O Que é o Amor ?

post-03-21-1
Estamos aqui, honrados mais uma vez pela oportunidade de compartilhar nossa energia com você. Oferecemos o nosso apreço e reconhecimento pela sua determinação, serviço e por estar realmente fazendo a diferença.

Estendemos o nosso apoio a você que sabemos estar encontrando desafios e o caos na sua realidade.

Nós sabemos que você compreende que está aqui para elevar e transformar o que experimenta. Esta é uma mensagem que você já recebeu de diversas fontes ao longo dos tempos. Estamos lembrando-o novamente quem você é e por que está aqui.

Você é um ser divino multidimensional que foi selecionado e aceitou experimentar esta realidade nesta dimensão densa. Da sua perspectiva divina e verdadeiro conhecimento você estava ciente de que ao se oferecer para a mudança e elevação desta realidade da 3ª dimensão você precisava estar presente em um corpo físico.

Corpo físico que é sensível às vibrações e frequências. Corpo físico que permite você usar todos os seus dons e incríveis habilidades divinas de sensibilização para ancorar a pura luz divina e o amor em um ambiente em que essas verdades foram distorcidas e qualificadas erroneamente.

Cada humano divino multidimensional está equipado com a maestria e habilidade de leitura e capacidade de sentir as vibrações emocionais oferecidas pelos outros. O plano divino era que ao sentir ou se deparar com uma emoção de uma vibração inferior ou desqualificada ela seja transmutada ou elevada. É um bom plano. E você como um humano divino multidimensional têm a capacidade de alquimista para transformar esta energia que está diminuindo a vida.

Infelizmente, quando o ser humano entra na forma de uma criança e sente a energia intensa e as emoções dos outros, tem uma tendência a fazer o seu melhor para desligar a sua sensibilidade. Isto pode ocorrer de várias maneiras. A partir da nossa observação existem muitas maneiras em que as emoções são reprimidas. Seu açúcar processado é um dos métodos mais simples para bloquear estes sentimentos.

Artigo Relacionado: O Açúcar da Matrix

Quando as emoções desagradáveis são sentidas e não transmutadas, elas são então armazenadas no corpo físico. Esta prática é um comportamento aprendido e praticado pela maioria dos seres humanos. No entanto, você está aqui para mudar este comportamento e ancorar a consciência e energia da vida sustentando e transmutando emoções, frequências e vibrações.

Quando o ser humano sente uma emoção, traduz essa emoção/vibração como agradável ou desagradável, como boa ou má e atribui uma história para esta emoção. Estas emoções e suas histórias são então armazenadas juntas em um sistema complexo dentro de campo e circuitos eletromagnéticos do corpo.

As energias destas emoções também são adicionadas ao campo eletromagnético coletivo. Elas se tornam uma parte da energia que cria a consciência coletiva. Assim que as frequências mais desagradáveis e vibrações inferiores forem suprimidas, isso se tornará um grande campo de energia positiva em que todos os indivíduos empáticos poderão sentir e tocar.

Então neste momento você estará testemunhando a intensa vida negativa diminuindo, como as emoções de ódio, raiva, julgamento, intolerância e fanatismo que têm aumentado em expressão. Estas vibrações emocionais podem e estão sendo desencadeadas e manipuladas dentro da humanidade. É uma forma negativa de entretenimento ou ressonância. Você tem testemunhado isso acontecer nos eventos mundiais.

Lembrando que uma emoção que não é transformada é armazenada dentro dos circuitos do corpo, que pode e será ativada por uma vibração emocional semelhante.

Seu objetivo como um ser divino consciente é ancorar a frequência de manutenção da vida e da emoção do amor. Mais uma vez, a partir de nossa observação, esta emoção também se tornou distorcida.

Nós raramente convidamos para celebrar a expressão do amor, porque existem tantas traduções e distorções diferentes desta expressão divina. A humanidade tem abusado desta palavra que descreve uma frequência emocional tão poderosa. Temos observado que existem muitos tipos de amor para o ser humano. A palavra amor é muitas vezes mal utilizado para expressar a sua comida ou filme favorito ou atividade. Na verdade, poderíamos dizer que você tem tantos significados para a palavra amor como os povos indígenas têm para descrever a neve.

Quando alguém compartilhou a expressão do amor e foi rejeitado de alguma forma, ou experimentou uma sensação desagradável ligada à palavra ou ao sentimento do amor, ficou reservado no que diz respeito à compartilhar ou receber esta poderosa emoção. Ele não queria se machucar ou se sentir indesejado de alguma maneira. Assim, o amor tornou-se condicional. Existem histórias e requisitos mentais relacionados com esta emoção chamada amor.

Sabemos que é o objetivo de todos os seres humanos sentir e expressar a emoção do amor. É uma sensação diferente de qualquer outra. O amor, quando é expressado em sua forma e sentido verdadeiro afeta todos os aspectos. As sensações mentais, físicas e energéticas são fenomenais. Ele verdadeiramente sustenta a vida. Todo mundo está sempre à procura do verdadeiro amor.

Como um ser humano multidimensional você veio aqui para ser uma expressão deste amor divino, para oferecer este amor de forma incondicional a tudo o que você encontrar. Então nós perguntamos: “O que é o amor ?”

A energia do amor na sua forma mais pura é a frequência mais poderosa do Universo. É o fio divino, a ligação cósmica e a conexão com o Tudo O Que É, com a Fonte Divina
.

Assim, o amor em sua forma divina mais verdadeira é a expressão e o sentimento de que você reconhece o outro ser, você honra e reconhece que ele também é divino. Você vê e oferece esta expressão divina do amor porque ele também é um ser consciente multidimensional e magnífico como você. Reconhece que como você, eles estão envolvidos no processo de mudança e muitas vezes são incapazes de ver um ao outro de forma clara e integralmente como os seres divinos que todos vocês realmente são.

Comece a olhar para as suas muitas traduções e expressões de amor, amor de família ou de tribo, amor romântico, amor pela natureza e os animais, amor pela tradição ou religião, amor a si mesmo. Observe se a sua expressão do amor é condicional, distorcida ou deslocada de forma alguma.

Nós convidamos você a começar a praticar esta habilidade de oferecer a expressão do amor de forma incondicional. Estamos cientes de que isto pode ser um longo caminho para você. Talvez você possa simplesmente e silenciosamente começar honrando a sua divindade. À medida que você começar a praticar isto e ancorar essa capacidade, ela vai aumentar e se tornará mais fácil expandi-la. Você verá realmente quem você é. O amor que você veio aqui para expressar e oferecer é o amor que você veio aqui para sentir e receber. Esta expressão incondicional de amar e honrar um ao outro é o que pode e vai elevar a humanidade.

Você é um alquimista poderoso, você está aqui para compartilhar este amor divino incondicional com todos que você conhece e encontra. Comece a oferecer ele mentalmente, comece a permitir que o seu coração derrube as barreiras e suavemente estenda amor e aceitação a todos. Você vai se surpreender com o efeito sobre aqueles que o rodeiam. Ele vai transformar todas as suas relações pessoais com os seus amados, família, amigos e comunidade. Ele vai transformar a maneira como você vê o seu mundo. Ele irá transformá-lo. Este é quem você realmente é, a expressão divina do verdadeiro amor e da luz. Viva-a intensamente.

Estamos honrados por você ter acompanhado estas palavras e este convite poderoso. Estamos completos.

A Equipe

©Peggy Black

Origem: Mensagens da Manhã

Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível

A “Luz é Invencível” tem por norma não publicar comentários com links.
Pedimos a compreensão de todos, para qualquer dúvida temos nossa caixa de sugestões onde todos podem livremente fazer suas colocações que serão arquivadas para consultas posteriores. Agradecemos a compreensão de todos.
Equipe da “Luz é Invencível”.
Anúncios

6 comentários em “O Que é o Amor ?

  1. Eu gostaria de compartilhar com vocês a experiência que tive de amor incondicional em 12 de julho de 2015.

    Depois de dois anos com depressão, perdida sem saber o que fazer da vida, frustrada, completamente sem amigos, desconfiando até da própria sombra, sem dinheiro e desejando profundamente “ir embora desse mundo”, vi que ou ia mesmo embora ou dava um jeito na situação. Foi o famoso “BASTA”, aquele momento que você se vê cansada de lutar contra a corrente. Acabar com minha vida eu sabia que não iria, pois havia estudado a doutrina espírita na adolescência e sei que o preço que iria pagar iria ser muito alto. Então decidi entregar-me a Deus e ao universo, deixando de querer controlar as coisas à minha maneira. Foi no momento da entrega total que senti pela primeira vez a chama lá dentro… bem pequenininha, do tamanho de uma chama de vela, lá dentro, no fundo do meu coração. Guardei a sensação.

    No dia seguinte, a sincronicidade me colocou uma professora de yoga no meu caminho e percebi que era o sinal que aguardava. Decidi me aprofundar no assunto e com a ajuda dela, me dediquei todos os dias às posições, respirações e (muita) meditação. Mudei também minha alimentação (que era terrível), parei de beber, de me drogar e de andar com más influências. Eu gostava muito da vida boêmia mas não me via mais feliz, não fazia mais sentido. Eu estava vazia e sentia uma dor dilacerante no peito, parecia que lá dentro estava oco. Revi todos os meus conceitos, crenças e fiz grandes mudanças de hábitos (como parar de criticar as pessoas, coisas e a mim mesma) entre outras coisas. Comecei a procurar um novo emprego pq eu estava infeliz onde estava trabalhando e voltei a fazer o que mais gostava na vida: escrever, dançar, ler e pintar (eu tinha esquecido que gostava dessas atividades). Eu realmente estava arrependida dos erros que cometi comigo mesma e prometi pra mim mesma que não cairia de novo nas ilusões do mundo novamente. Com o tempo, senti a chama lá dentro aumentar, parecia que era do tamanho de uma bola de basquete.

    Não foi fácil fazer tudo isso. Meu corpo fez uma limpeza de dentro pra fora e tive algumas recaídas. Mas quando eu meditava era tão bom estar naquela sintonia que eu procurava me esforçar o máximo que pude pra seguir adiante. Em pouco tempo, a vida voltou como a primavera que chega de mansinho e foi tomando conta de mim sem eu perceber. Em poucos meses, eu já havia me tornado uma pessoa bem diferente, mas ainda havia muito trabalho pela frente. Comecei a entoar mantras, voltei a estudar a vida espiritual, fiz tudo o que podia para estar cada vez mais conectada com a natureza e numa bela tarde de sol, quando eu estava meditando próximo a uma árvore num parque perto de casa, aconteceu o que chamo de “A semana do maravilhamento”.

    Uma felicidade indescritível tomou conta de todo o meu ser que parecia não caber em mim! Tudo em volta fez sentido. Tudo se expandiu. Tudo se conectou. Tudo ganhou um brilho tão intenso que eu não estava acreditando! Era uma felicidade tão imensa que comecei a chorar de alegria e no ímpeto, deitei de frente pra grama e abracei a terra agradecendo por aquela benção, por aquela sensação maravilhosa de explendor. Parecia que eu ia explodir, virar fogos de artifício, meu coração queria sair fora da caixa toráxica. Meu corpo formigava por completo. Fiquei ali por um bom tempo até que percebi que era hora de ir embora. O engraçado é que pra onde quer que eu olhava, tudo tinha se tornado perfeito! tudo era maravilhoso! as flores que estavam ali perto, a grama, o ar.. eu comecei a rir sozinha! e quando passou um velhinho? meu Deus!! uma pessoa!! um velhinho!!! um outro universo! completamente diferente do meu, e único!! eu quase (quase mesmo) abracei ele mas me controlei. Olhei pro céu e adivinhem?? uma nuvem em forma de coração estava próximo do sol!! Fiquei horas parada olhando. Passavam pessoas e eu olhava pra elas, elas olhavam pra mim… eu sorria e elas sorriam de volta, um sorriso genuíno. Fui andando devagar pra casa e apontando para as coisas tipo “olha isso!!” ou “meu Deus!! o que é isso!! Meu Deus!!” Parecia que nunca tinha andado na minha rua antes. Quem me viu de longe deve ter pensado que eu era meio maluca, mas não estava nem aí, tudo era lindo! tudo era perfeito!
    Foram 7 dias (7 dias!) com essa sensação de felicidade absurda que jamais imaginei existir. Foi um momento de plenitude, de amor incondicional – eu realmente estava amando a tudo e a todos!

    Só não durou mais porque ainda trabalhava no lugar que me sugava e essa sensação foi indo aos poucos… mas depois de um tempo consegui outro melhor (mas já saí também, agora estou trabalhando no meu projeto). Essa experiência foi muito impactante e jamais vou esquecer. A primeira coisa que fiz quando cheguei em casa foi anotar tudo. Agora eu sei o tamanho do meu ser – é uma enorme bola de luz amarela na altura do meu coração. Sei como faz para chegar até ela e quero ensinar as pessoas sentirem as de dentro de si mesmas 🙂

    Obrigada a todos da equipe por esses ensinamentos maravilhosos e desejo aos leitores que estão na busca, praticarem o amor começando por si. A gente só pode dar aquilo que tem e quanto mais a gente dá, mais a gente recebe ❤

    Beijos amorosos!

    PS: Tirei uma foto da nuvem de coração, posso mandar depois 🙂

    Curtir

    • Olá D. M. Ferreira

      Obrigado pelo comentário/relato.

      São nestes momentos em que conseguimos nos conectar com o divino, a essência, que percebemos como a vida é maravilhosa, a sua experiência foi muito bonita, com certeza ficou gravada no fundo do seu coração, este sentimento de amor incondicional a todos é a linha principal da nova Terra que estamos construindo com a nossa mudança de hábitos, comportamentos e preferências alimentares, feliz da pessoa que já teve um vislumbre de como vai ser a nossa forma de viver quando ocorrer a ascensão, nós da Luz é Invencível agradecemos por complementar o texto com um exemplo vivo de amor incondicional.

      Muita paz, luz, amor e expansão de consciência
      Equipe da Luz é Invencível

      Curtir

  2. Lindo texto mais uma vez vem confirmar que o amor é o Divino em nós.
    Devemos ser gratos por tudo que recebemos e espalhar amor no universo.
    Abraços de gratidão a todos!!!

    Curtir

    • Olá Eunice

      Obrigado pelo comentário.

      Você tem razão, as mensagens que recebemos através dos diversos canais confirmam a importância do amor, a fórmula é simples, basta seguirmos.

      Muita paz, luz, amor e expansão de consciência
      Equipe da Luz é Invencível

      Curtir

  3. Dario bom dia

    Façamos uma reflexão em nossa vida e perguntemos se estamos exercitando o amor incondicional. O verdadeiro amor não coloca condições, não coloca distâncias, não coloca empecilhos. O amor verdadeiro é livre, livre do ego, da vaidade, de querer atender a si mesmo. É altruísta. Pensa no outro antes de si mesmo. E coloca toda a sua atenção naquilo que ama. Sem apego; É todo ouvido, todo coração, braços e mãos, pernas e pés. É todo olhos, sentidos. É inteiro naquilo que é. O amor incondicional se entrega, não conhece o medo. Se este se aproxima, anula-o em função de algo maior. O amor é coragem, é a força que anima a alma. O amor é alegria e não cansaço; O amor verdadeiro não conhece a palavra MEU, porque entende que o outro é um ser individual e que somente entrando em seu coração, pode compreender e partilhar. O amor não é o que é por expectativas. Não é temporal. É permanência, fluidez. Não conhece a culpa, conhece a desculpa, o perdão;porque é livre de julgamentos e condenações Aproxima, ao invés de afastar. Fala baixo, ao invés de gritar. Porque a nada e a ninguém quer impor-se. O amor incondicional é mais ouvidos do que verbo. É mais gestos que palavras. O amor vai onde a necessidade está, onde há o vazio. Não escolhe, por vezes, aquilo que agrada a si mesmo, mas onde é útil o seu coração. Sabe que os excessos são prejudiciais e conhece as medidas certas de se doar, sem invadir o outro. O amor incondicional transforma. É príncipe da tolerância e do respeito, guerreiro sem armas de fogo, força da suavidade e compaixão honesta, caridade profunda. Vai além de seus próprios problemas, porque reconhece que os outros também os têm.
    Vamos nos questionar sobre as nossas expectativas mediante àqueles que dizemos amar; se os amamos somente quando nos agradam; se somos capazes de amar quando ninguém é capaz de fazer o mesmo. Perguntemos á nós mesmos se somos capazes de ser luz na escuridão, de sorrir quando o outro é agressividade; se sabemos respeitar o livre arbítrio alheio, e não somente o nosso e se somos capazes de não impor a nossa verdade e compreender a verdade alheia. Será que somos capazes de entrar no coração de nossos filhos, irmãos, companheiro ou companheira, amigos ou patrão ou vizinhos? se nos permitimos conhecer um desconhecido ou então conhecer a fundo aqueles a quem achamos que já conhecemos há tempos? Somos capazes de olhar além das aparências e do superficial e nos deixar enxergar o que somente o coração é capaz? Será que somos capazes de deixar de aleijar as pessoas que amamos e ajudá-las a aprenderem a andar? Experimentemos somente estarmos presentes. Sentirmos, ao invés de rotularmos a nós e aos outros; Experimentar o amor ao invés da lamentação. Ser grato por tudo o que é, por tudo o que agora nos serve. Experimentemos as dimensões de nosso coração em sua totalidade; Quem acha que fazer um favor (condicional) oferece um empréstimo, engana-se. Quem ama incondicionalmente, faz uma doação.
    **********************************************************************
    “Da vida, não quero muito. Quero apenas saber que tentei tudo o que quis. Tive tudo o que pude. Amei tudo o que valia. E perdi apenas o que, no fundo, nunca foi meu.”
    (acervo pessoal)

    Curtir

    • Olá Monica

      Obrigado pelo comentário, pela parceria, amizade e pela presença sempre luminosa.

      Muita paz, luz, amor e expansão de consciência
      Dario

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s