ARQUIVOS EXTRATERRESTRES-Helicóptero de Abydos encontrado em hieroglifos confirma que civilização com alta tecnologia existiu anteriormente à Egípcia?


anterior posterior

Abydos era uma das mais importantes cidades do Antigo Egito, situada a 11 quilômetros a oeste do Rio Nilo, na latitude 26º 10′ N, na região do Alto Egito. Seu nome original é Abdju, sendo esta a referência encontrada nos próprios sítios arqueológicos locais. Foram os gregos que mais tarde denominaram o local como Abydos, nome pelo qual é conhecido atualmente.Esta região começou a ser utilizada a partir de 3 mil anos antes de Cristo, com a fundação de vários templos e túmulos de Faraós da 1ª Dinastia. Posteriormente outros templos foram construídos no local, sendo os mais importantes o Grande Templo de Osiris, o Templo de Seti I e o Templo de Ramsses II. Também destaca-se a Tumba de Umm el-Qa’ab, que era uma necrópole da realeza egípcia, onde vários faraós foram sepultados. A região continuou sendo utilizada até a 30ª Dinastia, por volta de 380 d. C.

Segredos milenares

A região de Abydos é famosa por um conjunto de imagens existente no Templo de Seti I, que segundo interpretações de alguns esotéricos e ufólogos, seriam representações claras de artefatos tecnológicos atuais que não estavam disponíveis na época em que foram ali desenhados. Em sua maioria, os artigos referentes à este polêmico conjunto vêem ilustrados por esta imagem:

À primeira vista, as figuras parecem-se realmente tanto com helicópteros e aviões que tem-se a impressão de que é uma fraude, ou uma montagem. Porém, expedições posteriores e mesmo anteriores incluindo uma disputa sobre a descoberta do ‘achado’ parecem confirmar que os hieroglifos existem da forma como é mostrada na fotografia abaixo comparativa.A evidência eram hieróglifos presentes na estrutura do teto no templo a Seti I em Abydos, um templo da Nova Dinastia de 3000 anos. Os hieróglifos parecem representar uma exibição de diversas máquinas, incluindo principalmente um helicóptero:

Nela, observa-se claramente a existência de um desenho que lembra um helicóptero de guerra Apache. Um outro desenho lembra um avião estilizado, e um terceiro lembra um tanque de guerra, ou submarino. Segundo alguns estudiosos, esta imagem seria a prova de que os antigos egípcios teriam tido acesso à algum tipo de alta tecnologia, de origem extraterrestre, que entre outras coisas teria possibilitado a construção das pirâmides, além de alguns outros grandes feitos, difíceis ou impossíveis para a época.

Para alguns pesquisadores ufológicos, esta seria uma prova a favor da Teoria dos Deuses Astronautas que diz que os deuses do passado seriam na verdade ufonautas que teriam auxiliado a raça humana ao longo de sua evolução. Alguns pesquisadores vão mais além afirmando que a própria Humanidade teria sido plantada neste planeta por seres extraterrestres(nota pessoal;todas estas chamadas teorias podem ser amplamente testadas e comprovadas , consultando várias postagens do blog á respeito)

Independente disso, desenvolvemos nossa investigação/pesquisa apenas no polêmico conjunto de imagens de Abydos. Segundo alguns pesquisadores, estas imagens seriam originadas a partir de um processo de sobreposição de hieróglifos, num processo chamado Palimpsesto. Esta hipótese circula em meios acadêmicos como sendo a explicação para a origem destas imagens(?), embora não exista um estudo completo e específico disponível a respeito confirmando ou descartando definitivamente esta possibilidade(!!).

ANÁLISES INICIAIS

Para entender melhor as informações que serão apresentadas logo adiante precisamos entender alguns aspectos sobre a história e a cultura do Antigo Egito. Talvez a mais essencial destas informações seja relativo à conhecimentos sobre as várias formas de escrita utilizadas ao longo de sua história. A mais conhecida destas escritas é a Hieroglífica, a escrita simbológica sagrada, quase sempre restrita à sacerdotes, escribas e membros da realeza egípcia. Além da Hieroglífica, havia a escrita Hierática, utilizada pelos escribas na confecção de papiros. Esta era uma forma simplificada dos hieróglifos geralmente utilizada nos registros administrativos em rolos de papiro. Havia também o Copta, que na verdade foi uma das primeiras linguagens utilizadas popularmente pelo povo em seu dia a dia. Mais tarde, por volta de 600 a. C., a linguagem demótica, que era uma forma idiomática ainda mais simplificada, tornou-se a mais popular.

Outra informação importante que devemos ter em mente antes de prosseguir é a forma de registro adotado pelos egípcios que em geral era em alto relevo ou através de sulcos esculpidos diretamente na parede, ou na rocha. O alto relevo é mais comum em figuras representativas, que eram utilizadas para representar cenas do dia-a-dia, rituais, imagens de deuses, guerras, acontecimentos importantes, etc. Já a escrita hieroglífica era mais comum ser representada através de sulcos em paredes de templos, obeliscos e monumentos.Em geral, seres vivos eram representados, tanto em hieróglifos quanto em figuras representativas, de lado ou em perfil, sendo esse o padrão encontrado em todo o Antigo Egito. No caso da imagem de Abydos, a imagem foi criada em sulcos, sendo este o primeiro indício de que a figura seja realmente formada por hieróglifos, ao invés de uma figura representativa ou profética.

Composição da imagem

A imagem de Abydos é composta por várias figuras sendo que o que é comumente apresentado em sites livros de Ufologia e esoterismo é apenas uma parte dela. A figura completa, que pode ser observada abaixo, apresenta um símbolo inicial à esquerda (1) que indica o nome do faraó, sendo geralmente seguido por um ou dois títulos (representado em 2). Logo em seguida, temos a parte mais polêmica. O primeiro conjunto (3) é formado pelo desenho do helicóptero, posicionado na parte superior e abaixo dele um conjunto de caracteres sem uma identificação clara. Na imagem mais famosa e difundida, percebe-se uma mancha indefinida, um pouco abaixo do helicóptero, que passa despercebida da maioria das pessoas. Devido à qualidade da imagem não é possível identificar a real natureza dessa parte do conjunto que só torna-se claro quando observado a partir de outras fotografias. Trata-se de uma ave, que se sobrepõem ao que seria o bico do hipotético helicóptero. Mais a frente comentaremos este detalhe e suas implicações neste caso. Por fim, à direta deste, temos as outras três figuras polêmicas que lembram um submarino ou tanque de guerra, um avião e um planador.

:

Comparações

Sendo o conjunto 1 e 2 comprovadamente formados por hieróglifos é de se esperar que o conjunto 3 e 4 também seja. Para confirmar essa possibilidade utilizamos como base a Lista de Sinais de Gardiner, que é uma forma de classificação de hieróglifos reconhecida internacionalmente.

(nota do blog;Esta listagem, que pode ser consultada no seguinte endereço: http://www.ancientegyptonline.co.uk/Gardiner-sign-list.html, cataloga 300 dos mais de 900 caracteres conhecidos. A forma de classificação é bem simples, separando-os por categorias específicas, como representações de partes corporais, animais, natureza, etc.)

Em uma rápida consulta à listagem é possível identificar variados caracteres que sobrepostos poderiam reproduzir o Conjunto de Abydos. Após separar estes caracteres fizemos combinações entre eles, reproduzindo uma a uma as figuras presentes nas fotografias. A partir da listagem todas as figuras foram reproduzidas com êxito comprovando a hipótese de Palimpsesto. Apenas no caso do “helicóptero” um caractere adicional foi utilizado. Vejamos então como ocorreu estas sobreposições individualmente e posteriormente em conjunto
O Tanque/submarino

Esta figura, uma das mais interessantes do conjunto, é associada por alguns à um tanque de guerra. Para outros representaria um submarino. No entanto, uma análise a partir de fotografias de boa qualidade, revelam detalhes não compatíveis com estes veículos: sulcos horizontais do centro para a direita da figura, como se fosse a palma de uma mão aberta. Quando consultamos a listagem de Gardiner encontramos um hieróglifo representado justamente por uma palma de mão aberta. No entanto, este caractere, identificado como D46, por Gardiner, não reproduz a totalidade da figura. A parte superior do desenho, que prolonga-se e assemelha-se à uma torre de um tanque de guerra (daí a similaridade) era produzida por algum tipo de figura composta por linhas retas e finas, curvada em um dos lados. O caractere que se enquadra nesse aspecto é identificado na listagem como Aa26 e quando sobreposto reproduziu com perfeição a polêmica imagem.

Hieróglifos que compõem esta imagem:

D46 Aa26

Figura unida

Hieróglifos que compõem esta imagem:



D46

Aa26

Figura unida
O AviãoOutra imagem bastante conhecida do conjunto é a figura do avião. Sua forma realmente lembra uma aeronave militar. A identificação dos caracteres que compõem esta figura foi um pouco mais complicada, pois desta vez não foram dois, mas três hieróglifos sobrepostos. Após uma série de combinações identificamos os caracteres D21, V31 e D36 e com eles pudemos reproduzir plenamente a figura
Hieróglifos que compõem esta imagem:



D21
V31
D36

Figura unida
O Hieróglifo original desta figura é o D21, que foi inserido na etapa inicial da formação da figura, representado em preto. Quando houve a sobreposição de escrita, foram inseridos dois novos caracteres, o V31, e o D36 (representados em vermelho), dando o formato final à figura.
O Planador

Outra figura polêmica é o chamado Planador, embora apresente um corpo principal, um leme vertical e não exista indícios de asas. Esta figura é facilmente identificável devido à sua simplicidade. O caractere principal identificado na figura é o D44, que compõem o que seria o corpo principal da aeronave. Acima dele é perfeitamente identificável o caractere classificado pro Gardiner como I6 e dois outros caracteres parcialmente sobrepostos ao principal, posteriormente identificados como O49 e X1.
Hieróglifos que compõem esta imagem:




D44
I6
O49
X1

Figura unida

Outras figurasAs outras figuras presentes na imagem de Abydos também são geradas por palimpsesto. Abaixo do helicóptero existe um conjunto de imagens composta de pequenos retângulos na vertical, com prolongações triangulares, sem um sentido lógico. Esta figura também surgiu a partir da junção de dois tipos de caracteres específicos identificados como Z2 e N25. Confira no quadro abaixo como ocorreu essa sobreposição:
Hieróglifos que compõem esta imagem:



Figura unida
O “Helicóptero”O Helicóptero é o símbolo mais famoso do conjunto de Abydos devido à sua inquestionável semelhança com o helicóptero de guerra americano Apache. Céticos, em sua pressa na interminável luta por desmistificar todo e qualquer fato associado à Ufologia, costumam citar que existe ausência de rotor traseiro, ou seja, que um helicóptero de verdade apresentaria aquelas duas pequenas hélices no leme traseiro para dar sustentação à aeronave. Sem elas, um helicóptero apenas giraria no ar e não sairia do lugar. Não deixam de estar certos, embora não aprofundem a pesquisa buscando a verdade em relação aos fatos e apresentando os resultados, como estamos fazendo aqui.

Na investigação em torno desta figura selecionamos, a partir da lista de Gardiner, quase uma dúzia de caracteres para testes de sobreposição. Destes, três caracteres reproduziram parte da figura, restando identificar o caractere que compunha a hélice. Foi necessário uma busca geral em conjuntos de hieróglifos que não compunham a listagem de Gardiner e que se enquadrassem na figura. Nesta busca, descobrimos uma imagem, obtida no próprio templo de Abydos que confirmou nossas suspeitas e identificou o caractere desconhecido, que identificamos aqui como “caractere X”. Esta nova imagem apresenta todos os caracteres originais, impressos na primeira fase de composição da imagem. Tal conjunto é uma identificação do Faraó Seti I, usado possivelmente para identificá-lo como construtor do templo, ou como personagem de algum relato ali inscrito.

Figura semelhante ao palimpsesto de Abydos, encontrada no Templo de Seti I

Através dessa imagem foi possível identificar, não só nesta, mas em todas as outras do conjunto, todos os caracteres iniciais, impressos a mando do Faraó Seti I. De posse desta imagem e dos símbolos sobrepostos posteriormente não foi difícil encontrar uma outra identificação, desta vez do Faraó Ramsés, seu filho. Este novo conjunto de sinais indica que Seti I morreu durante a construção do templo, sendo que seu filho, Ramssés continuou a obra imprimindo sua própria marca a partir de então. A imagem de Abydos foi resultado de Palimpsesto envolvendo estes dois conjuntos, talvez para identificar o ponto onde houve a transição de um faraó para outro.

Vejamos então como ocorreu este processo que deu origem à imagem do “Helicóptero de Abydos”:

Hieróglifos que compõem esta imagem:




Caractere X
X1
G45
D38



1
2
3

ENTENDENDO O PALIMPSO

O templo começou a ser edificado por volta de 1270 a.C., pelo Faraó Seti I. Com a morte de Seti, em 1279 a.C. a tarefa foi continuada por seu filho, Ramsés II, que assumiu o trono. Era um costume antigo, cada Faraó imprimir sua marca em cada obra por eles realizada. Sendo assim, no início da construção do templo, a marca de Seti foi impressa em variados lugares para identificá-lo como construtor do templo. Mais tarde, com a morte deste, Ramsés continuou a obra imprimindo sua própria marca. No quadro abaixo podemos verificar a marca de Seti I e a de Ramsés II:

Seti I/Ramssés II
Seti I Ramsés II
Foi exatamente a sobreposição de um conjunto sobre outro que deu origem às polêmicas imagens, conforme percebe-se no quadro abaixo:

Criando um Mito

Como vimos de fato existiu sobreposição de hieróglifos no conjunto de imagens de Abydos. Mas o que poderia ter influenciado na repercussão desta imagem no meio esotérico e ufológico? Existem vários fatores atuando direta ou indiretamente na repercussão da imagem.

1-O primeiro deles é o uso de uma imagem ligeiramente desfocada e de baixa qualidade para a divulgação da figura. Devido às características desta fotografias, detalhes importantes da figura ficaram apagados, e certos detalhes foram realçados fortalecendo a idéia de representação de um helicóptero na imagem. 

2-A “cabeça da ave” posiciona-se justamente sobre a ponta do “helicóptero”. Na imagem desfocada, isso causa um efeito interessante criando a imagem do aparelho. Já na imagem à direita, percebe-se claramente o prolongamento do que seria o bico do helicóptero, passando por trás da ave.

3-O terceiro aspecto que influi na fama destas figuras, é a precipitação por parte de alguns pesquisadores que primeiro a divulgaram. Aparentemente não houve uma checagem sobre a origem, natureza e história destas figuras e do local onde estão inseridas, muito menos uma tentativa de entender ou traduzir seu sentido. Apenas divulgou-se como sendo uma prova do uso de alta tecnologia nos primórdios da história humana. Ainda dentro deste aspecto, a falta de conhecimento sobre hieróglifos contribuiu para a disseminação dessa história.

Ao contrário do que geralmente se pensa, a escrita hieroglífica não era apenas ideográfica, ou seja, cada símbolo representando uma idéia distinta. Na verdade a escrita era uma combinação de três características: fonogramas, ideogramas e determinativos. A primeira refere-se à símbolos que representavam um som fundamental, o chamado fonema. Nesse caso, uma determinada imagem era empregada para representar o som, ao invés de sua representação visual. Um exemplo bem comum deste tipo é a figura de uma lebre que era usada para representar o som emitido pela sua pronúncia em egípcio. A segunda característica refere-se à imagem representada pelo hieróglifo, como por exemplo o desenho de um determinado animal para representar o próprio animal. Já os determinativos eram hieróglifos usados para identificar a natureza da mensagem transmitida. Quando, por exemplo, referiam-se à violência, guerras, combates, era comum incluírem um símbolo de braço armado, representando a idéia de violência. Em alguns casos o símbolo poderia representar também alguma coisa ligada ao hieróglifo apresentado. O ideograma do Sol, por exemplo, poderia representar luz, dia, pôr-do-sol, etc. Todos os símbolos eram gerados a partir de coisas conhecidas e comuns em seu dia a dia. Helicóptero não faziam parte do cotidiano dos egípcios, caso contrário haveriam hieróglifos específicos para representá-los e haveriam incontáveis registros históricos a respeito. E como sabemos não é esse o caso;PODEREMOS PERGUNTAR:-SERIA UM CASO ISOLADO OU REALMENTE OS ESTUDOS DESCRITOS ACIMA ESTÃO CERTOS?

Os seres extraterrestres podem ter ajudado a construir Pirâmides de Gizé,  diz arqueólogo da Universidade do Cairo

O Chefe do Departamento de Arqueologia da Universidade do Cairo, o Dr. Ala Shaheen, em dezembro de 2010, havia dito a um público seleto que pode ser verdade a teoria de que os alienígenas ajudaram os antigos egípcios construir a mais antiga das pirâmides, a Pirâmide de Quéops. Ao ser ainda questionado por Marek Novak, um delegado cultural da Polônia, se a pirâmide pode ainda conter tecnologia alienígena ou mesmo um OVNI com a sua estrutura, o Dr. Shaheen, foi vago e respondeu “Eu não posso confirmar ou negar isso, mas há algo no interior da pirâmide que não é deste mundo “. Delegados à conferência sobre a arquitetura do antigo Egito ficaram chocados, porém Dr Shaheen se recusou a comentar mais. Ha um  documentário que é um segredo da KGB ( documentário UFO Files) onde se vê que  que os russos já havia descoberto o túmulo de um  humanóide extraterrestre no Egito e que salienta que algo está embaixo da pirâmide.

                                                                                                    Depoimento  

Dr. Ala Shaheen

“Na verdade antigos escritos egípcios muitas vezes falam de seres do céu, da abertura no céu e luzes descendo para ensinar-lhes a tecnologia e dar-lhes sabedoria. Muitas fotos de símbolos lembram os OVNIs e extraterrestres. POSSÍVELMENTE aliens construiram a Grande Pirâmide. E estes métodos sólidos de técnicas de construção duráveis foram adotados pelos egípcios. Antigas lendas egípcias falam de Zep Tep, ou a “primeira vez”. Isso é descrito como uma época em que “deuses do céu” vieram para a Terra e levantaram a terra da lama e da água (aterros). Eles supostamente voavam pelo ar em  “barcos” e suas leis trouxeram sabedoria aos homens através de uma linha real de faraós. E, claro, tudo isso foi jogado por terra quando o cristianismo chegou. Tenha em mente que os Deuses eram a única “religião” onde não havia outra. Não havia conflito de crenças. Por quê? Bem, porque era verdade, os “deuses estavam ali”,  não somente a fé. As  igrejas  modernas  nos querem fazer crer que isto tudo é apenas um mito.”

Primeiro plano da parede do túmulo com o alien cinza. Próximo à parte inferior de uma parede: um cinza estranho (cortesia Museu Egípcio). A sensacional descoberta de um alienígena representada pelos antigos egípcios artistas-escritores não é única. Outras descobertas já foram mencionadas por pesquisadores há mais de 120 anos. No entanto, pela primeira vez foi elaborado um documento oficial, publicado pela divisão do arquivo de pesquisa do Departamento de Antiguidades Egípcias, portanto pertencentes a autoridades governamentais, no Cairo, sobre o assunto.

Sarcófago descoberto de um grey mumificado A evidência fotográfica de uma múmia egípcia selada num sarcófago antigo e enterrada com um faraó, foi revelada pelo pesquisador David Innis(veja texto abaixo)

A MÚMIA ALIENÍGENA 

Em uma pequena pirâmide onde se encontra a Rainha Sesostris, ao sul das ruínas da pirâmide onde está enterrado o Faraó Senuseret II, que governou o Egito por volta de 1880 a.C., a 180 quilômetros de Cairo, o pesquisador Viktor Lubek encontrou uma misteriosa criatura que tem sido identificada como uma possível múmia extraterrestre. O local onde o corpo teria sido encontrado é um compartimento oculto da pirâmide de Sesostris.

A criatura, que tem cerca 1m60 de altura, de aparência extremamente frágil, foi sepultada com honras especiais, junto com um conjunto de estranhos objetos, semelhantes a máquinas feitos de material resistente, aparentemente, sintético e ausentes em outras tumbas egípcias – que os arqueólogos não puderam identificar. O processo de mumificação do ser inclui outra insólita característica: o corpo, envolto em um tecido que parece ser linho, estava coberto com uma mistura de ouro e argila, o que não é comum nem mesmo nos faraós mais famosos do período do Egito Antigo.Inscrições no túmulo, segundo uma suposta descrição da fotografia que se encontra no Egyptian Antiguities Department, extraída e divulgada por uma fonte anônima, indicam que o estranho ser era conselheiro do faraó e seu nome foi decifrado e identificado como sendo Osirunet, significando Enviado do céu. Essa situação coloca ainda mais mistério sobre o pequeno alien, o que ainda corrobora com a teoria dos deuses astronautas: aliens que vieram à Terra e ensinaram tecnologia e civilização aos homens e eram considerados deuses por nossos antepassados por serem “superiores”.Atualmente, não se sabe onde está a múmia. Sua datação, já que foi encontrada na pirâmide da Rainha Senuseret, remonta cerca de dois mil anos e suas feições seriam reconhecidas por qualquer ufólogo como pertencentes a um alienígena grey. O Museu do Cairo também possui o registro da imagem de desses alienígenas do Antigo Egito representada em um antigo mural.

A suposta presença de outros alienígenas no Antigo Egito…

O jornalismo amador sobre os temas extraterrestres torna o assunto motivo de desprezo pela ciência ortodoxa, acadêmica, mas imagens como essa, desse estranho ser representado em um antigo mural egípcio são como um tipo de redenção para os estudiosos da arqueologia e história dos alienígenas, uma evidência da presença de visitantes cósmicos ou de seres não-humanos comuns em tempos remotos, convivendo com os povos da Antiguidade.A descoberta deste extraterrestre em um sítio arqueológico egípcio não é única. Há mais de 120 anos, achados semelhantes intrigam os pesquisadores. Outros espécimes estariam sob a custódia do Britsh Royal Museum of Natural History, mas o curador deste museu, em Londres, não fala sobre o assunto(?)

AS PROVAS

Provas fotográficas de uma dessas múmias, acondicionada em um sarcófago, foram coletadas em vídeo e livros pelo pesquisador David Innis. De acordo com este pesquisador, junto à sepultura lendária de Tutankhamon, foram encontrados e escondidos sarcófagos de possíveis alienígenas, também enterrados com honras e pompas. Sobre esses registros fotográficos do achado na tumba de Tutankhamon, Inner escreveu: “o que está prestes a ser mostrado é algo sobre o que nunca se ouviu falar”. O que nunca foi dito é que, quando a múmia do rei-menino foi descoberta por Howard Carter em 1920, junto a ela, estavam sepultados artefatos de ouro e as múmias de dois bebês. Uma dessas múmias é um suposto alienígena grey.

Leia mais;[LiveScience]

CONCLUSÃO E NOTA DO BLOG

SEMPRE EM BUSCA DA VERDADE

Um ponto fundamental que contribuiu com a disseminação dessas imagens, é o elo comum à todos aqueles ligados à área de Ufologia, sejam eles ufólogos, testemunhas ou apenas interessados no tema, que é a esperança pela prova definitiva incontestável, que confirme a realidade das visitas extraterrestres ao nosso planeta. Essa busca  por provas e fundamentações para determinadas teorias leva alguns pesquisadores sem seriedade a ignorarem ou omitirem certos detalhes, em seus objetos de estudo. O Caso de Abydos, por exemplo,no primeiro momento, fortalece a Teoria do Deuses Astronautas. Um contato inicial com a fotografia , não nos faz buscar ,a princípio, a veracidade da imagem. A fotografia, por seu caráter extraordinário, será logo aceita e repassada como prova histórica favorável á esta teoria.Do lado dos ufólogos, ou seja, o interessado que não chega a realizar a pesquisa ufológica própriamente dita, existe a necessidade de acreditar. Isso decorre do constante assédio do meio cético, que embora não abale a certeza da Teoria dos Deuses Astronautas os leva, indiretamente, a aceitar mais fácilmente aquilo que tenha um certo respaldo científico, governamental ou social. A figura de Abydos enquadra-se bem nesse aspecto, pois ele tem o respaldo arqueológico e social comprovando que elas existem de fato mais ou menos da forma como é apresentado. Então, ao invés de checar a veracidade da figura, repassa-se a informação como autêntica, fortalecendo suas convicções perante o ceticismo que o cerca.Encarar a pesquisa ufológica com seriedade e objetividade, sem se deixar levar pelas pressões de céticos e detratores é requisito essencial para o crescimento da Ufologia. Aliado à isso, uma nova postura na busca de informações reais que fundamentem uma pesquisa, o uso de metodologias específicas, de acordo com o meio científico, e o intercâmbio de informações só tendem a melhorar a imagem da Ufologia perante a opinião pública. Agora a questão é: conseguiremos isso? Fica em aberto o debate…

Lembremos que Zecharia Sitchin traduziu da escrita cuneiforme suméria :

“A pirâmide, o “E-kur” (casa que é alta como uma montanha) foi concebida pelo “deus” ENKI, projetada pelo “deus” MARDUK, construída pelo “deus” GEB, equipada pelo “deus” THOT, e defendida pelo “deus” NERGAL.“

Nós da Luz é Invencível sempre primamos pela verdade, pelas pesquisas sérias e dados científicos embasados;Acreditamos na vida extraterrestre e na influência de seres de outras galáxias presentes no passado /presente da Terra, e muitas crenças que temos até hoje, são fruto desta influência principalmente a religiosa.Porém, para todas estas descobertas terem a credibilidade necessária, elas precisam estar embasadas em pesquisas sérias e provas irrefutáveis,pois sómente desta forma, essa nossa verdadeira história terá a credibilidade que merece e um amplo alcance entre toda a população do planeta, nos ajudando a reescrevê-la e desta vez, em cima de fatos reais e não manipulações  tendenciosas e enganosas.

EQUIPE DA LUZ É INVENCÍVEL

****************************************************************************************************************

ALGUNS LIVROS SOBRE O EGITO E AS PIRÂMIDES EM VÁRIAS CIVILIZAÇÕES ANTIGAS

BIBLIOGRAFIA PARA CONSULTA

1-A Grande Pirâmide revela a verdade
Vitor Marino
2-Guia de arqueologia-Pirâmides do Egito
Alberto Silioti
3-Aurora Egípcia-Expondo a Verdade
Robert Temple
4-O Caminho para o céu
Zecharia Sitchin
5-Thoth- O Arquiteto do Universo
Ralph Ellis
6-O poder mágico das pirâmides
Christian Lemyro
7-A Grande Pirâmide desvelada
Peter Lemesurier
8-Mistérios do Egito- 3 DVDs
 ALIENÍGENAS DO PASSADO-HISTORY CHANNEL
9-SEGREDOS DESVELADOS SOBRE AS PIRÂMIDES DO EGITO
DVD-NATIONAL GEOGRAPHIC

Divulgação: A Luz é Invencível

 Nota:Biblioteca Virtual

NOTA; “Luz é Invencível” tem por norma não publicar links que não estejam ligados ao texto postado.
Pedimos a compreensão de todos, e para qualquer dúvida, temos nossa caixa de sugestões onde todos podem livremente fazer suas colocações que serão arquivadas para consultas posteriores.
Nós agradecemos a compreensão de voces.
Equipe da “Luz é Invencível”

Anúncios

19 comentários em “ARQUIVOS EXTRATERRESTRES-Helicóptero de Abydos encontrado em hieroglifos confirma que civilização com alta tecnologia existiu anteriormente à Egípcia?

    • Olá Joel

      Enquanto não tivermos dados concretos para confirmar a nossa verdadeira história, as interpretações podem ser muitas, assim que tivermos conhecimento da verdade, não as mentiras que os governos contam e escrevem nos livros de história, tudo virá a tona e parecerá tão óbvio que podemos questionar como não percebemos antes, até lá precisamos usar o nosso discernimento e sentir o que ressoa como verdade em nosso coração.

      Muita Paz, luz, amor e expansão de consciência
      A Luz é Invencível ☼

      Curtir

    • Olá Elciene

      Obrigado pelo comentário e pela presença.Seja bem vinda

      Nós da Luz é Invencível procuramos trazer matérias e assuntos que ajudem a esclarecer temas polêmicos ao mesmo tempo sendo imparciais e buscando sempre a verdade dos fatos.Nesta época da Transição Planetária, todos nós estamos nos defrontando com assuntos que antes não dávamos muita importância,mas vemos que hoje são fundamentais para que possamos entender a nossa história como raça e do nosso planeta, desbloqueando antigos paradigmas e tendo novas visões de mundo e universo.Todo esse conhecimento ajudará a formar uma nova sociedade que vai habitar a Nova Terra com que tanto sonhamos.Continue conosco.

      Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

      Curtido por 1 pessoa

      • Gratidão pelo carinho e acolhida queridos irmãos! Estou muito satisfeita com as Divinas Mensagens e lições. Contem comigo para espalhar Luz, Conhecimento, Paz e Amor. Sou apenas uma estudante e iniciada com boa vontade. Levando esperança e fé aos corações e almas que necessitam desperta. Que o Amor,a Luz, a Consciência e a Sabedoria do Criador sempre estejam à frente de nós. Paz Profunda!Somos UM!

        Curtir

        • Olá Elciene

          Obrigado pelo comentário e pela presença.Seja bem vinda

          Nós da Luz é Invencível com este trabalho, temos uma proposta de informar e ajudar no desbloqueio das crenças limitadoras, incentivar a busca do conhecimento e do entendimento da nossa verdadeira história,despertar a busca interior e do estudo do Ser, afim de criarmos uma nova sociedade, mais igualitária e solidária com os verdadeiros valores humanos.Fique sempre á vontade para participar e ajudar na caminhada em direção á essa Nova Terra, pois nesta época da Transição Planetária, todos estamos aprendendo com todos.Continue conosco.

          Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

          Curtir

  1. Gostei do texto, esclarece e desmistifica por completo esses simbolos. Quando li os comentários, não pude de deixar de ler o que J.F.Barreto escreveu, e identifiquei-me em algumas coisas com ele, mas a principal foi a mistificação de Sintra e o Santuário da Peninha em que numa meditação que fiz numa manhã na “floresta” junto a um afloramento rochoso senti (e vi uma imagem na mente) uma presença de um ser que me pareceu inicialmente como apenas sendo apenas uma névoa branca com os contornos de uma pessoa. Mais tarde intrigado com essa meditação e visão, tentei-me informar mais sobre a Peninha e descobri muita informação interessante sobre esse local e os seus fenómenos estranhos e sobrenaturais, incluindo visões “marianas”. Se essa presença era negativa não sei, mas sei que Sintra é um local onde confluem muitas energias e saliento que o seu microclima e as suas nebblinas são apenas uma manifestação exterior dessas energias

    Curtir

    • Olá Sr Fausto

      Obrigado pelo comentário e pela presença.Seja bem vindo

      Esse é um dos objetivos do nosso blog;a troca de informações e experiências, além do compartilhamento do conhecimento, afim de eliminar os dogmas e crenças limitantes.Essa é uma crença limitante, quando colocamos fenômenos que podem ser explicados á luz da ciência ufológica, junto com crenças religiosas com intenções de impedir que a mente faça seu papel.

      Esses locais de aparições estão por todos os lados, mas devido ao evento de Fátima,começaram as investigações e associações, o que nos fazem concluir que muito do que foi dito e do que é acobertado, a própria Igreja sabe,mas não é de interesse que as pessoas tomem conhecimento.

      Esse caso das imagens egípcias, não quer dizer que não haja influência extraterrestre no antigo Egito, mas não devemos ver coisas aonde não existem e sim, usar o raciocínio e o discernimento, aliado á ciência investigativa imparcial.

      Continue conosco e fique á vontade para suas considerações

      Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

      Curtido por 1 pessoa

  2. Pingback: Arquivos Extraterrestres – Helicóptero de Abydos encontrado em hieroglifos confirma que civilização com alta tecnologia existiu anteriormente à Egípcia? – 28.10.2015 | Senhora de Sírius

  3. Olá Mónica

    Seus relatos são sempre cheio de detalhes, o que denota que é observador e ainda por cima tem auto-controle para descrever com detalhes,o que normalmente é raro, devido ao susto e paralisia que costuma cegar as pessoas e fazer com que a mente não pense.

    O autocontrole é um dos factores fundamentais, que todos devem desenvolver em meditação, pois o mesmo nos proporciona, a descida aos “infernos”, para os começarmos a controlar e manietar, os quais estão dentro de nós, pois estamos prisioneiros de lunáticos, que de outras densidades, com a complacência de vendidos desta, o sistema financeiro mundial, entre outros, nos torna e nos faz a vida, que vivemos num inferno, de vampirização energética e não só …
    Esse autocontrole, permite-nos de sentir a espiritualidade e, não digo religiosidade, pois essa é uma prisão, em que as igrejas, sejam elas quais forem nos pretendem enjaular, para mais facilmente continuarmos a dormir e hipnotizados, até à medula …
    O medo foi-nos ministrado, desde que essa sociedade existe, por essas igrejas e está nos nossos genes, pois os nossos genes, são influenciados pelos nossos pensamentos e não só: Filho, olha que chamo o “papão”, se não comes a sopa, se não … e isso desde pequenino, entranha-se e, de que maneira …
    Para lutarmos contra o medo, têm que ser em meditação e se quisermos sair do corpo, conscientemente, temos que o dominar, pois aquilo, que começamos a “Ver”, não é pera doce … não é não …
    Enquanto não controlarmos a mente, não deixaremos de estar a dormir a sono solto e hipnotizados, pois a frase ” a Mente, mente” é correcta e só com a expansão da consciência, através da onda/partícula, a começaremos a “dominar”, ou como Osho diz, esvaziá-la e, o exercício para parar o pensamento, que se expressa através dela, é muito bom: reter a respiração somente. Enquanto mantivermos a respiração retida, somos incapazes de pensar e, se o fizermos conscientemente, o domínio, que a matrix, têm sobre nós começa a diminuir, e de que maneira …
    Por aqui me fico …

    Desde o ocorrido em Fátima, que Portugal se tornou um dos maiores centros ufológicos da Europa, todos estão sempre ávidos por notícias e as aparições são constantes.Quando o senhor fala das linhas ley, o que é uma constante em seus comentários, sabemos que muitas delas passam por regiões portuguesas além do que, se formos á fundo na história do povoamento da península ibérica, sabemos que Portugal e Espanha, foram terra de Druidas e povos escandinavos, muito antes dos cristãos chegarem ali, basta vermos as chamadas “lendas” espalhadas por toda a europa de mundos de dimensões fora da Terra e que de vez em quando, seres apareciam e desapareciam do nada.

    Se olharmos para o mapa mundo, facilmente vemos, que a Europa/Ásia é no seu conjunto um dragão, cuja cabeça é a península Ibérica, a boca o estuário do rio Tejo, onde se encontra a cidade de Lisboa, onde presentemente vivo …
    Talvez isso explique muita coisa e, o vórtice activado em Valinhos/Fátima pelo Arcanjo Miguel de protecção a Portugal, é bastante mais do que isso …
    Por aqui me fico …

    Acreditamos que sejam fenômenos UFOS ligados com outras ocorrências de transporte interdimensional, que ainda não conseguimos explicar, estamos ainda no limiar das primeiras investigações.Estas regiões altamente energéticas e com sêlos dimensionais estão aparecendo para as pessoas cada vez mais, e pensamos que isso se deva a vibração do planeta que está mudando/alterando para uma frequência mais alta, aonde muitas coisas vão aparecer que antes eram tidas como alucinações e lendas.

    Temos em Almendres, nos arredores de Évora, um conjunto de Menires, o qual se encontra de momento desactivado, pois foram por alguém, retirados pedras, as quais impedem o radiante fluir das Energias, já que estes conjuntos de “Pedras” são potenciadores de Energia Cósmica, sendo os mais conhecidos de Stonehenge e Carnaq na França, na Bretanha terra de druidas, mas o mesmo pode e vai ser activado, por quem de direito no momento próprio …
    Quem é e, em que momento o será, sinceramente não o sei, somente o sinto, quando a esse local me desloco e para sentir a sua Energia trago, sempre comigo uma pedra, que apanhei do local, onde o activador deve ser colocado, a qual sinto que me protege e me ajuda em meditação a aumentar a frequência vibratória do corpo que uso e esse aumento proporciona …
    Por aqui me fico …
    A Paz se Manifeste …
    Em Todos Nós …
    Jfbarreto

    Curtido por 1 pessoa

    • Olá Sr José

      Obrigada pelo retorno

      Apesar de ter um território relativamente pequeno em relação a outros países, Portugal é uma nação que se destaca como prodigiosa nas exceções, pois é rica num tipo específico de fenômeno, identificado religiosamente como “aparições marianas”, em referência ao ícone cristão Maria, mãe de Jesus. Tais manifestações, cujos relatos em todo o mundo hoje ultrapassaram a casa das centenas, com casos inclusive no
      Brasil, não eram objeto de estudo da Ufologia até a década de 80. Contudo, passaram a sê‐lo quando ufólogos portugueses notaram que em alguns casos recentes, assim como em outros mais antigos, havia efeitos e vestígios claros da presença de UFOs nos cenários das aparições, que efetivamente não tinham nada de religiosas. Tais fatos são incontestáveis e estão até mesmo descritos em documentos, inclusive com relatos
      dando conta de que havia o que passou a se chamar de “dança do Sol” ou “milagre do Sol” no firmamento.Um ufólogo que defende isso em seu país é Paulo Cosmelli, o qual tenho pesquisado para elaborar temas para nosso blog na série sobre Ets.

      Estamos redescobrindo o planeta e seus potenciais energéticos, que são enormes, deixados aqui por outras civilizações; até que tudo se sclareça e saibamos usar essa informação, as coisas ainda caminharão de forma lenta, pois todo grande conhecimento leva á uma grande responsabilidade.Continue conosco.

      Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

      Curtir

  4. Olá Mónica
    Já que fala em Fátima, exponho o que penso sobre o assunto …
    Não apresento provas, penso que compreenderá …
    O “fenómeno” de Fátima, não foi um fenómeno ovniológico, no sentido tradicional, do que os entendidos e estudiosos do tema, ensinam e divulgam …
    Para tentar explicar o que afirmo, divido o tema em dois …
    1- Naves “metálicas”, ou que se materializam, as quais pertencem a este Universo local, nas suas diferentes densidades, onde nos encontramos, perdidos e encerrados num planeta prisão, a que deram o nome de “Terra” …
    2- “Orbes” ou “Naves de Luz”, que não pertencem a este Universo local, o qual segundo a teoria das cordas é composto por doze densidades …
    Segundo aquilo que sinto, Fátima, pertence a esta segunda hipótese …
    A teoria das cordas, ensina-nos, que as densidades se encontram dentro de densidades e, no seu centro, a que o lado negro da força, chama de centro do labirinto e dizem que são o nevoeiro lá existente, existe aquilo que denomino de uma porta para outros Universos, de onde são provenientes os “Orbes” da segunda hipótese …
    O lado negativo da força, que se denomina ” Somos o increado, somos o nevoeiro no centro do labirinto”. Nesse local, essas forças, pretendem controlar energeticamente, para assim, segundo a sua ideia e vontade de impedir o “caudal” das Forças Angélicas, as da 2ª hipótese, de se projectarem e manifestarem, para o nosso Universo, o que é composto por doze densidades, dentro de densidades, cada uma delas com leis físicas próprias e, em que cada uma delas menos densa e mais subtil, se pode projectar para a mais densa, mas o inverso é uma impossibilidade física …
    A esse centro dou o nome de 13ª densidade e é esta uma das razões a se considerar o 13 com um número de “azar” …
    Esse número representa para mim uma aproximação de “Deus”, o qual se projecta, expressa e manifesta, em cada um de nós, se admitirmos essa possibilidade, que para mim é uma certeza, como o é uma tautologia matemática, aquela, que pela sua evidência, não carece de demonstração e que o filósofo La Pallice a ela recorria, pela criação de frases, com evidência “absoluta”, a vida que vivemos nesta densidade, adquire uma outra nuance, mais subtil, a qual nos possibilita de finalmente começarmos a saber quem somos e a despertar o Divino, que em nós existe, criando uma simbiose digo errada de binária, pois essa maneira de sentir e viver a vida, possibilita que a mitose, ou seja a divisão das células em duas, deixe de acontecer, como acontece e, o átomo etérico da terceira parte já existente, e visível e detectado vibratoriamente, começa a densificar-se, o que faz sentido, pois a nossa densidade é expressa pelo triângulo, o qual têm três lados e três ângulos …
    Não continuo o raciocínio, pois isso far-nos-ia, se soubéssemos controlar a Energia, que possuímos, de sair desta densidade e, a noção de mundos paralelos, passaria a denominar-se mundos concêntricos, em planos de vibração diferentes …
    Dou um exemplo: Num frasco cheio de mel, quanto mais mel dele comermos, menos mel fica dele por comer …
    Como vê, estamos num cenário, em que existe começo e fim, neste caso, o frasco de mel, é limitado em volume, têm existência finita, isto é teve início e terá provavelmente fim quando se partir, ou quando a coesão das suas moléculas desaparecer, o qual esta densidade admite e ensina, que assim é, e, aceito que assim seja, embora saiba que é uma premissa totalmente falsa, pois, devido ao nosso Dna. ter sido, digamos, dito de uma maneira soft, “condicionado”, por aquele, que não é aquele, mas sim aqueles, que segundo a Bíblia, diz, que “criaram” o Céu e a Terra… São uns brincalhões …
    O que é verdade é que não temos capacidade de saber o que está para aquém do princípio e para além do fim, mas com a activação dos neurónios, que nos puseram em repouso absoluto, recebendo a emissão de ondas/partículas, que estão a ser emitidas do quadrante de Alcione, passaremos a saber e a admitir como uma tautologia matemática, que o Big Bang, não passa senão de uma simples respiração, igual aquela que damos num segundo. Quantas respirações já demos ao longo da nossa vida, aqui nesta densidade e desta vez em que “encarnamos”? …
    Voltando ao assunto e admitindo como correcta, porque sei que o é e para mim é mais uma tautologia matemática, a afirmação de Lúcia, que dizia, que: ” A Senhora é muito pequena”…
    Em comparação com a nossa média de altura Seres com pouco mais de 1 metro, são na realidade pequenos …
    A Senhora, que apareceu em Fátima, pertence a uma “raça Angélica! e provém de Universos, que estão “dentro”, daquilo que as forças negativas descrevem como o centro do labirinto …
    Não tenho capacidade objectiva de entender, o que isso significa, mas tenho capacidade intuitiva de perceber e sentir, que assim o é … de Verdade …
    O que é a Verdade? …
    Uma premissa relativa, somente! …
    Cada um têm a sua …
    E a de cada um é tão respeitável, quanto a minha o é …
    Tudo no Universo, é Energia e esta densidade a matéria do qual o corpo que usamos foi feito, é considerado de matéria, ou seja energia de baixa vibração …
    Não me quero, por agora, alongar mais …
    A Paz se Manifeste …
    Em Todos Nós …
    Jfbarreto

    Curtir

    • Olá Sr José

      Obrigado pelo retorno

      Um adendo sobre ao que o senhor se refere;Existiu, de fato, um senhor chamado La Palice (existem duas ortografias corretas: La Palice e La Palisse). Não era filósofo, nem matemático, nem nenhuma figura de destaque ligada à lógica. Na verdade o seu nome era Jacques II de Chabannes, senhor de La Palice. Era um nobre francês, militar, Maréchal de France da Batalha de Pavia;O mérito da expressão “verdade de La Palice” não é seu, mas sim de uma combinação do acaso: os seus soldados escreveram uma canção para homenagear a sua coragem onde se lia

      Hélas, La Palice est mort,
      Est mort devant Pavie;
      Hélas, s’il n’était pas mort,
      Il ferait encore envie.

      Tradução:
      Enfim, La Palice está morto,
      Está morto diante de Pavia;
      Enfim, se não estivesse morto,
      Ainda causaria inveja.(dizendo respeito à forma destemida como se batia em combate)-
      Perdoe-me, mas não entendi a sua colocação,pois isso é conhecido do exército francês,ou quem atuasse nele, pois é história contada por militares.Depois, La Pallice(com 2 ll) é o nome do porto da cidade de La Rochelle.Outra vez, não compreendi a colocação.

      Quanto á Fátima, estudando os livros para fazer a postagem ,pudemos entender, segundo os autores(veja o post aqui;https://portal2013br.wordpress.com/2015/05/15/a-aparicao-de-fatima-contato-imediato-de-terceiro-grau/)que as narrativas não falam de seres angélicos e sim, provávelmente de Ets Greys, segundo as descrições, e os relatos subjetivos são bastante ameaçadores e tendenciosos a se aproveitarem da fé cega das crianças e das pessoas envolvidas, a questão religiosa e apoteótica das aparições, inclusive as vestimentas descritas dos seres e a forma como se comunicavam(com zunidos).Seres de alta estirpe sideral não fariam aparições desta maneira, coagindo crianças inocentes, fazendo previsões,muito menos aparições com data e hora marcada….e não se comunicariam por zunidos e murmúrios.

      Não sei se o senhor já leu a postagem, mas a pesquisa é extensa, calcada em muitos documentos e livros sérios , de pesquisadores ufológicos, e parapsicológicos e os autores também são portugueses e bem conhecidos no seu país.

      Claro que este episódio é ainda um dos maiores mistérios da ufologia, mas eu desmistificaria por completo, inclusive porque a Igreja tem interesse em manter isso, devido aos milhões de euros ganhos com os devotos e visitas, vendas e outras coisas mais, ligadas á milagres e doutrinação mentirosa em torno desta suposta “Aparição da Virgem”.Leia os comentários, pois tem muitos que são portugueses e pessoas que conhecem o santuário, como eu, e sabem o que isso significa para os cofres eclesiásticos.

      Fique á vontade para suas colocações

      Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

      Curtir

      • Olá Mónica
        Em Relação a La Palisse, o único contacto, que tive com a sua lógica, foi no curso complementar dos liceus, na disciplina de filosofia … Já lá vão uns bons anos …
        Fixei a sua argumentação semântica e, a brincar gosto de a empregar, cria enfado em muitos dos meus Amigos e Amigas …
        Agradeço a sua explicação e correcção …
        Em relação a Fátima, afirmo …
        Existe a comercial, o Santuário, empresa comercial fortemente lucrativa e infelizmente nem contribui para a riqueza nacional, pois não paga quaisquer impostos. Uma vergonha, mas a concordata com o estado fascista do Vaticano, no tempo do Salazar assim o determinou e, este regime actual corrupto até à medula, segue os bons exemplos …
        Quanto não pagaria de Imi, o templo que leva 15 mil “fieis”, eu diria hipnotizados, se pagasse na mesma proporção, que todos os proprietários de casas são obrigados a pagar ao estado?
        No comercio de velas, correram com os comerciantes e o santuário têm o seu monopólio e nem paga a um funcionário, para as vender, pois existindo no local uma imagem da Senhora, os “fieis” têm medo de não colocar na caixa a importância certa com medo de serem excomungados …
        Existe a Mística, o Caminho dos peregrinos, que leva a Valinhos, onde está a imagem do Arcanjo Miguel, local com uma Energia Fabulosa e onde existe o portal …
        Se fosse possível enviar fotos, enviaria uma ou mais para sentirem a Energia …
        A igreja católica, cometeu o crime de ter raptado e aprisionado Lúcia durante toda a vida, para manter a sua versão, impedi-la de contar a verdade na clausura das Carmelitas em Coimbra …
        Aceito os seus comentários, e acredito neles a 100%, pois é perfeitamente correcto, que no sítio onde existe um portal de ligação às Forças da Luz, as forças das trevas se manifestem e mesmo por cima do antigo santuário, o primitivo, existem, pois as “vi”, o que não consigo ver agora, depois do ataque brutal que sofri por parte do Mib, que me retirou todas as capacidades de “visão”, sincronizadores, de diversas frequências de captação energética da energia dos fieis, que vampirizados, a sua energia servia para alimentar as hostes do astral, que nesse local “assaltam” todos os que lá vão e durante as missas é um forrobodó dos antigos …
        O santuário têm uma energia péssima e acredite, quando lá vou, sinto-me mal …
        Essas forças tentam por todos os processos, desactivar o portal, pois foi a partir dele, que as Hostes da Luz, dizimaram, os milhões de morcegos/vampiros astrais, que foram criados, no Halloween do ano passado, no corredor entre os Açores e que passa pela praia do Guincho em Cascais, uma das linhas lays passa por lá …

        Na praia do Guincho, são despejados, todos os trabalhos de magia negra, que são feitos na região de Lisboa, muitos deles criados na serra de Sintra, devido às cidades subterrâneas de forças negativas lá existentes, criarem as energias dissociadas necessárias para tal, principalmente na Lagoa Azul e no mosteiro dos cinzentos, o Mosteiro dos Capuchos, de que já lhe falei …

        Toda essa energia negativa foi criada com o fim de prejudicar a eficiência da linha lays e do portal de Valinhos em Fátima …

        Há questão de dois meses, fui convidado a ir ao Guincho, presenciar e ajudar no combate a um portal das forças negativas, que estava a ser criado nesse mesmo local, tendo conseguido “ver” o desembarque de forças poderosas do baixo astral, cena muito parecida com as batalhas do filme o Senhor dos Anéis, o que faz sentido, visto este filme retratar com precisão esse plano dimensional, as quais foram dizimadas, mais uma vez com a Ajuda do portal de Valinhos e com a Ajuda do Arcanjo Miguel …

        Em Portugal joga-se energeticamente o equilíbrio da Europa e por isso a instabilidade que está neste momento criada, é um rastilho, que têm que ser apagado …

        Mas só em Junho do próximo ano, quando o novo presidente da república, puder dissolver a assembleia e acabar com o governo socialista/comunista, que vai criar o caos em Portugal e dar um contributo, decisivo para o caos na Europa …

        Espero, que as Hostes da Luz, tenham uma solução melhor e não permitam que o governo socialista/comunista entre em funções e crie em seis meses um caos, que os portugueses vão pagar de maneira ainda mais cruel do que em 2011, quando o governo socialista de então pôs o país no fundo e tivemos de sofrer, uma austeridade atroz durante quatro anos …

        Como agora os cofres estão cheios de novo os comunas tentam novo assalto …

        Sei que é difícil de se acreditar no que acabei de afirmar em relação às cidades subterrâneas e aos portais dimensionais, mas como compreende, não posso apresentar provas e as máquinas fotográficas não conseguem reter imagens fora dos seus padrões de visão …

        Só os olhos da alma as conseguem ver …

        Mas …

        A Luz se Manifeste …

        Em Todos Vós …

        Curtir

        • Olá Sr José

          Obrigada mais uma vez pelo retorno e pelas gentis palavras, que estas mesmas são verdadeiramente mágicas e tem vida própria quando bem colocadas.

          Já estive no Santuário de Fátima, e no de Lourdes;é a mesma coisa aqui, no Santuário de Aparecida do Norte, guardadas as devidas proporções, já que aqui, não tivemos nenhum fenômeno de aparições, mas “os vendilhões do templo continuam a faturar alto”.Realmente não tem nada a ver com clima espiritual e sim, um enorme mercado persa á céu aberto e á portas fechadas( as do Vaticano e dos conventos que fabricam as tais hóstias santas).Um lugar aonde o que vemos é a fé cega das pessoas, e as associações, ou seja, os mercadores desta fé, os incentivadores da dependência espiritual e os enganadores ilusionistas dos “ditos milagres”, propagados intensamente na mídia;podemos até afirmar que haja curas, mas as mesmas provém da enorme força do pensamento daqueles influenciados pelo clima do lugar,pela egrégora das correntes sutis que se formam,porque todos querem acreditar!

          O que fizeram com a irmã Lúcia,foi nada mais nada menos do que aterrorizá-la com sua fé cega também, já que uma criança naquela época e naquele lugar, passar por uma experiência traumática dessas, fica enormemente fragilizada e culpada, e aí, é fácil fazê-la acreditar e dominar “em e para” qualquer coisa.

          Quanto ás forças negativas, cabe á nós rechaçá-las , adquirindo outros comportamentos; esta festa de Halloween é outra forma de alimentá-las, mas nos é passado que deve ser levado para o lado da diversão;(??);e nós vamos aceitando tudo sem colocar um ponto final.

          Aguardemos as transformações que estão se processando no mundo,nos mercados financeiros, nas relocações de pessoas com a imigração em massa e nas mudanças climáticas, que são a tônica das grandes transformações planetárias que reverberarão na Terra.
          Não é difícil de acreditar,pois sabemos que coisas estão acontecendo e muitos estão vendo, cada um da maneira com que consegue;alguns mais racionais, outros mais emocionais, existem os científicos,os esotéricos,mas, o importante é que todas essas visões covergem para um só ponto; o da mudança em larga escala de valores, comportamentos e crenças.

          Fique á vontade para suas considerações.Continue conosco

          Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

          Curtir

      • Olá Mónica
        Afinal sempre consegui enviar a imagem do Anjo – Arcanjo Miguel – do portal existente em Valinhos – Fátima …
        O computador começou de novo aos saltos e aos estalos e, o que estava a escrever a desaparecer e a aparecer …
        Copiei para o gmail, antes que tudo desaparecesse, como das outras vezes e, continuei lá a escrever …
        Desta vez, foi do lado positivo …
        A imagem que tinha no computador, apareceu-me sem saber como …
        Em nova mensagem …
        Foi só fazer um copy/past …
        senti que ela tinha de seguir …
        Em tudo existe equilíbrio …
        Temos que o sentir e o criar e, o triângulo consciente-inconsciente; inconsciente-consciente; consciente no inconsciente, ajuda a criar esse equilíbrio, além de muito mais e nesse muito mais, estão incluídos, o despertar dos neurónios até agora inactivos, bem como outras ligações …
        Sim, The Times They Are A Changin’ – Bob Dylan
        A Paz se Manifeste …
        Em Todos Nós …

        Curtir

  5. Olá Mónica
    Não foi só no antigo Egipto …
    Sugiro …
    Que se documentem sobre Sintra, nos arredores de Lisboa …
    Existem blogs sobre a Sintra Mística e vídeos, que mostram a beleza do local e, através deles, pode-se “sentir”, as diferentes nuances energéticas nela existentes …
    Nos seus arredores existe o Convento dos Capuchos …
    Nos seus arredores existe também o Convento da Peninha, na qual existe uma entrada para uma das cidades subterrâneas, aí existentes …
    A Energia na zona existente, mostra que Ela é uma, abaixo da Aldeia da Serra, em direcção a Cascais e outra acima dessa aldeia em direcção ao Cabo da Roca, Colares, praia das Maçãs e Sintra …
    Na Peninha, a entrada para a cidade subterrânea está protegida energeticamente …
    Da primeira vez que lá fui, perto dela estavam três miúdas com aproximadamente quinze anos, a falar uma língua estranha e com um aspecto de não serem portuguesas, uma loira, outra morena e outra ruiva, que tinham a particularidade de estarem vestidas com vestes estranhas e as três tinham os cabelos abaixo da cintura …
    Estava-mos no entardecer, praticamente no lusco fusco …
    Olhei para elas e segui …
    Não tinha andado dez metros, deixei de as ouvir …
    Voltei para trás e elas tinham desaparecido e uma abertura na rocha, que tinha visto ali existente, estava quase completamente fechada …
    Como deve calcular, tive medo, de na ranhura ainda existente na rocha nela entrar …
    Quando voltei ao local, muitos meses depois, o aspecto dele não era nada parecido, do que tinha visto na anterior visita …
    Era impossível as miúdas terem desaparecido como desapareceram, visto o local ser perfeitamente visível e aberto e, de um dos lados uma escarpa quase na vertical …
    As fotos, que tinha e que demonstravam as duas realidades, perdias, perdidas no computador, devido a ele ter sido de novo formatado e, eu por descuido, não ter cópia de segurança desses ficheiros …
    Não tive que manter essas fotos …
    Falando com pessoas do local, noto uma dificuldade em que abrirem e falarem abertamente acerca desse assunto, e uma delas senti, que também já tinha presenciado antes esse acontecimento …
    Cada vez, que lá vou, cruzo-me, com pessoas que sinto não terem a Energia das pessoas, que vivem à superfície deste planeta …
    Em relação ao Convento dos Capuchos, em imagens que existem na net, pode facilmente ver-se, que as celas dos “frades” não têm mais do que 1,20 m de altura; altura essa suficiente para eles, visto serem “cinzentos” ou escrito à inglesa “Grays” ..
    Na sala de jantar, com tudo fechado, sente-se de vez em quando, fortes correntes de ar, que não é mais, do que um vórtice nela existente, por onde ainda hoje os antigos “frades”, entram nesta densidade e se alimentam da energia dos presentes, que por estarem cansados, na mesa onde eles comiam, demasiadamente baixa, para os humanos nela comerem, se sentam …
    Falando com os seguranças, depois de algumas reticências iniciais, dizem que, em certas noites, quando vêem dentro do parque enormes luzes, que descem do céu, se viram ao contrário e assobiam para o alto …
    Numa das meditações, que no local fiz, fui “convidado” a deslocar-me a um determinado ponto do bosque por cima do mosteiro.
    Quando lá cheguei, senti um vórtice energético a formar-se, mas “cortei-me” e antes dele se densificar por completo afastei-me, ainda vendo a materialização deles, que permaneceram no local, não me seguindo …
    Das outras vezes que lá fui, voltei ao local e induzi a forma pensamento de chamada, mas nada aconteceu …
    Mais tarde, fui “informado”, que tinha feito muito bem em ter-me afastado e, que não era conveniente voltar a esse sítio, enquanto não estivesse mais centrado, pois esses seres eram de Energia negativa e só me teriam prejudicado …
    A minha ida a esse local, foi mesmo para falar com eles, pois eles tinham o mesmo “aspecto”, dos seres, que me tinham abduzido anos antes, à saída de Lisboa, pela ponte Salazar, que nos leva ao sul do país …
    Numa nova visão nocturna, vi então, que aqueles que me abduziram, eram si do mesmo tamanho, mas que não pertenciam aos “cinzentos”, pois a sua pele era de um tom castanha escura e, mesmo os olhos, sendo do mesmo formato, não estavam situados na mesma posição …
    Toda a serra de Sintra é um mistério, desde a aparição de nevoeiros súbitos a não haver qualquer tipo de rede de telemóveis em determinados pontos dela …
    A Energia nesses pontos é completamente diferente …
    À cerca de quatro anos, amigos meus contaram-me, que cientistas, tinham conseguido quebrar o selo energético de uma das entradas de uma das cidades, mas tinham sido expulsos, sem terem conseguido entrar …
    Os jornais noticiaram, que cientistas, que tinham vindo fazer um estudo à serra de Sintra, tinham deixado o país, visto as condições atmosféricas existentes, não serem as propícias ao estudo, que queriam realizar …
    Verdades jornalísticas …
    A Paz se Manifeste …
    Em Todos Vós …
    Jfbarreto

    Curtir

    • Olá Sr José

      Obrigado pelo comentário e pela presença nos prestigiando

      Seus relatos são sempre cheio de detalhes, o que denota que é observador e ainda por cima tem auto-controle para descrever com detalhes,o que normalmente é raro, devido ao susto e paralisia que costuma cegar as pessoas e fazer com que a mente não pense.

      Desde o ocorrido em Fátima, que Portugal se tornou um dos maiores centros ufológicos da Europa, todos estão sempre ávidos por notícias e as aparições são constantes.Quando o senhor fala das linhas ley, o que é uma constante em seus comentários, sabemos que muitas delas passam por regiões portuguesas além do que, se formos á fundo na história do povoamento da península ibérica, sabemos que Portugal e Espanha, foram terra de Druidas e povos escandinavos, muito antes dos cristãos chegarem ali, basta vermos as chamadas “lendas” espalhadas por toda a europa de mundos de dimensões fora da Terra e que de vez em quando, seres apareciam e desapareciam do nada.

      Acreditamos que sejam fenômenos UFOS ligados com outras ocorrências de transporte interdimensional, que ainda não conseguimos explicar, estamos ainda no limiar das primeiras investigações.Estas regiões altamente energéticas e com sêlos dimensionais estão aparecendo para as pessoas cada vez mais, e pensamos que isso se deva a vibração do planeta que está mudando/alterando para uma frequência mais alta, aonde muitas coisas vão aparecer que antes eram tidas como alucinações e lendas.

      Fique á vontade para fazer seus comentários, que sempre acrescentam dados para mais e mais discussões.

      Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

      Curtir

  6. Pingback: ARQUIVOS Extraterrestres-Helicóptero de Abydos Encontrado em hieroglifos Confirma Que Civilização com Alta Tecnologia existiu anteriormente à Egípcia? | dilsondosanjosdaluzinvencivel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s