ARQUIVOS EXTRATERRESTRES-A verdade por trás dos Ovnis-Depoimentos-Abduções-Avistamentos-Contatos e os mistério das pirâmides do Cazaquistão

anterior
posterior

Com o advento da computação gráfica, tornou-­se muito mais difícil diferenciar os casos reais de avistamentos de OVNIs, daqueles que são forjados por intermédio de programas de computador. Isto tem contribuído muito para desacreditar o fenômeno, embora exista milhares de relatos registrados de forma sólida, os quais não foram ainda explicados, muitos deles sendo considerados como ‘coisas além da nossa tecnologia’.

OVNIS E ALIENÍGENAS: O QUÃO REAIS SÃO

Algumas atividades alienígenas , são na verdade golpes publicitários Avistamentos de OVNIs são importantes e merecem a nossa atenção. Mas o que é real e o que ainda podemos acreditar?Vamos começar com o pior tipo de fenômeno alienígena. Um determinado agroglifo (crop circle) que foi descoberto num campo ao sul de San Francisco intrigou a muitos, porque parecia representar tecnologia alienígena. Houve muita atenção da mídia, mas ao final não era nada mais do que publicidade produzida por um fabricante de processadores para computadores.Não sómente uma empresa, mas também uma região onde o fenômeno alienígena ocorre, podem tirar proveito da atenção dada. Isto tem de ser analisado com o olhar crítico e altamente investigativo, exatamente para dar credibilidade aos casos reais e documentados com provas cabais.Pense no monstro do Lago Ness, por exemplo. É provável que esta lenda tenha atraído muitos visitantes e recursos para a região, que de outra forma não teriam vindo. Esta perspectiva poderia tentar as pessoas a criarem artificialmente tais fenômenos.

Afinal, os extraterrestres estão ou não estão entre nós? A pergunta pode não ser facilmente respondida, mas desperta a curiosidade de muita gente. E dessa curiosidade surgem as “aparições” de OVNIs.

E a bola da vez é uma observação feita na Sibéria, que fica na Rússia. Moradores locais flagraram objetos voadores em formato de pires e com contorno verde sobrevoando o céus de Ulan-Ude.“Quando o OVNI parou bem em cima de nós, eu não conseguia dizer sequer uma palavra, mesmo que eu tentasse. Vi dois homens correndo para se esconder em um edifício e foi isso, não conseguia nada”, afirmou uma testemunha ao Siberian Times.Apesar da aparição em questão ter sido rápida, ela chocou bastante os moradores locais. Outra testemunha descreveu momentos de bastante medo ao lado de seu filho.“Era um grande disco com luzes verdes e brilhantes no meio. Meu filho se assustou e ficou com muito medo. Ele pegou na minha mão e então nós fugimos. Nunca acreditei que algo assim pudesse mesmo existir”, disse ela à publicação.A Rússia é tida pelos ufólogos como um dos maiores centros de aparições de OVNIs em todo mundo. Anualmente, dezenas de registros de objetos sobrevoando os céus locais são divulgados para o mundo.

Para chegarmos a verdade temos que retirar a nossa venda e através de pesquisar sobre diversos assuntos, estes tem que ser analisados profundamente se baseando EM DEPOIMENTOS EXTENSIVAMENTE PESQUISADOS E EM PROVAS ANALISADAS TECNOLÓGICAMENTE COM OS RECURSOS DISPONÍVEIS . Alguns dizem receberem mensagens de extraterrestres mas isso pode ser interpretado de várias maneiras, inclusive por indução mental  e estados alterados impressionáveis.

Mensagem Canalizada por Greg Giles; Mensagem da Federação Galáctica-Uma explicação para o nosso momento da Transição Planetária-instruções e esclarecimentos.

“Muitas famílias que não tinham ideia da nossa existência verão as nossas naves e o nosso povo através das suas televisões, e muito mais além”

OUÇAM O VÍDEO COM A MENSAGEM NOS CONVOCANDO PARA A DIVULGAÇÃO , A NOSSA SITUAÇÃO PLANETÁRIA, AS MUDANÇAS QUE VIRÃO, A DEMOLIÇÃO DA MATRIX E COMO PODEMOS AJUDAR/AGIR PARA A LIBERTAÇÃO DO PLANETA;

NASA começa a investigar formações misteriosas no Cazaquistão

A NASA começou a investigar uma série de formações estranhas no Cazaquistão. Imagens de satélite de uma planície no norte remoto do país revelaram figuras geométricas colossais feitas através da terraplanagem – são quadrados, cruzes, linhas e anéis do tamanho de vários campos de futebol, reconhecíveis apenas a partir do ar. Estima-se que o símbolo mais antigo tenha em torno de 8.000 anos de idade.O maior, perto de um povoado neolítico, é um quadrado gigante formado por 101 montes levantados, seus cantos opostos ligados por uma cruz, cobrindo uma área maior do que a Grande Pirâmide de Quéops. Outra é uma espécie de suástica de três partes, com os seus braços terminando em ziguezagues inclinados em sentido horário.As obras de terraplanagem, na região de Turgai, norte do Cazaquistão, foram descritas no ano passado em uma conferência de arqueologia em Istambul, na Turquia, como únicas e não estudadas anteriormente. Ao todo são 260 símbolos – montes, trincheiras e muralhas – com cinco formas básicas.Avistados pela primeira vez no Google Earth em 2007 por Dmitriy Dey, um cazaque economista e entusiasta da arqueologia, os chamados Geoglifos da Estepe permanecem profundamente misteriosos e em grande parte desconhecidos do grande público.

Interesse internacional

A NASA mostrou fotografias claras de satélite de algumas das figuras tiradas a partir de cerca de 700 km de altura.“Eu nunca vi nada parecido com isso, é notável”, afirma Compton J. Tucker, cientista sênior da biosfera na NASA, que forneceu as imagens arquivadas. Ronald E. LaPorte, cientista da Universidade de Pittsburgh, nos EUA, que ajudou a divulgar as descobertas, chamou o envolvimento da NASA de “extremamente importante” na mobilização de apoio para futuras pesquisas.A NASA colocou as fotografias espaciais da região em uma lista de tarefas para os astronautas na Estação Espacial Internacional. Entretando, o objetivo pode levar algum tempo para ser atingido devido a alguns fatores específicos do espaço. “Pode levar algum tempo para a tripulação conseguir imagens do local, uma vez que estão sob a mercê de ângulos de elevação do sol, restrições de tempo e horário”, afirma Melissa Higgins, das Operações de Missão da NASA, em resposta ao Dr. Laporte.

Pesquisa extensa

As imagens arquivadas da NASA serão acrescentadas à extensa pesquisa que Dey compilou este ano em uma apresentação em PowerPoint traduzida do Russo para o Inglês. “Eu não acho que eles foram feitos para serem vistos do ar,” afirma ele, descartando especulações (?) envolvendo alienígenas e nazistas. Muito antes de Hitler, a suástica era um antigo e quase universal elemento de design. Ele teoriza que as figuras construídas ao longo de linhas retas em elevações foram “observatórios horizontais para acompanhar os movimentos do sol nascente”.O Cazaquistão, uma vasta ex-república soviética rica em petróleo que faz fronteira com a China, tem avançado lentamente na investigação e na proteção dos achados, dizem os cientistas. “Eu estava preocupado que esta fosse uma farsa”, conta LaPorte, professor emérito de epidemiologia em Pittsburgh. Ele acompanhou um relatório sobre as descobertas no ano passado, enquanto pesquisava doenças no Cazaquistão.

Com a ajuda de James Jubilee, um ex-oficial de controle de armas americano e agora coordenador sênior de ciência e tecnologia para questões de saúde no Cazaquistão, o Dr. LaPorte rastreou Dey através do Departamento de Estado, e as suas imagens e documentação rápidamente os convenceu da autenticidade e importância dos símbolos. Eles buscaram fotos na KazCosmos, agência espacial do país, e pressionaram as autoridades locais a buscar proteção urgente da Unesco para os sítios arqueológicos – até agora sem sorte.

As Mudanças importantes no planeta neste período

No período cretáceo, 100 milhões de anos atrás, Turgai estava dividida em duas por um estreito que passava pelo o que agora são o Mediterrâneo e o Oceano Ártico. As terras ricas da Estepe eram um destino para as tribos da Idade da Pedra que procuravam locais de caça, e a pesquisa de Dey sugere que a cultura Mahandzhar, que floresceu lá de 7000 aC a 5.000 aC, poderia estar ligada às figuras mais velhas. Mas os cientistas têm dúvidas que uma população nômade teria ficado no lugar durante o tempo necessário para derrubar e colocar madeira nas muralhas, e para desenterrar sedimentos do lago para construir os enormes montes, originalmente de dois a três metros de altura e agora com quase um metro de altura e quase 12 metros de diâmetro(?).

PIRÂMIDES SIMILARES ÁS DO PERU E CHILE

Persis B. Clarkson, arqueólogo da Universidade de Winnipeg, no Canadá, analisou algumas das imagens e disse que essas construções e aquelas similares no Peru e no Chile estavam mudando as visões dos cientistas sobre os primeiros nômades.“A idéia de que caçadores-coletores pudessem acumular o número de pessoas necessárias para realizar projetos em grande escala – como a criação dos geoglifos no Cazaquistão – tem feito os arqueólogos repensar profundamente a natureza e o calendário das organizações sofisticadas em grande escala dos seres humanos como algo que antecede as sociedades assentadas e civilizadas”, explica.

“Enormes esforços”(??) foram feitos na construção das estruturas, concorda Giedre Motuzaite Matuzeviciute, arqueóloga da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, e professora da Universidade de Vilnius, na Lituânia, que visitou dois dos locais no ano passado. Ela afirma não ter certeza sobre chamar as estruturas de geoglifos – um termo aplicado às enigmáticas linhas de Nazca no Peru, que retratam animais e plantas – porque geoglifos “são usados para definir arte em vez de objetos com alguma função”.

Culto ao Sol

A Dra. Matuzeviciute e dois arqueólogos da Universidade de Kostanay, no Cazaquistão, Andrey Logvin e Irina Shevnina, discutiram as figuras na reunião de arqueólogos europeus em Istambul no ano passado.

Com nenhum material genético para análise – nenhum dos dois montes que foram escavados eram túmulos – a Dr. Matuzeviciute disse que usou luminescência óticamente estimulada, um método usado para medir doses de radiações ionizantes, para analisar o material de construção, e chegou à conclusão que um dos montes datava de cerca de 800 aC. Outros estudos preliminares empurraram a data da mais antiga das construções para mais de 8.000 anos atrás, o que poderia torná-la a mais antiga de tais criações já encontradas. Outros materiais apresentaram datas da Idade Média.Dey afirma que algumas das figuras poderiam ter sido observatórios solares semelhantes, de acordo com algumas teorias, a Stonehenge na Inglaterra, e as torres de Chankillo, no Peru. “Tudo está ligado através do culto ao sol”, afirma.(nota pessoal;um culto ao sol primitivo, de uma antiguidade similar á das pirâmides, em várias regiões do planeta bastante equidistantes umas das outras, é no mínimo curioso;um culto ao sol, ou uma referência ao Sol Central da galáxia?-pensemos)

Descoberta ao acaso ou uma sincronicidade da Transição Planetária?

A descoberta foi uma grande” casualidade”. Em março de 2007, Dey estava em casa assistindo ao programa “Pirâmides, múmias e tumbas”, no canal Discovery Channel. “Há pirâmides em todo o mundo”, ele lembra de ter pensado. “Deve haver pirâmides no Cazaquistão, também”.Logo, ele estava à procura de imagens do Google Earth em Kostanay e seus arredores. Não havia nenhum sinal de pirâmides. Mas, segundo ele, cerca de 320 quilômetros ao sul ele viu algo tão intrigante quanto – um quadrado gigante, com mais de 250 metros de cada lado, composto por pontos, atravessado por um X pontilhado.A princípio ele pensou que poderiam ser os restos de uma instalação soviética, talvez um dos experimentos de Nikita Khrushchev para cultivar a terra virgem para a produção de pão. Mas no dia seguinte, Dey viu uma segunda figura gigantesca, com a forma de uma suástica de três pernas e cerca de 90 metros de diâmetro de diâmetro.

Antes do fim do ano, Dey tinha encontrado mais oito quadrados, círculos e cruzes. Até 2012, havia 19. Agora sua lista têm 260 formações, incluindo alguns montículos estranhos com duas linhas caídas chamados “bigodes”.

POVOAMENTOS HUMANOS DE DEZ MIL ANOS DE IDADE

Antes de sair para olhar para as figuras ao vivo, Dey perguntou a arqueólogos cazaques se sabiam alguma coisa a respeito de tais coisas. A resposta foi não. Em agosto de 2007, ele levou o Dr. Logvin e outros para a maior figura, agora chamada de Ushtogaysky Square, nomeada em homenagem à aldeia mais próxima.“Foi muito, muito difícil de entender a partir do zero”, lembra. “As linhas estão indo para o horizonte. Você não pode imaginar o que a figura realmente é”(NOTA PESSOAL;realmente bastante inusitado essas linhas irem para o horizonte, já que há dez mil anos, o homem não tinha noção de espaço muito menos de direção;seriam os deuses astronautas deixando suas marcas no planeta para posteriores visitas?pensemos)

Quando eles cavaram um dos montes, eles não encontraram nada. “Não era um cenotáfio (uma espécie de memorial fúnebre erguido em homenagem a alguma pessoa), onde existem pertences”, disse ele. Mas nas proximidades encontraram artefatos de um povoado neolítico com cerca de 6.000 e 10.000 anos de idade, incluindo pontas de lança.Agora, Dey afirma que o plano é construir uma base de operações. “Nós não podemos desenterrar todos os montes. Isso seria contraproducente “, afirma ele. “Precisamos de tecnologias modernas, como eles têm no Ocidente”. Dr. LaPorte afirma que ele, Dey e seus colegas também estavam pensando em usar drones, como o Ministério da Cultura no Peru tem feito para mapear e proteger locais antigos. Mas o tempo é um inimigo. Uma figura, chamada de Cruz Koga, foi substancialmente destruída por construtores de estradas este ano. E isso, afirma Dey, “foi depois de termos notificado as autoridades”(??)

FONTE-[New York Times]

LEIA MAIS;

ASSISTAM AO VÍDEO DA SÉRIE DO HISTORY CHANNEL “ALIENÍGENAS DO PASSADO” SOBRE AS ESTRUTURAS PIRAMIDAIS ESPALHADAS PELO MUNDO-DUBLADO EM PORTUGUÊS

HÁ ALGUMA RAZÃO PLAUSÍVEL PARA OS ALIENS SEREM HUMANÓIDES?

Em filmes de ficção científica e programas de TV, alienígenas inteligentes possuem geralmente a mesma forma básica que seres humanos: dois braços, duas pernas e uma cabeça.Isso ocorre por razões básicas e óbvias;  orçamento,identificação e empatia. Na vida real, no entanto, a maioria dos especialistas acredita firmemente que os aliens, não se parecem em nada conosc0.Por exemplo, o paleontólogo e biólogo evolucionista Stephen Jay Gould crê que uma vida que evoluiu em outro lugar seria totalmente diferente de nós. Inclusive, se “rebobinássemos” a fita até o início da vida na Terra, talvez não acabaríamos como seres humanos neste planeta. O surgimento de humanóides na Terra é um evento totalmente aleatório que foi um acaso, opina Gould.Mas vamos assumir que encontramos aliens, e eles são de fato bípedes e possuem uma forma mais ou menos semelhante à humana. Como explicaríamos isso?(nota pessoal;pensemos o seguinte;se todos os avistamentos e contatos de terceiro graus-caso Betty Hill,por exemplo-atestam seres semelhantes aos humanos, isso é um grande indício de que nossa raça foi permutada genéticamente com  raça do Homo Sapiens que existia aqui.

Panspermia-Patrimônio extraterrestre?

“Eu sou da opinião forte que, se existem alienígenas humanóides, eles devem ter algum patrimônio genético em comum com os seres humanos”, diz Mark A. Bullock, do Instituto de Pesquisa do Sudoeste no Texas, EUA.Panspermia é a explicação mais comum para criaturas que se parecem mais ou menos conosco em outros lugares do universo. Tem sido demonstrado que é um mecanismo bastante viável, de modo que o intercâmbio de material genético entre os mundos não está fora de questão.Ou seja, aliens humanóides podem ter espalhado seu DNA através da galáxia para dar origem a criaturas à sua semelhança, ou o DNA se espalhou através da galáxia por conta própria, em asteróides e outros objetos.

A maioria acredita que precisamos de alguma intervenção externa para termos aliens humanóides. A explosão cambriana, 600 milhões de anos atrás, é um exemplo de grande experimentação evolucionária com planos corporais, alguns dos quais poderiam ser um vislumbre das formas de vida que devem existir em outros planetas. Ou seja, sem um “dedo amigo”, talvez nosso formato corporal não surgiria em outros lugares.Isso é verdade especialmente porque a panspermia só é realmente provável no nível microbiano, segundo Joan L. Slonczewski, professora de biologia na Kenyon College, em Ohio, nos EUA.

Evolução convergente

Ou talvez humanóides evoluíram em outros planetas, separadamente de nós, porque chegaram ao mesmo destino através de outros caminhos – o que poderia ser um caso de evolução convergente.Há certas características humanas que nos ajudaram a nos destacar de outras espécies, explica James Kasting, professor de geociências da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos EUA. Os nossos polegares opositores nos ajudaram a agarrar galhos de árvores e também a manejar ferramentas, por exemplo. A andar ereto foi útil, também. Por último, o sangue quente nos ajudou a alimentar nossos grandes cérebros.“Eu acho que há uma boa chance de que a vida alienígena inteligente evoluiu mais ou menos da mesma maneira e que, portanto, têm alguma semelhança com os seres humanos”, diz Kasting. “Não necessáriamente uma estreita semelhança, no entanto”.Bípedes de dois braços “parecem ter evoluído de forma independente em vários contextos improváveis, de suricatos a velociraptors”, observa Slonczewski. “Talvez faça sentido ter dois pés para se mover, duas mãos para manipular algo, e uma ‘cabeça’ sensorial com a mais ampla visão possível”.

LEIA MAIS;6 evidências de que estamos mais próximos de encontrar aliens do que pensamos

Temos visto exemplos suficientes de evolução convergente na Terra para acreditar que isso poderia acontecer em outros planetas. Por exemplo, o olho foi reinventado muitas vezes de forma independente, assim como as asas em insetos, aves e morcegos.Resumindo o argumento da evolução convergente, muitos ainda acreditam que um número limitado de soluções de engenharia é possível, quando se trata de formas de vida bem-sucedidas.

Fatores ambientais

Mas há um grande obstáculo que pode garantir que a vida em outros planetas seja pelo menos um pouco diferente: os fatores ambientais, como a gravidade.Assim como há uma grande diversidade de vida na Terra, incluindo os diferentes requisitos dos organismos terrestres e aquáticos, de modo mais geral, fatores como a gravidade impõem limitações como o tamanho da vida em um planeta.A vida em um planeta de baixa gravidade pode ser livre para voar, tanto no reino vegetal quanto animal, enquanto a vida em um planeta de alta gravidade seria correspondentemente “reprimida”.

Simetria bilateral

Sendo os alienígenas parecidos conosco ou não, uma coisa ainda é bastante possível: a simetria bilateral.A simetria bilateral pode ser uma constante entre as formas de vida inteligentes. Ela refere-se ao fato de ambos os lados de um corpo serem mais ou menos iguais, com um olho, uma orelha, um braço e uma perna de cada lado do ser humano.“A simetria bilateral apareceu independentemente várias vezes na evolução de organismos maiores na Terra”, diz Bullock. “Então pode ser uma característica comum da vida inteligente, independentemente do plano específico do corpo”.Com a simetria bilateral, os corpos caminham na direção de um plano corporal vagamente humanoide, argumenta Bjørn Ostman da Universidade Estadual do Michigan (EUA). A simetria significa que você terá um número par de membros, que é mais provável de ser quatro (visto que, mesmo na Terra, há muitos animais com quatro membros, nem mais, nem menos, o que sugere que esse número é altamente vantajoso), e, uma vez que você tem um monte de quadrúpedes, um deles vai começar a usar suas patas dianteiras para manipular ferramentas.

Leia mais;Como as autoridades agiriam caso fôssemos contatados por aliens?

“Se você pode liberar dois membros para manipular ferramentas, então torna-se muito vantajoso desenvolver alta inteligência”, observa Ostman.Assim, supondo que um alienígena inteligente é simétrico e tem membros dedicados ao uso de ferramentas, em seguida, ele pode acabar sendo aproximadamente bípede. Seus órgãos sensoriais, como os olhos, terão que ficar próximos dos membros de uso de ferramentas, o que pode significar algo parecido com uma cabeça.“Se tivéssemos que, eventualmente, encontrar outras formas de vida inteligente no universo, elas seriam humanoides, eu acho”, Ostman conclui. Ele admite, no entanto, estar em minoria – um maior número de cientistas concorda com Gould que a vida humanoide é pouco provável de evoluir em outros lugares.

Leia mais;11 características dos aliens, de acordo com a ciência

Fonte-[io9]

SONDAS ALIENÍGENAS INVISÍVEIS PODEM JÁ ESTAR EM NOSSO SISTEMA SOLAR

Frotas de sondas robóticas espaciais de civilizações alienígenas podem já ter chego em nosso sistema solar, foi a conclusão de um estudo matemático.O estudo cita cientistas que avisam que nós podemos não ser capazes de detectá-los com nossa tecnologia – as sondas podem também ser tão “hi-tech” que podem se “ocultar”.A própria sonda terrestre Voyager acabou apenas de chegar ao limite de nosso sistema solar – mas civilizações alienígenas mais velhas podem ter enviado suas sondas a muito tempo atrás, usando conhecimento muito além do nosso, “estilingando” ao redor das estrelas usando sua gravidade, de acordo com um estudo no Jornal Internacional de Astrobiologia.

Duncan Forgan e Arwen Nicholson da Universidade de Edinburgo analisaram como uma “frota” de sondas poderia viajar pelo espaço – e dizem que as sondas que se “auto-replicam”, criando novas versões delas mesmas a partir de gás e pó no espaço, teriam tido tempo de já ter chego aqui.

As sondas precisariam apenas  viajar a aproximadamente 10% da velocidade da luz, para explorar toda nossa galáxia em 10 milhões de anos.“Sondas interestelares podem executar manobras de estilingue ao redor de estrelas que visitam, ganhando um aumento em velocidade extraindo energia do movimento da estrela ao redor do centro da galáxia“,diz o pesquisador .A nossa própria sonda Voyager usou uma técnica similar de “estilingada” usando grandes planetas no sistema solar – mas usando a gravidade de uma estrela, ofereceria um aumento de velocidade muito maior.

A DESCOBERTA

Usando poder de computação que não estaria disponível para a geração anterior de cientistas, deu início novamente à famosa questão na busca pela vida extraterrestre – o “Paradoxo de Fermi”.Em 1952, o físico Enrico Fermi colocou a questão ‘Onde está todo mundo?’ A nova pesquisa mostra que é técnicamente possível que as sondas alienígenas possam estar aqui.“Nós podemos concluir que esta frota de sondas auto-replicantes podem sim explorar a Galáxia em um tempo suficientemente curto, da ordem de magnitude menor do que a idade da Terra“, dizem os pesquisadores .As sondas teriam que ser programadas de forma a não chegar em grandes números – “elas poderiam ser interpretadas como hostis, causando pânico“, dizem os pesquisadores.Outros cientistas avisaram que elas podem já estar aqui.

“Artefatos extraterrestres podem ja existir no sistema solar sem o nosso conhecimento simplesmente por que nós ainda não procuramos o suficiente“, escreveu Jacob Haqq-Misra do Instituto Rock Ethics em um estudo de 2014. “Buscas até agora no sistema solar são tão suficientemente incompletas que nós não podemos excluir a possibilidade de que artefatos não terrestres estejam presentes e podem inclusive estarem nos observando.”

Forgam cita o especialista em espaço da NASA Robert Freitas, que sugeriu em 1983 que qualquer sonda em nosso sistema solar pode ter sido desenhada para não ser vista, usando tecnologias muito além das disponíveis para nós.Forgam diz, “A sonda se camufla de forma a criar uma linha de base para testar o nível de tecnologia ou inteligência da espécie receptora, onde o teste deve ser atingido antes da espécie ter permissão para se comunicar com o dispositivo.”“Evidência na forma de sondas “gastas” ou destruídas são menos frequentes, uma vez que quaisquer civilizações tentando a exploração interestelar são presumidamente engenheiros habilidosos, e apenas iriam enviar sondas com a capacidade de auto-reparo devido às longas distâncias de viagem e tempo requeridos para esse tipo de tarefa, dando às sondas uma vida útil muito grande.”

O Dr. Anders Sandberg do Instituto de Futuro da Humanidade na Universidade de Oxford, sugere que- “Além de um certo nível tecnológico, as civilizações podem se espalhar não sómente através de suas próprias galáxias, mas através de distâncias intergaláticas enormes. Existem  bilhões de galáxias do qual uma civilização pode ter nos alcançado, se ela se é muito antiga”, diz Sandberg.E ele vai mais longe:

“Se sociedades avançadas tanto tecnológicamente quanto espiritualmente se eliminam como sociedade como conhecemos, não necessitando mais deste conceito, ou decidem não sair explorando;então elas precisam convergir para essa possibilidade com uma probabilidade extremamente alta, uma vez que só é necessário que uma escape deste destino para preencher o universo“, diz Sandberg.

CONCLUSÃO E NOTA DO BLOG

Dado o avanço nas observações do espaço e o ritmo da exploração do cosmos nas últimas décadas, é cada vez mais viável que os cientistas encontrem algum indício de vida fora da Terra, afirma novo documento do Fórum Econômico Mundial(?). Assim, é preciso que os países e as grandes organizações comecem a discutir, desde já, os efeitos dessa grande descoberta-È a Exopolítica-(isso já é líquido e certo entre eles,leia-se governos do mundo inteiro).No relatório Riscos Globais deste ano, o Fórum lista alguns dos “fatores X” que devem entrar na roda de debates da comunidade internacional por terem suas consequências incertas para o futuro da humanidade. Além da vida extraterrestre, são citados outros quatro tópicos, como as implicações das habilidades sobre-humanas que cada vez mais estão aparecendo, o custo da longevidade para o planeta( a população envelhecendo devido ás novas tecnologias médicas e descobertas neste campo), o descontrole das mudanças climáticas e o da falta de regulamentação na geo-engenharia (tecnologia usada para controle do clima-outra tecnologia provávelmente com incremento extraterrestre).De acordo com o documento, é possível que, dentro de dez anos, sejam encontradas evidências concretas-(leia-se civilizações e planetas habitados-isso é o que a mídia diz, o que significa uma preparação psicológica para o mundo inteiro) de que a vida pode existir em algum lugar do Universo além da Terra. Se isso acontecer, o impacto a curto prazo será centrado na comunidade científica.Uma das possibilidades é que grande parte do fluxo do dinheiro mundial será colocado na construção de telescópios e novos equipamentos, nas missões robóticas e nas viagens espaciais, além dos esforços para que o corpo humano sobreviva às distâncias interestelares.Mas a longo prazo, as implicações psicológicas e filosóficas serão profundas. As especulações de que indícios químicos (oxigênio, água e atmosfera, por exemplo) podem dar suporte à vida inteligente fora da Terra vai abalar crenças de religiões e da filosofia humana. O relatório afirma que, com campanhas, o público pode se preparar para esse processo e obter um entendimento científico sobre a posição e a importância da humanidade para o Universo.A realidade ufológica existe a milhares de anos, fato que pode ser comprovado desde por pinturas rupestres até grandes descobertas arqueológicas( e temos muitos posts aqui no blog sobre isso), e as religiões terrestres simplesmente absorveram e utilizaram-se dessa realidade com as alegorias/interesses /manipulações que lhe são familiares. Como nos dias atuais religião virou um negócio altamente lucrativo é difícil separar o Joio do Trigo, sabendo que o Joio esteve sempre nas mãos de quem ofereceu o Trigo e esse Trigo nunca foi o que sempre nos diziam que era.Basta  dizer que um belo dia, olharemos para o céu e constataremos que não é “Jesus voltando, não é Maomé ou Buda”, pois eles estão físicamente  bem longe daqui.O que vamos ver mesmo é uma raça de seres muito inteligentes chegando na Terra para “arrumar” a bagunça que estamos fazendo no planeta, vão arrumar a casa sem palhaçada política, religiosa,  de poder ou dinheiro,doa a quem doer, simplesmente para salvar o planeta e  para ajudar  a raça humana a entender seu papel no Universo.

EQUIPE DA LUZ É INVENCÍVEL

***********************************************************************************************************************

Posts relacionados;-os-cientistas-da-nova-era-oitava-parte-dolores-cannon-as-terapias-de-vidas-passadas-e-os-extraterrestres/”as-5-principais-racas-extraterrestres-em-contato-com-a-terra-atualmente-o-que-voce-precisa-saber/”anunnaki-extraterrestres-malevolos-estao-controlando-o-planeta/”os-implantes-extraterrestres/”a-crenca-cega-nas-alegorias-biblicas-e-a-prova-de-contatos-extraterrestres/”os-12-sois-centrais-e-sua-conexao-com-as-piramide-do-planeta-terra/

**************************************************************************************************************************

Bibliografia para consulta

Exopolitica
Paola Harris
 Biblioteca Documento UFO- O mistério do Cazaquistão
UFO Magazine
A Ameaça
David Jacobs-PhD
Human Encounters with alies-Abduction
 John Macks-PhD
 Acidente alienígena-
Jesse Marcel
 Segredo de Estado
Javier Serra
 X- Files
Revista UFO

Nota:Biblioteca Virtual

Divulgação: A Luz é Invencível

A “Luz é Invencível” tem por norma não publicar links que não estejam ligados ao texto postado.Pedimos a compreensão de todos, e para qualquer dúvida, temos nossa caixa de sugestões onde todos podem livremente fazer suas colocações que serão arquivadas para consultas posteriores.
Nós agradecemos a compreensão de voces.
Equipe da “Luz é Invencível”

ALGUNS LIVROS SOBRE O ASSUNTO  ALIENS

Um comentário em “ARQUIVOS EXTRATERRESTRES-A verdade por trás dos Ovnis-Depoimentos-Abduções-Avistamentos-Contatos e os mistério das pirâmides do Cazaquistão

  1. Pingback: Arquivos Extraterrestres – A verdade por trás dos OVNIs – Depoimentos – Abduções – Avistamentos – Contatos e os Mistérios das Pirâmides do Cazaquistão – 04.11.2015 | Senhora de Sírius

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s