Fibras, 8 mg de sódio e  53 mg de vitamina C. Certificado pela “Ecocitre”.
– “ Suco misto de mamão, laranja, maça e banana “ da marca “ Do bem “ vem em embalagens individuais de 200 ml ou em 1 litro. É um suco em caixinha tetrapak feito com 100 % da fruta. Sem adição de açúcar ou de água. Sem conservantes ou corantes artificiais. Isto tudo ajuda a preservar grande parte das vitaminas contidas nas frutas. Em um copo de 200 ml tem 100 calorias, 25 Gr de carboidratos, 1 Gr de proteína, 0,44 Gr de fibra alimentar e 38 Gr de vitamina C. Também disponível para venda o suco integral de laranja, de uva, a limonada e o suco misto de açaí, morango, maça e guaraná, nas duas embalagens. É bastante saboroso, e só o fato de ser integral e sem qualquer tipo de açúcar ou adoçante é uma excelente pedida, principalmente para se levar para a escola, faculdade, viagem ou trabalho, ou quando bate uma vontade de comer algo acompanhado de uma bebida diferente.Web-site: www.dobem.com / falefalefale@dobem.com /

8- TOFU(derivado da soja)

– “ Tofu Nippo “ da “Agro Nippo produtos alimentícios Ltda.” com 500 Gr. do tofu drenado. De consistência firme, ideal para receitas doces e salgadas. Apesar da pouca durabilidade, se houver a troca de água filtrada diária cobrindo o tofu, este se preserva por mais uma semana na geladeira, além do prazo de validade. Sem glúten e com soja não transgênica, é farto em proteínas e cálcio. Tente acrescentar na dieta da garotada e na terceira idade, que precisam de um aporte maior de cálcio. É um produto muito especial, de sabor bem leve e neutro, que absorve facilmente temperos. Muitos dizem que não tem gosto de nada, mas por isso mesmo, que é perfeito para qualquer recheio, para fazer tortas doces e salgadas, para as saladas. Tente bater o tofu drenado no liquidificador com tomate seco e orégano, e depois acrescente um fio de azeite, e se terá uma das mais saborosas pastinhas para aperitivo!  E por ser hipocalórico, pode ser consumido sem nenhuma restrição. Ingredientes: Água, soja e estabilizante sulfato de cálcio. Uma porção de 40 Gr ou uma fatia tem somente 27 calorias, 0 de carboidratos e gorduras, 3 Gr de proteínas, 48 Mg de cálcio e 50 Mg de de sódio. E é um dos “tofus” do mercado com a melhor relação custo/benefício.
www.agronippo.com.br / (11)3839-0330
– “Tofu Premium – Shitake “ da marca “Samurai” vem em embalagem de 100 Gr. Produto ecológico, sendo que contém 83% de seus ingredientesprovenientes de cultura orgânica. Contém tofu, shouyu, gergelim, óleo de soja, semente girassol, cebola, shitake e especiarias. 40 Gr ou 1 fatia tem 81 kcal, 1,7 Gr de carboidrato, 5,5 Gr de gorduras totais, 0,5 Gr de fibra e 105 Gr de sódio. É um aperitivo bem temperado, e que também acompanha torrada, pães ou como recheio de torta, crepes ,etc.. E é válido por ter a sua maioria de seus ingredientes um respeito à natureza e ao pequeno produtor.
– “ Tofu Premium – Al Pesto “ uma variação da mesma marca anterior. Alimento à base de soja com 90% de ingredientes orgânicos. Leva tofu, Azeite extra virgem, óleo não transgênico, manjericão, caju e sal. 40 Gr ou 1 fatia tem 68 Kcal, 1,2 Gr de carboidrato, 4,5 Gr de proteínas, 5 Gr de gorduras totais, 0,3 Gr de gordura saturada, 0,2 Gr de fibra e 128 Gr de sódio. Outra opção apetitosa que vai bem servido como mini coquetel.
9- MISTURA PRONTA
– “ Mistura para preparo de bebida à base de soja – Sabor Cappuccino – soja light “ da empresa “Nutraceutica produtos naturais ltda.” Se apresenta num pote de 145 Gr.É uma bebida light, pois uma xícara de chá feita com duas colheres de sopa do cappuccino mais água oferecerá somente 50 Kcal. Sem lactose, sem nenhuma gordura, é mais uma opção de bebida com soja, e bom para o lanche; só não é ótimo, pois é usado o adoçante artificial sucralose, ao invés da stévia, por exemplo. O preparo vem com extrato protéico de soja, maltodextrina, café solúvel, cacau em pó, espumante   bicarbonato de sódio, carbonato de cálcio, aroma idêntico ao natural de baunilha, canela em pó, cloreto de sódio e edulcorante sucralose. 1 colher de sopa ou 6 Gr tem 25 Kcal, 3,7 Gr de carboidratos, 1,2 Gr de proteína, 0 Gr de gordura, de fibra e de sódio.
www.nutraceutica.com.br / (31) 3581-1817
– “Achocolatado em pó Diet – Chocobol Soy “ da tradicionalíssima marca de produtos naturais “Haribol”. Sem glúten, sem açúcar e sem lactose. A mistura vem com maltodextrina, cacau, extrato de soja, goma guar, edulcorante sucralose e aromatizante baunilha. É um alimento que não apresenta valor calórico reduzido, devido à grande quantidade de maltodextrina; por isso se você está de dieta hipocalórica consuma com parcimônia. O pote tem 210 Gr no total, e a porção de 2 colheres de sopa contém 83 kcal. Essa mesma porção oferece 13 Gr de carboidratos, 4,5 Gr de proteínas, 1,5 Gr de gorduras totais, 0,7 Gr de gorduras saturadas, 4,4 Gr de fibras e 46 mg de sódio. É um achocolatado rico em proteínas e fibras alimentares.
www.haribol.com.br / Sac. (35) 3332-3294
10- NOVIDADES
– “Endul® – 100% agave azul orgânico“ é um xarope numa embalagem de 230 Gr. O agave azul é uma planta proveniente do México, que se transforma num xarope como excelente forma de adoçar. 100% natural e orgânico, com certificados de confiabilidade internacional: USDA organic, BCS okeo-garantio, entre outras. Possui baixo índice glicêmico e tem poder adoçante 1,3 vezes maior que o açúcar comum. Seu paladar é neutro e similar ao açúcar. Não altera o sabor dos alimentos, podendo adoçar café, chás, sucos, doces, crepes, bolos, biscoitos, cremes etc.; e permite ir ao Forno e fogão. Excelente alternativa para os vegetarianos e os que fazem restrição ao mel, melados e xaropes artificiais açucarados (sacarose). Os diabéticos e com excesso de peso devem somente usar com acompanhamento de um nutricionista. Apesar de 1 colher de sopa ou 21 Gr ter elevados 70 Kcal não se esqueça que seu poder de adoçar é maior, portanto a quantidade utilizada será sempre menor. Faça as contas e experimente. Tem 17 Gr de carboidrato, 0 Gr de proteína, gordura ou sódio.
Importado pelo “Sítio do moinho alimentos orgânicos ltda.” – www.sitiodomoinho.com.br /smoinho@sitiodomoinho.com.br /
– “ Chocolate natural – 100%  amêndoas de cacau crus – orgânico “ da empresa “Planeta cacau” vem embalado a vácuo em 280 Gr. Novidade no mercado, este “chocolate natural” nada mais é do que as amêndoas granuladas selecionadas do próprio cacau não torrados, ou seja crus. Este chocolate 100% cacau é considerado um dos alimentos mais ricos em flavonóides antioxidantes do mundo. Os flavonóides são substâncias que retardam o envelhecimento proporcionando benefícios que vão da redução da pressão arterial, impede a oxidação do LDL (colesterol ruim), contribui para a produção de serotonina (neurotransmissor responsável pela sensação de prazer), estimula o funcionamento cerebral e auxilia o sistema imunológico. Tem 5 vezes mais antioxidante do que o chocolate amargo, e 12 vezes mais do que a casca da uva escura encontrada no suco de uvas e vinhos tinto. Sem açúcar e aditivos químicos. Uma boa pedida! É caro, mas vale o que promete. Pode ser comido diretamente puro ou com adoçante natural stévia. Pode acompanhar frutas, doces, bolos, etc.. Também fica ótimo batido no liquidificador com sucos, vitaminas, etc.. O único porém é não consumir exageradamente, pois 1 colher de sopa ou 20 Gr tem valor energético de 124kcal. Em 20 Gr se encontra 5,7 Gr de carboidratos, 2,9 Gr de proteínas, 10 Gr de gorduras totais, 5,7 Gr de gorduras saturadas, 5,0 de fibras e 7,9 Gr de sódio.www.planetacacau.com.br
11- ÓLEOS
 Infelizmente até o “óleo de Soja Leve” agora também é produzido com grãos de soja transgênicos, o que corrobora com as críticas negativas à atuação de multinacional Monsanto pelo mundo, com suas garras manipuladoras é capaz de abarcar tudo e ceifar a diversidade de grãos e impedir a concorrência leal entre os pequenos produtores de grãos e agricultores locais. Parece difícil acreditar, mas depois de muito procurar em supermercados populares e em outros mercados menores, não existe óleo de soja sem ser genéticamente modificado, exceto se for orgânico. Todas as marcas mais tradicionais usam o grão transgênico, e se pode verificar isto pelo Símbolo “ T “ dentro do triângulo, e ao lado bem pequeno, esta informação. Claro que a maioria da população brasileira nem sabe do que se trata, e muito menos desconfia da falta de pesquisas por longos anos de universidades e empresas idôneas sem vínculo ou qualquer tipo de lucro proveniente de produtores de tais sementes. A verdade é que só se fala dos benefícios e lucratividade destas sementes criadas em laboratório, porém não conheço uma pesquisa séria, de décadas que provasse sua segurança, tanto para os consumidores quanto para o meio ambiente. O que se tem de prova, através de órgãos sérios como “Greenpeace” e a “WWF” é que nas regiões das plantações destas sementes, após algumas colheitas sucessivas,  alguns insetos  e pequenos animais como abelhas, “joaninhas” e outros, simplesmente desaparecem. Porém isto, a Monsanto e outros produtores de transgênicos não explicam e muito menos tentam achar a resposta. Já que o que é importante é a ganância do capital, e expansão sem fronteiras de suas criações de laboratório; agora suas conseqüências para os pequenos produtores e suas famílias que vivem no campo, para a população que consumirá tais grãos depois de anos e anos, e para o meio ambiente, tudo isto é mero detalhe…Saúde, sustentabilidade, respeito a todos os seres da natureza, subsistência do pequeno agricultor devem ser esquecidos e ultrapassados como os tratores que passam por cima de nossas matas para a produção de soja, milho e outros grãos transgênicos, para a criação de gado , para a extração de madeira ilegal, e etc, etc.,etc…
12-ADOÇANTE
Indico o adoçante “Steviosídeo”, edulcorante puro da planta Stévia e 100% natural. É um adoçante de baixas calorias, e existem  os fabricantes que produzem sem adição de açúcar, sem sacarina sódica, sem ciclamato sódico, sem aspartame, que são adoçantes artificiais; sem sucralose (que é um adoçante industrializado proveniente do açúcar) e que não contenha glúten. Enfim, atendem aos veganos, aos celíacos, aos que buscam uma alimentação mais natural e saudável possível, aos que querem manter o peso ou que querem emagrecer e a maioria dos diabéticos. Eles são um pouco mais caros que os outros adoçantes, principalmente em comparação aos que levam ciclamato e sacarina, mas vale o investimento, pois são bem econômicos, já que bastam poucas gotas para obter o sabor adocicado. No início pode haver um estranhamento inicial, visto que os adoçantes de stévia podem deixar um gosto residual na boca proveniente da própria planta, mas paciência, que este tende a passar conforme o paladar for se habituando ao novo sabor. E este é o único adoçante que indico para as crianças acima de 2 anos, diabéticas ou não. Porém fique do olho no rótulo, pois a maioria dos adoçantes no mercado é a “base de stévia”, ou seja, agrega outros adoçantes artificiais como os citados acima.Para ajudar na compra correta listo alguns 100% Stévia:
– “ Stevita ® – adoçante natural “ da marca “Stevita ®”. Adoçante dietético de mesa, líquido em embalagens de 40 ml e 100 ml. Ingredientes em 100 ml: edulcorante natural steviosídeo 12%, conservante sorbato de potássio 0,18% e água q.s.p. 100 ml. 8 gotas ou 0.4 ml de “stevita” têm 0 Kcal e equivalem a  2 colheres de chá de açúcar que tem 24 Kcal. Faço uso desta marca, e na sua versão em pó para uso culinário.Web-site: www.stevita.com.br / e-mail: stevita@stevita.com.br
– “ Stevita®- adoçante dietético – Culinária “. Embalagem: peso líquido de 400 Gr. É uma variação da mesma marca anterior, mas este é em pó, para a culinária (Forno e fogão). Exclusivo para receitas, aceita altas temperaturas.
É fácil de usar, basta usar a mesma quantidade do açúcar. Tem 60% menos calorias se comparado com o açúcar refinado. A porção de 10 Gr ou 1 colher de sopa tem 40 kcal, enquanto que 1 colher de sopa ou 25 Gr de açúcar tem 100 Kcal. A mesma quantidade do adoçante natural tem 9,9 Gr de carboidratos. Ingredientes: Edulcorante natural steviosídeo 1%, anti-umectante dióxido de sicílio 1%, maltodextrina(Natural do milho) 98%.
– “ Só Stévia “ – adoçante dietético de mesa (líquido) da empresa “Lowçucar”. Vem em frasco de 80 ml, e também em pó de 150 Gr. Contém água, edulcorante natural glicosídeo de steviol e conservante benzoato de sódio. Em geral os adoçantes a base de stevia não contém glúten, como todos os  citados; e também não apresentam sódio, não obstante, esta marca e a de baixo “Stevine” utilizam o conservante “benzoato de sódio” na fórmula, portanto, os hipertensos devem evitar ou moderar seu uso.
Fabricante: “Light Sweet indústria e comércio de alimentos Ltda.”/ www.lowcucar.com.br /sac@lowcucar.com.br /
– “ Stevine “ – adoçante natural de mesa (líquido) da fabricante “Jasmine” de 80 ml. Sua fórmula apresenta água, adoçante natural glico de steviol, conservante benzoato de sódio, sorbeto de potássio e ácido cítrico. Este adoçante é fabricado pela “Jasmine Comércio de produtos alimentícios Ltda”, conhecida empresa do ramo de alimentos naturais e dietéticos do mercado.
– “ Stévia Pura “ adoçante de mesa da fabricante “Svili indústria ltda.” em 90 ml. Contém água, edulcorante natural esteviosídeo e conservante sorbato de potássio. 4 gotas ou 20 ml tem 0 Kcal e equivalem ao poder adoçante de 1 colher de chá de açúcar.Sac: (24) 2443-3385

13-PIPOCA

– “ Pipoca Zero para microondas – Sabor natural “ da marca “Jasmine” vem em embalagem de 70 Gr de grãos de milho para pipoca. Sem adição de gordura e 30 % menos calorias. Contém “sal jasmine marinho”.  Em 25 Gr (meio pacote) são 78 kcal, 16 Gr de carboidratos, 1,7 Gr de proteína, 0,8 Gr de gordura total, 0,3 Gr de gordura monoinsaturada, 0,2 Gr de gordura poliinsaturada, 3,4 Gr de fibras e 160 mg de sódio. Bem salgada!
Tenho plena consciência da praticidade de um forno de microondas nos dias atuais, porém não posso deixar de fazer algumas ressalvas. Realmente não acho o forno de microondas seguro para a saúde, mas não vem ao caso discutir os porquês aqui; além de mudar a textura e gosto de muitos pratos cozidos através de suas ondas. Portanto, só indicarei esta pipoca da “Jasmine” pelo diferencial de todas as outras marcas encontradas no mercado para uso nas microondas. Todas as outras marcas usam gordura trans e/ou sódio (sal) em quantidades alarmantes. Para se ter uma idéia, basta se comer uma destas embalagens de pipoca, para se ultrapassar a quantidade máxima recomendada que é de 5 Gr de sódio por dia. Não que a quantidade de sódio da “Jasmine“ seja pouca, até porque só indico a de “Sabor Natural”, pois suas outras opções de sabores são absurdamente salgadas (uma tem 200 mg e outra 300 mg). Mesmo levando “sal marinho“ da mesma marca na composição, o que só garante que não passou por processo de industrialização, diminuindo o volume de elementos químicos, o excesso de sódio presente continuará interferindo na pressão arterial, na retenção de líquidos, etc.. Então, consuma com parcimônia, e fuja de qualquer outra “pipoca de microondas”, mesmo que ofereçam os mais diversos e deliciosos sabores; e não se engane com os dito “light”, também levam “gorduras trans” e são cheios de sódio.Vale ressaltar que a empresa “Jasmine” não faz uso de produtos genéticamente modificados, ou seja, os transgênicos.
14-SOBREMESAS GELADAS E CONGELADOS

– “ Sobremesa de frutas cremosa – 100% frutas “ da empresa “Batavo” vem em 2 potes de 100 Gr cada. Vem em potes de plástico, mas ainda é uma bnovidade nos mercados, por isso procure na parte de frios junto aos iogurtes e bebidas lácteas. Mas este tem o diferencial de ser fruta pura, sem corante, sem conservante, sem açúcar e não contém glúten. O sabor de “frutas vermelhas” contém polpa de maça, suco concentrado de maça, polpa de morango, de framboesa e de amora, e aroma natural de frutas vermelhas. O pote de 100 Gr tem 84 kcal, 11 Gr de carboidratos, 0 Gr de proteína, 0 Gr de gordura total, e sem adição de sacarose. Uma outra opção é a sobremesa de sabor “maça” com composição de polpa, pedaços e suco concentrado de maça. Este tem 92 kcal.Esta sobremesa de frutas é um bom quebra galho, porém nunca deve ser substituta das frutas in natura, já que muitas vitaminas e sais minerais são perdidas no processo de industrialização.www.batavo.com.br / batavo@batavo.com.br /

– “Raiz do sabor – congelados vegetarianos“. São pratos feitos de 750 ml. Não usam nenhum derivado de origem animal, sendo perfeito para os veganos. Apesar de saudáveis e saborosos, aos que procuram uma alimentação de baixa caloria, procurem a orientação de um nutricionista ou nutrólogo para acompanhar a combinação destes congelados com uma dieta específica. E claro, é fundamental para todos comer junto da refeição pronta uma salada de vegetais cru.
Cada refeição de 750 ml, que é bem farta, custa R$ 12,90. E eles têm uma promoção bem bacana: Se ganha 50 centavos na sua próxima compra retornando a embalagem lavada. E o mais importante, se contribui com a destinação correta do lixo. As entregas à domicílio são programadas, com a quantidade mínima de quatro embalagens e cobram uma taxa de entrega que depende do local.www.raizdosabor.blogspot.com / www.portalraizdosabor.com / raiz do sabor@gmail.com /
 
15-MASSA E PÃO
– “Macarrão integral” – Espaguete, Penne e Parafuso” da marca “Vilma”, vem com 500 Gr cada tipo. Quatro opções de macarrão realmente integral.Já que muitas marcas apregoam que sua massa contém farinha de trigo integral, mas na verdade se trata somente de um produto enriquecido em  Fibras (ou farelo de trigo, a mesma coisa). Portanto esta contém farinha de trigo integral e glúten. Um prato raso ou 80 Gr soma 263 kcal, 58 Gr de Carboidratos, 9,8 Gr de proteínas, 1,2 Gr de gorduras totais, 0,2 Gr de gorduras saturadas, 5,4 Gr de fibras e 0 Gr de sódio.Ótimo produto para quem deseja que seu intestino funcione regularmente, para os que estão de dieta hipocalórica, que mesmo com a quantidade  Elevada de carboidratos, por ser feito com o grão integral do trigo, a saciedade é maior, diminuindo os picos de insulina no sangue, ao contrário dos Carboidratos simples. E é uma excelente fonte de energia, evita a fadiga física e mental. Se for acompanhada por um molho de tomates frescos, pedaços de tofu, folhinhas de manjericão e com uma salada colorida será uma refeição completa e bem light! Só deve ser evitada por celíacos.
www.vilma.com.br / Fone: 0800-7015860
– “Massa integral” com embalagem de 500 Gr da empresa “Vitao”. Outra boa opção. Ingredientes: farinha de trigo integral, sêmola de trigo e Corante natural de cúrcuma e urucum. 80 Gr ou 2 xícaras de chá tem 287 Kcal, 60 Gr de carboidrato, 9,2 Gr de proteína, 1,2 Gr de gordura total, 0,2Gr de Gordura saturada, 0,5 Gr de gordura polinsaturada 6,4 Gr de fibra, 3 Gr de sódio e 3,2 Gr de ferro.
www.vitao.com.br / sac@vitao.com.br / Sac: 0800-7226510
– Pão –  Já indiquei bons pães em outro texto com o título “A farsa dos pães integrais “, então se desejar um saudável é só escolher os que estão na Lista. Porém, como neste texto assinalo produtos sem glúten, especialmente para os celíacos ou para aqueles que querem diminuir o consumo de Derivados do trigo indico o pão abaixo:
– “ Pão integral sem glúten, zero ovo, sem açúcar, sem lactose “ tipo “pão de forma” de peso líquido 450 GR da marca “Aminna – produtos sem Glúten”. Ingredientes: farinha de arroz, fécula de mandioca, farinha de soja, amido de milho, farinha de linhaça, óleo de soja, fermento biológico, estabilizante INS 415 e conservante INS 282. Uma fatia de 35 Gr tem 109 Kcal, 17 Gr de carboidratos, gorduras totais 2,7 Kcal, gordura saturada 0,5 Gr, proteína 7,1 Gr, fibra 1,4 Gr, cálcio 7,1 Gr, ferro 0,4 Gr e 121 Gr de sódio.www.aminna.com.br / E-mail : aminna@aminna.com.br / Sac: (47) 3325-1511
Devo salientar que este pão não é indicado para os que querem emagrecer, já que seu pão leva óleo (o de soja, que espero não seja transgênico), e é Bastante calórico para uma única fatia (109 Kcal); por isso se seu objetivo é um pão mais light, entre no meu texto sobre pães integrais e escolha Outro. E para os hipertensos ou os que querem fugir do excesso de sal também procurem outro pão. E para finalizar, bem que poderiam ter usado Farinha de arroz integral, assim este pão seria bem mais saudável, apesar de sua quantidade significativa de cálcio, fibras e proteínas. Enfim, é ideal Mesmo para os celíacos, ou seja, para os que têm intolerância ao trigo.
– “Farinha sem Glúten” da marca “Aminna-produto sem glúten” com 500 Gr. É uma mistura para pães, bolos, cremes, molhos, empanados, etc., sem Lactose e trigo. É produzido com farinha de arroz, fécula de batata e fécula de mandioca. Cada 100 Gr tem 347 kcal, 0 Gr de gordura, 80 Gr de Carboidrato, 15 Gr de sódio, 4 Gr de proteína, 1,6 Gr de ferro. Excelente mistura para os celíacos ou para os que desejam outra opção sem o trigo Habitual. Para variar, o arroz não é integral. Uma pena.
16-ARROZ E CEREAIS INTEGRAIS
– “Arroz cateto integral germinado e orgânico” da empresa canadense “BioSprout” germinados, grãos e farinha vem numa embalagem a vácuo de 250 Gr. O arroz cateto é tipo 1, classe curto, e este é livre de transgênicos, sem glúten e rico em fibra solúvel. Em 50 Gr ou ¼ xícara de chá são fornecidos 184 calorias, 31 Gr de carboidratos, 4,5 Gr de proteínas, 1,2 Gr de gorduras, 0 Gr de gorduras saturadas, 1,5 Gr de fibras e 15 Gr de sódio.
Importado pelo “Sítio do moinho”, uma empresa de muita idoneidade pela produção e distribuição de alimentos integrais e orgânicos. www.sitiodomoinho.com /
A linha “BioSprout” conta também com “farinha de linhaça dourada germinada”, “lentilhas germinadas”, “farinha de linhaça dourada com sementes de brócolis germinados” e “farinha de linhaça dourada germinada com frutas vermelhas”. Os custos destes são bem elevados, em média R$ 16,00 o pacote de 250Gr, mas quando houver a oportunidade, experimente um destes. Vale o investimento! Para saber mais sobre a empresa produtora canadense entre no website: http://www.biolevenutrition.com
Nos grãos germinados todo o imenso potencial nutritivo está desenvolvido ao máximo, havendo liberação de energia, bem como de uma série de enzimas e de catalisadores que facilitam a absorção dos principais nutrientes do grão pelo organismo. No caso específico dos grãos de cereais germinados, os teores de alguns aminoácidos aumentam (entre eles a lisina que é um aminoácido essencial e é encontrado em baixos teores nos cereais sem germinar); também aumentam os teores de algumas vitaminas (antioxidantes, como a vitamina C e beta-carotenos) e minerais (aqueles na forma de fitatos, indisponíveis, são liberados enzima fitase para absorção); o amido é hidrolisado, aumentando o teor de açúcares; e as proteínas insolúveis são solubilizadas, melhorando sua digestibilidade. O valor nutricional de grãos germinados assemelha-se ao de frutas e de verduras por seu conteúdo de água, vitaminas, minerais e enzimas. Como os grãos germinados estão pré-digeridos e são assimilados muito facilmente pelo nosso organismo, estimulam os processos digestivos e regeneram a flora intestinal. Portanto é uma boa pedida, especialmente por ser um produto orgânico. Digo isto, porque vejo muitas pessoas germinando grãos em casa ou comprando os grãos já germinados sem saber a procedência, e muitos grãos são modificados geneticamente (transgênicos), outros estão contaminados com pesticidas (agrotóxicos), muitos já estão envelhecidos e ficaram estocados sem higiene e na umidade, em contato com roedores, cheios de fungos, etc.; e alguns destes são ingeridos até crus! Percebem o perigo? Se não houver confiabilidade no produtor ou distribuidor dos grãos (germinados ou não) evitem comê-los crus. Sem dúvida, o cozimento evita muitos malefícios. Pois, ao invés de se obter benefícios a mais com a germinação e alimentação crucífera (alimentos ingeridos crus), o estrago para a saúde pode ser bem maior a curto e longo prazo.
– “ 7 Grãos integrais “ da marca “Tio João” contém 500GR. Opção maravilhosa para alternar com o arroz do dia a dia, pois além do arroz integral, tem lentilha, semente de girassol, arroz vermelho, linhaça, quinoa e gergelim. E para as crianças que tem dificuldades de mastigar os grãos integrais por serem mais duros, tente misturar ao arroz branco.
Sem glúten, rico em minerais como cobre, magnésio e fósforo, e repleto de fibras maravilhosas para quem tem intestino preguiçoso. Produzido pela empresa “Josapar”, que tem um bom nome no mercado alimentício, e promete grãos 100% selecionados.50 Gr ou ¼ de xícara de chá produz 188 calorias, 5,7 Gr de proteínas, 4,3 Gr de gorduras totais, 0 Gr de gorduras saturadas, 4 Gr de fibra alimentar, 9,1 Gr de sódio, 1,5 Gr de manganês, 78 Gr de magnésio, 157 Mg de fósforo, 0,70 Mg de zinco.
www.josapar.com.br / Sac: 0800-531800
– “ 7 Cereais + Soja “ também da “Tio João” com a mesma gramatura da anterior. Este contém glúten, mas é fonte de zinco, magnésio, fósforo e ferro, e o diferencial positivo é a soja, naturalmente não transgênica. Contém arroz integral, aveia integral, cevada integral, centeio integral, triticale integral, trigo integral, arroz selvagem e soja integral. 50 Gr ou ¼ xícara de chá tem 170 calorias, 5 Gr de proteínas, 1,3 Gr de gorduras totais, 0 de gordura saturada, 4,4 Gr de fibra alimentar, 2,2 Mg de sódio, 1,0 Mg  de ferro, 121 Mg de potássio, 3,5 Mg de zinco, 49 Mg de magnésio e 120 Mg de fósforo. Este e o outro acima têm valor bem elevado, em média R$ 5,00 o pacote de 500 Gr, portanto use em ocasiões especiais e para alternar com o arroz nosso do dia a dia (que espero seja integral).

VOCABULÁRIO

Hidrocolóides: Em química, colóides (ou sistemas coloidais ou ainda dispersõescoloidais) são sistemas nos quais um ou mais componentes apresentam pelo menos uma de suas dimensões dentro do intervalo de 1nm a 1µm.

Imiscível: Que não é miscível ou misturável.

Emulsões: Emulsão é a mistura entre dois líquidos imiscíveis em que um deles (a fase dispersa) encontra-se na forma de finos glóbulos no seio do outro líquido (a fase contínua), formando uma mistura estável.

Suspensão: Estado dos fragmentos de um sólido que, misturados à massa de um líquido, não se dissolvem nele.

Hidrofílica: Hidrofilia, do grego (hydros) “água” e φιλια (filia) “afeição”, refere-se a uma propriedade física em que uma molécula tem de, transitoriamente, aglutinar-se a uma molécula de água (H2O) através das ligações de hidrogênio.

Hidrossolúvel: é a característica daquilo que pode ser dissolvido em água. É um material sólido que pode se transformar, através de processos químicos, em um líquido permeável e solúvel como a água, como por exemplo, açucar e sal de cozinha e pó de café.

Filiforme: tão semelhante ou delgado quanto um fio.

Fonte das pesquisas;

Escola Politécnica da Universidade de São Paulo
Departamento de Engenharia Química
Laboratório de Engenharia de Alimentos

 Filme biodegradável ativo e inteligente

 Novos processos de industrialização de frutas

 Novos processos em panificação

 Otimização da pasteurização de alimentos líquidos

 Transferência de calor em alimentos líquidos

  Artigos em Periódicos

  Capítulos em Livros

  Trabalhos Completos em Eventos

  Teses e Dissertações

************************************************************************************************************************************************

CONCLUSÃO E NOTA DO BLOG

Ir ao supermercado não é sómente colocar os produtos no carrinho e optar pelo mais barato. É necessário observar uma série de fatores para tomar a decisão de qual alimento levar para casa e consumir com sua família. Tomar tais decisões pode trazer uma vida mais saudável e impedir a ingestão de alimentos que possam vir a causar intoxicações alimentares.É sempre importante evitar o consumo frequente de produtos industrializados, portanto, opte, sempre que possível, por produtos naturais. Uma alimentação natural é sempre mais rica em nutrientes e mais saudável. É importante também ficar atento ao prazo de validade e na qualidade dos alimentos, pois apesar de muito similares no preço e nas propriedades nutricionais, carregam diferenças que podem ser definitivas para quem busca uma alimentação mais saudável.Alimentos prontos e enlatados são fáceis de preparar, rápidos e bastante práticos(?), é o que dizem as propagandas que literalmente “martelam” essa propaganda nos nossos ouvidos. Mas normalmente trazem poucos ou quase nenhum benefício à saúde. Normalmente, este tipo de alimento carrega altíssimas quantidades de sódio ou açúcar;Os alimentos transgênicos podem afetar a vida microbiana no solo, levando ao solo infértil (já existem áreas assim nos EUA) devido ao risco de contaminação cruzada e, trágicamente, os impactos na natureza são terríveis (sumiço em massa de abelhas, desaparecimento de minhocas, formigas, etc. do solo, morte de pássaros por se alimentarem de insetos contaminados pelos defensivos agrícolas, e sementes e grãos que receberam venenos e aditivos químicos dos laboratórios de OGMs), e toda a cadeia alimentar fica prejudicada.Não podemos esquecer a questão social, pois quando optamos por comprar orgânicos, estamos ajudando a manter o “homem no campo”. A maioria dos produtores de orgânicos é de família de pequenos agricultores, que vive do sustento do campo. Estas famílias de agricultores têm uma função de preservação ambiental muito importante, pois como não usam defensivos agrícolas, freqüentemente, usam rotação de cultura, inseticidas naturais e respeitam o ciclo do solo e estações climáticas.Se você ainda se pergunta, por que é tão importante lutar contra empresas de biotecnologia como a Monsanto, Du PontPionner, Syngenta, etc., e seus alimentos geneticamente modificados, peço que reflita: “Se você controla a alimentação, você controla as pessoas. Se você tem a semente, você controla os alimentos e, conseqüentemente, o mundo todo!”.

IMPORTANTE;-Sempre cheque a validade e o estado de conservação das embalagens. Se possível, tenha consciência ambiental e opte por embalagens que não levem plástico;Saiba que na produção de alimentos integrais, normalmente conserva- se suas vitaminas, fibras, entre outros nutrientes bons para a saúde.

Observe neste vídeo, como é possível viver com saúde  e cultivar os alimentos orgânicos.Nunca é tarde para a mudança! Agricultores familiares de várias regiões do Rio Grande do Sul migraram para os modelos de produção orgânico e agroecológico e, há 22 anos, se reúnem na Feira dos Agricultores Ecologistas (FAE), em Porto Alegre (RS). A feira é pioneira na iniciativa no Brasil e já conquistou clientes fiéis, garantindo renda para os produtores rurais. E aí? Já parou pra pensar de onde vêm os alimentos que você consome?

IMPERDÍVEL-UMA LIÇÃO DE VIDA, SAÚDE, CIDADANIA E CONSCIÊNCIA ALIMENTAR E ECOLÓGICA-ESSA É A NOVA CONSCIÊNCIA DO HOMEM DA NOVA TERRA

EQUIPE DA LUZ É INVENCÍVEL

 *******************************************************************************************************************************************************

 ******************************************************************************************************************************************************

*******************************************************

Bibliografia para consulta

1-Perigo nos aditivos alimentares
 Corine Gouget
2-Guia de aditivos
 G.Hughes
3-Química de Alimentos
 Eliana Paula Ribeiro
4-Química de alimentos de Fennema
 Owen R. Fennema
5-Análise química de alimentos
 Yolanda Pico
6-Tabela de composição química dos alimentos
 Manuela Pacheco
7-Alimentos-Química e seus componentes
T.P. Coultate
8-Química do processamento de alimentos
 Paulo A. Bobbio

 Nota:Biblioteca Virtual

Divulgação: A Luz é Invencível

A “Luz é Invencível” tem por norma não publicar comentários com links que não estejam ligados ao artigo publicado.
Pedimos a compreensão de todos, para qualquer dúvida temos nossa caixa de sugestões onde todos podem livremente fazer suas colocações que serão arquivadas para consultas posteriores.
Agradecemos a compreensão de todos.
Equipe da “Luz é Invencível”.
Anúncios

14 comentários em “INGREDIENTES QUÍMICOS USADOS NOS PRODUTOS DE CONSUMO HUMANO-Listas–categorias– graus de toxicidade

    • Olá Robson

      Obrigado pelo comentário e por seu interesse nos alimentos que a sociedade em geral consome, esta é também uma escolha importante que nos permite tratarmos nosso corpo como um templo, não como uma lixeira, pois é através dele que a nossa ascensão vai acontecer.

      Muita Paz, luz, amor e expansão de consciência
      A Luz é Invencível ☼

      Curtir

    • Olá Suzana

      Não, nosso objetivo é somente informar a todos que desejam saber sobre o alimento do corpo físico e também da alma.

      Muita Paz, luz, amor e expansão de consciência
      A Luz é Invencível ☼

      Curtir

  1. Pingback: UMA VIAGEM AO CÉREBRO HUMANO-Parte 6 | A Luz é Invencível

    • Olá Lígia

      Obrigado pelo comentário e pela presença.Seja bem vinda

      Nós aqui da equipe ficamos contentes pelo retorno e pelas palavras de incentivo ao nosso trabalho, que é feito com dedicação, amor e responsabilidade nas pesquisas e informações;Estamos honrados pela presença e isso mostra a amplitude do nosso trabalho, de várias formas.Que ele atravesse as fronteiras dos países,alcançando o maior número de pessoas possíveis.Esse é o nosso objetivo maior.Continue conosco

      Muitas vibrações positivas da equipe da Luz é Invencível

      Curtir

  2. Sem comentários, uma matéria completíssima sobre alimentação, parabéns e peço licença para estar compartilhando, é preciso acordar a população quanto a péssima alimentação que fazem, e quanto envenenam suas crianças. Obrigada.

    Curtir

    • Olá Sr Manoel

      Obrigado pela presença e pelo comentário.Seja Bem Vindo

      Nós aqui da Equipe tentamos sempre levar aos nossos leitores, matérias que possam esclarecer e alavancar a mudança de hábitos, os questionamentos e procurar dar soluções alternativas,isso em todos os posts e sobre todos os temas,mas, em especial no tema de hoje, já que o assunto é alimentação que consideramos básico nesta Transição Planetária; Esse tema está incluso quando pensamos em um Novo Ser Humano, muito mais consciente do planeta, de seu corpo/saúde e da sociedade da Nova Terra que queremos construir.Continue conosco e agradecemos as palavras de incentivo ao nosso trabalho aqui.

      Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

      Curtir

  3. Parabéns a equipe “a Luz é Invencível”, vocês sempre postam conteúdos de muita relevância.

    Acompanho vocês a bastante tempo e este é o meu blog de referência para assuntos de espiritualidade 😀

    Agradeço todo o esforço e trabalho para a divulgação destas informações.

    Grato.

    Edgar

    Curtir

    • Olá Sr Edgar

      Obrigado pela presença constante e seja bem vindo

      Nós da Equipe agradecemos as palavras de incentivo ao nosso trabalho aqui, já que é a nossa proposta, trazer conhecimento,expandir os horizontes mentais/espirituais e intelectuais,incentivando a pesquisa ,o estudo e a reforma intima das pessoas, nesta época tão importante da Transição Planetária.Continue conosco e estamos á disposição para ajudar no que for possível.

      Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s