Invasores da Lua

post-08-17-2
Esta canalização é um pouco diferente das que eu compartilho mais regularmente mas eu achei fascinante e me senti compelida a compartilhá-la com todos vocês, deixe-me explicar como esta canalização começou com uma conversa, meu marido e eu estávamos em nosso caminho para casa e ambos ficamos admirando a grande total “super Lua” no céu, à medida que olhávamos para a Lua gigante no céu comentei com o meu marido: “Eu me pergunto se há algum civilização na Lua”, como sempre os anjos entraram na conversa e começaram a compartilhar conosco alguns detalhes muito interessantes sobre aqueles que agora nos referimos como “invasores da Lua”, aqui está o que os anjos compartilharam conosco.

Sim, há certamente seres que habitam sua Lua e alguns deles são o que se traduziria como “invasores da Lua” em seu idioma, eles não são o que você pode considerar habitantes nativos da Lua, mas sim eles vieram de outras civilização para formar a atual civilização conhecida como “invasores da Lua”, devido às grandes variações de temperatura que são rigorosas na superfície da Lua a maioria dos habitantes permanecem dentro da Lua, aproximadamente 80 Km abaixo da superfície.

Existem muitas espécies diferentes que fazem parte da civilização “invasores da Lua”, você poderia usar a analogia com o termo “terráqueo” que significa simplesmente que você é de uma origem física da Terra, algumas destas raças ou espécies são humanoides e estão relativamente próximas do que você consideraria um ser humano, enquanto outros parecem muito diferentes de você e não compartilham uma fisionomia humanoide.

Sua Lua é mantida magneticamente dentro da órbita da Terra, o que não permite que você veja o “lado escuro da Lua”, você só pode ver a parte virada para frente ou o lado “brilhante” da Lua, esta órbita “fixa” permite que um terreno seja mantido equilibrado profundamente abaixo da superfície, a temperatura é mantida em uma constante de 30.5 graus C, o que parece um pouco quente mas os habitantes estão bem ajustados e vivem dentro de um terreno tropical, o calor age como um viveiro permitindo uma distribuição uniforme de água fresca, nunca há necessidade de adicionar ou remover água das reservas de água doce que estão localizados a cerca de 15 metros abaixo da superfície.

Embora existam algumas estruturas na superfície da Lua elas não são visíveis da Terra, a fim de ver o outro lado você precisa orbitar a Lua do espaço, isso permitirá que você veja algumas destas estruturas ainda que elas não se pareçam com as estruturas em seu planeta, como nós dissemos, a maior parte dos habitantes permanece dentro da Lua porque a vida sobre a superfície é quase inexistente devido à falta de ar, água e a luz solar constante, há porém, uma grande massa de água doce no interior da Lua que sustenta os habitantes que habitam o seu interior, existem também grandes aberturas que são recipientes de luz que ampliam a luz do Sol e permitem uma grande quantidade de luz natural penetrar nas profundezas da Lua.

Existem observatórios que estão localizados na superfície da Lua que permitem ver muitas civilizações diferentes incluindo a Terra, existem bases de pouso que permitem outras naves espaciais aterrissar e transportar passageiros para outros planetas, a civilização é relativamente vasta e possui uma grande variedade de espécies em suas profundas cavernas, a Lua tende a ser um local transitório para a maioria dos viajantes e muitas civilizações usam a lua da Terra como um lugar para descansar.

Embora existam alguns que optam por ficarem, estes são o que nos referimos como os “invasores da Lua”.

No amor e na luz, nós somos seus guias angélicos.

Taryn Crimi

Origem: http://www.Angelic-Guides.com

Anúncios

3 comentários em “Invasores da Lua

  1. Pingback: Quando a Lua for Desabilitada, a Matrix Vai se Dissolver

  2. Eles são cúmplices do secretismo dos reptilianos em relação ao céu e lua holográfica. Não confio que sejam benevolentes.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s