ARQUIVOS EXTRATERRESTRES-O caso Ozires Silva e a noite dos UFOS em 1986-A Operação Prato-Divulgação sobre vida alienígena cada vez mais próxima


anterior posterior

Os radares do Cindacta ficaram congestionados com a presença de 21 UFOs sobre São Paulo, em 19 de maio de 1986. Alguns deles foram vistos por Ozires Silva.

O AVISTAMENTO-

Em 19 de maio de 1986,tivemos um “show” de discos voadores no céu brasileiro, a ponto de as autoridades da Aeronáutica virem a público afirmar que o espaço aéreo brasileiro foi invadido por vinte e um objetos de origem desconhecida, os quais foram detectados pelos radares, foram acompanhados por aviões a jato, se movimentavam em altas velocidades, passando de 250 a 1.500 km/h em fração de segundos, sem causar o “boom” característico, mudavam de cor, mudavam de trajetória, subiam, desciam, sumiam instantâneamente do radar e apareciam, aos olhos do observador, em outro lugar, acompanhavam os aviões, ficavam parados, faziam ziguezague, causaram a interrupção do tráfego aéreo em várias áreas, saturaram os radares, causaram interferências nos equipamentos dos aviões a jato,faziam curvas em ângulos retos (90°) em altíssimas velocidades, sem deixar rastros como as aeronaves convencionais. Isso tudo foi informado oficialmente, e deve ser menos de 20% do que realmente aconteceu,muito mais provávelmente foi ocultado do público.

TV INFA(INFA – INSTITUTO NACIONAL DE INVESTIGAÇÃO DE FENÔMENOS AEROESPACIAIS )- Dr. Ozires Silva Fala Sobre o Seu Avistamento na Noite Oficial dos OVNIs

O DEPOIMENTO-TESTEMUNHO DE OZIRES SILVA

Em 03 de agosto de 1995, o doutor Ozires Silva deu uma importante entrevista ao programa Balanço Geral, conduzido pelo radialista Gilberto Pereira, na Rádio Bandeirantes. Na ocasião, o ex‐presidente da Varig, Petrobrás e Embraer falou longamente sobre seu avistamento ufológico de 19 de maio de 1986, na presença do co‐editor da Revista UFO Claudeir Covo e do jornalista Eduardo Marine, da revista Isto é. Veja abaixo a transcrição do diálogo feita por Covo e editada por A. J. Gevaerd Pereira:

Pereira— Doutor Ozires, quando o senhor chegava a São José dos Campos (SP), vindo de Brasília, teve a oportunidade de ver objetos voadores a bordo de um avião Xingu. Poderia relatar o que aconteceu?

Silva — Foi em maio de 1986. Eu estava voando com um dos nossos aviões da Embraer. Já era noite e minha chegada seria em torno de 21h00. Quando estava sobre Poços de Caldas (MG), entrei em contato com o Centro de Controle de Tráfego Aéreo de Brasília, solicitando autorização para iniciar a descida para o aeródromo de São José. O controle autorizou, mas perguntou se eu estava vendo alguma coisa “estranha” no ar. Eu disse que não, que não estava vendo nada, e eles me relataram que estavam recebendo “algo” no radar. Quer dizer, estavam tendo indicações no radar de que havia três objetos não identificados em torno de São José, sendo um mais próximo de São Paulo, outro um pouco mais ao sul da cidade e o outro na direção do Rio de Janeiro.

Pereira — O que ocorreu neste momento? Silva — Eu disse que não via nada, mas que ficaria olhando na medida em que descia. Quando estava bastante próximo de São José, no momento do vôo em que se transfere o contato do controle de Brasília para o de São Paulo, perguntei se eles ainda tinham a imagem no radar e o que estava acontecendo. Aí, me deram a direção de onde eu deveria olhar, no azimute, e eu olhei e vi. Era um corpo celeste bastante luminoso que parecia um lustre comum, exceto pelo tamanho, talvez um pouquinho mais alongado. Neste momento eu pedi autorização para voar na direção desse objeto. Estava com meu co‐piloto, só nós dois, e viramos a proa do Xingu na direção de São Paulo, na direção do objeto, e cada vez nos aproximávamos mais daquilo.

Pereira — O objeto não identificado estava parado no ar. Que cor tinha?

Silva — Sim, ele se mantinha mais ou menos parado. Tinha cor alaranjada, que talvez pudesse ser explicada até pela poluição de São Paulo, que torna laranja também os astros. Mas o fato é que o radar de Brasília tinha plotado [Detectado] esse objeto, e astros celestes não aparecem no radar! Eu fiquei mantendo contato com o controle e, já nessa altura, com o controle de São Paulo também, e fui na direção do objeto. Mas, na medida em que me aproximava, ele foi desaparecendo, até que sumiu por completo, e então retornamos para São José.

Pereira – O senhor chegou a ver um segundo objeto não identificado naquela região?

Silva – Sim, quando estávamos para pousar em São José, o chefe do controle local me alertou sobre outro objeto, agora na direção do Rio de Janeiro e bastante visível no radar. Novamente pedi orientação para me aproximar dele e segui em sua direção. Conforme nos aproximávamos, notamos que ele estava em uma altitude bem mais baixa do que a nossa. Naquele momento, era um corpo bastante alongado, talvez da cor de uma lâmpada fluorescente comum.

Pereira — O que o senhor fez quando estava perto daquela luz não identificada?

Silva — Eu a circulei várias vezes com o avião, olhando para baixo. Mas, sinceramente, não sei dizer o que era. Era um objeto alongado e bastante claro, mas eu não podia baixar mais o Xingu. Era noite e a altitude que eu estava voando já era a mínima para aquela área, que é bastante montanhosa. Mas ele continuou permanentemente ali abaixo.

Pereira — O que o senhor pensou que fosse aquele objeto?

Silva — Com sinceridade, não sei o que era. A única coisa que posso dizer é que, na minha visão de aviador – e tenho mais de 40 anos de aviação –, tenho visto objetos semelhantes, mas sempre com alguma uma explicação. E neste caso não havia. O objeto era visto pelo radar em Brasília. No dia seguinte, eu liguei para o Cindacta, em Brasília, e tentei falar com o operador, para ver o que ele tinha detectado. Mas, a essa altura, o Ministério da Aeronáutica já estava fazendo uma investigação e infelizmente a qualidade dela não foi muito boa – não se pôde chegar a nenhuma conclusão. Essa, efetivamente, foi a minha experiência.

Pereira — Naquela mesma noite houve uma ordem para que os caças da FAB saíssem em busca dos objetos?

Silva — Foi sim, eles saíram e também viram os objetos, como ocorreu a um piloto da ponte aérea Rio‐São Paulo. Naquela época, a ponte funcionava com os aviões Electra, e o piloto também reportou a mesma visão. Agora, o que é mais impressionante é que efetivamente havia um “alvo” no radar, e eu acho que esse “alvo” é que tem muito a nos contar. Eu não sei se ainda é possível localizar o operador da época. As pessoas que fazem pesquisas nesta área podiam fazer um contato com ele e tentar descobrir o que viu. Aí nós teríamos uma medida eletrônica clara, gravada, o que é muito mais importante do que qualquer testemunho pessoal que se possa produzir.

ORDEM DOS FATOS-CRONOLOGIA

20:50 horas – O operador da torre de controle do aeroporto de São José dos Campos observa, por binóculo, dois pontos luminosos. A torre pede ao comandante Alcir Pereira da Silva, que viajava com o coronel Ozires Silva, que fizesse uma busca visual do OVNI.

21:10 horas – Sinais luminosos são vistos pelo comandante Alcir e pelo coronel Ozires Silva.

21:14 horas – O controle de radar de São Paulo recebe sinais sem identificação.

21:15 horas – O controle de radar de São Paulo informa o Centro de Tráfego Aéreo de Brasília.

21:20 horas – Brasília confirma a presença de sinais no radar.

21:23 horas – O primeiro jato F-5E sai da Base Aérea de Santa Cruz, Rio de Janeiro, rumo a São José dos Campos (tenente Kleber Caldas Marinho).

22:45 horas – O radar de Anápolis, a 50 km de Goiânia, detecta os sinais e o primeiro Mirage levanta vôo em busca dos OVNIs (capitão Armindo Souza Viriato de Freitas).

22:50 horas – O segundo jato F-5E levanta vôo (capitão Márcio Brisola Jordão).

23:15 horas – O tenente Kleber vê bolas de luz pela primeira vez e começa a perseguir os OVNIs.

23:17 horas – O segundo Mirage levanta vôo em Anápolis.

23:20 horas – O F-5E detecta, pela primeira vez, sinais pelo radar de bordo.

23:36 horas – O terceiro Mirage levanta vôo da base de Anápolis.

Mas no meio oficial, comentou-se muitas coisas que não foram mencionadas nos depoimentos, tais como: quando o F-5E era seguido por treze OVNIs, o piloto fez um looping para ficar de frente com tais objetos, o que não foi possível pois os objetos também fizeram o looping com o avião. Comentou-se que um objeto veio em alta velocidade e, de repente, parou bem à frente do avião, em rota eminente de colisão, saindo em seguida, a toda velocidade, deixando o piloto totalmente apavorado.Considerando-se apenas as informações oficiais, esses fatos só podem ser explicados dentro do contexto do fenômeno UFO ou simplesmente disco voador. O que importa é a origem desses objetos, provávelmente extraterrestres, e a sua tecnologia indiscutívelmente muito avançada e totalmente desconhecida pelos cientistas do planeta Terra.

AS EXPLICAÇÕES DAS AUTORIDADES

Nossas autoridades da Aeronáutica “não souberam” explicar o que eram esses objetos, limitando-se a dizer que só podem dar explicações técnicas, e essas explicações eles não as têm. Foi formada uma comissão de estudos para analisar os fatos, e a conclusão certamente jamais será do conhecimento público. De certa forma, de positivo ficou o fato da Aeronáutica brasileira reconhecer publicamente que o nosso espaço aéreo é invadido constantemente por estranhos objetos de origem desconhecida.Na ufologia mundial há milhares de casos, riquíssimos em detalhes, envolvendo pessoas perfeitamente normais, mas alguns cientistas preferem simplesmente afirmar que essas pessoas são “loucas”, no lugar de pesquisarem a história que elas contam. Esses “cientistas” deviam unir-se então, e provar científicamente que os discos voadores” não existem”. Esses cientistas têm viseiras tão fechadas que, se alguém entregar um disco voador a eles, é mais do que provável que ainda assim eles não acreditarão.

“Apenas dois dos cincos pilotos que participaram, em caças Mirage e F-5, da perseguição aos objetos voadores não identificados (OVNIS) na noite da última segunda-feira, nos Estados de São Paulo e Rio, confirmaram ontem, às 16h30, em Brasília, durante entrevista no Ministério da Aeronáutica, ter avistado ‘luzes diferentes, nunca antes observadas, das quais não conseguimos nos aproximar’. Como os demais pilotos, eles não admitiram que se tratassem de OVNIs, definindo que viram como “pontos luminosos persistentes’”.(Folha de S.Paulo, 24 de maio de 1986.).As notícias começaram a ser veiculadas em 22 de maio. O jornal ValeParaibano – hoje jornal OVale – o mais importante da cidade de São José dos Campos, abordou a notícia em manchete e duas páginas. “Os céus de São Paulo, São José dos Campos e Rio de Janeiro foram virtualmente invadidos por mais de 20 objetos voadores não identificados na noite de segunda-feira, provocando um estado de alerta geral nas bases de defesa do espaço aéreo brasileiro e a mobilização de quatro aviões supersônicos-dois ‘Mirage’ e dois ‘F-E’. O próprio Presidente da Republica, Jose Sarney foi alertado para o fato”. (ValeParaibano, 22 de maio de 1986)
Quando o fenômeno voltou a ocorrer na cidade, o jornal Vale do Paraíba narrou o novo episódio. Após alguns dias, em 7 de junho de 1986 um artigo conta a história em detalhes e expõe a opinião do veículo bastante crente aos fatos, provas e relatos dos pilotos, testemunhas, CTA e da própria Força Aérea Brasileira. Passados quase três meses, em 20 de agosto, a NASA pediu as fotos veiculadas pelo jornal ValeParaibano:
“Os negativos das fotografias feitas pelo VALEPARAIBANO, de discos voadores que teriam sido avistados sob os céus de São José dos Campos, nas últimas semanas de maio, vão ser analisados pela NASA. Para pedir uma cópia deles, o diretor da Technology Marketing Analysis Corporation, de São Francisco – Califórnia, J.J. Hurtak, passou ontem por São José dos Campos, rumo aos Estado Unidos. Ele fez revelações à reportagem e associou a presença de OVNIs à existência de vidas em fases mais adiantadas, em outros pontos do universo”. (ValeParaibano, 20 de agosto de 1986)

FAB cria normas para pilotos em caso de contato

Só a criação da norma já indica que o assunto é tratado com seriedade nas Forças Armadas;A Força Aérea Brasileira (FAB) decidiu regulamentar a forma como seus integrantes devem proceder caso avistem ou saibam da aparição de objetos voadores não identificados (OVNIs)

De acordo com as normas, diante da aparição ou da notícia de que alguém tenha visto um ovni, os oficiais devem registrá-la nos livros do Comando da Aeronáutica, que, por sua vez, deverá elaborar um documento que será enviado ao Arquivo Nacional.Não existem registros oficiais(?) sobre a aparição de naves de outros planetas no Brasil, mas durante a ditadura militar os serviços de inteligência do Estado investigaram a suposta presença de ovnis no céu da cidade de Colares, no Pará.Conhecida como “Operação Prato“, a investigação aconteceu entre 1977 e 1978, mas a ocorrência de estranhos fenômenos na cidade nunca foi comprovada.A Operação Prato consistiu-se na maior investigação ufológica já realizada por órgãos governamentais no Brasil. Durante quase quatro meses a Força Aérea Brasileira (FAB) através do I Comar (Comando Aéreo Regional) comandado pelo major Protásio de Oliveira e com sede em Belém/PA, disponibilizou agentes militares para investigarem estranhas manifestações de objetos voadores não identificados e luzes desconhecidas que vagavam, geralmente à noite e assombravam as populações na região da Baixada Maranhense, abrangendo os estados do Maranhão, Pará, Amapá e Amazônia. Os focos parecem ter se concentrado na região de Belém, aos arredores da Ilha de Marajó e nos vales dos rios Amazonas e Tapajós, região Norte do Brasil. Casos semelhantes foram também registrados em alguns Estados da região Nordeste.A operação foi comandada pelo então capitão (depois reformado coronel) Uyrangê Bolívar Soares Nogueira de Hollanda Lima que conseguiu juntamente com sua equipe fotografar e filmar atividades alienígenas em regiões distintas da selva paraense. Grande parte das ocorrências se deu em locais bastante próximos às comunidades ribeirinhas. Hollanda colheu mais de centena de relatos de pescadores, caboclos, mulheres e crianças dando conta das estranhas ocorrências que, por sinal, até hoje se mostram inexplicáveis e ainda assim, oficialmente ignoradas pelas nossas autoridades.

Dossiê Amazônia
Um dos personagens mais marcantes da operação prato foi a médica psiquiatra Wellaide Cecim Carvalho que era responsável pela Unidade Sanitária de Colares e prestou socorro a mais de 80 vitimas de ataques realizados por Óvnis de forma cilíndrica.Ela viveu na pele as pressões dos militares da aeronáutica em suas atividades de investigação do fenômeno em Colares,animais e depois seres humanos eram atacados e tinham seu sangue retirado por alguma tecnologia desconhecida,as autoridades paraenses sabiam a gravidade dos acontecimentos e não fizeram nada,o Coronel Uyrangê Hollanda comandava uma equipe da aeronáutica que sómente fotografava os Òvnis e não se envolvia quando as luzes atacavam a população da ilha ;mesmo dentro de suas casas as pessoas continuavam sendo atacadas.Em seu notável livro Vampiros Extraterrestres na Amazônia, Daniel Rebisso Giese descreve o seguinte: “Na época (julho/77), circularam estranhos boatos de que o município de Bequinhão, baixada maranhense, tinham sido encontrados mortos alguns lavradores. Essas mortes estariam associadas a presença de três homens de aparência estrangeira que, na maior parte do dia, passavam confinados em um hotel da cidade. Quase todos os dias saíam num veículo de marca desconhecida para suas atividades, “sigilosas’…Boatos semelhantes circularam na região de Parnarama (MA) E próximo a Sobral (CE). Conforme o relato do pesquisador Reginaldo Athayde, junto aos corpos foram encontrados “dólares” curiosamente perfurados. 

Quando em 1977 o jornalista Álvaro Martins, por intermédio do jornal “O Liberal”, tentou visitar a ilha para fazer a cobertura dos estranhos incidentes que por lá andavam ocorrendo, foi desaconselhado e, na véspera de seu embarque, recebeu ordem do cancelamento; A Base Aérea da FAB de São Luís não desejava presença de repórteres na área. O diário “O Liberal”, Jornal da Amazônia’ de Belém do Pará de 10.07.1977, estampou na manchete: Luz Misteriosa Apavora Viseu” . Tomo a liberdade de fazer o seguinte resumo: em pequenas localidades á cidade de Viseu(PARÁ), seus moradores vivem apreensivos e apavorados, porque tem medo de uma lanterna com luz forte que voa pelo céu e vem sugar o sangue da gente até deixar morto. Comenta o Jornal: ninguém saber explicar, desmentir ou confiar no relato… Em meio a este mistério de “disco voador” e “lanterna com luz forte” há sempre a citação de uma suíça ou americana loura que vive numa ilha, cujo nome é desconhecido. Todavia quando tal mulher vem a cidade, ninguém sabe informar de que modo ou por quais meios ela chega. Ela sempre adquire “duzentos quilos de peixe” por isso todos os moradores de Bragança se perguntam: Pra que a estrangeira quer tanto peixe, se vive sózinha?… Quem sabe ela esteja alimentando os que movem estas coisas voadoras(?)diziam outros.A respeito ainda da mesma história, o ufólogo Daniel Rebisso Giese acrescenta muito oportunamente: “Posteriormente, agentes do Serviço de Inteligência da Aeronáutica e da Marinha estiveram na região investigando o caso da loura estrangeira. A princípio nasceu a suspeita que ela estivesse envolvida espionagem ou em contrabando de armas. As investigações não elucidaram o mistério. Na solitária cabana onde morava – agora totalmente abandonada – encontraram um pequeno envelope aéreo(proveniente da França) endereçado a Elizabeth. Para muitos esta tal de Elizabeth mantinha contato com os seres das naves alienígenas, pois assim como ela surgira, desapareceu misteriosamente junto com os aparelhos(ou tonéis, camburões, cilindros voadores, lanternas etc.)”
A ufóloga e estudiosa Solange Vieira, em sua monografia Bases Extraterrestres, num tópico chamado “Bases de óvnis no Pará”, entre muitas coisas interessantes declara. A Força Aérea Brasileira, sediada em Belém, embora envolvida em pesquisa sigilosa em torno do assunto, não se prontificou a dar qualquer versão oficial sobre os fatos acontecidos; A intensa concentração de óvnis ao longo da costa do Maranhão e do Pará leva-nos a suspeitar que possam existir bases submarinas de Òvnis. Queremos crer que estas bases seriam temporárias e teriam estabelecido por lá um curto prazo, para atividades insuspeitas e aparentemente prejudiciais ao homem.No norte e nordeste andaram acontecendo tremores ou terremotos de pequena intensidade, alias muito estranhos e quase impossíveis de acontecer.

O governo brasileiro da época (1977) e a própria FAB devem ter-se assustado e preocupado bastante com o que acontecia. Aparentemente só não tinham explicações para da, daí a tentativa de silenciar que prevaleceu na ocasião. No Correio do Povo, de Porto Alegre, de 12.07.1977, foi publicado o seguinte resumo:”Belém do Pará – A história fantástica de um objeto voador que emite uma luz forte e suga o sangue das pessoas circula de boca em boca entre a população dos municípios de Bragança, Viseu e Augusto Corrêa, no estado do Pará, onde muita gente teme em sair de suas casas durante a noite para não ser apanhada pela vanpiresca luz de um estranho objeto que, segundo as informações, já teria provocado mortes. O jornal Folha da Manhã de 21.10.1977, também publicou resumidamente o seguinte: “Um estranho objeto voador, que se locomove em grande velocidade e projeta uma luz forte luz vermelha, esta provocando pânico nos moradores dos municípios de Vigia e Santo Antonio de Tauá. Os jornais de Belém que deram grande destaque ao assunto, foram aconselhados pela Policia Federal (época de exceção ou ditadura) a não publicarem mais nada, a fim de evitar transtornos maiores.

Em setembro/86, repetiríamos as mesmas pesquisas, mas desta feita em companhia do jornalista escritor Bob Pratt, em viagem ao Brasil. (Em Belém do Pará e Norte do Brasil), o grande pesquisador Daniel Rebisso, em companhia do renomado ufólogo Jaques Valée. O atualmente extinto Centro de Estudos Fenômenos Aeroespaciais (CEFA), baseando-se em informações publicadas pelo Diário de São Paulo de 20/11/1977, naquela época liberou um boletim como titulo “Luz Misteriosa Ataca a População de Belém”
“Aumenta a cada dia o clima de intranqüilidade entre os habitantes de diversos bairros de Belém, em decorrência da aparição de uma luz misteriosa. Avoluma-se a cada 24 horas o numero de vítimas dessa luz, que deixa marcas arroxeadas no corpo, pequenas queimaduras, além de um estado físico combalido,ataques, desmaios, dor de cabeça, que chegam a provocar quase loucura. Um detalhe que intriga a quantos terem sido atacados pela luz, em sua maior parte mulheres, são pequenas marca, como se fossem picos de injeções provocadas pelo estranho fenômeno, no seio direito das vítimas por onde grande quantidade de sangue é sugado(os poucos homens atacados, seriam picados no pescoço,na jugular);A Força Aérea Brasileira(FAB), “que não acreditava em bruxas(óvnis), mas que acha existirem”, porque as viu em seus radares e as fotografou na operação chamada Operação Prato, andou fazendo investigações e um levantamento a respeito da invasão dos espaço aéreo e territorial. Pesquisou principalmente os freqüentes casos de pessoas atacadas que no fim de 1977 e 1978 afetaram o Norte e Nordeste do Brasil”.

Experiência inesquecível junto a agentes do SNI

Iniciada a investigação, dezenas de rolos de negativos e pelo menos quatro filmagens de UFOs foram produzidas para Operação Prato. Entre as muitas experiências que o coronel Uyrangê Holanda relatou nas poucas entrevistas que concedeu e nas palestras que proferiu antes de cometer suicídio, uma delas deu-se na presença de agentes do extinto Serviço Nacional de Informação (SNI), a agência de inteligência brasileira durante o período de regime militar (hoje substituída pela ABIN – Agência Brasileira de Inteligência)

No dia 28 de novembro de 77, um grupo de agentes do SNI pediu para acompanhar uma vigília da equipe da Aeronáutica, apenas para matar a curiosidade. Ainda assim tiveram que solicitar autorização para o chefe do SNI em Belém, o coronel Filemon. Uma vez autorizados, eles havia marcado o encontro na Baia do Sol, em Belém, às 18 horas. No entanto, os agentes só chegaram às após as 19h30, quando a equipe da FAB já estava se retirando, com todo o equipamento recolhido.

O RELATO DO CEL HOLLANDA

“Quando chegou a viatura com os colegas do SNI, eu cheguei brincando e falei que o horário deles era meio britânico”, lembrou o coronel Hollanda, em tom de brincadeira, numa palestra no Rio. E continuou: “Enquanto continuávamos conversando e eu dando uma gozada neles, um deles apontou para cima e disse olhe aqui em cima. EU NUNCA TINHA VISTO NADA PARECIDO. Eu tinha estado durante dois meses, durante todas as noites, fazendo aquela investigação. Estávamos com equipe e equipamento, com a responsabilidade de apurar todos os fatos. Eu nunca tinha visto nada tão assustador, tão claro, tão definitivo como estava vendo naquele momento. Em cima de nós, a cerca de 200 m de altura, tinha um objeto parado exatamente onde nós estávamos. O objeto tinha uns 30 m de diâmetro, negro, escuro e com uma luz fraca no meio, uma luz amarelo para âmbar, mas estava exatamente onde estávamos”.


Segundo o coronel Hollanda, o objeto “passou a emitir uma luz amarela muito forte, dava até para você catar uma agulha no chão, ficou claro como o dia e aumentou e diminuiu aquela luz por cinco vezes. Não era uma luz rápida, uma luz violenta como a luz do flash de uma máquina fotográfica. Não era nada disso; era progressiva, como se você tivesse um regulador e você fosse aumentando e diminuindo progressivamente aquela luz. Ele fez isso cinco vezes. Aumentava e diminuía, nós não tivemos a vontade, a noção de tirar o equipamento que estava dentro do carro para fotografar ou filmar aquele objeto. Primeiro, eu acho que não daria tempo, tinha que montar as máquinas que eram profissionais. Nós ficamos com os olhos grudados naquilo. Ele sinalizou 5 vezes e depois a luz do centro que era amarela ficou azul, um azul muito bonito, e ele disparou no sentido leste, disparou do zero ao infinito rapidíssimo, impossível de uma aeronave terrestre fazer isto”, concluiu.

Relatório e conclusões preliminares

Todas as informações e depoimentos colhidos, fotografias e filmagens (que em alguns momentos, contaram com apoio de um civil, o cinegrafista Milton Mendonça, da TV Liberal) obtidos pelos agentes da Operação Prato, eram registrados em relatórios e seguiam para o 1º COMAR, onde, segundo declarou o coronel Hollanda à Revista UFO, ficavam guardados numa sala reservada. Parte seguia para Brasília, mas o militar não soube dizer quem se encarregava dos dados a partir daí . Apesar dos registros e relatórios terem ficado sob a guarda da FAB, o coronel Hollanda trouxe a público uma cópia do relatório final da Operação Prato, ao qual a vigília teve acesso. Em sua maior parte, o documento, de mais de 200 páginas limita-se a descrever os relatos dos moradores e as observações dos próprios oficiais da Força Aérea. Neste aspecto, constam mapas da região, desenhos dos objetos avistados, nomes de testemunhas bem como a indicação cronológica das ocorrências verificadas nas vigílias. Chamam a atenção, no entanto, alguns detalhes que descrevem a preparação das operações, como os meios utilizados em cada missão, tais como viaturas “descaracterizadas”, equipamentos fotográficos e de rádio.
Um dos itens mais curiosos do documento é um relatório preliminar, assinado pelo então sargento João Flávio de Freitas Costa, datado de novembro de 1977. No texto, onde ele relata missão de apuração dos fatos nos municípios de Vigia, Colares e Santo Antônio de Tauá, o sargento comenta: “sentimos não ter chegado a uma conclusão plenamente satisfatória; sobraram dúvida e carência de explicação para alguns pormenores nas ocorrências (entre tantas)”, e segue com uma série de casos de Òvnis. Mais adiante, ele insiste que os casos “deixara-nos dúvidas e falta de explicação, baseadas nos nossos padrões de conhecimento”, destacando a sensação de “histeria coletiva” que era então vivenciada pela população de Colares, “atacada” por objetos que deixavam sintomas comuns a todos os casos: “imobilização total ou parcial, perda de voz, calafrios, tonturas, calor intenso, rouquidão, taquicardias, tremores, cefaléia e amortecimento progressivo das partes atingidas (grande maioria)”. No relatório, o sargento analisou à época que “em se pensar que perdure a atual situação ou seu agravamento, prevemos problemas de várias ordens, inclusive com possibilidade de auto-eliminação por parte dos mais fracos de espírito em conseqüência do pavor do desconhecido”. O militar sugeriu ainda algumas medidas, como a proibição da venda de bebidas alcoólicas e de fogos de artifício, e instrução da população a dividir e distribuir as tarefas diárias a grupos de moradores que se revezariam nas suas atividades.

DOCUMENTÁRIO DO HISTORY CHANNEL EM PORTUGUÊS

Verdade sobre ETs ;cada vez mais difícil de ser ocultada

De acordo com o físico Stanton Friedman, a “verdade” sobre os ETs será revelada em breve e caso se tornará “Watergate cósmico”

O físico Stanton Friedman, que trabalhou por décadas em desenvolvimento de foguetes para algumas das maiores agências espaciais do planeta, diz que os alienígenas existem, estão nos visitando há muito tempo e que essa verdade será revelada em breve.“Alguns óvnis são espaçonaves inteligentemente controladas extraterrestremente, e essa é a maior história do milênio. (…) Estou convencido de que estamos lidando com um Watergate cósmico”, diz Friedman. Fonte; Live Science.Friedman afirma que há duas razões principais para que as fortes evidências de aliens não sejam conhecidas melhor. A primeira seria uma suposta grande conspiração que perdura décadas e que envolveria oficiais de alto escalão. De acordo com ele, a outra é que cientistas que podem exibir essas evidências estão com medo, não apenas daqueles que participam da suposta conspiração, mas também de admitir que a ciência estava errada.Por outro lado, o físico diz acreditar que a verdade sobre os óvnis será revelada em breve. “Eu continuo otimista, antes de morrer, e eu tenho 75 anos, eu vou pegar pelo menos uma parte dessa história, de que não estamos sozinhos no universo”, diz o pesquisador.Friedman se junta a um grupo de cientistas e famosos que está convencido de que existe vida extraterrestre inteligente e que está já chegou até nós.

Junto com o físico, está o astronauta Edgar Mitchell, que participou do programa Apollo, que também afirma que os aparecimentos de ETs é escondida pelos governos (o próprio Mitchell  acredita no alien de 1947 em Roswell, no Novo México).Segundo a reportagem, outro defensor de que os ETs existem é o psiquiatra John Mack, ex-professor da Universidade de Harvard, que passou anos estudando pessoas que dizem ter sido abduzidas, sondadas e sofrido experimentos de aliens.

Será que Obama irá mesmo revelar o que os EUA escondem sobre os UFOs? segundo boatos, liberação oficial sobre extraterrestres seria iminente.
Um pronunciamento oficial pela administração Obama, liberando informações sobre a realidade de vida extraterrestre seria iminente. Por vários meses, altos funcionários da administração estariam silencionamente deliberando, à portas fechadas, quantas e quais informações entregar ao mundo a respeito de vida extraterrestre. Insatisfação entre poderosas instituições, tais como a Marinha americana, a respeito da política de segredos que dura várias décadas, teria dado um impulso aos esforços de agilizar a realidade da vida e tecnologia extraterrestre.O estarrecedor e revelador anúncio de liberação seguiria à secreta implementação de um ano de política aberta quanto a UFOs e vida extraterrestre. Desde fevereiro de 2008, a Organização da Nações Unidas (ONU) abrigaria discussões secretas, onde aproximadamente 30 nações concordaram em uma nova política de abertura a respeito de UFOs e vida extraterrestre em 2009 e 2010, implementada mas não anunciada publicamente, devido a ameaças contra diplomatas da Organização, a fim de não revelarem detalhes do acordo secreto de informação pública.Estaria baseado em duas condições: Primeiro, UFOs continuariam a aparecer ao redor do mundo e, segundo, a política de abertura não levaria a conflagração social em democracias liberais. Ambas as condições foram satisfeitas, tornando possível começar o próximo estágio, abertura oficial de informações sobre vida extraterrestre.

Haveria fontes que revelaram sobre projetos em andamento para fazer uma revelação a respeito da existência de vida extraterrestre  Isso inclui o Dr. Pete Peterson, que recentemente revelou que discussões de alto nível tem ocorrido a respeito desse anúncio. Em uma entrevista do Project Camelot, Dr. Peterson comentou que: “Obama está planejando revelar a realidade de contatos extraterrestres por volta do final do ano(?), e que a maioria, mas não todos, os visitantes alienígenas são amigáveis”.
Outra fonte é David Wilcock, um proeminente pesquisador de paradigmas científicos. Wilcock teria dito, segundo fontes independentes, que um anúncio sobre a realidade dos extraterrestres ocorreria em breve. Ele já alegou em uma entrevista de rádio no programa Coast to Coast que “um especial de TV internacional de duas horas de duração já foi agendado para apresentar uma espécie alienígena, semelhante aos humanos, para o mundo”.Adicionalmente, o pesquisador espacial e da NASA, Richard Hoagland, veio publicamente revelar que a missão LCROSS da NASA para a Lua, que se chocou contra nosso satélite em 09 de outubro, descobriu uma antiga base no polo sul do satélite. Revendo os dados científicos obtidos pela LCROSS, Hoagland concluiu, também em uma entrevista no Coast to Coast, que “a LCROSS foi parte de uma campanha cuidadosamente elaborada para preparar a população para o anúncio. O presidente dos Estados Unidos irá em breve anunciar que cientistas descobriram ruínas na Lua. Ninguém viu a nuvem de material ejetado pelo impacto da LCROSS porque a sonda atingiu uma edificação que absorveu os efeitos da explosão”.Finalmente, duas fontes independentes e confidenciais revelaram que encontros pessoais ocorreram recentemente entre oficiais militares dos Estados Unidos e um ou mais grupos de visitantes extraterrestres. Isso alegadamente levou ao estabelecimento de confiança mútua para futura cooperação com os extraterrestres que será públicamente anunciada ao público mundial  até o final da década(?)
Concluindo, um variado número de fontes e eventos apontam para alguma forma de revelação sobre a realidade extraterrestre nos próximos anos(?).  A Liberação oficial provávelmente se dará em um desses dois cenários. Um, no qual o presidente dos EUA(na época do anúncio) irá anunciar a existência de visitantes extraterrestres, e descrever um ou mais desses grupos ao mundo. Este cenário é apoiado por Peterson, Wilcock, e nossas fontes confidenciais. O segundo cenário é um anúncio sendo feito a respeito da descoberta de estruturas no Pólo Sul da Lua, revelado pela missão LCROSS. Este cenário é apoiado por Hoagland. Em qualquer dos dois, o presidente Obama será uma figura fundamental.Nos bastidores, instituições poderosas estão se assegurando que nada impeça o planejado anúncio de liberação de informações, que se seguirá após um ano de grandes aberturas governamentais sobre UFOs, de acordo com uma política secreta desenvolvida na ONU. (Michael Salla, Ph.D)

PAÍSES QUE JÁ ADMITIRAM OFICIALMENTE A EXISTÊNCIA DOS OVNIS e EXTRATERRESTES-Por A. J. Gevaerd (Revista UFO)

Russia – 1969. O então ministro das Ciências da ex União Soviética foi à TV e admitiu que  considerava o assunto UFO muito sério e afirmou ser uma nova obrigação dos cidadãos soviéticos naquele tempo a relatar às autoridades todas e quaisquer observações destas naves. Após o programa mais de 100 mil cartas foram recebidas com tais relatos enviadas por pessoas de todos os cantos da URSS. Nunca mais o governo soviético tocou no assunto!

Em 05-02-1997, o governo russo declarou na Academia Bandeira Vermelha da Defesa Anti-Aérea que:  “Os O.V.N.I.’s existem e tem havido uma ingerência na vida Civil e Militar por parte desses visitantes”. Foram libertadas imagens por parte do Governo até então consideradas secretas que mostram OVNI’s dentro e fora da atmosfera. 

França – 1976. O próprio presidente Giscard d’Estaing apresentou-se num programa especial de TV e confirmou que os UFOs existem, que eram de origem extraterrestres e que estariam se aproximando da Terra. Nesta oportunidade, perante a estupefacão pública, mostrou dezenas de fotos e filmes de UFOs sobre o país e fundou uma entidade oficial de pesquisas ufológicas, oGroupment d’Études des Phénomènes Aeriens (Gepan). O organismo está funcionando até hoje instalado numa sala nos arredores de Paris sobrevivendo com pouquíssimos recursos. 

Argentina – 1978. Num arroubo de popularismo, o então Presidente argentino  admitiu que os UFOs existiam, mas não entrou em detalhes. Hoje sabe-se que a Força Aérea Argentina tem um programa oficial e semi sigiloso de pesquisas ufológicas.

Uruguai – 1982. Um ex-presidente admitiu que os UFOs existem e confirmou a existência de uma entidade de pesquisas do assunto dentro da Forca Aérea Uruguaia, fundada em 1979. É a Comisión Receptadora e Investigadora de Denuncias OVNI (Cridovni), uma entidade aberta de civis e militares, mas extremamente céptica. Seus membros utilizam metodologia atrasada e nem sequer crêem em abduções apesar dos inúmeros testemunhos por todo o mundo.

Brasil – 1986. Durante uma intensa onda ufológica que durou vários dias de Maio daquele ano e que culminou com o que ficou conhecida como a noite oficial dos UFOs no Brasil, o então ministro da Aeronáutica Octávio Moreira Lima admitiu que os radares do Cindacta e os dos aeroportos do Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte, estiveram detectando mais de 20 objectos não identificados com cerca de 100 m de diâmetro cada, entupindo as principais aerovias do país. Octávio Lima prometeu um relatório sobre o assunto mas passados mais de 12 anos o relatório não se materializou.

Bélgica – 1994. Em meio a uma fantástica onda ufológica que assolou o país naquele ano e seguintes, especialmente envolvendo observações de misteriosos triângulos voadores, o ex-ministro de Defesa da Bélgica,  Brouer, admitiu que o assunto é serio e que a Forca Aérea iria pesquisa-lo oficialmente. Há rumores de que haja um centro de pesquisas estabelecido mas nada está confirmado.

Chile – 1996. O general  Ramón Vega, amigo do ex-ditador Pinochet, conseguiu levar o debate ufológico para os meios oficiais, forçado talvez pela crescente onda ufológica que atingiu o Chile em plena luz do dia especialmente em Santiago. Vega estimulou e conseguiu que fosse fundado o Centro de Estúdios de Fenómenos Aeroespaciales (CEEFA) dentro da Força Aérea Chilena. Este organismo é misto e o representante de UFO no Chile, Rodrigo Fuenzalida, toma parte em suas discussões e pesquisas.

Espanha – 1997. O país admitiu que os UFOs existem em varias ocasiões, a última delas há alguns anos. Desde 1993 a Forca Aérea Espanhola vem liberando pedaços desconexos de documentos oficiais sobre o assunto, o que levou ufólogos do mundo todo a suspeitarem de manobra política. Só casos menores e sem importância são divulgados, ainda assim distorcidos. Os casos mais complexos são sonegados.  

Fonte
http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/

Agência Brasileira de Inteligência: http://www.abin.gov.br

Relatório oficial do Ministério da Aeronáutica, neste link.

*************************************************************************************************************

CONCLUSÃO E NOTA DO BLOG

O que aconteceria se o governo divulgasse e reconhecesse que os extraterrestres estão operando aqui no planeta Terra?  A sociedade se deterioraria e pararia da noite para o dia, ou as coisas continuariam as mesmas, com todos aparecendo para trabalhar no horário no dia após a divulgação?O que aconteceria para a assim-chamada democracia, se o governo públicamente admitisse que os militares tinham caído sob o controle de uma quadrilha oculta, a qual possui tecnologias alienígenas avançadas?  As pessoas ainda sairiam às urnas para votar?Temos que imaginar todas essas consequências, sob o ponto de vista deles, governo ,que manipula e controla a situação do planeta e do ponto de vista da população com todas as suas crenças e descrenças,desinformações e falta de concientização de modo geral, já que estamos diante de uma situação cósmica irrefutável,inquestionável e extremamente transformadora,cuja revelação oficial irá mudar todo o cenário mundial em todas as frentes.Não adianta fazer essa revelação sem o devido preparo da população;ao mesmo tempo, os mais conscientes e informados, com outros conceitos de universo, não aceitam mais as mentiras que nos são colocadas na mídia, os descréditos, as ridicularizações.Os militares não admitem públicamente por razões óbvias;quem sabe, só fala se for dissidente;os mais ousados, vão em busca de provas,testemunhos e arriscam suas cabeças,mas mesmo assim, o sistema os ridiculariza e os coloca como excêntricos e lunáticos.A verdade está lá fora,e o que mais nos assusta nisso tudo, é a facilidade com que os Ets entram e saem de nosso planeta,usando sua tecnologia avançada,abduzem pessoas,negociam com governos,provávelmente colocam pessoas infiltradas neles, decidindo e interferindo em nossa política e em todos os outros assuntos importantes.O contexto extraterrestre está inserido em outro contexto maior;a nossa concientização sobre o que é o nosso Universo e que não estamos sózinhos nele,muito pelo contrário;e isso passa por todas as nossas crenças,toda a história do planeta que está oculta e que aos poucos,lentamente ,está sendo revelada.Antes de decifrarmos todo esse nó, antes que os sistemas de governo caiam e as coisas se modifiquem,uma divulgação para breve fica difícil prever;porém, todos os acontecimentos se encaminham para tal revelação,pois a massa crítica consciente está cada vez maior e os sistemas de governo/contexto econômico mundial, estão entrando em colapso;Toda a população da Terra está mudando de lugar,sejam por razões beligerantes,econômicas,climáticas ou escassez de recursos e uma revelação agora desta magnitude poderia levar á um caos completo do planeta.Com certeza, a hierarquia espiritual que monitora o toda essa galáxia e os Ets benevolentes, sabem disso e aguardam o momento certo para que estas verdades sejam reveladas.Nada é por acaso e tudo tem sua hora certa.Não esperemos que os militares na ativa resolvam nos contar a verdade;contemos com os dissidentes, com os testemunhos sérios e bem embasados e exaustivamente pesquisados e evitemos o entusiasmo irrefletido, diante de anúncios bombásticos e depoimentos fantasiosos.Usemos nosso discernimento e a informação com mais de uma fonte extensamente pesquisada, para formarmos nossas opiniões á respeito.

Que a verdade está lá fora ela está, e aos poucos e na hora certa, será revelada á nós.

EQUIPE DA LUZ É INVENCÍVEL

*************************************************************************************************************************

Bibliografia para consulta

Exopolitica
Paola Harris
 Biblioteca Documento UFO- O Caso da noite dos Ufos no Brasil-1986
UFO Magazine
A Ameaça
David Jacobs-PhD
Human Encounters with alies-Abduction
 John Macks-PhD
 Acidente alienígena-
Jesse Marcel
 Segredo de Estado
Javier Serra
 X- Files
Revista UFO

Nota:Biblioteca Virtual

Divulgação: A Luz é Invencível

A “Luz é Invencível” tem por norma não publicar links que não estejam ligados ao texto postado.Pedimos a compreensão de todos, e para qualquer dúvida, temos nossa caixa de sugestões onde todos podem livremente fazer suas colocações que serão arquivadas para consultas posteriores.
Nós agradecemos a compreensão de voces.
Equipe da “Luz é Invencível”
Anúncios

13 comentários em “ARQUIVOS EXTRATERRESTRES-O caso Ozires Silva e a noite dos UFOS em 1986-A Operação Prato-Divulgação sobre vida alienígena cada vez mais próxima

  1. Muito interessante, dizem que logo o acobertamento UFO será finalmente revelado e eu não vejo a hora, quero ver como as pessoas vão reagir, acho que vou dar muita risada.

    Como me sinto bem quando eles aparecem, eles são muito ninja, é só sair lá fora e pedir, gosto de ir as 5h da manha, começo a contemplar o céu e as estrelas criando mentalmente um feixe de luz da minha posição e convido os amigos da luz que estão passando aqui pelo sul de minas para aparecerem pra mim e dar um oi, em pouco tempo eles aparecem, às vezes dão só um oi mesmo e logo desaparecem, as vezes passam longe no horizonte atravessando todo o meu campo de visão, e por duas vezes eles vieram e ficaram em cima de mim fazendo movimentos suaves, eu fico todo radiante.

    Queria poder filmar, mas acho que é desnecessário, e acredito que eles vem de bom grado por não ser essa minha intensão.

    No começo tinha para comigo que era um meio muito eficaz de provar pra eu mesmo e principalmente pro meu ego que tudo isso que vem surgindo desde 2012 como minha verdade não era maluquice, pq geralmente quem me escuta e está de fora acha que é uma fantasia tremenda tudo isso. kkkk

    Hoje em dia como não tenho mais dúvidas de que esse é o caminho e é tudo verdade, apenas faço isso para interagir com eles, aí fico pensando se é minha família galáctica que vem me visitar ou amigos de uma casa que não lembro, fato é que é muito, muito bom, me coloco na intensão de enviar amor à eles e logo sobe um arrepio, uma energia muito positiva vem em resposta, é incrível, sempre faz meu dia.

    Recomendo, interagir com amor para com eles é incrível.

    Grato pelo belo post repleto de informação, ficou 200% mais completo do que quando passou no Contato Extraterrestre do History onde ET pra eles é sempre uma ameaça. kkkkk

    Paz e Luz, sempre!
    Namastê!

    Curtir

    • Olá Dalmo

      Obrigado pelo comentário e pela presença.Seja bem vindo

      O contexto extraterrestre não tem mais de ser encarado como algo pertencente á ficção;è algo real e muito próximo de nós.O que acontece com a Divulgação oficial de uma verdade destas, é uma mudança completa de tudo o que conhecemos,crenças,tecnologia,física,biologia, relações humanas-tudo vai se alterar drásticamente e no momento, o planeta está se adequando ás novas energias que estão chegando em forma de ondas cósmicas, eclipses,mudança do corpo carbonado para o cristalino através do DNA,aumento de consciência;tudo isso vem antes e o planeta precisa se preparar para conviver com seres de outros planetas,galáxias e sistemas ainda desconhecidos.

      Muitas pessoas estão tendo avistamentos em vários lugares, outras são abduzidas e viajam em naves e são submetidas á experiências por seres que não sabemos se são espiritualizados ou não;existem aqueles que estão nos transmitindo mensagens elevadas,positivas, que já são iluminados de outras dimensões mais altas e ainda temos os seres que fizeram acordos com os governos e não sabemos as verdadeiras intenções.Portanto,temos que ter cuidado em avaliar este contexto,mas não duvidar que teremos com certeza muitos contatos diversificados com extraterrestres em algum momento do futuro da Terra,pois já o tivemos no passado.

      A informação é o melhor caminho para formarmos uma idéia deste assunto e nós da Luz é Invencível procuramos disponibilizar estes conhecimentos afim de ajudar á todos com suas dúvidas,formando novos conceitos ,com independência e coerência.Esse é o nosso trabalho e nós agradecemos as palavras de incentivo ,o que muito nos motiva a continuar.Continue então conosco.

      Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

      Curtir

      • Sempre um prazer, eu que agradeço por poder conversar com quem sabe do que estou falando! Obrigado!

        Compreendo o que disse, é realmente um assunto que ainda estamos na superfície do entendimento (pelo menos eu), apesar de ver OVNIS a um bom tempo, desde criança, lembro-me de ver luzes em alguns poucos episódios do passado, mas realmente a cautela é necessária por hora e é sábio mante-la.

        Mas sua resposta me gerou uma dúvida.

        Lembro-me de ver um vídeo-aúdio da Federação, se não me engano no canal MXVenus onde diziam que a Federação havia instaurado uma quarentena sobre Gaia durante esse passo importante, e que não era mais permitido o trafego de naves de qualquer espécie, incluindo abdução e qualquer experimento com tecido animal sem prévia autorização da Federação.

        Que todas as naves dos escuros já haviam sido contidas e que se quer poderiam escapar para fora do planeta ou para dentro, seja por portal ou qualquer outro meio. Que os Greys e Reptilianos os quais faziam as abduções de terror já estavam inertes.

        E que as abduções ocorriam também somente devido a permissão do Eu superior da pessoa a ser abduzida.

        O que me fez concluir que se qualquer nave aparecesse, OVNI ou entidade, automaticamente seria da luz, já que o resto estava sobre controle, e o que havia ainda de restante dos escuros eram só os encarnados que até estariam em grande desespero por não ter mais seus lideres Arcontes regendo a Matrix a partir do astral.

        Ou nada haver? Cai numa cilada!

        Ah, pode deixar, continuarei aqui, o trabalho de vcs sempre foi uma ótima fonte de informação e de grande ajuda no meu caminho.

        Paz e Luz, sempre!
        Namastê!

        Curtir

        • Olá Dalmo

          Obrigado pelo retorno

          Vamos aqui fazer um breve resumo do que seria esta barreira de frequência da Terra;Esta Barreira é um fator muito complexo que a maioria das pessoas desconhece o que impossibilita que a humanidade tenha a memória estelar e das encarnações anteriores, pois ela cria um campo de interferência no fluxo neurológico dos 9 corpos terrestres e o restante que perfazem os 32 de cada partícula sustentada pelo Eu Sou.
          A frequência dessa Barreira é complexa de ser medida, pois ela tem relação com as ondas emitidas pelos anéis de Van Alen ao redor da Terra.Além da Barreira de Frequência estar inserida na emissão de energia dos Anéis de Van Alen ela emite uma pseudo radiação de onda entre 7 Hz e 35 Hz, criando assim, um campo eletromagnético imperceptível que é considerado o ruído de fundo das emanações eletromagnéticas naturais da Terra. Motivo pela qual ela permeia todas as células das formas de vida orgânica do planeta e também interage com a frequência Shumann, que antigamente era de 7,5 Hz e em 2008 estava por volta de 13,6 Hz. Por esse motivo a Barreira é difícil de ser detectada e, normalmente, se acredita que ela é natural do planeta, o que é um engano, pois ela foi erigida inicialmente há cerca de 535.000 anos, pelos grupos da Federação como forma de isolar a Terra dos demais vizinhos. Isso devido ao forte campo emocional de ondas psíquicas que estavam sendo testadas no planeta.Muito tempo antes disso, há mais de 20 milhões de anos, a Terra também teve outra Barreira de Frequência que a isolou durante as guerras genéticas entre os grupos da constelação de Touro, Hércules, Poseidon, Andrômeda e Vela,(acompanhe o estudo das constelações) que eram os detentores das matrizes encarnacionais. Como esse período quase levou a destruição do planeta o mestre estelar do planeta Vênus Sanat Kumara, veio à Terra restaurar o equilíbrio e evitar a desintegração do planeta. Para isso ele teve que ativar uma Barreira de Frequência no planeta evitando assim, o contato dos grupos rebeldes com ajuda estelar. O processo foi um sucesso e em poucos ciclos de tempo terrestre a proposta evolutiva foi restabelecida e os diversos genomas estabilizados.Depois dos ajustes de Sanat Kumara o planeta passou muito tempo sem a Barreira, mas na cota de 1,4 milhões de anos outros grupos acabaram por chegar a Terra trazendo muita dualidade e situações da política das Federações, que obrigaram os líderes a estabelecer uma nova Barreira. Ela
          foi ativada com a chegada dos Anunnakis e os grupos da constelação de Pégasus da estrela de Merkab, ambos renegados da Federação e com tendências políticas anarquistas. Dessa forma, há cerca de 530 mil anos, uma Barreira diferente foi estabelecida e ela tinha por objetivo apagar a memória estelar das almas e criar uma condição inovadora evolutiva, onde o coração e as emoções são à base da evolução.
          A Barreira é atualmente ativada e potencializada pela tecnologia de transmissão de ondas dos meios de comunicação, pelos satélites do sistema Guerra nas Estrelas e pelos de espionagem que redistribuem os fluxos de energia para as grandes cidades metropolitanas. Isso para manter a humanidade controlada e submissa aos abusos de poder dos políticos governamentais.

          Todas essas informações estão em livros especializados no assunto e temos em nossa biblioteca virtual muitos deles,vale uma consulta.

          Continue conosco e fique á vontade para comentar e dar seus depoimentos.A Equipe agradece a atenção.

          Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

          Atualmente, a Barreira de Frequência é alimentada pela rede de comunicação dos satélites e rede de comunicação dos celulares, que emitem suas mensagens subliminares entre 8Hz a 15Hz.

          Com essa malha de propagação os líderes dessa tecnologia, que podem ser definidos como sustentadores da atual situação política mundial, estão mantendo as linhas de comunicação com os Impérios do Umbral, que também emitem impulsos dentro da frequência do Hidrogênio e Silício.

          Todas essas informações estão disponíveis na nossa biblioteca virtual para consultas.Fique á vontade para explorar e depois comentar suas impressões.

          Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

          Curtir

  2. Pingback: Arquivos Extraterrestres – O caso Ozires Silva e a noite dos UFOS em 1986 – A Operação Prato – Divulgação sobre vida alienígena cada vez mais próxima – 07.10.2015 | Senhora de Sírius

  3. Eu mesmo tive/tenho uma história incrível com relação aos avistamentos deles!

    Em 2011 comecei a ler mensagens canalizadas de extraterrestres, Confederação Galática, etc… E elas falavam que nós andamos olhando muito para o chão! Não olhamos para o céu! E que era só pedir para eles se manifestassem que eles apareceriam para nós! Então passei uns dois meses, no ônibus de casa pro trabalho, olhando as nuvens e pedindo para que eles “decloak” (não sei muito o termpo em português, mas é tipo “se dispam” “se mostrem como são”, pois dizem que eles se escondem como nuvens…). Ficava olhando pro céu e falando isso. Fiz isso por uns dois meses. Logo logo estávamos em 2012.

    Logo no Carnaval de 2012 eles se mostraram para mim!

    Estava chorando pedalando minha bicicleta indo para a praia, moro em Vitória, por tudo que minha vida é tão surreal de perseguição política (morava no Canada por 14 anos quando tudo começou lá por causa do Bush Jr., então já viu! Aguentar novamente o Brasil é foda!) Tava chorando feio! Quando de repente “ouço” uma voz mandando eu olhar pra cima! Olhei! E ao olhar vi exatamente isso: um ziguezague no ar, num espaço delimitado no céu bem pequeno! Impossível para qualquer nave terrestre fazer aquilo! Daí saiu pra direita e SUMIU no céu!

    Não sei se foi o nervosismo da situação! Ou se realmente sumiu no céu! Sei que perdi de vista o bicho!

    Uma senhora estava entrando no carro com o marido e perguntei: “A senhora viu?” Ela respondeu: “Vi!” Eu informei: “Tava chorando lá de casa até aqui!” Daí comecei a berrar, berrar, berrar de felicidade que no outro dia perdi a voz!

    Corta para o outro ano… Como faço nuvens desaparecer com meus pensamentos (como dividi aqui naquele post que voce censurou os links), tinha minha camera fotográfica digital SLR perto da janela! Pois o que avisto NA JANELA DA MINHA CASA???

    A mesma “bola de luz”! (Assim que a descrevi em 2012 para os outros, sem saber da existência qualquer da operação prato!) Foi só eu dar dois cliques (1+1 tipo a simbologia do 11 que me persegue), que a nave DESLIZOU SUAVEMENTE PARA A DIREITA até desaparecer na quina do meu prédio!

    Em 2013, montando o meu site, eu vi que os dois avistamentos eram em datas parecidas… Como eu tinha um recibo de uma visita num hospital no dia do primeiro avistamento (a história é muito divertida mas meio longa e meio “pornográfica” para dividir aqui, mas rasguei o queixo no guidom da bicicleta quando bati no meio fio. Tive que ir pro hospital e guardei esse recibo de número “111”.) e tinha a data que as duas fotos foram tiradas do 2º avistamento, eu descobri que os dois avistamentos caíram NO PRIMEIRO DOMINGO DEPOIS DO CARNAVAL ACABAR!

    OS DOIS!

    Então ou tem duas possibilidades: ou fui alvo de operação pscológica militar e o que vi foi projeção holográfica para me pirar… OU REALMENTE VI ESSAS MESMAS BOLAS DE LUZ QUE O CORONEL HOLLANDA RELATA NOS DOCUMENTOS DA OPERAÇÃO PRATO!

    E o que deduzir se forem UFOs? Eles sabem onde moramos (minha janela), sabem do nosso calendário (dois domingos) e sabem das nossas festividades culturais (carnaval)!!

    INCRÍVEL!!!!

    Bom eu deixaria aqui o link para o meu website onde as fotos estão numa página chamada “UFO/OVNI”. Mas como não é permitido, sugiro jogar no google meu apelido e vão encontrar meu site fácil fácil!

    Voces da A Luz é Invencível o que acham disso tudo?? Tecnologia Holográfica ou “the real thing”?

    Só diria para ter cuidado com David Wilcock! Eu acredito que ele trabalha para a “elite”.

    Muita desinformação o cara passa!

    Curtir

    • Olá the5draver

      Obrigado pelo comentário/depoimento e pela presença

      O que podemos observar neste seu depoimento é o que muitas pessoas já sabem e sentem;que estamos cada vez mais cientes da presença dos extraterrestres entre nós e que temos que entender essa complexa relação que eles tem com o nosso planeta, estudando a história da Terra, como foram estabelecidas as nossas civilizações da antiguidade, como evoluímos de uma forma tão complexa, estudar as nossas crenças limitadoras;de onde elas vieram?-estudar o nosso DNA;Como pudemos evoluir desta maneira em tão pouco tempo, já que tivemos sucessivas catástrofes no planeta e eras glaciais, que dizimaram as espécies e desafiaram a vida a recomeçar:-mas , recomeçar como?Com o DNA extraterrestre;quantas tecnologias foram disponibilizadas em tão pouco tempo, como os computadores, celulares, equipamento médico avançado, viagens á lua ,hologramas, tecnologia de fibra ótica…podemos perguntar se foi o cérebro humano?Sim, é possível, mas não podemos descartar o intercâmbio tecnológico que há entre esses seres de fora do planeta e os governos;Enfim, são muitas perguntas , com possíveis respostas a serem investigadas. E é para isso que disponibilizamos aqui estas informações.Provávelmente voce teve um avistamento de primeiro grau, o que está se tornando muito comum.Alguns dados do seu depoimento, podem ser considerados pessoais e dizem respeito á voce, e sua relação com o assunto, talvez até uma mensagem.

      Quanto a Wilcock, temos aqui no blog uma extensa pesquisa sobre ele, com vários posts inclusive, aonde ele critica duramente o sistema e a Elite Cabala;Sugerimos que voce possa estar lendo e tirando as suas conclusões, pois nada como o discernimento interior de cada um.Continue conosco.

      Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

      Curtir

      • Realmente! Se eu for pensar bem, do jeito que eles apareceram, e dizem ser telepáticos, como eu “ouvi” uma “ordem” e olhei pra cima e eles estavam lá! E foi só eu OLHAR que eles fizeram o zigue-zague e depois sumiram!

        Teria que ter muita agilidade se foi uma operação militar! Tinham que estar observando quando eu olhei pra cima, pra poderem mover o “canhão” holográfico no céu como moveram!

        No segundo avistamento também parecia que NÓS COMBINAMOS NO ESTADO DOS SONHOS O QUE IRIA ACONTECER NO DIA SEGUINTES E AS AÇÕES AUTOMÁTICAS QUE EU IRIA TOMAR!

        Porque parece que eu sabia que eles iam estar lá (se bem que sempre olhei a janela na espera de vê-los novamente), e estavam!

        Foi tudo muito rápido e parece que eles sabiam que eu tinha tirado a segunda foto, pois esperaram eu ir buscar a câmera (uns 4 passos dentro do meu quarto de ida, mais 4 de volta) e AÍ SIM deslizarem no céu horizontalmente que nem imaginamos uma espaçonave mover no céu!!!

        Se fosse tecnologia holográfica militar, diria que o canhão estaria montado num tripé/tripod e deslizaram para a direita!

        Porque foi tudo muito retinho!

        Agora eu acho que sou um STARSEED que nuna encarnou nesse planeta e estou aqui para ajudar na Ascensão para a 5ª Dimensão! Por isso fiz o site!

        Não é “normal” uma pessoa ter o poder de fazer o Sol emanar raios violetas como eu faço!!

        Tenho certeza absoluta que sou alienígena! Lembro deles me visitando quando criança. Morria de medo, mas parece que eles conversavam comigo. Eram bustos e rostos azuis transparente somente!

        Bom encontrar esse site. Difícil encontrar brasileiros inteirados nesses tópicos.

        Se tiver sugestão de outros site, agradeço!

        Luz Solar Violeta para TODO o Planeta!!!
        (É assim que peço para Deus fazer o Sol emanar os raios…)

        Té+

        Curtir

        • Olá the5draver

          Obrigado pelo retorno

          Todos nós somos sementes estelares e só agora estamos nos concientizando disso, á medida que a Terra avança dentro do cinturão de fótons, e é banhada pelas ondas de raios gama vindas da galáxia e do sol central.Isso está mudando tudo no planeta;por essa razão existem conflitos grandes, as pessoas estão mais abertas,mais espontâneas, menos mascaradas;os seres que aqui estão para evoluir junto com o planeta não são mais carneirinhos de rebanho e estão se desbloqueando de crenças e comportamentos que não cabem mais;para isso, estamos sendo confrontados com nossas dúvidas e sombras, mas venceremos, porque este novo homem/mulher precisa nascer, transformar tudo.Este contexto extraterrestre vai ser a cereja do bolo, imagine o quanto vamos evoluir com um real contato com eles;aguardemos o momento certo e esperemos compreendê-los, tanto quanto esperemos ser compreendidos por eles.Continue conosco e obrigado pelas palavras de incentivo ao nosso trabalho aqui.

          Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

          Curtir

  4. Estava em São José dos Campos em 1986, cursava o Mestrado no ITA, CTA, e pude observar toda a movimentação de naves no céu. Posso estar enganado, mas acho que estas aparições estavam ligadas a alguma coisa ocorrendo na Serra do Cachimbo (procure informações sobre isso!).

    Curtir

    • Olá Sr Èlcio

      Obrigado pelo comentário e pela presença nos prestigiando

      Para realizarmos esta série, estamos pesquisando vários jornais e documentos e específicamente para esse caso, encontramos no jornal “O Vale”,uma matéria de 17 de agosto de 2014, onde a FAB declara ter liberado os documentos sobre os Òvnis em 86.Na reportagem está citado os avistamentos em São José dos Campos e que várias pessoas viram.Como não publicamos links nos comentários por ser norma do blog, posso lhe envar o link por email, se me autorizar e desejar.Parabéns pelo currículo.Continue conosco

      Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

      Curtir

      • Mônica, bom dia. Autorizo o envio do link via email. Agradeço e, mais uma vez, parabenizo pelo belo trabalho realizado. Paz, Saúde, Prosperidade!

        Curtir

        • Olá Sr Èlcio

          Obrigada pelo retorno

          O Link já foi enviado e nós agradecemos muito as palavras gentis e incentivadoras do nosso trabalho aqui,já que todos os nossos leitores tem papel preponderante em toda essa missão no despertar das consciências.Continue conosco nos prestigiando.

          Muitas vibrações positivas da Equipe da Luz é Invencível

          Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s