Como ascender – Transmutação do carma – Parte 7

post-06-12-1

anterior posterior

Alguns definem o carma como “você vai colher o que você semear”, ou “o que vai, volta”, portanto é o reflexo de como você tem tratado os outros nesta vida e em vidas passadas, simplificando, o carma é o princípio de ação/reação e pode ser “acumulado” de uma vida para outra, o que significa que o carma também pode ser criado nesta vida atual, alguns dizem que há carma “ruim” e alguns dizem que pode até ter carma “bom”, mas descrever o carma com um adjetivo seria julgá-lo, o carma também tem sido erroneamente definido como sendo uma punição recíproca ou destino, até mesmo a religião tem tentado definir o carma como a ira ou castigo de Deus.

O carma é uma ferramenta para nos ajudar a reconhecer a UNIDADE ?

Em uma perspectiva universal o carma é melhor definido como um reflexo da lei da UNIDADE, como estamos todos conectados, quando prejudicamos o outro realmente estamos prejudicando a nós mesmos.

Os seres humanos têm estado na roda do carma e reencarnação desde a “queda” da Atlântida há aproximadamente 12.500 anos atrás, o experimento da Terra envolveu nos movermos para uma baixa vibração em uma expressão de terceira densidade física esquecendo quem éramos e pelo que passamos, sabíamos que parte do acordo era que iríamos experimentar o carma no primeiro tempo de vida, em seguida nós planejamos equilibrá-lo com cada vida subsequente, alguns de nós acumularam mais carma do que o esperado e o acúmulo pode estar refletido nesta vida, o plano tem um final feliz, a chance de ser uma parte da era de aquário nos permite limpar nossos corpos de qualquer carma e baixas densidades vibracionais vivendo como um ser físico em um estado superior de consciência.

O carma nos permite aprender a reintegrar o amor por nós mesmos e o amor um pelo outro, o carma é ação e nós temos que viver com as consequências de nossas ações, se fizemos algumas escolhas que não estavam no melhor interesse da ação, temos que equilibrar essa ação de alguma maneira.

A lei universal da sabedoria é a lei que usamos para apagar o carma a medida que você ganha o conhecimento do efeito de seus pensamentos e ações que têm sobre os outros, nossos guias estão sempre conosco antes de encarnar para nos ajudar a decidir qual é a melhor experiência a fim de aprender as lições que nós precisamos, nós nos desafiamos para que pudéssemos subir em passos largos a escada espiritual, ao planejar equilibrar o carma às vezes tudo o que tínhamos a fazer era criar uma situação onde percebêssemos o efeito que nossas ações tiveram no outro, às vezes nós escolhemos reencarnar para receber exatamente o que fizemos ao outro sendo feito para nós, daí o termo olho por olho.

Um dos principais objetivos que temos nesta vida é transmutar qualquer carma restante em nossas células de outras vidas e equilibrar o carma que acumulamos nesta vida em preparação para a elevação da consciência da humanidade e do planeta, nem todos os seres humanos do planeta são suscetíveis ao carma, existem casos em que alguns seres vieram de outras galáxias e universos para ter uma ou algumas vidas apenas para cumprir uma tarefa importante na ascensão do planeta e tem tecnologia disponível para protegê-los de acumular energias cármicas, o resto de nós precisa saber como se mover para frente com nossos objetivos.

Quais são as leis do carma ?

A fim de entender melhor o papel que o carma desempenha em nossa vida, precisamos detalhar os efeitos que o carma terá sobre as nossas vidas com base nas escolhas que fazemos, a seguinte lista das leis do carma do artigo “12 Leis pouco conhecidas do carma (que vão mudar sua vida)” são:

1. A GRANDE LEI: “O que você semeia, você colhe”, isto também é conhecido como a “Lei de Causa e Efeito”, tudo o que nós colocamos para fora no Universo é o que vem de volta para nós, se o que queremos é felicidade, paz, amor e amizade… Então devemos ser felizes, calmos, amorosos e um amigo verdadeiro.

2. A LEI DA CRIAÇÃO: A vida não ACONTECE por acaso, ela exige a nossa participação, nós somos UM com o Universo tanto por dentro como por fora, o que quer que nos rodeia nos dá pistas do nosso estado interior, seja você mesmo e cerque-se com o que você quer ter presente em sua vida.

3. A LEI DA HUMILDADE: O que você se recusa a aceitar continuará com você, se o que vemos é um inimigo, ou alguém com um traço de caráter que encontramos sendo negativo, então nós mesmos não estamos focados em um nível mais elevado de existência.

4. A LEI DO CRESCIMENTO: “Onde quer que você vá, você está lá”, para nós crescermos espiritualmente nós é que temos de mudar e não as pessoas, lugares ou coisas que nos rodeiam, o único dado que temos em nossas vidas é que SOMOS NÓS MESMOS e é o único fator sobre o qual temos controle, quando mudamos quem e o que nós somos dentro do nosso coração a nossa vida faz o mesmo e as mudanças também.

5. LEI DE RESPONSABILIDADE: Sempre que há algo de errado na minha vida há algo de errado em mim, nós refletimos aquilo que nos rodeia e o que nos rodeia nos reflete, esta é uma verdade universal, devemos assumir a responsabilidade pelo que é nossa vida.

6. A LEI DA CONEXÃO: Mesmo se algo que fazemos parece insignificante é muito importante que seja feito, como tudo no Universo está conectado cada passo leva à etapa seguinte e assim por diante, alguém tem que fazer o trabalho inicial para obter um trabalho terminado, nem o primeiro nem o último passo são tem mais importância uma vez que ambos foram necessários para realizar a tarefa, o passado, o presente e o futuro estão todos conectados.

7. A LEI DO FOCO: Você não pode pensar em duas coisas ao mesmo tempo, quando o nosso foco está em valores espirituais é impossível para nós termos pensamentos inferiores como a ganância ou a raiva.

8. A LEI DA DOAÇÃO E HOSPITALIDADE: Se você acredita que algo é verdade então em algum momento de sua vida você vai ser chamado para demonstrar esta verdade que acredita, aqui é onde colocamos o que nós AFIRMAMOS que aprendemos, na PRÁTICA efetiva.

9. A LEI DO AQUI E AGORA: Olhando para trás examinamos o que está nos impedindo de estarmos totalmente no AQUI E AGORA, velhos pensamentos, velhos padrões de comportamento e velhos sonhos nos impedem de ter novos.

10. A LEI DA MUDANÇA: A história se repete até que aprendamos as lições que precisamos mudar no nosso caminho.

11. A LEI DA PACIÊNCIA E RECOMPENSA: Todas as recompensas exigem trabalho árduo inicial, recompensas de valor duradouro requerem paciência e trabalho persistente, a verdadeira alegria é seguir fazendo o que nós deveríamos estar fazendo e esperando a recompensa entrar no seu devido tempo.

12. A LEI DO SIGNIFICADO E INSPIRAÇÃO: Você recebe de volta a partir de algo que você oferece, o verdadeiro valor de algo é o resultado direto da energia e intenção que é colocado nele, cada contribuição pessoal também é uma contribuição para o todo, contribuições em que falta brilho não têm impacto sobre o todo, nem elas funcionam para diminuí-lo, contribuições amorosas trazem vida e inspiram o todo.

Como faço para transmutar o carma ?

Nós temos o poder do livre arbítrio neste planeta, o que nos dá a capacidade de escolher o que gostaríamos para a nossa experiência, ao escolher equilibrar o carma ele pode ser purificado e libertado das células em nosso corpo.

Use o poder da intenção, o primeiro passo para lidar com o carma é afirmar ao Universo que você está querendo ser transmutado para a luz, como acontece com qualquer intenção ao Universo você pode chamar seus guias espirituais, anjos e os mestres ascensos, a Deusa Quan Yin pediu a providência de uma ordem divina para ser capaz de limpar o carma de vidas passadas em preparação para a limpeza que o corpo precisa ter neste momento, peça para Quan Yin usar suas ordens em seu nome, St. Germain pode trazer a chama violeta da transmutação que pode ser usada para lavar todo o corpo transmutando qualquer energia.

Conscientize-se dos padrões, ao prestar atenção aos padrões de repetição em sua vida você pode reconhecer e lidar com essas situações que estão surgindo para serem transmutadas de uma vez por todas, se você já se perguntou por que certas coisas continuam acontecendo em sua vida mais e mais vezes aqui está a sua resposta, reconheça o sentimento ou a emoção que a situação particular dá a você e mude a sua reação a ela, então deixe-a ir.

Meditar e ir para o seu interior sempre vai levá-lo para o que precisa ser feito em qualquer situação, há muitas meditações criadas especificamente para transmutar carma disponíveis na internet, usar uma pedra cornalina em meditação pode reciclar experiências de vidas passadas e acelerar a lei do carma.

Seja amor e perdão, seja amoroso com os outros e consigo mesmo, você sempre virá do coração e isso vai transmutar qualquer coisa, ao perdoar os outros e perdoar a si mesmo você se move para ser amor.

Use as energias que estão sendo enviadas para nós a partir do centro do Cosmos, a Terra está em um ciclo de 25.920 ano de alinhamento com o centro do Cosmos, as energias estão inundando o planeta para permitir o crescimento e limpeza de tudo o que precisa ser tratado, mas por causa do livre arbítrio precisamos ter a intenção de estar em sintonia para recebermos essas energias, enquanto nos aterramos com a Mãe Terra na intenção de trazer as energias do nosso grande Sol central para o chacra da coroa se reunindo com as energias da Terra em seu espaço do coração, isso vai inundar o seu plano etérico e liberar energias cármicas.

Limpe seu corpo físico, pratique uma técnica de limpeza espiritual do seu corpo como hidroterapia do cólon ou jejum com a intenção de limpar as energias cármicas.

Como faço para ficar livre do carma ?

Depois que iniciar o processo de transmutar carma, você deve estar ciente de seus pensamentos e ações, nós explicaremos mais sobre isso no próximo artigo desta série “Mudando seus pensamentos”, viver com o coração e tratar os outros como você gostaria ser tratado é uma maneira de ficar livre do carma que nos lembra de que somos todos parte de uma única Fonte, seguir as leis universais é imperativo viver em UNIDADE à medida que avançamos para a frequência da 5ª dimensão, se você der um passo para trás simplesmente reconheça o que aconteceu perdoe a si mesmo e envie pensamentos amorosos para a pessoa com quem você criou o carma, a principal coisa a lembrar é não colocar a energia negativa de preocupação em sua vida como “estou fazendo o suficiente de coisas certas” ou “eu acabei de criar carma porque eu fiz isso ou aquilo”, confie que você está fazendo exatamente o que você precisa fazer e que você está exatamente onde precisa estar, cada pessoa que transmuta carma abre a porta para o resto da humanidade como um coletivo.

@Michelle Walling

Origem: Na 5ª Dimensão

3 comentários em “Como ascender – Transmutação do carma – Parte 7

  1. Pingback: Vida – Morte – Carma – Novos conceitos para velhos paradigmas – 25.10.2015 | Senhora de Sírius

  2. NÃO, NÃO VEJO O CARMA COMO CASTIGO DE DEUS, MAS SIM, COMO EXPERIÊNCIAS, APRENDIZADO, POIS COMO SOMOS TODOS UM ENTÃO, UM ATO NOSSO, SEJA ELE COM UMA ENERGIA NEGATIVA OU POSITIVA ESTAMOS TODOS ENVOLVIDOS NESSA ENERGIA, PODEMOS DIZER QUE AS VEZES FALHAMOS TALVEZ COM A INTENÇÃO DE NOS DEFENDERMOS, É TUDO UMA QUESTÃO DE NOS CONSCIENTIZARMOS E SEMPRE AGIRMOS COM AMOR MUITO AMOR E VIVERMOS E COLOCARMOS MUITO AMOR EM TUDO E TODOS.

    COM MUITO AMOR NO CORAÇÃO

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s