Respostas de um alienígena de Andrômeda – 115

Mythi
Amigos, nestes tempos a Confederação Galáctica não vai interferir com a natureza do planeta, pois de acordo com eles o planeta está chegando no limite de tempo para processar o que deve acontecer na configuração da nova fase.

Os Arcturianos estão removendo os recipientes de pressão, que foram instalados para o processo acontecer no último momento possível, aumentando o tempo para mais pessoas estarem preparadas para elevarem a sua frequência pessoal, de acordo com dados atuais mais dois por cento da população se juntou à banda de frequência compatível para coexistir com o “nível um”, subindo para 24 por cento no total geral.

Esse “tempo extra” garantiu a ascensão de 10 a 24 por cento, valendo muito a pena pois agora a Terra já não é mais um planeta reformatório, as pessoas que permanecerem aqui serão os usuários atuais do plano como o seu verdadeiro lar, a raça de pessoas do planeta Terra.

Os polos migrarão mais rapidamente para o equilíbrio do sistema ser restaurado ao normal.

Como você pode notar o planeta Vênus está cada vez mais brilhante no céu uma vez que foi decidido mudar a órbita de Vênus para uma área mais adequada.

O sistema foi mantido um pouco mais estável pela interferência do grande objeto que está em uma órbita estacionária no quadrante sul do planeta Terra.

Como o sistema irá reagir as alterações, a Confederação Galáctica (CG) tomou iniciativas sobre o que está sendo feito pelos seus cientistas, nós só realmente saberemos quando as operações começarem, estamos aguardando as respostas tectônicas para ver o que acontece com os polos como se passou apenas um mês.

Os arcturianos começaram a controlar as sondas colocadas nos lugares de maior tensão.

O processo pode acontecer no curso natural dos acontecimentos a qualquer hora.

Com relação à Vênus, seus cientistas não vão falar sobre o caso, mas seus astrônomos amadores mais sérios e qualificados podem acompanhar essas mudanças com o grande movimento de naves na lua, seus astrônomos amadores podem até mesmo verificar facilmente a realidade da presença destes irmãos de outras raças em bases lunares.

Qualquer nave proveniente de uma base na Lua só necessita apenas de alguns minutos para estar dentro de sua atmosfera, então é o mesmo que estar aqui em uma base na Antártica.

Você sabe que eu não posso dar informações ou previsões regionais sobre fenômenos naturais, não posso influenciar este aspecto e agir como um profeta ou algo assim, mas note que os fatos estão na frente de vocês, utilizem suas observações para intuir sobre o que devem estar preparados.

Tudo ficará bem a medida que você está conscientemente preparado para enfrentar qualquer fato.

Tenha em mente que a única coisa que vai tentar destruí-lo “é você mesmo”, e ainda assim não terá sucesso, porque vocês são indestrutíveis.

As raças inteligentes que vivem há muito tempo no planeta e que ainda estão aqui são:

Os vários grupos étnicos de humanóides do seu tipo conhecido.

Descendentes dos Atouns, grupo que ficou aqui por sua própria vontade, a título experimental esta é a raça que funciona como “conselheiros” de suas elites em troca de meios para sobreviver, seres muito inteligentes, com um QI de mais de 160 com pouco prática para construir coisas manualmente, a única diferença é que anatomicamente eles têm a caixa craniana alongada e não tem paladar.

Duas raças de humanóides aquáticos que respiram como os seres anfíbios, eles parecem humanóides como um cruzamento de mamíferos marinhos, como golfinhos, são uma raça muito antiga estando a mais de 50.000 anos no planeta.

Grupos isolados de tipos humanóides que você chama de sasquatch esta raça foi plantada aqui pelos antigos reptilianos para trabalharem como escravos e “auxiliares de caça”, mas que não funcionou satisfatoriamente, então eles foram deixados à própria sorte.

Grupos isolados de seres antigos conectados à sua mitologia chamados de Satyr que se originam de experiências de DNA feitas pelas antigas raças répteis que frequentavam o planeta há mais de 30.000 anos atrás, este é apenas um dos experimentos das velhas raças que sobreviveram até hoje em pequenos grupos isolados em regiões inóspitas do planeta.

Grupos isolados de seres provenientes de raças de insectóides que vocês chamam de rastejantes noturnos, que se relacionam bem com o Sasquatch, eles vieram aqui para estudar as formas de vida de suas faunas de insetos (o que é ótimo), acabaram ficando no planeta, mesmo quando suas naves voltaram ao planeta de origem, eles decidiram ficar aqui mantendo as experiências e enviando relatórios para a comunidade científica do seu planeta, os insectóides pensam de forma diferente de nós, às vezes é difícil filosofar com eles em questões como os seus deveres e diretrizes.

Grupos isolados de reptilianos e uma determinada raça de Grays que trabalham com eles e que foram presos em Bases de laboratórios governamentais e não podiam deixar o planeta por um proibição de movimento das naves reptilianas no planeta até 2012.

Grupo isolado de origem híbrida que viveu e sobreviveu por milhares de anos nas remotas montanhas do Tibete.

Muitos Pleiadianos vivem em suas comunidades como observadores por pelo menos uma centena de anos, muitos deles são considerados “terráqueos por terem nascido aqui em mais de duas gerações, eles não podem influenciar suas sociedades, só mantém contato constante com as equipes que têm intensificado a vigilância no planeta após a detonação da primeira bomba nuclear pelo seu exército.

As raças que viviam isoladas por suas principais diferenças em relação às raças humanóides tiveram seu desenvolvimento tecnológico virtualmente impedido por não serem capazes de expor seus grupos, mas isso não significa que o desenvolvimento mental e espiritual deles foi afetado.

Outras raças de irmãos que você vai se reunir em um futuro breve como os Pleiadianos serão os, Arcturianos, Camelopardalis, Atounians, Aldebarans, Alkaids, raças Sirius, Chithoks, Rigel, centauros, entre muitas outras raças.

Alguns são “charmosos” pelo seu conceito, outros são “feios”, mas você vai aprender com o tempo que beleza física é relativa ao que você sente dentro do peito.

A anatomia depende da adaptabilidade desenvolvida para a vida em outros ambientes, por este motivo um Arcturiano será sempre “estranho” para você, mas se você conhecê-lo com as luzes apagadas, perceberá o seu “interior” que é a amizade que eles têm o prazer de compartilhar com os outros.

O maior conceito de vida entre as diferentes raças é a capacidade de conviver com as diferenças, e entender que o que traz felicidade para você pode ser uma coisa diferente, da felicidade de outro ser.

Cada raça tem suas próprias prioridades e aspirações e cabe às comunidades Galácticas tentarem ajudar todos a atingirem o seu bem-estar sem afetar assim o bem-estar do seu vizinho.

Infelizmente em seu próprio planeta, nos grupos étnicos da mesma raça essas diferenças não são respeitadas.

Por essa razão, para o seu planeta ter o direito de entrar em uma comunidade que se esforça para se harmonizar terá de ser filtrado, de modo que a sociedade tenha um nível aceitável de compreensão.

Quando você pensa que tudo está perdido, não se esqueça que nós vamos ajudá-los a encontrar as soluções.

Fiquem bem todos, nós te amamos !

@Capitain Bill

Origem: disclose

Anúncios

2 comentários em “Respostas de um alienígena de Andrômeda – 115

  1. Pingback: Conhecendo as Constelações – Andrômeda – 3ª Parte – 18.10.2015 | Senhora de Sírius

  2. Pingback: CONHECENDO AS CONSTELAÇÕES-Andrômeda-Terceira parte | A Luz é Invencível

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s