Você é Deus: os verdadeiros ensinamentos de Jesus

post-09-23-1Neste artigo, vamos explorar como os verdadeiros ensinamentos de Jesus podem ser resumidos em três pequenas palavras: você é Deus, alguns missionários vieram a minha casa outro dia e surgiu a oportunidade de ficar cara a cara com a mente religiosa para descobrir a sua relação com Deus e me lembro da minha própria experiência (não-voluntária) com a religião.

Em pouco tempo ficou absolutamente evidente a falha fundamental da religião estar separada da bíblia como é ensinada principalmente hoje (e em geral, durante os últimos dois mil anos), é que ela ensina em primeiro lugar que estamos separados desta força chamada Deus, mas isso é uma contradição porque a bíblia especificamente nos ensinamentos de Jesus como vou ilustrar com clareza, ensina que você é Deus e todos nós somos Deuses.

Então, tentei justificar para estes missionários, e agora neste post, que você não é apenas igual a Deus, mas que você é Deus.

Se você acha que é uma blasfêmia acreditar que você é Deus, não só isto contradiz o que a bíblia afirma, mas isso é um grande preconceito que está impedindo-o de enfrentar diretamente que você é Deus, que em essência é o que um despertar espiritual realmente faz: uma experiência em que você está intimamente ligado com Deus, que é amor, que você é amado, que é ilimitado e que você é Deus, porque essa consciência criativa está dentro de você.

De acordo com um estudo recente feito pela universidade de Cambridge, cerca de 88% da população mundial acredita em Deus, 88% ! Isso é 6.160.000.000 pessoas ao redor do mundo de acordo com este estudo acreditam em Deus, isso não é um número trivial.

Fora desses 6.160 bilhões de pessoas, para quantos deles Deus é mais do que apenas uma crença ? Para quantos no percentual de 88% Deus é uma força tangível que eles se conectam diariamente, permitindo que os laços de seu ego se dissolvam e depois canalizam essa força em tudo o que fazem e tudo o que eles são ?

Se essas pessoas pudessem compreender de que elas são Deus/consciência, em vez de apenas acreditar na existência de uma força magnífica, então poderíamos mudar o mundo em questão de meses, é porque nós continuarmos a viver separados desta consciência infinita que é a nossa natureza original que somos impotentes e perpetuamos todo este sofrimento e negatividade no planeta.

Nenhum dos grandes mestres espirituais ao longo da história era religioso, Jesus não era cristão, Buda não era budista e Lao Tzu não era um taoísta (e não estou certo que devo chamar taoísmo de religião, simplesmente porque não há nenhum dogma ensinado, apenas a observação, o alinhamento e a harmonia com a natureza e o cosmos).

Todos esses mestres espirituais não praticavam uma religião, eles dominaram a si mesmos na solidão olhando para o seu interior e meditando, como resultado, eles descobriram que eram infinitos e conectados com a consciência universal, só mais tarde é que nós chamamos isso de consciência de Deus.

Isso é o núcleo de todos os seus ensinamentos: todos nós somos seres espirituais e somos iguais a Deus, através da prática do perdão, da bondade, da honestidade e da introspecção faremos surgir os deuses que já somos e criar um paraíso de paz na Terra.

Porque o cristianismo é a maior religião do mundo (praticada por um número estimado de 2,2 bilhões de pessoas), como estudo de caso vamos olhar para Jesus, ele disse três coisas que eu quero chamar a atenção especificamente e vou discutir cada citação em um esforço para mostrar que você é Deus e que se você pratica uma religião orientada pela bíblia/Jesus, então está realmente em alinhamento com a verdade do ensino acreditar que você é Deus.

Deus é amor

“Quem permanece no amor permanece em Deus e Deus nele”. (1 João 4:16)

Jesus afirma claramente aqui que Deus é amor, ele não é amoroso, ele não é como o amor, ele literalmente é o amor.

Mas realmente o que é o amor ? Além disso, o que é emoção humana ?

Toda emoção humana é energia, o que temos rotulado como várias emoções é apenas o nosso esforço para classificar e rotular diferentes vibrações de energia que sentimos para que possamos falar sobre isso com os outros, quando você está se sentindo realmente com a energia baixa você diz que está deprimido, quando você está sentindo uma energia muito malévola, você diz que está com raiva, com ódio, ou talvez com maldade, mas de acordo com Jesus, o que você diz quando você está se sentindo com a energia o mais elevada possível ?

Você poderia dizer que você é o amor, ou que você é Deus.

Curiosamente cheguei a uma compreensão de minha natureza espiritual por meio do estudo da física, especificamente a teoria de campo unificado de Nassim Haramein, os físicos descobriram que o Universo inteiro é pura energia e que nada é sólido.

“No que diz respeito a matéria, temos entendido tudo errado, o que chamamos de matéria é energia, cuja vibração é tão reduzida a ponto de ser perceptível aos sentidos, ela não é matéria”. ~Albert Einstein

Tudo o que somos é energia e a energia não tem limites, ela é infinita, é a força invisível que permeia todo o espaço, é a força que conecta todas as coisas, porque ela é todas as coisas, soa familiar ? Tudo no universo está ligado pela energia e essa energia é a consciência, a consciência infinita é a fonte da criação que temos rotulado como Deus.

Quando você oscila com a vibração do amor, você está em ressonância com a energia mais elevada da criação que por necessidade deve ser a consciência universal e infinita, portanto, você não apenas se alinha com essa energia ou a canaliza através de você, você se expande e se torna esta energia.

Isto é um fato da física.

Isto é o que Jesus quis dizer quando falou que Deus é amor, ele não quis dizer que o amor de Deus era algo fora de você ou separado de você, ele disse claramente que quando você está no amor você permanece em Deus e Deus em você, portanto, você é Deus quando você é amor, não há separação, quando você se torna amor, você se torna Deus.

Você é Deus

“Não está escrito na vossa lei: Eu disse: ‘Vós sois deuses’ “?” (João 10:34)

Esta segunda citação não podia ser mais clara, eu não sei como isso é explicado nas grandes religiões que usam a bíblia, mas Jesus está claramente dizendo a cada um de nós, ressoando ao mundo há dois mil anos, que somos realmente Deuses, que você é Deus.

Ele sabia e descobriu dentro de si mesmo que ele não estava apenas ligado à força criativa do Universo, o campo unificado, ou a matriz de toda a matéria como o físico Max Planck chamou, mas ele percebeu que era a força criativa e toda a criação em um sentido literal, Deus.

Toda pessoa sem exceção é Deus, cada animal, cada árvore e cada estrela, é somente através do ego que encontramos separação porque nós mesmos nos tornamos separados e desconectados do nosso elo de ligação interno com o espírito que reside dentro de cada um de nós.

Nós não precisamos procurar um padre para conhecer Deus, só temos que buscar a nossa verdadeira natureza e nossa verdade interior para sabermos que somos Deus, se tudo no Universo é energia sem forma e estamos todos ligados por essa energia e se somos feitos dessa energia, e se essa energia é a força que chamamos de Deus, como poderíamos ser outra coisa senão Deus ?

Tudo na declaração é absolutamente verdadeiro, demonstrável pela ciência, exceto quando dizemos que a energia é Deus, mas a ciência (exceto pelo trabalho de Nassim Haramein) não fez essa ligação entre espiritualidade e ciência, mas existem outros como Einstein e Max Planck que fizeram, Einstein disse: “Eu quero conhecer os pensamentos de Deus, o resto são detalhes”, esta energia chamada “Deus” é demonstrável, mas a única maneira de realmente saber é experimentando diretamente em si mesmo.

Deus está dentro de você

“O Reino de Deus está dentro de você”. (Lucas 17:21)

O que Jesus está dizendo aqui é que o reino de Deus, o céu, o lugar onde Deus supostamente reside, está na verdade dentro de você, em outras palavras, Deus está dentro de você, eu sei, assim como qualquer outra pessoa que já tenha meditado seriamente sabe, que quando você vai a uma profundidade suficiente dentro de si mesmo, você descobre que é a consciência universal infinita que alguns chamam de Deus.

Isto não é egoísta, na verdade, é completamente o oposto do ego, porque quando você vai a uma profundidade suficiente dentro de si mesmo você também expande sua consciência e você se torna consciente de si mesmo como uma entidade espiritual infinita e eterna e seu ego simplesmente não pode existir em um ambiente assim.

Seu ego é definido por suas posses, seu corpo, suas conquistas, suas memórias e assim por diante, mas quando você medita você descobre que é algo transcendente de tudo isso. (Para mais informações sobre o ego leia: O que é o ego ?)

Verdadeiramente grandes mestres espirituais nunca praticaram religião, eles praticavam o amor e procuraram a verdade universal, eles praticavam a profunda introspecção meditativa e descobriram o conhecimento do Universo e os segredos da alma dentro deles e como resultado disto, eles descobriram o caminho para a iluminação e deus-realização, isto é o que Jesus estava tentando ensinar-nos quando ele disse exasperado: “Não está escrito em suas leis que eu disse: “Vós sois deuses ?”.

Imagine o que ele deve ter sentido, sendo capaz de ver claramente que Deus está dentro de cada criatura e que cada ser humano é a personificação de Deus e “feito a sua própria imagem” em termos de consciência pura, mas cada vez que ele tentava dizer e provar a eles com atos que desafiavam a razão (milagres), todas as pessoas queriam se curvar aos seus pés, ou pendura-lo na cruz.

Não há diferença entre aqueles que se curvaram aos pés de Jesus e os que o penduraram na cruz, porque em ambos os casos, eles não entenderam a sua mensagem, alguns escolheram reverenciá-lo, outros eliminá-lo, mas ninguém escolheu ouvi-lo.

Eles não acreditaram quando ele disse: vós sois deuses, portanto, escolheram interpretar mal o que ele estava dizendo como uma espécie de metáfora, mas não era e não é até hoje, todos temos uma divindade dentro de nós, mas não é a nossa identidade pessoal o ego, está acima do ego e é chamado de consciência pura.

Quando é que vamos entender essa verdade que ele tentou nos ensinar ?

Quando é que vamos entender que quando Jesus disse: “Vós sois deuses”, ele quis dizer que todos nós somos deuses, nossa verdadeira natureza não é esta forma, é a energia pura que é a consciência, nós somos a consciência de Deus que encarnou neste nível de realidade, mas nos tornamos tão identificados com a forma material que esquecemos a nossa natureza original.

Tudo o que você tem que fazer para experimentar essa verdade sobre si mesmo e descobrir que você é Deus, é seguir o conselho de Jesus a partir deste artigo e olhar para dentro de si mesmo.

Descanse e saiba que você é Deus.

©Brandon West

Origem: projectglobalawakening

Anúncios

7 comentários em “Você é Deus: os verdadeiros ensinamentos de Jesus

  1. Pingback: Os Cientistas da Nova Era – Dolores Cannon – As Terapias de vidas passadas e os Extraterrestres – 8ª Parte – 11.08.2015 | Senhora de Sírius

  2. Sim , somos Deuses , e Deus é amor , e tudo é energia e tem vibração , quando vibramos na frequência do amor , nos ligamos a fonte , de tudo que é , então manifestamos e usufruimos do poder divino que está em nós , a chave é o amor incondicional, é importante sabermos o significado da palavra religião , que é :religação , ora religarmos com quem/que , lógico com o criador , a consciência universal , que é amor ,então nossa ligação tem q ser com o amor , assim como Jesus fez e muitos outros tbm.
    gostaria de salientar que céu e inferno não são lugares , mas sim estado emocional , podemos estar em um ou em outro , em qualquer lugar , na terra ou no plano espiritual . E não existe um mundo material , a matéria poderia ser definida com energia condensada ,desmembrando qualquer tipo de matéria , chegamos no átomo , desmembrando o átomo , termos partículas , protons , eletrons , fotons , etc, q é pura energia ,Deus em ação. quando se fala em Big Bang , entendo que não foi uma explosão e sim uma expansão de consciência divina , criando tudo , portando somos extensão da divindade , somos todos um , Deus em ação.

    Curtir

  3. Dario, Bom dia,
    Uau….tema ainda cheio de bloqueios, para a maioria das pessoas.O exercício de se “Re-ligar” com sua Fonte ainda é coberto pelo véu das religiões de templo e pelos dogmas.Como mudar estes paradigmas, afim de avançarmos em consciência?
    Inicialmente, o crescimento espiritual, a meu ver, é um despertar para as necessidades e, em seguida, um discernimento dos significados e, depois, uma descoberta dos valores. A evidência do verdadeiro desenvolvimento espiritual consiste em demonstrar uma personalidade humana motivada pelo amor, animada pela ministração não-egoísta e dominada pela contemplação sincera dos ideais de perfeição do Plenum Còsmico. E toda essa experiência constitui a realidade da religiosidade, ao contrário da mera crença teológica.
    O desenvolvimento espiritual depende, a meu ver, em primeiro lugar, da manutenção de uma conexão espiritual viva com as verdadeiras forças espirituais e, em segundo lugar, da produção contínua de frutos espirituais: dando aos semelhantes a ministração daquilo que foi recebido dos próprios benfeitores espirituais. Ou seja, doar-se ao próximo e reconhecer que a sua centelha e a dele, procedem da mesma Fonte,o Plenum Cósmico( como eu costumo chamar “Deus”, para evitar rótulos.)
    Quando a nescessidade interior se torna constante, imediatamente a espiritualidade passa a ser indicadora da vossa proximidade com esse Plenum Cósmico e uma medida da nossa capacidade de servir aos nossos semelhantes. A espiritualidade realça a capacidade de descobrir a beleza nas coisas, de reconhecer a verdade nos significados e de descobrir a bondade nos valores. O desenvolvimento espiritual é determinado por tais capacidades e é diretamente proporcional à eliminação da qualidade egoísta no amor.
    O tema é extenso e merece outras leituras.Parabéns.

    Curtir

    • Olá Monica

      Ao postar este tema o objetivo foi chamar a atenção para deixarmos de usar a “muleta” da religião buscando a verdadeira divindade que está dentro de nós.

      Obrigado pelo seu comentário

      Muita paz, luz e amor
      Luz é Invencível

      Curtir

      • Oi Dario,
        Já que voce falou em “muletas”…
        As perplexidades dogmáticas religiosas são inevitáveis para aqueles que já se desbloquearam; não pode haver nenhum crescimento sem conflito psíquico e sem agitação espiritual, isso é fato. Crescer espiritualmente demanda esforço, experimentação, avaliação e síntese. A organização de um modelo filosófico de vida requer uma perturbação considerável nos domínios filosóficos da mente,por isso , é mais fácil usar uma “muleta” religiosa, leia-se “religiões de templos, seitas e afins”.
        A lealdade consigo mesmo, não é exercida em nome daquilo que é grande, bom, verdadeiro e nobre, sem uma batalha. O esforço é seguido do esclarecimento da visão espiritual e da ampliação do discernimento de visão cósmica. E o intelecto humano reluta contra ser desmamado, de uma reliogião que lhe diz o que fazer, pensar e como proceder. A mente animal indolente rebela-se contra exercer o esforço exigido pela luta na solução dos problemas cósmicos.E se “Re-ligar ” individualmente sem as tais “muletas,”exige coragem para romper com uma sociedade e uma educação, que ainda estão em um processo antigo e obsoleto de evolução.
        Eu disse que o tema era extenso…..

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s